como organizar uma palestra

Aprenda como organizar uma palestra e driblar o nervosismo de falar em público

Se você está prestes a apresentar os resultados da sua estratégia de marketing, algum trabalho, projeto ou iniciativa, provavelmente tem que lidar com a pressão de organizar uma palestra.

É preciso fazer um material interessante o suficiente para manter a atenção do público, mas com conteúdo, propriedade e exatidão.

Além disso, você precisa se preparar para a apresentação, de forma que não pareça um simples improviso.

Mas como organizar uma palestra de qualidade? Quais pontos você deve ter em mente quando estiver se preparando para enfrentar o público?

Confira as nossas dicas para descobrir!

Nos dias anteriores à palestra: como se preparar

Para se organizar para uma palestra, é preciso se atentar a dois momentos essenciais: o antes e o durante.

Veja, primeiro, o que é possível fazer para se preparar nos dias que antecedem a apresentação:

1. Escolha locais adequados, ou adapte sua apresentação ao ambiente

Isso pode até parecer bobagem, mas é imprescindível saber o local onde você irá realizar sua apresentação.

Muitas vezes, o tipo de palestra que você pretende realizar não será favorecido pelo local escolhido.

Por exemplo, se é um auditório muito grande e verticalizado, provavelmente será difícil interagir com o público.

Por outro lado, se o lugar é muito intimista e com poucos assentos, talvez sua palestra não precise ser tão formal e tradicional.

Na verdade, esses detalhes também são importantes para você verificar se há a possibilidade de utilizar recursos audiovisuais, calcular o número de ouvintes, entre outros detalhes que fazem toda a diferença no dia da apresentação.

Não deixe para verificar esses aspectos na última hora, pois eles podem mudar os rumos de sua preparação.

2. Pense no seu público

Por falar em público, é essencial ter em mente o perfil de seus ouvintes. Essa informação vai muito além de calcular o público estimado.

Você precisa verificar quem será o público-alvo em termos de gênero, idade, interesses, preferências, nível de instrução, etc.

Todas essas diferentes características de um público podem dizer muito sobre o tom de linguagem que você irá adotar, os tópicos abordados, o nível  técnico da apresentação, entre outros aspectos.

Procure saber essa informação com antecedência, para já elaborar uma apresentação adequada para o público esperado.

3. Atenção à linguagem

A partir do momento em que você tem a definição de um público esperado, fica mais fácil se atentar à linguagem ideal para esses ouvintes.

Por exemplo, é muito diferente dar uma palestra motivacional sobre empreendedorismo para um grupo de jovens e para um grupo de empresários seniores.

Cada um desses públicos exige não apenas tons de linguagem diferentes, como também diferentes formas de abordagem.

Com um grupo de jovens, por exemplo, utilizar um meme pode render interesse, engajamento e maior impacto, enquanto essa estratégia pode simplesmente não funcionar com um grupo mais formal de outra geração.

4. Vai usar recursos visuais? Evite textos

Se você estiver pensando em utilizar recursos visuais em sua apresentação (slides), atente-se para o fato de que uma palestra não é uma aula.

Dificilmente as pessoas vão prestar atenção naquilo que você quer dizer se são encorajadas a decifrar slides cheios de textos, detalhes e informações.

Tudo bem inserir gráficos, informações pontuais e outros tipos de tópicos, mas é preciso focar nas imagens.

Muitas vezes, elas são mais efetivas para conduzir sua fala e estimular o público a prestar atenção no que realmente importa: o conteúdo apresentado.

Aproveite também para escolher fontes mais sofisticadas e fugir do lugar comum!

5. Deixe as imagens guiar sua palestra

Ao optar por recursos visuais, é uma boa regra deixar que as imagens guiem sua palestra. Na prática, o que isso significa?

Basicamente, que elas serão seu roteiro.

É como se você tivesse um guia de fala durante toda a apresentação, mas focado em fotos, gráficos e outras imagens, e não em textos, tópicos e mensagens. Assim, sua apresentação fica mais literal, dinâmica e interessante para o público.

Vale a pena experimentar essa estratégia!

6. Defina seus objetivos

Quais são suas metas? Que objetivos você pretende atingir por meio dessa palestra?

É necessário ter as respostas para essas perguntas, já que ela define o conteúdo de cada palestra.

Você pode abordar um mesmo tema por meio de perspectivas diferentes, a depender do objetivo traçado inicialmente.

Por exemplo, se seu objetivo é sensibilizar o público acerca de um problema, ou tema que acaba de surgir, não é necessário fazer uma abordagem tão profunda.

Por outro lado, se sua audiência consiste de especialistas sobre o tema, é importante que você traga informações novas, específicas e aprofundadas.

7. Treine sinônimos e vocabulário da área

Quando estamos fazendo uma apresentação, por mais que a gente já esteja familiarizado com o tema, acabamos ficando ainda um pouco nervosos.

Isso pode se traduzir de diversas formas. Algumas pessoas gaguejam, mexem no cabelo, têm “brancos”, etc.

Outra forma comum de nervosismo é a insistência em uma palavras-chave só. Você esquece seus sinônimos e repete a mesma palavra diversas vezes, o que passa uma imagem de amadorismo e falta de preparo.

Para evitar que isso aconteça com você, vale a pena treinar alguns sinônimos dessas palavras-chave.

Faça uma lista de palavras relacionadas com o tema da apresentação, que podem ser estrategicamente substituídas para que você demonstre ter domínio de vocabulário.

Aliás, essa dica vale também para textos, projetos e outros tipos de conteúdo.

8. Ensaie antes

De nada adianta você dominar o tema da palestra se, na hora de apresenta-lo, esquece a ordem dos argumentos e dos pontos a serem apresentados.

Principalmente para quem fica nervoso ao apresentar em público, é preciso treinar bastante a ordem de sua fala, suas explicações, exemplos que não podem ser esquecidos, etc.

Se possível, conte com a ajuda de algum colega de trabalho ou amigo para avaliar sua apresentação e fazer críticas construtivas.

Nesses momentos, eles poderão avaliar se o conteúdo está bem explicado, se você abordou todos os temas necessários e se há fluidez entre uma fala e outra.

9. Prepare materiais auxiliares

Se possível, conte com a ajuda de materiais auxiliares para sua apresentação.

Por exemplo, se você vai apresentar diversos gráficos, por que não imprimi-los previamente e distribuir entre os ouvintes, para que eles guardem essas informações após a palestra?

Ou então, se sua apresentação conta com um pitch de ideia, ou de um produto/serviço, vale a pena que seus ouvintes saiam da sala com as informações sobre como o produto e como contactar você.

Uma boa dica é usar cartões profissionais e folders.

10. Conte com a ajuda de outras pessoas

Quanto maior o porte de sua apresentação, mais importante será contar com a ajuda de outras pessoas.

Por exemplo, no preparo de slides, revisão ortográfica e gramatical do conteúdo, preparo e distribuição de folders, verificação de equipamento de imagem e de áudio, entre outros detalhes.

Poder contar com a ajuda de alguém como suporte será uma grande ajuda, antes e durante a palestra!

Para ter em mente durante a palestra

Agora que você já sabe como se organizar previamente para uma palestra, está na hora de conferir o que pode ser feito durante sua apresentação. Veja:

1. Fale com clareza e objetividade

Internalize esse mantra de qualquer pessoa que precisa transmitir uma ideia: clareza e objetividade são as melhores formas de passar sua mensagem.

Pessoas que falam rápido demais, ou que são prolixas, acabam perdendo o interesse do público. Sua mensagem se perde em meio a esses detalhes e a palestra acaba não atingindo seus objetivos.

Lembre-se de falar pausadamente, até para dar tempo de sua audiência processar todas as informações, formular dúvidas e compreender bem o tema.

Além disso, treine sua dicção para pronunciar corretamente as palavras, especialmente termos técnicos e em língua estrangeira.

2. Movimente-se

Não fique parado em um lado do palco ou sala enquanto estiver apresentando. Isso é a receita para uma palestra tediosa.

Em vez disso, procure se movimentar constantemente enquanto fala. Isso aguça a atenção do público e os estimula a manter maior interesse por aquilo que você está falando.

3. Engaje seu olhar com o público

Por falar em interesse, outra estratégia interessante para manter o engajamento do público com você é o bom e velho “olho no olho”.

Não escolha apenas uma pessoa para fazer isso durante a palestra, procure fazer contato visual com todos os membros do público.

4. Encare-os como iguais para diminuir o nervosismo

Pode ser muito desafiador apresentar para um público mais experiente ou hierarquicamente superior, como chefes e investidores.

Essas experiências são difíceis por si só, mas o que você pode fazer para amenizar o nervosismo é trata-los como iguais.

Lembre-se que realizar palestras faz parte da rotina de qualquer pessoa de sucesso, independentemente da área.

É importante tratar essas pessoas de forma natural e esquecer as credenciais no currículo de cada um.

5. Saiba lidar com imprevistos

Imprevistos acontecem! Desde projetores que param de funcionar, até interrupções e perguntas inesperadas.

Nada disso é motivo para que você se desespere, ou esqueça seu roteiro de apresentação.

Em vez disso, aprenda a lidar com os imprevistos de forma natural, como se eles fossem oportunidades de você adquirir experiência e maturidade profissional.

A depender do público, brinque com a situação e procure recuperar a direção dos rumos da apresentação.

O que achou dessas dicas sobre como organizar uma palestra? Já se sente mais seguro para falar em público?

Aproveite para se inspirar com as 23 palestras motivacionais que selecionamos!

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!