landing page

8 regras de ouro de como criar uma landing page

Todo mundo hoje fala em como criar uma landing page que vai gerar toneladas de leads qualificadas e converter as mais diversas ações – sejam de cadastramento, download ou vendas -, de forma arrasadora.

Todo mundo hoje fala em como criar uma landing page que vai gerar toneladas de leads qualificadas e converter as mais diversas ações – sejam de cadastramento, download ou vendas -, de forma arrasadora.

Mas como é possível transformar essas promessas em realidade?

Uma sacada é procurar um bom exemplo de landing page e tentar entender o que deu certo ali.

E quanto mais exemplos você pesquisar, melhor.

Para adiantar este trabalho para você, tivemos a iniciativa de fazer essa pesquisa de benchmarking e detectamos 8 boas práticas que podem fazer toda diferença na hora de criar landing pages.

Fique à vontade para usá-las em seus trabalhos!

Como criar uma landing page: 8 regras de ouro

1- Todas as informacões relevantes sem rolar a página

Isso é o que se chama de “above the fold”.

Quando você acessa uma landing page, elas costumam ter um layout bem longo e comprido, exatamente porque as informações estão todas em uma única página.

Se você deixar informações importantes fora desse primeiro olhar do consumidor, pode ser que ele nunca chegue a lê-las, simplesmente porque não rolou a tela para baixo.

Detalhamentos podem ficar mais abaixo, mas a hierarquia das informações pede que tudo esteja claro no topo da landing.

2- A headline tem que ser criativa e objetiva

Não tem como criar uma landing page sem uma boa headline.

Existem verdadeiros tratados de como desenvolver headlines espalhados pela internet.

Isto porque sua criação envolve a arte de ser criativo e objetivo ao mesmo tempo. O que é bem complexo. Uma dica é que a objetividade deve expressar o seguinte sempre:

  • Qual é a oferta
  • Quem é o público daquele produto ou serviço
  • Qual o benefício ao adquirir

Quanto à criatividade, criar clima de curiosidade, mostrar que o produto foi “feito para você”, gerar surpresa, criar listas (tipo: as 10 melhores…) e fazer títulos em forma de perguntas são as técnicas mais usadas e têm gerado resultados.

3 – Subtítulo para explicar melhor

Sua chance de ser um pouco menos objetivo e mais criativo, sem ser chato e detalhista – é claro! -, logo depois de impactar o público com seu título.

Esclareça alguns pontos que podem gerar mais conversão nesta fase um pouco mais longa.

4 – Call to action chamativa e engajadora

Aqui está um dos elementos principais de toda landing page: dê uma ordem para seu público de maneira que ele clique naquele botão e converta em ação todo seu esforço criativo.

Este botão costuma ter cores fortes e chamativas (mas isso não é obrigatório), transmite um senso de urgência e deixa bem claro o benefício ao se clicar ali, além de indicar o que vai acontecer em seguida.

Algo como: baixe agora o aplicativo e encontre seu apartamento. O call to action pode se repetir ao longo da landing, em diferentes momentos da jornada de compra, com cores e frases diversificadas.

Ao criar landing pages, dê especial atenção a este elemento.

5 – Formulário curto

Para gerar as tão sonhadas “leads qualificadas” é preciso coletar informações e dados sobre elas, permitindo que a equipe comercial entre em contato posteriormente ou se enviem e-mails.

Mas sem exagerar no tamanho e nos campos a serem preenchidos no formulário. O ideal é apenas pedir nome, telefone e e-mail, quando possível.

Mais que isso costuma desestimular o engajamento. Lembre-se: criar uma landing page tem entre seus objetivos principais a coleta de informações sobre as leads, seja bastante cuidadoso ao determinar os campos do formulário.

6 – Inclua depoimentos

Nada melhor que ouvir outras opiniões para convencer alguém de que sua oferta é legal. Se for em vídeo, melhor ainda!

Pode-se, caso não haja alternativa, usar links para depoimentos em mídias sociais ou sites de avaliação no estilo do tripadvisor, por exemplo. Dão até mais credibilidade, as vezes.

7 – Mostre que saiu no jornal ou na TV

Ou no site da moda, é você quem escolhe a maneira de deixar claro para quem acessar sua landing page que aquela empresa foi mencionada na mídia, espontaneamente, pela qualidade de seus produtos e serviços.

8 – Vídeo explicativo

Uma maneira ótima de explicar rapidamente tudo que aquele produto ou serviço faz e como faz para alcançar os benefícios prometidos.

Tem que ser algo simples, criativo e direto. Pode ser gravado com atores ou uma animação. Esta segunda opção costuma ser a mais acessível e os resultados podem ser bastante positivos.

Estas dicas de como criar uma landing page foram escritas por nossos parceiros da WeDoLogos, um site de logotipo e concorrência criativa de materiais de comunicação, como cartões de visita, papelaria, web sites e muito mais. O cliente interessado nos materiais explica o que precisa, recebe diversas opções dos designers cadastrados de todo Brasil e vai ajustando até chegar no resultado desejado. Tudo isso online, muito prático, rápido e econômico.

marketing de conteúdo