Como conseguir um emprego em uma empresa inovadora

Como conseguir um emprego em uma empresa inovadora

Cada vez mais as coisas têm se transformado numa velocidade surpreendente. Mas será que você entende que, consequentemente, a dinâmica do mercado de trabalho também está mudando neste mesmo ritmo? Você sabe como conseguir um emprego em uma empresa inovadora?

Novos tempos

Na época do meu pai, anúncios de jornal eram a ferramenta mais utilizada para se fazer um recrutamento, sem contar que o número de profissionais qualificados era bem menor do que as vagas disponíveis. Muitos engenheiros saíam da universidade com o emprego garantido e muitas vezes por lá ficavam até a aposentadoria.

Hoje, as opções são várias: ter inglês fluente é o mínimo para disputar uma vaga com os bons, o timing é bem mais ágil e as ferramentas de otimização dos processos são inúmeras, sem contar que a internet mudou praticamente tudo.

Mas, além de tudo isso, existe algo que na realidade mudou, mas passa muito despercebido para a maioria das pessoas. A grande parte da “geração y” (que nem sabe o que significa anúncio de emprego no jornal) também está bem longe de se dar conta disso.

É a pró-atividade!

Como se destacar

No mundo de empresas inovadoras, para se destacar no meio da multidão, o candidato tem que fazer algo a mais do que simplesmente se candidatar à vaga e esperar passivamente.

O processo seletivo deve ser sempre algo bilateral — o candidato também está fazendo uma escolha, mas este fato quase sempre fica no esquecimento.

Hoje existem inúmeras empresas inovadoras, que estão em busca unicamente de talentos. Estes lugares estão especialmente abertos ao que não está no padrão. Por isso não importa a cor do seu cabelo, quantas tatuagens tem, a roupa que veste ou sua orientação sexual. O que importa é saber se você fala línguas, se está acompanhando as tendências lá de fora e se consegue juntar os pontos do quebra-cabeça da sua área de atuação.

Se um lugar deste tipo é o que quer como seu próximo emprego, ficam aqui algumas dicas para se diferenciar da multidão e ser pró-ativo:

  • Identificou onde adoraria estar? Corra atrás! Não fique esperando retorno do CV que mandou. Faça a diferença e não se iguale às centenas de candidatos que também disputam a vaga. Outro dia um de nossos candidatos postou um vídeo no Youtube direcionado a mim e explicando por que deveria ser escolhida. Ganhou a entrevista!
  • Empresas modernas são bem horizontais. Todos têm acesso às informações e às pessoas (do CEO a faxineira). Faça contato com alguém lá dentro e esta pessoa vai poder te encaminhar ao responsável pela vaga. Eu vivo recebendo candidatos interessados em fazer parte do time que conseguem o meu contato abordando o “fale conosco” do site.
  • Estamos no século XXI. Aceite sua singularidade e não esconda quem você é. Tem cabelo colorido, tatuagem, usa roupas não convencionais? Empresas modernas não ligam para isso. Sua autenticidade diz muito de seus diferenciais e de sua autoestima.
  • Redes sociais servem para algo além de tomar conta da vida alheia. O LinkedIn é uma das ferramentas mais poderosas para networking profissional da atualidade e tem mudado radicalmente a maneira como os recrutadores e head hunters têm atuado. O Facebook, embora tenha um viés mais informal, também é um canal para encontrar as pessoas certas e acessá-las — mas, por favor, NUNCA se esqueça do bom senso e da autocrítica. Foto louco na balada, com pegada pornográfica ou qualquer outro tipo de queimação de filme não rola! Nunca deixo de olhar o Facebook de um candidato antes de chamá-lo para uma entrevista.
  • Conseguiu a entrevista? Vá preparado. O mínimo que se espera é que devore todas as informações possíveis sobre a empresa e a vaga: novidades, investidores, diferencial, campo de atuação. A internet existe também para isso!
  • Demonstre confiança, saiba do que está falando e não se sinta intimidado em fazer perguntas (desde que pertinentes). Deixe o entrevistador interessado em suas habilidades e competências.
  • Nunca feche as portas, você nunca sabe o que acontece do outro lado. Se a vaga não rolou desta vez, não significa que não pode rolar no futuro. Mantenha contato com os profissionais que trabalham naquele lugar.

E então, se animou a buscar a empresa dos seus sonhos para deixar de trabalhar e passar a se divertir todos os dias?

 
Autor(a)

Escrito por: Nira Goldstein Gerente de RH da Rock Content, tem grande experiência em planejamento de carreira e gestão de pessoas. É responsável pela contratação e desenvolvimento dos profissionais fora de série da Rock Content :D



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!