Calendário editorial: entenda como e por que a sua empresa deve criar um

O alcance de sucesso em marketing de depende, entre outros fatores, de um bom planejamento.

Isso inclui a definição de frequência de produção e de publicação dos conteúdos no blog, das datas de lançamento e de um plano para divulgação em redes sociais.

Para garantir a organização desses processos e o alinhamento de todo o time de marketing com tantas informações, uma excelente tática é formular um calendário editorial.

Mas afinal, o que é um calendário editorial? Entenda agora e aprenda como fazer um e porque ele é tão importante para sua estratégia de marketing de conteúdo.

O que é um calendário editorial?

Um calendário editorial funciona como uma programação ou cronograma de todo o conteúdo da sua estratégia. A partir dele, você pode manter controle sobre:

  • Datas de publicação
  • Prazos para produção do conteúdo
  • Pautas e temas de conteúdos
  • Proporção de conteúdos de topo, meioe fundo de funil sendo produzidos e publicados
  • Palavras-chave já utilizadas em conteúdos anteriores
  • Datas de lançamento de conteúdos
  • Divulgação em redes sociais
  • Promoção em e-mail marketing

Quais são os benefícios de um calendário editorial?

O desenvolvimento de um calendário editorial é uma das principais etapas de uma estratégia de marketing de conteúdo, sendo parte importante no alcance de resultados.

Com o aumento no volume de publicações, no número de processos e com o crescimento da equipe de marketing, o uso de instrumentos como esse se torna cada vez mais necessário para auxiliar no planejamento de conteúdo.

Os principais benefícios de um calendário editorial são:

1. A melhora na frequência de publicação

Ele auxilia na manutenção de uma frequência de publicação consistente, e isso tem influência direta no tráfego orgânico: de acordo com a pesquisa Content Trends 2016, empresas que publicam 13 ou mais conteúdos por mês geram o dobro de visitas em seu site/blog.

2. Um maior alinhamento do time de marketing

A partir do calendário editorial, o planejamento dos conteúdos passa a estar documentado e, assim como todos os componentes de uma estratégia de marketing de conteúdo, ele deve ser compartilhado com o seu time de marketing.

Isso garante que a equipe estará alinhada com todas os prazos, temas e datas de lançamentos e de divulgação.

3. A não repetição de temas e palavras-chave

Com o desenvolvimento da estratégia de marketing de conteúdo, fica difícil manter controle sobre os temas que já foram abordados em seu blog.

A partir de um calendário editorial, porém, você tem acesso aos conteúdos já publicados ou que já estão em produção.

Assim, para evitar a repetição de temas e palavras-chave já utilizados, uma boa opção é checar seu calendário editorial antes de criar novas pautas de materiais.

Afinal, não é interessante ter mais de um conteúdo no seu blog competindo para rankear com a mesma palavra-chave.

4. Diversificação de formatos de conteúdos

Essa é mais uma vantagem de poder consultar os conteúdos já produzidos e publicados em seu blog.

A partir do calendário editorial, avalie os formatos utilizados em cada um dos materiais e procure diversificá-los.

São inúmeras as opções, mas alguns formatos de conteúdos que você pode utilizar são:

  • Artigos em blog
  • Vídeos
  • Ebooks
  • Webinars
  • Cases de sucesso
  • Infográficos
  • Relatórios de pesquisa

Essa variação é importante pois leva em consideração o fato de o seu público consumir diferentes tipos de conteúdos. Enquanto algumas pessoas preferem leituras mais longas, como um ebook, outras podem gostar de formatos mais dinâmicos como os vídeos, por exemplo.

Ao diversificar os conteúdos do seu blog, você aumenta as chances de agradar um maior número de visitantes.

Além disso, essa variação dificilmente irá cansar o leitor que acessar o seu blog, diferentemente de um site que oferece apenas um tipo de conteúdo.

5. A redução na ocorrência de atrasos

A produção de um calendário editorial garante que todos os conteúdos serão planejados com antecedência.

Assim, fica mais fácil acompanhar em quais etapas do processo de produção eles se encontram e garantir que eles serão finalizados a tempo para cumprir com o cronograma.

Por isso, essa ferramenta é uma das melhores maneiras de reduzir as chances de ocorrerem atrasos na publicação dos conteúdos.

6. O equilíbrio da produção dos conteúdos

Ao produzir conteúdo, é preciso manter sempre em mente as personas que buscamos atingir, além da etapa da jornada de compra em que elas se encontram.

Mas como garantir, sem um planejamento e controle da estratégia, que a produção de conteúdos está seguindo uma boa proporção de topo, meio e fundo de funil? Ou que todas as personas estão sendo contempladas pelos materiais?

Um grande aliado nisso é o calendário editorial. Com ele, você poderá controlar a quantidade de conteúdo que está sendo produzida em cada etapa da jornada do cliente e para cada uma das personas da sua empresa.

Como criar um calendário editorial?

Apesar de todos os benefícios, ainda são poucas as empresas que possuem um calendário editorial.

Entretanto, desenvolver um calendário editorial é uma das primeiras etapas do planejamento, e deve ser feita antes mesmo de se criar o blog e começar a escrever.

Deve fazer parte de uma estratégia maior, para que sirva não apenas como um sistema de organização e planejamento, mas como um aliado para alcançar os objetivos da empresa.

Não há um único formato de calendário editorial. Entretanto, temos algumas dicas e templates que podem te ajudar na criação de um.

Passo 1: Escolha uma ferramenta

Para manter um registro e facilitar o compartilhamento com o seu time, o ideal é o calendário editorial seja construído e documentado em uma ferramenta. Existem diversas opções, como:

  • Planilhas: utilizar planilhas para construir calendários editoriais é uma boa opção, especialmente se elas estão em nuvem, como no Google Drive. Assim, você pode acessar facilmente de diferentes dispositivos, dar acesso ao arquivo para todo o time de marketing e atualizar facilmente a planilha quando for necessário. Aqui na Rock Content, por exemplo, utilizamos planilhas para nosso calendário editorial do blog, das publicações em redes sociais e da divulgação via email marketing.
  • Google Calendar: esse é um dos melhores formatos de calendário editorial, principalmente se você já utiliza a ferramenta para acompanhar seus compromissos. Com o Google Calendar, você pode criar eventos para cada uma das postagens, convidar outras pessoas da equipe, além de ativar alertas para te ajudar a se lembrar das tarefas.
  • Plugin Editorial Calendar para WordPress: se sua empresa já adota o WordPress, uma das melhores alternativas para montar o calendário editorial do seu blog é utilizar um plugin da própria ferramenta de CMS. Com ele, você pode gerenciar rascunhos de posts, publicar, alterar datas de postagem e acompanhar o status de cada conteúdo.

Neste post, para facilitar o entendimento, vamos explicar como fazer um calendário editorial em uma planilha, seguindo o mesmo template que nós utilizamos internamente.

Assim, para seguir o passo a passo com mais facilidade, você pode fazer o download do nosso Kit de templates para Calendário Editorial aqui!

Passo 2: Defina uma frequência de publicação

Depois de escolher uma ferramenta e antes de dar início à produção de conteúdos, defina uma frequência de publicação para o seu blog.

Isso vai influenciar toda a sua estratégia e a quantidade de conteúdo produzida.

Publicar com alta frequência pode ser muito bom para manter seu blog sempre atualizado com conteúdos relevantes e engajar com o seu público.

Mas escolha essa periodicidade com muito cuidado, de acordo com o que você realmente consegue cumprir.

Afinal, não adianta em uma semana publicar todos os dias e, na semana seguinte, não postar nenhuma vez. É preciso ser consistente e manter a qualidade dos conteúdos, independente da quantidade de publicações.

Passo 3: Desenvolva a estratégia de conteúdo para o blog

Em seguida, vem o planejamento dos conteúdos, que nesse post será feito com base no template de calendário editorial para blog. Isso inclui:

  • Data de publicação: deve ser definida com base na frequência escolhida no passo 2 e no tempo necessário para a finalização do conteúdo.
  • Horário de publicação: se a sua empresa tem um blog há algum tempo, talvez você já tenha percebido algumas opções de bons horários para postar conteúdos, considerando os picos de acesso do seu público. Se esse não for o caso, faça testes para definir os melhores horários para o seu blog.
  • Data limite de entrega: deve ser definida a partir da data de publicação e do tempo necessário para programar a postagem.
  • Status: essa é uma informação essencial para acompanhar do processo. A partir da definição do status do conteúdo (em produção, em revisão, finalizado e publicado), é possível manter controle sobre o desenvolvimento e evitar possíveis atrasos, por exemplo.
  • Autor ou autores: como você já deve ter percebido no nosso blog, todos os conteúdos têm o nome de quem os escreveu. Assim, esse é um dado importante no nosso calendário editorial
  • Evento: se refere ao tipo de lançamento e de conteúdo. Nessa parte, você deve definir se será uma divulgação de um material rico ou a publicação de um blog post, por exemplo.
  • Palavras-chave e título (pauta): para evitar repetições de temas e palavras-chave em conteúdos futuros, sempre documente essa informação
  • Destaque a persona que o conteúdo busca atingir e o estágio da jornada de compra.
  • Resumo do conteúdo
  • Oferta (CTA): defina qual é o CTA do final do material e acrescente o link no calendário editorial
  • URL do conteúdo

Passo 4: Escolha os canais de divulgação

Com uma estratégia de conteúdo definida, a próxima etapa é escolher os canais de divulgação dos conteúdos:

Redes sociais

Para as redes sociais, determine:

  • Os conteúdos a serem promovidos
  • Datas de publicação e horários para cada um dos conteúdos. Aqui na Rock, gostamos de usar a regra 444: para cada conteúdo lançado, promova 4 chamadas diferentes, em 4 dias diferentes e em 4 horários distintos. Assim, você aumenta as chances de alcançar um maior número de pessoas.
  • Em quais redes sociais a divulgação será feita
  • A pessoa responsável pela postagem
  • Quantas vezes o conteúdo já foi promovido
  • Os objetivos com a divulgação, como: atração de tráfego, geração de leads, engajamento.
  • Opções de chamadas para a divulgação
  • O status da publicação: publicado, agendado ou não finalizado.

E-mail marketing

Uma das melhores maneiras de divulgar um conteúdo é por meio do envio de e-mail marketing e, assim como nas estratégias para blog e redes sociais, também é preciso planejar os disparos por e-mail.

  • Escolha uma ferramenta de e-mail marketing ou de automação de marketing para o envio
  • Defina datas e horários de disparo dos e-mails
  • Determine os conteúdos a serem divulgados (materiais ricos, blog posts em newsletters, por exemplo)
  • Destaque a pessoa responsável pela configuração dos disparos
  • Defina as segmentações de listas que receberão os conteúdos
  • Documente se o material é um lançamento ou relançamento
  • Documente se o e-mail faz parte de um fluxo de nutrição e especifique qual é ele
  • Defina os objetivos dos disparos
  • Acompanhe o status das campanhas de e-mail

Passo 5: Siga o cronograma e mantenha-o atualizado

Criar um calendário editorial e não seguí-lo irá apenas trazer mais atrasos e desorganização.

Também é importante manter o cronograma atualizado, mas isso não significa alterá-lo diariamente com a intenção de conseguir melhores resultados.

Isso só deve ser feito após um período de testes, ou seja, apenas após ter certeza que o planejamento atual não está dando resultado.

Passo 6: Compartilhe com o time de marketing

Como vimos, uma das principais vantagens de documentar uma estratégia é a melhora no alinhamento do time de marketing com todos os processos.

Para garantir que a equipe tenha conhecimento dos prazos e datas, não se esqueça de garantir que todos acessem o calendário editorial.

Bônus: como criar um calendário editorial no Google Calendar

Para fazer um calendário editorial nessa ferramenta, abra o material “Calendário Editorial para Google Calendar”, presente no nosso Kit de templates para Calendário Editorial, e siga estas instruções:

  1. Não altere a primeira linha da tabela. Para funcionar, os termos devem permanecer em inglês.
  2. A primeira coluna, “Subject”, se refere ao nome dos eventos que aparecerá na sua agenda. Uma sugestão é trocar para o próprio nome do seu blog ou dos conteúdos que serão publicados.
  3. Na coluna “Start date”, altere para as datas em que você vai promover os conteúdos, seguindo a frequência definida.
  4. Na terceira coluna, coloque um horário para o evento. A partir dessa definição, quando faltarem alguns minutos, o Google Calendar vai dar um alerta para te ajudar a lembrar.
  5. Na coluna “End date”, defina o dia em que o evento terminará. Nesse caso, a promoção do conteúdo deve acontecer no mesmo dia em que colocamos como “Start date”
  6. Na quinta coluna, “End time”, edite para o horário de término do evento.
  7. Na coluna “Description”, acrescente uma pequena descrição sobre cada uma das publicações, para dar direcionamentos ao responsável pela divulgação
  8. Não edite as colunas “All day event” e “Private”
  9. Salve as mudanças e confira se o formato de arquivo continua .csv.

Terminada a edição, acesse a agenda na sua conta Google e, como na imagem abaixo, clique em “Criar nova agenda”.

calendário editorial

Em seguida, dê um nome para essa agenda, como Calendário Editorial do Blog Marketing de Conteúdo, acrescente uma descrição e, no canto superior esquerdo da página, clique em “Criar agenda”.

calendário editorial

Depois, acesse a setinha ao lado de “Outras agendas” e clique em “Importar agenda”, como na imagem abaixo.

calendário editorial

Na caixa que abrir, importe o arquivo .csv já editado e selecione a agenda criada no passo anterior.

calendário editorial

Caso a mensagem abaixo apareça, a agenda foi importada com sucesso e o seu calendário editorial já pode ser acessado no Google Calendar!

calendário editorial

Por fim, não se esqueça de compartilhá-lo com a equipe de marketing. Para isso, basta convidar pessoas para os eventos criados.

calendário editorial

E você? Já adota algum calendário editorial na sua empresa?

Para otimizar ainda mais a sua estratégia de marketing de conteúdo e alcançar bons resultados, não deixe de utilizar os templates do nosso kit!

 

 
Autor(a)

Escrito por: Juliana Ribas Analista de marketing na Rock Content. Apaixonada por marketing digital, séries, futebol e chocolate.



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!