Aprenda como montar uma audiência no Facebook ADS

Aprenda como montar uma audiência no Facebook ADS

Se você tivesse que construir uma audiência do zero a partir de amanhã, o que faria relacionado ao Facebook Ads?

O poder do Facebook Ads é proveniente de sua alta capacidade de segmentação. Ou seja, todas as informações que as pessoas possuem em seus perfis compõem o banco de dados do Facebook Ads e são facilmente acessíveis a quem trabalha com esta ferramenta.

É literalmente o sonho de quem trabalha com a comercialização de produtos ou serviços saber e decidir para quem irá oferecer seus itens.

Trabalhando com o Facebook Ads, podemos usar diversas ferramentas para definir o público-alvo entre pessoas, que podem ser casados ou solteiros, ter entre certas idades, viver em uma determinada cidade ou país e assim a lista continua quase que infinitamente.

Neste artigo, abordaremos como isso pode ser feito, ou seja, como se utilizar de recursos que lhe permitirá aproveitar o Facebook Ads de forma correta, com a intenção de alavancar sua marca na internet.

Compreenda que o Facebook Ads e Google Adwords funcionam de formas muito diferentes

Apesar de terem o mesmo objetivo, as duas ferramentas são bastante distintas na maneira como trabalham.

O Google Adwords trabalha com uma audiência que está procurando determinada palavra ou frase naquele instante, através de palavras chave “compradas” pelo anunciante.

No Facebook Ads, a situação é completamente diferente.

Como se trata de uma plataforma que está dentro do Facebook, as pessoas tendem a lidar com a ferramenta a entendendo como bastante invasiva em algumas situações, o que exige um pouco mais de atenção do anunciante.

Isso acontece porque o usuário, ao ter contato com o Facebook Ads, não fez nenhum tipo de pesquisa, tampouco tem interesse explícito em adquirir algo.

Todos os públicos, inclusive o seu, estão lá para compartilhar ideias, conferir o feed de notícias, etc. Ter a consciência disso faz com que você se preocupe com um melhor direcionamento das suas campanhas.

Diante disso, invista em imagens interessantes, frases de impacto, ou até mesmo iniciando uma história em que o usuário terá vontade de saber como ela irá continuar.

O Facebook Ads é uma ferramenta excelente para a geração de leads, mas certos cuidados devem ser tomados para que a sua marca não acabe tendo uma imagem negativa logo de início.

Elabore uma fanpage atraente

De nada adianta ter o domínio completo dos recursos do Facebook Ads se sua fanpage não ter m design atraente.

Nesse caso, ver o que a sua concorrência tem feito é fundamental. Desde o que tem funcionado bem, até o que você considera ruim, para que você seja inspirado e tenha parâmetros para construir algo ainda melhor.

Lembre-se que o uso de boas fotos e cores chamativas, são ótimos chamariscos para o tráfego de sua página. Esta é uma vantagem que o Facebook oferece, portanto, use-a com sabedoria.

Defina as personas

É mais ou menos como a boa e velha pesquisa de mercado, onde você determina quem será seu público alvo com o máximo de exatidão possível.

Isso será definido por você, a partir do momento em que entende quem são os principais interessados nos seus produtos, por exemplo, que idade tem, onde moram, quais lugares frequentam, etc.

Saber a quem sua divulgação será direcionada é ponto de partida para uma campanha bem sucedida.

Significa saber tudo sobre os hábitos, visão política, localização geográfica, comportamento, e várias outras características a respeito de quem receberá as suas ofertas e qual grupo se identificará.

Dessa forma, oferecerão mais oportunidades de conversão em leads e vendas.

São para estas personas é que você vai divulgar sua fanpage e a possibilidade de se tornarem fãs de sua página são bem maiores com esta segmentação feita.

Utilize o Graph Search

Em março de 2013, o Facebook atingiu a marca de um bilhão de usuários e disponibilizou uma ferramenta capaz de fazer a busca em meio a todos estes dados disponibilizados.

Para citar um exemplo bem básico, você pode realizar uma busca semântica como “pessoas que gostam de Game of Thrones” e essa pesquisa irá lhe informar de todas as pessoas que fizeram esta indicação em seu perfil.

Existem limitações pelas configurações de privacidade para cada um dos diferentes usuários, mas, de qualquer forma, significa que você pode usá-lo em seu favor como um poderoso aliado.

No Graphic Search, poderemos encontrar interesses, páginas e outras informações com base em nosso cliente ideal, o que nos dá uma lista enorme que poderemos filtrar e usar em nossa segmentação.

Lembre-se que cometer erros na segmentação pode ser fatal para a sua campanha, pois, além do seu objetivo não estar sendo atingido, indivíduos que nada tem a ver com sua campanha podem estar sendo atraídos, o que pode vir a lhe prejudicar.

Ofereça uma parte de seu conteúdo para chamar o seu público

Crie algo de valor que agrade ao seu público-alvo.

Este conteúdo poderia ser oferecido através um e-book feito de forma profissional ou até mesmo um whitepaper.

O caso aqui é oferecer este conteúdo de forma gratuita, em troca de curtirem a sua página.

Isso é feito com o like-gating.

Trata-se de uma imagem ou parte do conteúdo que servem para chamar a atenção de quem ainda não curtiu a sua página, que faz o teaser de modo que os não fãs passem a se tornar fãs para que tenham acesso ao restante do material oferecido.

Os visitantes de sua página possuem formas diferentes de visualização deste post, dependendo se já curtiram a página ou não.

Se ainda não curtiram, é mostrada uma prévia do que eles terão de graça se curtirem sua página. Quando eles curtem, recebem o link de download do conteúdo.

Existem ferramentas para fazer este like gating, e uma delas é o Shortstack, um criador de campanhas para o Facebook para esta finalidade.

Ter apenas um produto novo não basta, é preciso que ele seja inovador e intrigante de forma que chame a atenção do usuário.

Outro detalhe a ser ressaltado é que muitas campanhas se preocupam com chavões publicitários sem oferecer o devido destaque para a mercadoria em si.

Hashtags

As Hashtags no Facebook ainda estão ganhando força.

Mas elas podem também ser uma grande ferramenta para atingir um público mais amplo.

A busca através das hashtags por conteúdo de valor tem sido muito utilizada ​​atualmente no meio do Marketing de Conteúdo. Comece a utilizar essas hashtags de forma adequada para categorizar o que você tem a oferecer.

Se feito corretamente, você vai começar a atingir mais pessoas que ainda não curtiram sua fanpage, mas que estão interessados ​​em seu conteúdo e no material que você tem a oferecer.

E você, já utiliza o Facebook Ads? Compartilhe conosco as suas dúvidas e experiências!

Quer saber mais? Baixe nosso ebook gratuito!

ebook de facebook ads

Até a próxima!

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!