O que é CPM, CPC e CPA? Descubra o que significam essas siglas

6 razões para suas landing pages não estarem performando bem

Vou ser muito honesto com vocês. Eu odeio preencher formulários em sites. O Auto-fill do Google (a ferramenta que completa os campos automaticamente) se tornou um dos melhores amigos que eu poderia pedir. E mesmo depois de entender a importância desses formulários, continuo achando muito chato ter que preenchê-los.

Mas se você quer ter uma estratégia de marketing de conteúdo completa, bem estruturada e bem sucedida, formulários de landing page serão uma parte muito importante dela. E você terá que trabalhar para que esses sejam os formulários que as pessoas preencham. Você não pode se dar ao luxo de perder leads pelo simples fato que eles ficaram com preguiça de preencher seu formulário ou então não foram convencidos pela sua página.

Aqui embaixo estão 6 razões muito comuns pelas quais as pessoas não preencherão os formulários de suas landing pages. E após lê-los, é sua obrigação não cometer mais nenhum desses erros.

1 – Sua landing page é muito genérica

Se sua landing page é só mais uma página em seu site, que diz “Fale Conosco”, provavelmente você não terá muitas conversões. Mesmo que você ainda coloque uma lista dos departamentos que podem responder perguntas específicas, como comercial ou suporte, uma landing page desse estilo será genérica demais para a maioria dos visitantes. E eles acabaram por sair de sua página, insatisfeitos.

Em uma landing page, não ter uma razão clara e objetiva para preencher um formulário é uma forma fácil de fazer com que as pessoas apertem o botão de fechar. Suas landing pages devem ser portas para ebooks, templates, guias, tutoriais, demonstrações, degustações ou consultas. Basicamente algo direto e convincente que levará a pessoa a preencher o formulário, e não um simples “Fale conosco”.

2 – Sua landing page tem muitas distrações

Se você tiver opções demais em sua landing page, pode ser que os visitantes fiquem confusos e acabem perdidos. É como entrar em um supermercado para comprar pão de forma e ver todas aquelas opções. Qual deles você deveria escolher? Cada um deles oferece algo diferente como 9 tipos de cereais ou então poucas calorias!

De repente, seu visitante estará sobrecarregado com a quantidade de coisas que ele pode fazer em sua landing page e acabará se esquecendo do objetivo principal daquela landing page: preencher o formulário e receber a oferta que você fez. Para fazer com que visitantes preencham seu formulário, você precisa eliminar todas as distrações. Evite banners de outras ofertas, links para artigos ou vídeos não relacionados com o conteúdo a ser baixado. Sua landing page existe para converter visitantes em leads.

3 – Sua landing page não cumpre as expectativas

Claro que você usará diversos CTAs (calls-to-action) para convidar as pessoas a acessarem sua landing page. Você também espalhará banners, anunciando seus materiais ricos, por todo o seu site e colocará links em seus blog posts. Fora os anúncios em redes sociais e emails marketing que você enviará para seus contatos.

Lembre-se que você estará prometendo algo para seu visitante e que você deve cumprir. Ter uma landing page ruim, mal acabada, com um design feio não ajudará na hora de converter. Da mesma forma que levá-lo para uma página completamente diferente do que você prometeu na chamada também só colaborará para que ele feche a aba.

Outro exemplo comum são promessas de conteúdos relevantes e únicos que ao se acessar a landing page, você não os encontra. Por exemplo, o “Guia Completo do uso de plantas ornamentais” não pode ser um ebook de 4 páginas somente falando o quanto é bonito ter uma planta diferente na sua sala ou escritório.

4 – Seu formulário é longo. MUITO longo.

Claro que você quer o máximo de informações que puder extrair do seu cliente. Seu eu pudesse, eu gostaria de saber até que horas meu prospecto toma o cafezinho da tarde ou se ele prefere Beatles a Rolling Stones. Toda informação será útil em algum momento do processo de decisão de compra por um produto ou contratação de um serviço.

Porém, no formulário de uma landing page devemos nos conter e escolher aquelas informações que serão diferenciais. Caso você se empolgue e coloque 12 campos a serem preenchidos antes de liberar o download de um ebook, provavelmente as pessoas não terão paciência e sairão de sua página.

O tamanho do formulário, claro, será relativo à oferta. Quanto mais específica, elaborada e complexa, mais informações você pode pedir. Um ebook para iniciantes pode pedir nome e email, talvez cargo. Evite pedir telefone ou perguntar quais as dificuldades que a pessoa encontra naquele momento. Deixe isso para um ebook mais completo.

5 – Seu formulário é invasivo

Não é porque você pode perguntar qualquer coisa em um formulário que você deve fazê-lo. Por mais que algumas informações possam ser relvantes para você, perguntá-las em um formulário pode ser a diferença entre o preenchimento dele ou o abandono.

Perguntar o salário de um prospecto, o número de visitantes que sua página recebe ou a renda mensal da empresa são bons exemplos de perguntas invasivas que podem prejudicarsuas conversões. Claro que o que é considerado invasivo irá variar de acordo com seu público.

Tenha suas personas bem claras e faça testes para saber que tipo de pergunta você pode fazer. Também mantenha o foco no tipo de informação que é importante para você. Às vezes, evitar perguntas desnecessárias serão um fator decisivo na conversão.

6 – Suas landing pages não são responsivas

Sim! De novo esse tal do “responsivo” aparecendo! Mas essa é uma das principais razões pelas quais formulários são deixados de lado. E todo mundo sabe que cada vez mais, os acessos via dispositivos móveis cresce. Portanto, landing pages precisam ser responsivas e se adaptarem à qualquer dispositivo disponível, seja um tablet, um smartphone ou um laptop!

Uma das piores experiências que alguém pode ter é tentar preencher um formulário de um site não responsivo em seu smartphone. A tela pequena, as tentativas de acertar os campos, o teclado que não permite a visualização do que está sendo escrito, enfim, não faça com que seus visitantes passem por isso. Tenha um design responsivo e converta visitantes de todas as plataformas. Até se eles usarem um Windows Phone.

Conclusão: otimizar suas landing pages não é difícil ou complexo e serão uma das coisas que mais auxiliarão em suas conversões. Não cometa nenhum desse erros mais. E claro, qualquer dúvida, sugestão ou comentário, deixe logo abaixo.

(Inclusive sua banda preferida!)

 
Autor(a)

Escrito por: Renato Mesquita Jornalista apaixonado por Marketing de Conteúdo, futebol americano e paçoca.



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!