analista de marketing

Descubra tudo o que você precisa saber sobre o analista de marketing!

Se tem uma coisa que nós não podemos mais ignorar é a evolução do mercado.

A internet se tornou um meio extremamente importante no dia a dia do consumidor, sendo um dos principais responsáveis nos processos de decisão de compra.

Você considera comprar um produto ou contratar um serviço e, antes de conferir nas lojas mais próximas, é muito comum checar na web quais são as melhores opções, como realmente funciona, qual a faixa de preço, etc.

A partir disso, é tomada a decisão.

Esse hábito de pesquisa e deixar-se influenciar pelas informações encontradas na internet tem crescido cada vez mais, e as empresas que realmente querem destaque no mercado acabam investindo nessa forma de divulgação.

Por isso, existiu a necessidade de um profissional capaz de cuidar de todo esse processo interno na empresa: o analista de marketing.

Nesse artigo você vai aprender:

 

Por que contratar um analista de marketing?

Para implementar estratégias de marketing e conseguir resultados robustos é fundamental estruturar uma equipe.

Para descobrir em qual estágio você se encontra e qual o tamanho ideal para o seu time de marketing, confira o nosso artigo Como contratar equipes de Marketing.

Um analista de marketing entra como uma peça fundamental na estratégia de uma empresa, por ser um profissional que já passou por algumas experiências e já tem autonomia para pensar estrategicamente e tomar decisões.

Sob a supervisão de um gerente de marketing, o analista contribuirá para que os objetivos da empresa sejam alcançados, sendo capaz de executar tarefas e apresentar soluções utilizando as diversas ferramentas de Marketing Digital.

É recomendável que o time tenha um analista especializado para cada área: mídias sociais, conteúdo, design, conversões e email marketing.

Nesse artigo vamos falar num geral sobre o analista de marketing digital em uma equipe pequena, que precise saber de tudo um pouco e desempenhar diferentes funções.

Se a equipe ainda está em estágio inicial, poucos profissionais proativos e com conhecimento nas ferramentas de marketing digital podem se dividir entre as estratégias e começar a gerar resultados.

O que faz um analista de marketing?

O analista de marketing é um profissional responsável por cuidar da análise das estratégias e resultados de marketing dentro da empresa.

Geralmente esse profissional é contratado para cuidar e desenvolver as estratégias nos meios digitais, principalmente para empresas que resolveram investir nessa área.

De forma resumida, o analista de marketing é um profissional responsável por criar, desenvolver e mensurar resultados de estratégias de marketing digital para a empresa em que trabalha.

É necessário que esse profissional tenha conhecimento de todas as possíveis estratégias de marketing no mundo digital para garantir que as melhores sejam escolhidas para alavancar os números da empresa – sempre pensando em resultados de alcance em curto, médio e longo prazo.

Em algumas ocasiões, esse profissional trabalha sozinho – no caso de empresas de pequeno porte -, mas o mais comum é que haja uma equipe preparada para gerir cada passo da estratégia de marketing digital em questão.

1. Análise de Mercado e da Concorrência

Uma das principais atividades do analista de marketing é acompanhar a situação do mercado e os movimentos da concorrência.

Esse profissional precisa fazer um estudo bem detalhado do mercado, levantando as melhores possibilidades de investimento em marketing para a empresa e descobrindo quais são os próximos passos para garantir que sua marca tenha destaque na mente do consumidor.

A análise da concorrência também é fundamental.

É necessário acompanhar os passos dos concorrentes para entender onde eles estão atacando e se aquela é uma oportunidade para vocês ou não.

Pode ser que os concorrentes estejam à frente com as suas ações em marketing, pode ser que estejam em desvantagem… tudo isso precisa ser do conhecimento do analista de marketing, para que tenha mais precisão na hora de planejar as próximas ações.

2. Definição das personas

Outro ponto importante para o analista de marketing é fazer uma grande pesquisa para conhecer cada vez mais o consumidor daquela empresa.

É muito comum ainda encontrarmos, ao pedir a definição do público-alvo, o clichê “homens e mulheres entre 20 e 50 anos das classes B e C”, por exemplo.

Mas esses dados são muitos gerais e dão poucas pistas de como alcançar essas pessoas, como influenciar seus comportamentos de compra e como conseguir uma conexão com elas.

O que você precisa é criar uma persona.

Principalmente quando pensamos em marketing digital, é preciso ter uma definição mais completa desse público, entendendo realmente quais são suas maiores dificuldades e dúvidas no momento de compra, para conseguir criar uma comunicação cada vez mais assertiva.

A persona deve guiar todas as estratégias de marketing e para criá-la o analista deve trabalhar em conjunto com os vendedores e descobrir através de dados levantados entre os clientes, quem realmente compra da empresa.

Um ponto de atenção deve ser também as oportunidades de negócio e novas personas que podem ser criadas a partir delas.

3. Estratégias em Mídias sociais

No caso das mídias sociais, esse profissional é responsável por criar um plano de ação mensal para as redes em que a empresa se encontra.

Entender o público, conforme citado no item anterior, é a chave para seguir com as possíveis estratégias no mundo digital.

Para o caso das mídias sociais, conseguimos assim definir em qual rede a empresa precisa estar, de acordo com o perfil dos clientes que ela possui e prospects interessantes.

O profissional, com base nisso, vai:

  • Criar o plano de ação e colocá-lo em um calendário de marketing;
  • Colocar em prática, acompanhar a comunicação dos clientes e prospects com cada uma das publicações;
  • Mensurar os resultados ao fim de cada mês para entender quais foram as publicações com maior engajamento, quais tiveram pior recepção e ter uma ideia de como proceder no mês seguinte.

4. Estratégia de SEO

No caso das estratégias de SEO, esse profissional é responsável por “arrumar a casa”.

No primeiro momento, ao chegar em uma empresa onde o investimento em marketing digital está começando, é preciso fazer algumas atividades básicas, como otimização onpage.

Além disso, é interessante fazer uma pesquisa de palavras-chave para entender quais são os melhores termos para a sua empresa no mercado, seja por número de busca, quanto por relevância (considerando o público) para conseguirmos entender com base em que o conteúdo deve ser feito.

Outro ponto importantíssimo é ficar sempre atento às mudanças de algoritmo dos motores de busca e entender pelo menos o básico de como funciona os fatores de ranqueamento do Google.

Se você tem interesse em SEO e não sabe por onde começar leia nosso guia completo aqui.

5. Estratégia de Links Patrocinados

Por mais que uma estratégia de marketing voltada para o crescimento orgânico e o conteúdo seja bem sucedida, ainda é necessário usar anúncios para obter resultados em Marketing Digital.

E chegando na parte dos anúncios, é hora de pensar na estratégia de links patrocinados, sempre considerando as necessidades do seu público.

O analista deverá saber criar campanhas principalmente no Google Adwords e  Facebook Ads., ficando sempre atento para outras plataformas que possam ser boas ferramentas para alcançar a persona.

A mesuração de resultados e a constante melhoria das campanhas deve ser um dos objetivos principais do profissional envolvido nessa atividade.

6. Estratégia de Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo

A estratégia de Inbound Marketing acaba pedindo que mais estratégias de marketing digital sejam postas em prática.

Por exemplo, nesse momento, as mídias sociais e estratégias de SEO são fundamentais.

Criamos aqui conteúdos interessantes, considerando as maiores dúvidas e problemas das personas para educar o mercado.

De acordo com a Hubspot, o consumidor não quer mais ser comprado – está na hora de pararmos com aquelas propagandas agressivas que visam apenas a compra de um produto específico: o consumidor quer ser educado!

E é nesse momento que essa estratégia entra.

blog da empresa será uma grande ferramenta na estratégia de inbound marketing e marketing de conteúdo.

Com conteúdos relevantes para a persona, criamos uma estratégia de educação, junto com uma relação de confiança entre empresa e consumidor.

Com base nisso, o possível cliente, ao concluir a necessidade de compra de um produto ou contratação de um serviço, tomará uma decisão consciente, além de, claro, ter sua empresa em mente na hora de fazer essa escolha, devido às ações de educação e relação de proximidade que criaram nas etapas anteriores.

É fundamental que o profissional faça um calendário editorial, levando em conta os recursos da empresa (se conta apenas com produção interna ou contrata uma agência ou freelancers) e os objetivos a serem alcançados com a estratégia.

A definição de pautas é também de responsabilidade do analista, sempre alinhando com a pesquisa de palavras-chave e as necessidades da persona.

A partir daí é necessário acompanhar as entregas, as postagens e se os objetivos estão sendo cumpridos a médio e longo prazo.

5. Análise e mesuração de resultados

Uma parte de todas as estratégias que listamos acima é a mesuração.

Empresas que registram e mesuram sua estratégia de marketing percebem-se 70% mais bem sucedidas que as que não fazem isso.

Para saber se sua estratégia de marketing está no caminho certo e saber o que funcionou e o que não deu resultados, é necessário acompanhar e saber analisar os números certos.

O analista de marketing então tem de ser viciado em métricas, sempre atento aos dados e ter um conhecimento no mínimo intermediário de Google Analytics.

Além de coletar e interpretar esses números, é parte do trabalho do analista saber reagir ao que os dados mostram e pensar sempre em melhores maneiras de melhorar cada vez mais esses resultados.

Quanto ganha um Analista de Marketing?

Segundo pesquisa da Love Mondays, o analista de marketing júnior ganha em média R$2.973,00, sendo R$600 o menor e R$8.100 o maior salário registrado.

Já a média salaria do analista pleno é R$4.112 e o maior R$10.100.

O profissional que chega a ser promovido para sênior tem sua média de salário em R$5.485, sendo o maior salário R$10.200,00.

Qual a qualificação necessária para um Analista de Marketing?

  • Graduação na área de marketing, publicidade e propaganda, economia, administração ou jornalismo;
  • Conhecimento das estratégias disponíveis no mercado, como:
  • Experiência em estágios relacionados a marketing digital, mídias sociais e produção de conteúdo.

Além de conhecer as ferramentas necessárias para colocar essas atividades em prática.

Entre elas encontramos:

  • Ferramentas de gestão e mensuração de resultados de redes sociais;
  • Ferramentas de disparo de email marketing;
  • Ferramentas de automação de marketing;
  • Ferramentas de pesquisa de palavras-chave, etc.

E principalmente, para se tornar um bom analista de marketing, é preciso estudar!

Esse profissional tende a se destacar no mercado devido a grande quantidade de estratégias e ferramentas que possui domínio.

Então estude, busque entender quais são os movimentos das maiores empresas do mercado, como elas têm tentado alcançar seu público, descubra as ferramentas mais utilizadas por empresas que investem nas estratégias de marketing digital e faça testes para aprender a mexer em cada uma delas.

Acompanhar sempre os blogs que são referência no meio, livros relevantes e notícias sobre marketing digital são requisitos para ser um bom profissional.

Não deixe também de sempre estar atualizado e tirar os certificados que vão ajudar você a se qualificar e conseguir ter chances melhores nos processos de seleção.

Comece com o Curso de Marketing de Conteúdo e os cursos do Google Analytics.

Quais as habilidades que um Analista de Marketing deve ter?

  • Ótima comunicação verbal e escrita;
  • Ser guiado por uma intuição criativa,
  • Conhecimento avançado de mídias sociais;
  • Capacidade de analisar dados, mostrar relatórios e resultados e fazer otimizações baseadas nos dados levantados;
  • Organização;
  • Estar sempre antenado às constantes mudanças do marketing digital;
  • Agilidade de reação à tendências e oportunidades;
  • Proatividade.

 

Como contratar um analista de marketing?

Para contratar o profissional certo para a sua empresa, é preciso alguns cuidados no processo de seleção.

Separamos para você o template de descrição de vaga, as tarefas pré entrevista e as perguntas essenciais a serem feitas na hora de selecionar o analista de marketing.

Template de descrição de vaga

ANALISTA DE MARKETING

DESCRIÇÃO DA VAGA

Estamos procurando por um talentoso analista de marketing digital para expandir nossa marca no mundo digital, aumentar nosso alcance, seguidores e leads.

Esse papel demanda uma alto nível de criatividade, atenção aos detalhes e habilidades para gerenciar projetos.

RESPONSABILIDADES:

  • Pensar estrategicamente e propor os melhores meios para melhorar os resultados da empresa;
  • Blogar de forma constante para apoiar os outros projetos, atrair visitantes para o site através de motores de busca, redes sociais e email marketing;
  • Crescer nossa lista de emails, oferecendo conteúdo frequente e de valor, feito para oferecer soluções para seus problemas;
  • Colaborar com designers, design de produto, vendas e outros times e empresas para produzir conteúdo de relevância para nossa audiência;
  • Medir resultados e saber quais números são relevantes para o sucesso da empresa;
  • Ser capaz de convencer os outros de que suas ideias valem o investimento; Esse papel está na raiz do time de marketing e muitas pessoas contarão com seu trabalho todos os dias.

REQUISITOS:

  • Graduação na área de marketing, publicidade e propaganda, economia, administração ou jornalismo;
  • Conhecimento de estratégias de marketing digital, incluindo mídias sociais; SEOInbound marketingMarketing de conteúdoAnalytics e email marketing.
  • Experiência produzindo conteúdo para a web e entendimento de cada canal (blog, Facebook, Twitter, etc);
  • Experiência construindo audiências online ou offline;
  • Conhecer e entender como otimizar um conteúdo para SEO;
  • Uma abordagem dupla: você é altamente criativo e um excelente escritor, mas consegue entender processos, pensar de forma escalável e se apoiar em dados para fazer decisões;
  • Certificação em Google Analytics;
  • Certificação em marketing de conteúdo.

 

Tarefa pré-entrevista

Para avaliar se o candidato possui as habilidades que um analista de marketing deve ter, sugerimos as seguintes atividades:

  • Peça ao candidato para indicar um problema e uma oportunidade em sua estratégia de marketing, baseado na análise do blog e redes sociais da empresa;
  • Solicite a criação de um conteúdo rico sobre a área de atuação da empresa, e dessa forma você poderá avaliar tanto a desenvoltura textual do candidato quanto a adequação às estratégias de marketing de conteúdo;
  • Crie uma crise fictícia nas redes sociais da empresa — como um cliente insatisfeito ou um post com uma má repercussão — e peça ao candidato que trace uma linha de ação para contorná-la.

 

Entrevista

Um profissional de marketing talentoso deve ter uma mente analítica e rápida para mudanças, além de criatividade e ser inteirado com marketing digital.

Para descobrir isso, invista em perguntas que possam ajudar você a avaliar a capacidade estratégica e a criatividade do candidato, além da atualidade dos seus conhecimentos e interesse pelo marketing digital.

Seguem alguns exemplos:

  • Quais blogs de marketing você acompanha?
  • Quais foram os últimos livros que você leu?
  • Se precisássemos de lançar um produto novo em um mês, quais estratégias de marketing você recomendaria?
  • Você tem um blog ou escreve para algum?
  • Quais são as redes sociais que você mantem perfil?
  • Qual rede social você mais usa?
  • Quais métricas você considera mais relevante para sabermos o retorno do nosso investimento em marketing?

Não se esqueça de antes ter uma conversa mais informal para quebrar o gelo e resolver as dúvidas do candidato quanto à empresa e os objetivos da vaga.

Lembrando sempre que uma estratégia de marketing funciona melhor com um time estruturado e conforme o seu investimento em novas contratações nessa área crescem, crescem também os resultados.

Agora que você já conhece melhor sobre o trabalho de um analista de marketing, ache profissionais qualificados ou confira as oportunidades de trabalho nessa área no RockJobs!

analista de marketing

 
Autor(a)

Escrito por: Gabriela Leroy Apaixonada por literatura e escrita, não vive sem caneta e papel. Descobriu no marketing de conteúdo sua profissão. Gosta de batata frita e acredita no melhor das pessoas.



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!