brindes em eventos

Por que oferecer brindes em eventos de marketing?

A distribuição de brindes está entre as ações de marketing mais tradicionais.

Agora, talvez você esteja pensando que nós vamos criticar o uso dos brindes. Afinal, a Rock trabalha com Marketing de Conteúdo. Certo?

Só que não! Desde que seja bem utilizada, a estratégia da distribuição de brindes – assim como qualquer outra do marketing tradicional – pode trazer excelentes resultados!

O marketing tradicional e o marketing digital não são competidores. Na verdade, são complementares. O uso de ambos garante que sua empresa terá mais visibilidade online e off-line, garantindo mais vendas.

Neste artigo, nós vamos explicar porquê e como sua empresa deve distribuir brindes durante um evento. Fique atento às nossas dicas!

Porque distribuir brindes em eventos de marketing

Você certamente quer saber qual é a relevância e o impacto que a distribuição de brindes vai ter sobre o seu negócio. Então, ao invés de enrolar, vamos direto ao ponto. Aqui estão cinco boas razões para investir nessa estratégia:

Serve como mídia de divulgação

Se você quiser divulgar o nome da sua empresa, pode usar várias mídias. Dentro do mundo das mídias tradicionais, temos outdoors e anúncios em revistas, por exemplo. Os brindes também são uma forma de mídia.

Desde que você possa colocar o nome (e, talvez, o contato) da sua empresa, e várias pessoas tenham contato com o brinde, é uma estratégia eficiente. É por isso que muitas empresas investem em brindes que circulam bastante, como canetas. Assim, a divulgação chega a mais pessoas.

Desperta curiosidade

Quantas vezes você já assistiu a um comercial criativo e teve vontade de saber mais sobre a empresa por trás dele? Pois é, quando o brinde é bem escolhido, ele tem o mesmo efeito.

Se uma pessoa que nunca teve contato com sua empresa receber esse brinde, ele precisa ser interessante o suficiente para despertar a curiosidade. Assim, você conquista uma oportunidade de estabelecer o relacionamento e começar a desenvolver esse lead em direção a uma venda.

Demonstra na prática a personalidade do negócio

A escolha e a personalização de um brinde pode dizer muito sobre o seu negócio. Vamos dar um exemplo simples: um brinde feito de matéria-prima reciclada pode representar que a sua empresa tem forte preocupação com sustentabilidade e responsabilidade social.

Como o marketing envolve a construção da marca, os brindes podem ser uma ferramenta para reforçar, no imaginário coletivo, os conceitos e valores por trás do seu negócio.

Cria uma lembrança da marca

Muitas ações de marketing são instantâneas. Elas afetam o público e geram resultados naquele momento. Mas os brindes – assim como o marketing de conteúdo – é um trabalho que opera no médio e longo prazo.

O brinde fica junto com a pessoa que o recebe por semanas ou meses. Nesse tempo, é desenvolvida uma lembrança da marca. Assim, quando a pessoa precisar daquele produto ou serviço, o nome da sua empresa vai aparecer no topo da lista.

Indica valorização do cliente

Para quem recebe seu brinde, a impressão que fica é de uma empresa que investe na satisfação de seus clientes. Que anda uma milha extra, ao invés de fazer o mínimo necessário. Que se preocupa em agradar.

Essa percepção positiva vai influenciar o desejo de fazer negócios. Afinal, o preço e a qualidade do produto ou serviço não são os únicos fatores para a decisão de compra. Todo cliente quer fazer negócio com a empresa que oferece o melhor atendimento.

O que fazer para achar o brinde ideal

Agora, você já sabe cinco boas razões para investir em brindes. Então, vamos entrar na próxima questão: como fazer isso?

Lembre-se de que a distribuição de brindes é uma ação de marketing. Portanto, assim como o Marketing de Conteúdo, ela exige planejamento. E, nesse planejamento, você precisa levar em consideração:

  • Os objetivos
  • A forma de distribuição
  • O benchmarking (o que seus concorrentes estão fazendo?)

O primeiro item, objetivos, é o mais crucial. Ele determina o foco da ação.

Vamos usar um exemplo: um brinde voltado para divulgar a empresa é diferente de um brinde para fidelizar clientes. O primeiro precisa circular muito, levando a sua marca a mais pessoas; enquanto o segundo precisa ser durável, para que o cliente mantenha sempre por perto.

Vamos falar, agora, sobre a forma de distribuição. O contexto.

É muito diferente preparar um brinde para um evento ou para uma data especial. Você pode distribuir brindes em eventos como feiras, congressos, shows, coquetéis, eventos esportivos. Ou em ocasiões como Natal, Carnaval ou o aniversário do cliente. Cada contexto pede um tipo de brinde diferente.

  • Em um congresso, o famoso kit com pasta, bloco e caneta pode ser o brinde ideal.
  • Enquanto isso, em um evento esportivo, o cliente vai preferir bonés, camisetas e squeezes.
  • Já em um evento fino, como um coquetel de lançamento, o melhor brinde pode ser uma placa decorativa personalizada, por exemplo.

O motivo é que, em cada um, a noção de brinde útil é diferente. E um brinde útil tem mais valor percebido.

Neste artigo, nós estamos falando de um evento de marketing. Ou seja, eventos voltados para a divulgação da sua empresa. O mais comum são as feiras, em que cada empresa monta seu estande.

Pense no contexto de uma feira e faça a pergunta: qual brinde seria mais útil para os visitantes?

Outro aspecto importante é considerar o volume de distribuição do contexto.

Se nós estamos falando de uma feira, o volume de distribuição será muito alto e até imprevisível – já que não há limite claro de participantes. Portanto, não faz sentido preparar um brinde muito caro.

Quanto maior o volume, menor deve ser o custo unitário dos brindes que você escolher. Portanto, busque opções mais simples e capriche na personalização dos itens.

Finalmente, chegamos ao terceiro item do planejamento: benchmarking.

Como os brindes refletem sua marca, você não vai querer ficar para trás em relação aos concorrentes. Seus clientes precisam ver que, no mínimo, você oferece brindes tão bons quanto as outras empresas do ramo.

Por isso, você precisa ficar de olho no que seus concorrentes estão oferecendo. O interessante de uma feira é que você pode facilmente conseguir uma amostra dos brindes de qualquer outra empresa participante. Esta é uma forma de pesquisa de mercado.

Depois de conseguir a amostra, avalie maneiras de criar algo melhor.

Outra sugestão é esquecer os concorrentes e ir direto à fonte. Em outras palavras, pesquisar quais são as novidades do mercado de brindes.

Tem sempre alguma ideia nova surgindo e se espalhando rapidamente. Leva vantagem aquela empresa que descobre a tendência antes das outras, porque consegue surpreender seus clientes.

Portanto, fique de olho nos sites de brindes. Vale a pena até olhar os sites de comércio internacional, como o famoso Alibaba. Afinal, muitos brindes distribuídos no Brasil são produzidos em outros países.

Dicas para escolher o brinde certo

Você já sabe porque investir em brindes e como fazer o planejamento para escolher o brinde ideal. Para encerrar, que tal algumas dicas finais? Então, vamos lá.

Lembre-se do perfil do cliente

Em um evento de marketing, você nem sempre vai conseguir distribuir os brindes separadamente para clientes com perfis distintos. Por exemplo, você provavelmente terá que distribuir os mesmos brindes para homens e mulheres. Por isso, é preciso escolher algo neutro, nesse sentido.

Mesmo assim, se você conseguir identificar alguns traços básicos do perfil do seu cliente, isso poderá ajudar na escolha do brinde certo.

Suponha que o evento é ligado a tecnologia. Você pode apostar que todos os visitantes terão interesse nesse tema. Então, escolher um pendrive como brinde é uma forma segura de agradar ao público.

Cuidado com a personalização

Mesmo que você escolha o brinde certo, a personalização pode fazer com que o valor percebido seja reduzido. Isso acontece principalmente quando você tenta dar tanto destaque e visibilidade à sua marca, que acaba interferindo na usabilidade do item.

É claro que o brinde perde o poder como mídia de divulgação se ele não estabelecer facilmente uma associação mental com a sua marca. Mas, ao mesmo tempo, se o brinde ficar perdido em uma gaveta porque o cliente não quer usá-lo, ele não vai servir para a divulgação da sua empresa.

Ou seja, estamos trabalhando com um fino equilíbrio.

Uma dica interessante é jogar com cores e formas da sua identidade visual, sem exagerar no uso de logomarcas e slogans. E, claro, use o bom senso.

Retome os clássicos

Para finalizar, uma dica para quem pensa que canetas e blocos de papel estão muito ultrapassados. Quando um brinde é útil, você pode mantê-lo atual simplesmente mudando um pouco sua forma.

Um caso interessante é o das cadernetas estilo Moleskine. Essa marca é objeto de desejo, e os produtos originais são muito caros. Portanto, criar e distribuir uma versão “genérica” é uma forma inteligente de agradar aos clientes.

Assim, o brinde que já era conhecido ganha mais valor, porque é associado com algo moderno e desejável.

Quer saber mais sobre os brindes e como eles podem ser integrados à sua estratégia de marketing? Então, leia também nosso artigo sobre Tipos de Marketing, e confira a parte sobre Marketing Promocional!

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!