analytics usuários sessoes

Entendendo o Google Analytics: o que são usuários e sessões?

O Google Analytics é uma das principais ferramentas de monitoramento online que existem no mercado.

Se você deseja ter uma estratégia de marketing digital de sucesso, então é preciso acompanhar de perto como cada ação está performando.

Porém, é muito comum o pensamento de que o Analytics é apenas uma ferramenta que mede e fornece números. Bom, isso não é verdade!

Os dados que são coletados pelo GA são fontes valiosas de insights e ideias para a sua empresa, pois eles acompanham:

  • O comportamento dos seus visitantes;
  • Quais são suas páginas preferidas;
  • Quais campanhas do AdWords estão performando melhor;
  • De onde vem o maior volume de tráfego para o seu site e muito mais.

Mas para começar com o Analytics, é preciso entender alguns pontos básicos sobre essa ferramenta tão completa de monitoramento.

Para dar o primeiro passo, entender o que são usuários e sessões é fundamental!

Acompanhe agora um post feito especialmente para você que deseja entender melhor o Google Analytics e começar a usar essa ferramenta tão importante.

Vamos lá?

Por que utilizar o Google Analytics?

Se tem uma vantagem que o marketing digital trouxe para os times de marketing, é a possibilidade de mensurar e acompanhar cada aspecto das estratégias adotadas pelo negócio.

Porém, muitos times ainda não entenderam (ou preferem ignorar) a importância de números e dados para o marketing.

A variedade de canais disponíveis é um fator que dificulta a mensuração dos resultados. Mas, felizmente, o GA é uma ferramenta que consegue juntar a grande maioria deles!

Você não pode criar um blog e não acompanhar o volume de acessos, não é mesmo?

Ao mesmo tempo, suas campanhas de AdWords e Facebook Ads precisam de monitoramento constante.

E qual será a rede social que está direcionamento mais acessos para o seu site?

Se durante todo esse tempo você está pensando em como acompanhar tudo isso, adivinha qual é a resposta? O Google Analytics!

Ele acompanha todos esses processos de forma super simples e prática.

Com a instalação de um código HTML em suas páginas, ou com o acompanhamento de um Pixel de conversão, é possível monitorar a grande maioria dos seus canais e colher dados interessantes sobre o comportamento dos seus usuários.

O que nos leva a pensar: o que são usuários para o Google Analytics?

O que são usuários?

Usuários são todos os visitantes que interagiram com seu site ou blog, durante um determinado período de tempo.

Antigamente, essa métrica era chamada de “visitantes”, sendo dividida entre visitantes únicos e ativos. Agora, a divisão é feita entre usuários e usuários ativos.

Um usuário é definido como um visitante que chegou até o seu site e navegou por, pelo menos, uma página.

Esse acompanhamento é feito através de cookies que os sites armazenam no seu navegador. Esses cookies permitem identificar um usuário que volta até o seu site e navega constantemente por suas páginas.

Usuários ativos são todos os usuários únicos que iniciaram uma nova sessão dentro do seu site ou aplicativo, em um determinado período de tempo.

Se esse usuário ficar ativo dentro do seu site e acessar várias páginas, ele ainda vai ser contabilizado como apenas um usuário.

Como a métrica “usuários” é calculada?

Existem duas maneiras que são utilizadas pelo Google Analytics para calcular essa métrica. Elas são divididas entre dados pré-calculados e dados calculados imediatamente.

Os dados pré-calculados utilizam o número de sessões dentro de um período específico para calcular a métrica.

Essa informação é conhecida como “horário do cliente”, já que ela mapeia os pontos de acesso daquele visitante e preenche uma tabela com essas informações.

Assim, sempre que for necessário, o Analytics pode consultar esses dados e exportar um relatório referente aos usuários em um determinado período de tempo.

Os dados calculados imediatamente são mais completos. Esse método é utilizado quando mais variáveis são inseridas dentro de um relatório, por exemplo.

Para adicionar qualquer filtro, o GA vai calcular os usuários com base nos cookies armazenados dentro dos navegadores de cada visitante.

Então, um conjunto de dados armazenados no browser dos seus leitores vão determinar se aquele é um usuário ativo, quais páginas ele visitou, de onde ele está acessando e vai colher todos os dados relevantes para o seu time de marketing.

O que são sessões?

Uma sessão é um conjunto de ações que os usuários executam dentro do seu site ou blog.

Para você entender como funciona essa métrica, é importante entender o seguinte: se o usuário ficou inativo por 30 minutos, ou seja, não interagiu com nenhuma página no seu site, então sua sessão é finalizada automaticamente.

Se ele saiu da sua página e voltou depois de 30 minutos, então ele realizou duas sessões.

Mas, se ele saiu e voltou dentro desse período de tempo, então a sessão continua a mesma.

O mesmo vale se o usuário continuar navegando por suas páginas por mais de 30 minutos. Contanto que ele esteja ativo, a sessão é a mesma!

Um usuário pode abrir várias sessões ao longo de um dia, semana ou mês. As sessões reúnem todas as ações executadas pelo usuário dentro do site.

Como a métrica “sessões” é calculada

Vamos supor que o João chegou no seu blog através de uma pesquisa no Google.

Depois de ler o seu artigo, ele clicou em mais um artigo, depois interagiu com um CTA e fez o download de um e-book. Tudo isso durou 40 minutos.

Como você já sabe, uma sessão expira em 30 minutos, mas como João se manteve ativo, toda essa navegação conta como uma sessão!

Para entender um pouco melhor essa métrica, imagine o seguinte: as 14 horas João abriu o primeiro post, então, a sua sessão está configurada para expirar as 14:30 hr.

Porém, as 14:15 hr, ele clicou no segundo post e sua sessão foi postergada para expirar as 14:45 hr.

Entendeu?

A cada novo evento dentro de uma página, o Google Analytics configura aquela sessão para expirar daqui a 30 minutos.

Mas e se João fizer uma pausa para o almoço de, exatamente, 31 minutos?

Ao voltar a navegar pelo seu blog e sair do período de inatividade, João terá iniciado uma nova sessão. Portanto, será o mesmo usuário realizando uma nova sessão no blog.

Compreendeu?

Existem, ainda, mais duas formas de criar uma nova sessão dentro do Analytics.

A primeira é com a passagem de 23:59hr para 00hr. O início de um novo dia cria, automaticamente, uma nova sessão, mesmo que o usuário esteja ativo dentro do site.

A segunda forma é chamada de “alteração de campanha”.

Suponha que João chegou até o seu blog através de uma pesquisa orgânica no Google, mas logo depois, realizou uma nova pesquisa e clicou em um anúncio da sua empresa.

Cada um desses cliques resultou em uma nova sessão, pois os meios de captação desse usuário foram diferentes.

Quais são as principais métricas do Google Analytics?

Sessões e usuários são duas das principais métricas existentes no Analytics.

Mas não são as únicas! Elas também são confundidas com outras, com grande frequência.

Por isso, que tal darmos uma olhada nas diferenças entre as principais métricas utilizadas por times de marketing?

Cliques x sessões

Cliques são contabilizados dentro do AdWords e sessões dentro do Analytics.

Aparentemente, cliques e sessões são duas métricas confundidas constantemente porque ambas são medidas através de ações do usuário.

Mas vamos ver a diferença entre elas?

Se um usuário clicar diversas vezes em um anúncio do Google AdWords, a sua campanha mostrará diversos cliques.

Mas, se ele realizou todos esses cliques dentro de 30 minutos, o Analytics vai mostrar apenas uma sessão.

Você lembra por quê?

Por que enquanto usuário estiver ativo dentro de 30 minutos, ele ainda está na mesma sessão!

Como a origem de um mesmo usuário foi sempre através da campanha de links patrocinados, a sessão contínua como única, não ocorre a chamada “alteração de campanha”.

Sessões x usuários

Para entender um pouco melhor como essas métricas se relacionam, vamos ver como surge uma nova sessão com um mesmo usuário.

As sessões representam o número de sessões individuais iniciadas por todos os usuários do seu site.

Se o usuário estiver inativo por 30 minutos ou mais, a sessão é automaticamente finalizada.

Mas, se esse usuário voltar a navegar pelo seu site, será criada uma nova sessão, porém, será contabilizado o mesmo usuário.

As sessões futuras de um mesmo usuário são contabilizadas como novas sessões!

Exibições de páginas x Exibições de páginas únicas

As exibições de páginas são todas as exibições individuais dentro de uma mesma sessão.

Se um usuário está em uma página, volta para a home do seu site e depois retorna para a mesma página que estava antes, então foram exibidas 3 páginas no total, mesmo uma delas sendo repetida.

Já a exibição de páginas únicas unifica todas as exibições dentro de uma mesma sessão.

Uma exibição de páginas única representa o número de sessões durante as quais uma mesma página foi exibida uma ou mais vezes.

Exibições de páginas únicas x sessões

Como você viu logo acima, as exibições de páginas únicas e as sessões estão proximamente ligadas. Mas elas não significam a mesma coisa!

Se uma mesma página for exibida na primeira e na terceira sessões de um usuário, ela terá uma exibição de página única igual a 2, certo?

Porém, o usuário terá um total de 3 sessões.

Entender essa diferença é importante para não confundir as métricas, e sim entender como elas podem ser utilizadas para melhorar a análise de comportamento dos usuários.

3 dicas para aumentar o número de usuários

Campanhas de AdWords

Campanhas de links patrocinados na rede de pesquisa são boas táticas para atrair mais usuários para as suas páginas.

Se você tem um blog, pode criar anúncios para os principais posts. Em um e-commerce, crie anúncios para os principais produtos que você vende, e assim por diante!

Compartilhar nas redes sociais

Criar uma comunidade a partir das redes sociais é uma das melhores formas de atrair novas visitas para seu site.

Você pode compartilhar em grupos, compartilhar o seu conteúdo e até criar publicações novas, como no LinkedIn.

Expandir a pesquisa de palavras-chave

Criar conteúdo para novos termos é uma boa ideia. Mais usuários vão ter contato com as suas páginas, já que o conteúdo que você vai criar aborda temas procurados por pessoas que ainda não fazem parte da sua rede de seguidores.

3 dicas para aumentar o número de sessões

Criar uma newsletter

Aumentar o número de sessões significa aumentar o engajamento dos seus usuários.

Novos usuários geram novas sessões, mas visitantes recorrentes podem ser incentivados a acessar suas páginas com mais frequência.

Você pode começar criando uma newsletter. Ela vai compartilhar as últimas atualizações do seu site, blog ou loja, e atrair novas sessões!

Melhorar as campanhas de e-mail marketing

O e-mail marketing é uma ferramenta sensacional para ativar usuários. Através de uma campanha bem montada é possível enviar o conteúdo certo, na hora certa para a pessoa certa.

Assim, você vai engajar esse usuário e incentivá-lo a clicar no seu CTA. Você pode usar o e-mail marketing para divulgar um e-book, um post ou até um produto.

Re-marketing

Sempre haverão visitantes que interagiram com sua campanha de marketing digital por um tempo e depois desapareceram, não é mesmo?

Você pode reativar esses usuários através de uma campanha de remarketing!

O remarketing consiste em identificar esses usuários (seja através do endereço de e-mail, código do Facebook, cookies, etc) e então direcionar campanhas exclusivas para eles.

É uma alternativa muito interessante para ativar esses visitantes e conseguir mais sessões para suas páginas. Além de novas oportunidades de negócio para a sua empresa!

O Google Analytics é uma ferramenta indispensável para quem deseja ter sucesso na sua estratégia de marketing digital.

Ele te dá dados de comportamento dos usuários que são muito valiosos, além de te ajudarem a identificar os principais canais de tráfego, conteúdos que fazem mais sucesso e o que você pode melhorar na sua estratégia.

Se você quer conhecer ainda mais sobre o Google Analytics, confira o nosso Guia Completo do Google Analytics, para você aprender a usar as funcionalidades da ferramenta!

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!