Brian Halligan

Brian Halligan: se você faz Marketing de Conteúdo, precisa saber quem é ele!

Brian Halligan é CEO e fundador da HubSpot e é considerado um dos idealistas da metodologia Inbound. Conheça tudo sobre a vida e trajetória dele!

O Marketing de Conteúdo, assim como outras táticas que fazem parte do Inbound Marketing, se tornou muito popular entre a maioria das empresas no Brasil e no mundo, e com bons motivos.

Alto retorno sobre investimento, melhora nas taxas de engajamento e geração de autoridade são apenas alguns dos benefícios que fizeram essa estratégia se espalhar tão amplamente.

Pensando nisso, é provável que você já trabalhe com isso, ou se interesse em conhecer mais sobre o assunto, certo?

Qualquer que seja o seu caso, não pode deixar de conhecer um cara chamado Brian Halligan, uma das principais referências em Marketing de Conteúdo.

Ficou curioso? Então siga a leitura!

Quem é Brian Halligan?

Brian Halligan

Imagem: Impact (www.impactbnd.com)

Brian Halligan é um dos pais do Inbound Marketing.

Ele é o cofundador e CEO da HubSpot, uma das principais empresas de marketing digital do mundo.

Muito antes de fundar a HubSpot, Brian se formou pela Universidade de Vermont e tirou seu MBA pelo MIT Sloan School of Management.

Brian sempre trabalhou com vendas, e levou várias empresas a expandir suas operações e aumentar seus lucros até abrir, em 2004, sua própria empresa, a HubSpot, com outra fera do mercado, Dharmesh Shah.

Por que vale tanto a pena conhecer Brian Halligan?

O conceito de Inbound ainda é relativamente novo, especialmente quando comparado com outras estratégias mais tradicionais de marketing.

Conhecer a história de Brian Halligan nos dá a oportunidade de entender diretamente pelo criador dessa metodologia o que ela significa, por que é tão importante e como aplicá-la do jeito certo.

Mas, além disso, podemos ver as outras credenciais de Brian, que o capacitaram a ter um papel tão destacado em transformar a forma como se pensa em temas tão relevantes como geração de leads e fidelização de clientes.

Segure o fôlego, porque o currículo dele não é para qualquer um:

Investidor

Pouco antes de se tornar a lenda que conhecemos no mundo do marketing, Brian já ajudava startups a ganhar escala e se fortalecer no mercado atuando como investidor na Longworth Ventures.

Autor de sucesso

Com dois livros sobre marketing publicados, sendo que um deles, sobre Inbound Marketing, já vendeu mais de 50 mil cópias em 7 edições impressas e alcançou o número #17 na lista geral de mais vendidos pela Amazon.

Empreendedor premiado

Além de ser o cofundador e CEO de uma das principais empresas de marketing do mundo, Brian também foi premiado por seu trabalho. Seus reconhecimentos são:

  • empreendedor do ano em 2011, pela Ernst and Young;
  • fez parte do top 10 dos CEOs mais bem avaliados no Glassdoor em 2014, 2015 e 2017;
  • apareceu na lista Founders 40 da revista Inc. em 2016.

Professor da MIT Sloan School of Management

Além de suas funções como empreendedor, ele também leciona na mesma instituição onde tirou seu MBA, a Sloan School of Management, do MIT.

O seu curso tem tudo a ver com sua experiência e carreira, pois se chama “Projetando, desenvolvendo e lançando produtos de sucesso em um ambiente empresarial”.

Negócios milionários e sucesso no círculo de fogo

Brian é um daqueles profissionais que chega para transformar o lugar onde trabalha, e o que mostra isso são os resultados conquistados ao longo da carreira.

Se primeiro grande papel de destaque foi como Vice-Presidente de Vendas na Parametric Technology Corporation, ou PTC, onde ele liderou a construção de um negócio de 80 milhões de dólares e 200 empregados.

Ele fez isso enquanto atuava na região conhecida como Círculo de Fogo, que envolve diversos países da Ásia, Oceania e vai até a costa oeste das Américas.

Depois disso, ele também trabalhou como vice-presidente de vendas na Groove Networks, negócio que ele ajudou a alcançar os U$20 milhões em receita anual, até ser vendido para a Microsoft.

Com a venda da Groove, ele passou a trabalhar como investidor na Longworth Ventures, ajudando startups a ganhar escala e se fortalecer no mercado. Foi aí que veio a ideia da sua vida:

Como Brian Halligan criou uma nova categoria de negócios

Nós meio que fechamos os olhos e fizemos.

Essa foi a explicação de Brian ao contar, em uma entrevista para o Business Insider, que criar a HubSpot seria sua quarta opção para seguir a carreira, já estabelecida.

Mesmo assim, entre escolher qualquer uma das opções mais seguras e perseguir uma ideia brilhante junto do melhor amigo e colega de faculdade, ele seguiu pelo caminho mais difícil  —  e recompensador.

Como já dito, a ideia que deu origem à HubSpot aconteceu quando Brian trabalhava como investidor e lidava com várias startups. Ele notou um padrão negativo:

Eu pude ver que muitas startups falhavam miseravelmente em vendas e marketing.

E o motivo era simples: as técnicas usadas eram as mesmas de sempre: cold calls, anúncios, listas de e-mails e outras ações que apenas interrompiam as pessoas.

Era preciso fazer algo diferente, e conversando com seu amigo Dharmesh Shah, os dois decidiram que era preciso atrair o público através de conteúdo de qualidade.

Esse marketing de atração, ou Inbound Marketing em inglês, era a base de tudo.

Eles cunharam o termo e lançaram um software que automatiza o processo de criação de conteúdo para atrair clientes.

A ideia deu mais do que certo! Eles criaram não apenas uma empresa de sucesso, e sim uma nova categoria de negócios, na qual eles ocupam o primeiro lugar.

Mesmo na grande recessão que atingiu o mercado americano em 2008, levando milhares de pequenos negócios a sair do mercado, Halligan não perdeu o foco.

Em vez disso, ele investiu no que sabia fazer de melhor: criar conteúdo de qualidade e cultivar um negócio que as pessoas amassem a ponto de nunca abandonar.

Mais uma vez, o esforço valeu a pena. A empresa continuou crescendo, abriu IPO em outubro de 2014 e se tornou lucrativa no primeiro trimestre de 2017.

Livros publicados

A ideia de criar valor e compartilhá-lo com outros se traduziu em uma das formas mais antigas de Marketing de Conteúdo que existem, os livros.

Veja mais sobre os dois livros publicados por ele:

Marketing lessons from the Grateful Dead

Marketing lessons from the grateful deadSegundo Brian, que é fã de Rock n’ Roll (assim como nós aqui na Rock!), a banda Grateful Dead é uma das mais icônicas da história, e não apenas pela música.

A banda quebrou diversos paradigmas comuns do mundo da música, ao incentivar seus fãs a gravar os shows e trocar fitas entre si e vender ingressos diretamente aos fãs por correio

A ideia do livro, escrito por Brian e David Meerman Scott, é destacar o que as empresas podem aprender com a banda no sentido de criar e manter comunidades de fãs em vez de relações impessoais com os clientes.

Inbound Marketing: Seja Encontrado usando o Google, a Mídia Social e os Blogs

Capa do livro Inbound Marketing - Brian Halligan e Dharmesh Shah

Se tem um livro que todo profissional de marketing de conteúdo precisa ler é essa publicação de 2009, escrita pelo próprio Halligan e seu parceiro de HubSpot, Dharmesh Shah.

O primeiro motivo é simples: eles criaram o conceito de Inbound Marketing, então esse livro contém a explicação mais pura possível do que essa metodologia significa.

É claro que desde então o Inbound não para de evoluir, mas esse livro ainda contém ensinamentos valiosos que podem ajudar qualquer estratégia atual a ter bons resultados.

3 curiosidades sobre Brian Halligan que você vai gostar de saber

Quem disse que as únicas lições de marketing que podemos aprender estão nos feitos mais notáveis ou casos de sucesso dos grandes líderes?

Pequenos detalhes, simples curiosidades e até obras de ficção podem servir de inspiração e gerar impacto positivo na carreira ou na vida de alguém.

Prova disso são os nossos conteúdos baseados em personagens, desde os X-Men até Frank Underwood!

Pensando nisso, separamos algumas curiosidades sobre o Brian Halligan que você vai gostar de ver e, quem sabe, até ajudar a liberar uma faísca de criatividade:

A cultura transparente da HubSpot surgiu “por acaso”

Brian contou em uma entrevista que a cultura transparente da HubSpot, um dos principais atrativos da empresa hoje, nem passava pela mente dele no início.

Ele foi surpreendido ao participar de um congresso de empreendedorismo, e só aí percebeu que precisava dar mais atenção ao tema.

30 mil dólares por uma boa indicação de desenvolvedor

Atualmente, uma das posições mais carentes no mercado é a de desenvolvedor, e Brian sabe como atrair talentos!

Ele criou um programa de recomendação, no qual uma indicação de desenvolvedor que resultar em contratação tem como recompensa um cheque de 30 mil dólares para quem recomendou!

E aí, conhece algum programador fera?

Brian comprou uma guitarra por quase 2 milhões de dólares

A esta altura você já sabe que Brian é um deadhead (como são chamados os fãs do Grateful Dead).

Mas ele chegou a comprar a guitarra de Jerry Garcia, membro da banda, por impressionantes 1,9 milhão de dólares!

Calma, Brian não estava apenas esbanjando. Ele fez isso porque a renda do leilão seria revertida para causas sociais, algo que ele gosta de apoiar frequentemente.

Agora ficou claro o quanto vale a pena conhecer melhor esse monstro do marketing digital chamado Brian Halligan.

O cara é simplesmente um dos criadores do conceito de Inbound Marketing e fundou uma das maiores referências mundiais no assunto, a HubSpot.

Depois de se inspirar com a história dele, você está mais preparado para tornar a sua própria jornada mais bem-sucedida usando o Marketing de Conteúdo!

O método Inbound, criado pelo Brian, ganhou muito espaço, mas ainda há quem prefira o estilo tradicional de vendas. Qual é melhor? Veja agora quem vence a batalha: Inbound ou Outbound!

  • Vinícius Madeira

    Foda! 🙂