8 coisas que eu gostaria de saber antes de começar um blog corporativo

8 coisas que eu gostaria de saber antes de começar um blog corporativo

Logo quando comecei a trabalhar aqui na Rock Content, eu não tinha experiência nenhuma com blogs, fosse em escrever para eles ou editar textos e imagens. Entendia muito pouco sobre inbound marketing e não conhecia quase nada sobre divulgação de conteúdo. Mas após algumas muitas aulas com professores como o Peçanha e o Diego, aos poucos fui melhorando e entendendo mais sobre a importância de ter um blog, quais as habilidades que eu tinha que desenvolver e quais caminhos eu deveria tomar para ter resultados com uma estratégia de marketing de conteúdo.

Sem sombra de dúvida, eu ainda tenho uma extensa estrada para trilhar, muita coisa para aprender e muitas habilidades para desenvolver. Então resolvi escrever sobre algumas coisas que eu gostaria de saber antes de ter começado essa experiência tão interessante que vem sendo trabalhar na Rock Content e gerenciar o marketingdeconteudo.com:

Vamos lá:

1) O sucesso não acontece da noite pro dia.

Isso eu tenho que falar diretamente: blogs são um investimento de longo prazo. Você não irá comprar seu domínio hoje, o template amanhã, postará dois textos e pronto, milhões de visitantes chegarão. Toma algum tempo ser indexado nos mecanismos de busca, ser descoberto pela audiência que você deseja alcançar (mesmo que você esteja divulgando seu conteúdo muito bem!), subir nas posições das pesquisas e finalmente criar uma base de leitores dedicados. De acordo com um estudo da Hubspot, uma empresa verá em média um crescimento de 45% no tráfego ao aumentar o total de artigos em seu blog de 11-20 para 21-50. Em outras palavras, quanto mais conteúdo você produzir e disponibilizar melhores serão os resultados que seu blog irá lhe trazer. E criar todo esse conteúdo irá gastar tempo.

A maioria das coisas boas não vem facilmente, de todo jeito.

2) Seu conteúdo irá continuar trabalhando para você. Para sempre.

Essa foi uma das melhores notícias que recebi quando comecei. Claro, algo como um anúncio no AdWords irá te trazer um retorno muito mais rápido, mas essas vitórias rápidas tem um preço (literalmente, você gasta um bocado para vencê-las). E se você quiser manter essa sequência de vitórias rápidas, você terá que continuar pagando por isso.

Mas com um blog, porém, o conteúdo que você criar hoje continuará gerando resultados muito tempo depois de você apertar o botão “publicar”. Outro dado do HubSpot mostra isso: 73% das visitas do blog em Fevereiro de 2014 foram publicadas antes de Fevereiro. (Na realidade 33% das visitas do blog da HubSpot em Fevereiro desse ano foram em post publicado antes de 2013!)

O que isso quer dizer? Aquele conteúdo que você perdeu tempo produzindo lá no início do seu blog ainda gerará visitas e leads. Aqui na Rock Content, nosso post inicial de abertura do blog (você pode vê-lo aqui), é um dos nossos maiores destaques e tem um grande volume de visitantes todo mês. E olha que eu o escrevi em setembro do ano passado.

3) Sempre tem algo para se escrever sobre.

Uma das coisas que mais me assombrou no começo era a ideia de que eu ficaria sem ter o que falar e escrever. Mas acredite: isso não acontece. Nunca terá uma seca de assuntos sobre os quais você pode discutir. Sua indústria, seu mercado e sua audiência sempre estão mudando. Sempre existirá uma notícia para cobrir, um novo ângulo para se abordar ou um novo formato para se testar. Nem sempre será fácil encontrar a inspiração e você pode enfrentar um bloqueio, mas eu te garanto que sempre existirá um assunto para você escrever sobre. (Se quiser umas dicas sobre como nunca ficar sem inspiração, leia esse artigo do Peçanha, um dos fundadores da Rock Content. Você também pode usar nossa incrível Máquina de Títulos!)

Escrever parece complicado, mas não é! (Juro!)

Escrever parece complicado, mas não é! (Juro!)

4) Mais coisas influenciam no sucesso de um blog do que somente seu conteúdo.

Não existe nenhuma dúvida sobre como a qualidade do seu conteúdo é vital para o sucesso do seu blog corporativo, mas, ao mesmo tempo, você não pode confiar somente nisso. Uma estratégia bem traçada, um design arrojado, otimização, formatação do texto, geração de leads, promoção do conteúdo – tudo isso é tão importante para obter resultados quanto conteúdo de qualidade. Na maioria das vezes você precisará de alguém para fazer tudo isso (ainda bem, ou então eu estaria desempregado). Mas eu te garanto que eu nunca tinha imaginado o quanto isso era importante para um blog antes de entrar para a Rock Content. Para um iniciante isso será algo como uma benção: focar nesses aspectos desde o princípio trará resultados melhores e maiores.

5) Escrever e editar não são as únicas habilidades que um blogueiro precisa.

Para montar um blog corporativo efetivo, você não precisa somente de escrever bem e saber editar: você também precisará de conhecer muita coisa sobre inbound marketing. Você precisa gostar de analisar dados para entender o que está funcionando e o que não está para seu blog. Você precisa de uma habilidade básica em programas de edição de imagens (e eu tinha jurado durante a faculdade que nunca mais abriria o Photoshop) e ter uma noção de design para escolher e colocar as imagens de seus posts e desenvolver seus CTAs. Você precisará de habilidades comerciais e com redes sociais para divulgar seu conteúdo. É preciso saber um pouco sobre email marketing para controlar sua lista de assinantes. E também precisará entender de otimização para encontrar as oportunidades de crescimento. (Saber fazer café ou chá é um adicional importante.)

Você ficará mais ou menos assim depois de começar o seu blog.

Você ficará mais ou menos assim depois de começar o seu blog.

Então ter um blog de sucesso te transformará em um canivete suíço do marketing: desenvolverá uma grande variedade de habilidades suas!

6) Comentários podem ser muito maldosos.

É triste, mas é uma verdade. E para piorar ainda existem milhares de trolls na Internet. O melhor conselho que posso te dar é: levante seus escudos e pense que até os melhores blogueiros não agradam a todos. Não deixe que isso te desencoraje (apesar de ser mais fácil falar que fazer). O lado bom é que os comentários, bons ou ruins, te darão dicas de como melhorar e deixar seu conteúdo cada vez mais relevante para sua audiência. E lembre-se, por mais maldoso que um comentário seja, não o delete. A não ser claro que esse comentário venha recheado de preconceitos e palavras de baixo calão. Isso ninguém precisa ler.

7) Escrever para um blog corporativo pode ser bem complicado.

Eu não vou chegar aqui e dizer que escrever para um blog corporativo é algo simples e fácil. Existem muitos momentos que não é. Quando você está escrevendo para uma empresa e existem um mundo de pessoas que você precisa agradar (de chefes a leitores), existem algumas coisas que você simplesmente não pode falar. São temas que seriam pautas certas se você estivesse na mídia mas estão fora dos limites de um escritor de um blog corporativo. Não significa que ao escrever para um blog corporativo é escrever com medo – somente que você precisa conhecer os limites e tomar as precauções necessárias.

8) Mas será mais fácil do que parece!

É um desafio? Sim. Você é capaz de enfrentá-lo? Com certeza! (Se eu fui!). Algumas pessoas pensam que blogueiros fazem parte de um clube exclusivo, quase impossível de se entrar. Mas na verdade é o contrário. Começar um blog é muito fácil e à medida que você vai produzindo e divulgando conteúdo vai ficando mais fácil ainda. A ideia de começar um blog parece muito desafiadora para algumas pessoas, mas a prática te levará à perfeição. Ideias virão com mais facilidade, textos sairão cada vez mais rápidos, suas habilidades de escrita ficarão cada vez melhores e os resultados aparecerão.

Todos somos capazes de escrever. Você pode achar que se um post já é complicado, múltiplos será pior ainda, mas você ficará surpreso com o que você é capaz. E você não precisa fazer isso sozinho! Recrute contribuidores através de guest post, autores convidados e mesmo colegas de trabalho. Será uma ótima forma de alimentar seu blog com conteúdo variado e que trará uma nova perspectiva e pontos de vista.

E vocês tem algo que gostariam de saber antes de terem começado o blog de vocês? Ou acham que não são capazes de começar os próprios blogs? Vamos conversar nos comentários!

 
Autor(a)

Escrito por: Renato Mesquita Jornalista apaixonado por Marketing de Conteúdo, futebol americano e paçoca.



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!