Como definir objetivos e métricas em sua estratégia de Marketing de Conteúdo

Como definir objetivos e métricas em sua estratégia de Marketing de Conteúdo

Ao traçar uma estratégia de marketing de conteúdo, um dos pontos mais importantes é saber claramente aonde você quer chegar. Ter objetivos claros para seus esforços pode parecer bem óbvio mas muitas empresas levam essa tarefa levianamente e acabam tendo problemas no desenvolver de seu planejamento, afinal sem esses objetivos será muito complicado decidir quais métricas devem ser acompanhadas e quais ações devem ser tomadas para melhorar e evoluir nos esforços realizados.

O problema muitas das vezes é que ao traçar uma estratégia de marketing de conteúdo os profissionais sequer sabem o que essa metodologia pode alcançar. Responder à simples pergunta: “O que o marketing de conteúdo pode fazer pela minha empresa?” pode não ser tão simples assim. Ainda mais se pensarmos que também temos que alinhar esses objetivos com sua área de atuação, suas personas e sua empresa como um todo.

Então que tal conhecer alguns objetivos que podem ser alcançados com uma estratégia de conteúdo bem traçada e quais métricas você deve acompanhar?

Objetivos e Métricas

(Você pode acessar essa tabela em pdf clicando aqui)

  • Gerar brand awareness – Fazer com que mais pessoas reconheçam sua marca e conheçam os produtos e/ou serviços que sua empresa oferece.
    • Métricas: Curtidas no Facebook, Seguidores no Twitter, Visualizações de vídeos no Youtube, Visitas no site/ blog
  • Engajamento com a marca – Ter maior reconhecimento da qualidade do conteúdo e criar um relacionamento do leitor com ele, que o leve a compartilhá-lo com amigos e conhecidos.
    • Métricas – Compartilhamento em redes sociais, Número de páginas visitadas no site, Baixa taxa de rejeição, Comentários em postagens
  • Educar o mercado – Educar as pessoas sobre os serviços e produtos oferecidos por sua empresa, visando a mostrar a solução para um problema que elas possam ter.
    • Métricas – Número de páginas visitadas no site, Número de subscribers em sua Newsletter e Feed RSS,
  • Gerar leads – Recolher o contato de possíveis clientes para iniciar um relacionamento e fornecer informações e materiais úteis que amadurecerão a decisão de compra.
    • Métricas – Conversões em landing pages, Crescimento da base de contatos
  • Gerar vendas – Aumentar o número de vendas ao guiar as leads por todo o processo de compra e prepará-las para a tomada de decisão.
    • Métricas – Número de vendas, Vendas/ Leads
  • Custo por venda – Diminuir o custo de venda. Reduzir o tempo necessário e, consequentemente, o valor gasto ao realizar uma venda ao sanar as dúvidas e preparar melhor as leads.
    • Métricas – Tempo gasto para efetuar uma venda, Número de vendas, CAC (custo de aquisição de cliente)
  • Aumentar o lifetime-value – Aumentar o lucro que cada cliente gera para sua empresa ao contratar seu serviço por mais tempo, ou aumentar o número de vezes que ele faz compras em sua loja.
    • Métricas – Tempo de contrato de cada cliente, Lifetime value

Particularidades do marketing de conteúdo

Gerentes e diretores de marketing já mais experientes possuem uma visão bem clara do tipo de retorno que eles irão esperar de uma ação mais tradicionais de marketing digital. Devemos lembrar que ainda estamos migrando do offline, em que o retorno sobre investimento de uma campanha era dificilmente medido, para o digital, em que todas as ações do consumidor podem ser rastreadas e possuem alguma atribuição de valor.

Por exemplo: Se eu gastei R$1,00 em um clique para atrair um cliente com lifetime value de R$50, é óbvio que meus investimentos em CPC estão dando ótimos resultados, correto? Não é tão simples assim. Hoje os profissionais de marketing mais antenados sabem que somente medir o “último toque” é uma maneira simplificada de se medir resultados, mas pode levar a graves erros de análise.Em uma estratégia de marketing de conteúdo é importante ter entendimento dessa realidade, já que as métricas são diferentes, pois ao atrair e engajar o cliente estamos gerando um relacionamento que passa por vários pontos de contato até a compra! Nesse cenário, o modelo de atribuição de “último toque” se mostra ineficiente, uma vez que os esforços para conseguir o cliente são contínuos e duradouros.

Por isso o marketing de conteúdo dá muita importância a algumas métricas distintas do marketing digital tradicional (claro, algumas são as mesmas), como engajamento, quantidade de interações com a empresa etc. Além disso, muitas vezes investimentos em marketing de conteúdo são feitos para dar resultados em um prazo maior. Construir uma base de leitores fiéis ou reforçar sua reputação como autoridade não ocorrerá da noite para o dia, você precisará se esforçar e se dedicar para isso.

Saiba mais sobre ROI

Definir os objetivos a serem alcançados pela sua estratégia de marketing de conteúdo e conhecer bem as métricas que você deve monitorar para saber se está obtendo sucesso ou não é só o primeiro passo. Agora você precisa reunir uma série de outros dados, como os custos de suas estratégias e quais investimentos estão sendo feitos. Com isso em mãos, você poderá realizar os cálculos necessários para saber qual o retorno que sua estratégia de marketing de conteúdo está trazendo para sua empresa.

Se você quer saber como fazer tudo isso, é só ler nosso ebook “Planejamento Financeiro para Marketing de Conteúdo” que está disponível gratuitamente para você baixar! Nele você irá encontrar tudo o que explicamos nesse post e ainda verá como seguir os próximos passos para calcular seu ROI.

organizze

 
Autor(a)

Escrito por: Renato Mesquita Jornalista apaixonado por Marketing de Conteúdo, futebol americano e paçoca.



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!