como criar um aplicativo

Como criar um aplicativo sem precisar saber muito sobre programação!

Até pouco tempo atrás, criar um aplicativo era um desejo que muitas empresas descartavam devido a necessidade de especialistas para desenvolverem o produto de software — o que demanda altos investimentos para a criação e manutenção.

Na forma mais “tradicional” de se desenvolver um aplicativo, é certo que a empresa precisará acrescentar em seu quadro de funcionários:

  • Analista de sistemas;
  • Designer;
  • Webdesigner;
  • Programador;
  • Arquiteto de software;
  • Analista de Banco de Dados.

Sem dúvidas, esse acumulo de despesas decorrente de um projeto para a criação de um aplicativo faz com que muitas empresas se resguardem.

E, embora esse raciocínio prevaleça, o avanço das plataformas on-line estão promovendo mudanças muito significativas!

Hoje em dia, é perfeitamente possível criar um app para o seu negócio — de forma gratuita, inclusive —, mesmo que você não tenha conhecimento algum sobre códigos e linguagens de programação.

Se para você isso é uma novidade, logo presumimos que esteja muito interessado(a) no assunto. Certo?

Pensando nisso, produzimos este post contendo tudo que você precisa saber para criar um aplicativo para sua empresa.

Vamos começar?

Por que a sua empresa precisa de um aplicativo?

A utilização de dispositivos móveis para os negócios está se tornando uma realidade cada vez mais comum nas grandes empresas, e, como bem sabemos, o que ocorre em grandes empresas, cedo ou tarde, se torna uma tendência para empresas de menor porte.

São muitos os benefícios em contar com um aplicativo, tanto para seus colaboradores como para os clientes.

Afinal, se algumas tarefas podem ser simplificadas com uma simples implementação de smartphones ou tablets como ferramentas de trabalho, por que não investir nisso e melhorar os serviços com qual empresa trabalha?

E no caso dos clientes, por que não fornecer valor a eles com uma alternativa para realizar compras ou simplesmente navegar pelos produtos, não importando o local em que estiver, bastando uma conexão com a internet?

4 outras razões para a sua empresa ter um aplicativo

Se os motivos acima não lhe convenceram da importância de sua empresa criar um app, apresentaremos 4 estatísticas que certamente farão com que mude de ideia!

  1. Pode-se dizer que o mercado de aplicativos é um dos que se encontram em maior evidência no mundo. Afinal, vivemos em um país do qual ¾ (três quartos) da população possui celulares/smartphones, segundo o IBGE.
  2. A Cisco, uma das maiores referências no ramo de Tecnologia, estima que, até 2020, 70% da população mundial utilizará dispositivos móveis.
  3. Segundo a mesma pesquisa da Cisco, o tráfego da internet por via de dispositivos móveis, como smartphones e tablets, chegou a 94% em 2015.
  4. De acordo com uma pesquisa da consultoria Morgan Stanley, o mercado de apps crescerá 300% até o ano de 2017.

Em suma, todos esses dados enfatizam que a tendência no uso de aplicativos é muito grande e promissora. Portanto, toda empresa que cria um app está saindo na frente da concorrência e gerando maiores oportunidades de negócios.

Conheça as ferramentas disponíveis para criar um aplicativo

É bem possível que o seguinte questionamento esteja “martelando” a sua cabeça agora: aplicativos produzidos em plataformas possuem a mesma qualidade dos que são criados por uma equipe de especialistas?

A boa notícia é que existem muitas plataformas que oferecem esse serviço, fazendo com que a qualidade final do app não deixe a desejar, até porque a base de um app será sempre a mesma: códigos.

Um outro ponto forte das plataformas para criação de apps é que muitas delas oferece ferramentas e recursos específicos, de acordo com a finalidade e principais necessidades do aplicativo.

Ou seja, se a sua empresa necessita de um aplicativo para a loja virtual, ela contará com funções desenvolvidas justamente para a criação de apps de e-commerce.

E o mesmo vale para restaurantes que precisam de um cardápio ou um blog que queira fornecer conteúdos para quem utiliza dispositivos moveis.

Portanto, agora que você sabe que a sua empresa pode criar o próprio aplicativo — e de qualidade —, que tal conhecer algumas das principais ferramentas que a internet nos oferece?

1. Mobile Roadie

como criar um aplicativo

A plataforma surgiu em 2009 e desde então não parou de crescer.

Para se ter ideia do quanto o seu serviço é utilizado, já foram criados mais de 500 apps que foram baixados por mais de 50 milhões de usuários!

Não por acaso, muitas instituições e marcas de peso desenvolveram seus aplicativos através da Mobile Rodie.

Exemplos? Harvard University, Universal Pictures, Taylor Swift, Red Hot Chili Peppers, Hollywood Casino etc.

Sobre suas funcionalidades, a plataforma Mobile Roadie permite que usuários criem e gerenciem seus apps para sistemas Android e IOS, compatíveis com todos os tipos de dispositivo.

Você pode criar, de forma simples e intuitiva, um cardápio para restaurante que será instalado nos aparelhos dos garçons, por exemplo.

Além disso, todo o procedimento contará com o suporte da plataforma, que, por sua vez, possui um recurso de ligação livre para que o usuário possa analisar o app.

Outro ponto forte da plataforma é que ela possibilita criar um app com design muito bonito e fácil de criar, além de ser completamente personalizável.

Para desenvolver um aplicativo através da Mobile Roadie, é preciso aderir a um dos planos disponíveis. Atualmente, o plano mais básico está no valor de US$49 (quarenta e nove dólares americanos).

2. ShoutEm

como criar um aplicativo

A ShoutEm conta com a sua ferramenta Mobile App Creator para que os seus milhares de usuários criem aplicativos de forma simples, acessível e eficaz, não importando o segmento dos negócios.

Com essa plataforma você pode criar ótimos e rentáveis apps para e-commerce, eventos, catálogos, conteúdos, advertising, notificações e muito mais; podendo, também, integrar os apps às redes sociais.

Quando um app é criado no ShoutEm, o usuário pode contar com diversas opções de gerenciamento e ferramentas que auxiliam na monetização e na análise através de relatórios — como no Google Analytics.

Sobre os planos, são quatro ao todo: Basic (US$19,90), Advanced (US$49), Unlimited (US$119,90) e Enterprise.

Ou seja, são planos adequados a todos os tipos de perfis e necessidades, que podem, inclusive, serem testados pelo usuário (exceto o plano Enterprise, que só pode ser contratado fazendo uma consulta).

3. Fábrica de Aplicativos

como criar um aplicativo

A plataforma Fábrica de Aplicativos foi lançada em 2011 e hoje conta com o apoio de grandes marcas e referências, como: Abril, Vivo, Endeavor e Catraca Livre.

O seu propósito das mencionadas anteriormente: permitir a criação de aplicativos, compatíveis com sistemas Android e IOS, sem a necessidade de programar.

Porém, com o diferencial de ser totalmente em português e possuir um plano gratuito!

Entretanto, se você deseja contar com opções mais avançadas e menos limitadas, os planos pagos variam entre mensalidades de RS15 a R$55  — com descontos para quem optar por planos semestrais ou anuais.

4. Appmark

como criar um aplicativo

O Appmark é uma plataforma que permite criar um app utilizando HTML5 em poucos minutos, com a devida compatibilidade com os sistemas Android e IOS, garantindo que não haverá obstáculos para a instalação e distribuição.

São vastas as opções e funcionalidades inseridas na plataforma (disponível em português), sendo algumas delas: criação de marca e customização de design, galeria de fotos, chat, atualizações em tempo real etc.

Além disso, o usuário contará com um dashboard para gerenciar e modificar o seu aplicativo de acordo com as necessidades.

Para criar um app no Appmark não é preciso fazer investimento algum, pois eles disponibilizam um plano completamente gratuito e sem anúncios — com as opções de upgrade, que variam entre US$1 e US$39 por mês.

5. Appy Pie

como criar um aplicativo

A plataforma Appy Pie oferece opções que facilitam demais o desenvolvimento do seu app. Isso porque o usuário tem acesso a ferramentas específicas para cada tipo de aplicativo, como:

  • Apps para restaurantes;
  • Taxis;
  • E-commerces;
  • Compartilhamento de multimídia e mensagens instantâneas;
  • Educativos etc.

Fora isso, cada usuário conta com outras ferramentas de customização e um market place para divulgar e distribuir o app.

E quanto aos planos? A sua empresa pode optar por um plano gratuito que permite criar um app para Android e IOS, ou escolher um plano mais avançado — entre 15 e 50 dólares por mês — que permitem criar apps para outras plataformas, como o Windows Phone.

6. GameSalad

como criar um aplicativo

Até agora conhecemos algumas plataformas voltadas para diversos formatos de negócio, como catálogos, e-commerces, divulgação de conteúdos e eventos, entre outros.

Entretanto, a plataforma GameSalad foge um pouco disso.

Trata-se de um serviço voltado para quem deseja criar jogos de forma simples e prática; ideal para instituições de ensino (IES) que desejam criar um app de jogos educativos ou empresas que desejam aplicar treinamentos aos colaboradores através dos games.

Apesar da facilidade para a criação de games, se engana quem pensa que os jogos são de baixa qualidade.

Na verdade, eles são tão avançados que nem aparentam ter sido produzidos sem tanto esforço.

Para usufruir da plataforma GameSalad é preciso optar por um dos dois planos disponíveis: o Basic (US$17 por mensais) e o Pro (US$25 mensais), com desconto de 50% para educadores.

Outras plataformas disponíveis no mercado

Como falamos anteriormente, são muitas as plataformas para criação de apps disponíveis na internet — o que é excelente para o público em geral.

Porém, como as funcionalidades pouco variam de uma plataforma para outra, elaboramos uma lista com outras alternativas para o seu negócio — incluindo os valores mínimos de investimento.

Confira os principais sites para criar um app:

BiznessApps (59 dólares por mês);

como criar um aplicativo

AppMachine (59 dólares por mês);

como criar um aplicativo

Appery.io (gratuito);

como criar um aplicativo

AppsBuilder (14 euros por mês);

como criar um aplicativo

Good Barber (16 dólares por mês).

como criar um aplicativo

Como criar um app em 5 passos

Até o presente período do artigo, apresentamos a você diversas plataformas para criação de aplicativos de qualidade profissional.

Praticamente todas elas funcionam de maneira muito parecida, consistindo em selecionar e/ou arrastar itens.

Sendo assim, o exemplo que utilizaremos para ensinar a criar um app para a sua empresa será o Appy Pie, que possui um plano gratuito e as suas funcionalidades podem ser encontradas na plataforma que você escolher.

Pronto(a) para começar? Então, vamos lá!

1. Escolha o tipo de app

Primeiramente, acesse a página do Appy Pie e escolha o tipo de app que você deseja criar. Dentre todas as opções existentes, estão:

  • Business;
  • Information;
  • Online Business;
  • Education;
  • Restaurant;
  • Health.

Em nosso exemplo selecionamos o “Information” e escolhemos o nome do aplicativo. Obviamente, a plataforma rapidamente verificará se o nome está disponível — do contrário, infelizmente será preciso encontrar algum outro bom nome.

como criar um aplicativo

2. Selecione o tema

Você poderá optar pelos temas disponíveis — a versão gratuita contém 12 opções.

A escolha do tema definirá a “cara” que o seu app terá, inclusive com relação ao posicionamento dos botões e o design dos ícones.

Neste exemplo, nós escolhemos o tema 5.

como criar um aplicativo

3. Monte o design

Agora chegamos na parte do design! Você poderá adicionar botões para todas as funções, tais como:

  • Social (redes sociais, chat, eventos, compartilhamento etc);
  • Contact (mapas, ligações e listas de contato);
  • Multimedia (Rss, vídeo, audio, blog etc);
  • Information (“sobre nós”, depoimentos, QR code, website etc).

como criar um aplicativo

Em seguida, basta configurar os botões incluindo os links da sua empresa (quando necessário) e, caso queira, customize o tema alterando a splash screen e o ícone do app.

como criar um aplicativo

4. Crie o seu app

Feito as configurações necessárias, basta clicar em Build, selecionar o plano de sua escolha. Pronto!

como criar um aplicativo

Agora a sua empresa possui um aplicativo com todas as funcionalidades que desejava e por um investimento muito pequeno — ou até mesmo nulo.

como criar um aplicativo

5. Invista nos melhores meios de distribuição

Com o aplicativo pronto e em pleno funcionamento, é preciso disponibilizá-lo em market places e stores (Google Play e App Store), e, em seguida, divulgar o app através de todos os ativos da empresa — principalmente se for uma e-commerce.

como criar um aplicativo

Ou seja, invista em anúncios, divulgação nas redes sociais, utilize landing pages no site/blog da empresa. Isso potencializará o alcance do app ao público-alvo juntamente com o impacto gerado pela sua disponibilização nas stores.

Conclusão

Neste conteúdo você aprendeu como criar um app de forma simples e sem desembolsar todos os altos valores que envolvem a contratação de uma equipe de desenvolvedores e web designers.

Com isso, a sua empresa poderá otimizar os processos do negócio ou gerar mais vendas oferecendo o melhor da tecnologia móvel aos seus colaboradores/clientes!

Agora que você criou seu aplicativo você precisa fazer um bom marketing de conteúdo para lança-lo. Que tal ler nosso artigo sobre Como Fazer Marketing de Conteúdo para Lançar um Aplicativo?

Até a próxima!

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!