comprar likes no facebook

Vale a pena comprar likes no Facebook?



O anúncio é claro: mais de 100 mil likes por semana em troca de uma pequeníssima assinatura mensal.

Em pouco tempo seu negócio estará bombando de curtidores, com milhares, não, milhões de fãs recebendo suas novidades diretamente em suas linhas do tempo.

Já pensou que sonho?

Pena que nada disso é real.

Comprar likes no Facebook está longe de ser a maravilha prometida e, mesmo no pagamento de ads dentro da própria rede, os resultados dificilmente serão o ideal para seu negócio.

No texto a seguir apresentaremos as principais razões para você se manter longe dessas promessas mirabolantes. Continue lendo e descubra a verdade por trás da venda de likes no Facebook!

Entendendo a lógica do Facebook

Likes, ou curtidas, fazem parte do variado universo de indicadores do Facebook para medir a popularidade da sua página na rede.

Cada usuário que decide “curtir” sua fanpage adiciona um número no seu contador, além de fazer uma espécie de assinatura do seu conteúdo, que agora será levado diretamente para a linha do tempo do curtidor.

Mas esteja atento: essa função não é tão direta quanto parece.

Seu post ainda vai competir com uma infinidade de conteúdos de seus concorrentes e, muitas vezes, precisará de um “impulso” para aparecer em primeiro na timeline de qualquer usuário.

A “curtida” ou “like” geralmente é dada por usuários da rede que gostam do seu conteúdo e querem receber mais daquilo.

Ou seja, variedade, constância nas postagens, relevância e boa qualidade são fatores que auxiliam no aumento dos likes na sua página.

Apesar de ser sim importante, essa métrica precisa ser tratada com cuidado.

Dependendo da maneira com que você lida com ela, o número de curtidores pode não passar de métrica de vaidade, e daí ater-se a essa informação não trará nada de positivo para sua estratégia de marketing digital.

Como comprar likes no Facebook?

Existe uma variedade de alternativas para quem decide comprar Likes no Facebook.

Para os mais conservadores, a própria rede social oferece a alternativa de pagar anúncios com o único intuito de gerar mais visitas e, consequentemente mais likes.

Para isso basta você ter acesso a uma conta do Facebook Business e então selecionar essa opção de anúncio na rede. Rápido e fácil.

Mas, para quem prefere se arriscar um pouquinho, existe a alternativa de comprar likes em sites especializados no assunto.

As promessas e preços variam enormemente, com ofertas de 1000 likes por 300 reais a 3000 likes por 15 reais, aceitando pagamentos de qualquer lugar do mundo via PayPal, cartão de crédito e até transferência bancária.

Outras opções menos escusas incluem o uso de scipts geradores de likes, troca de curtidas com outras empresas e usuários e grupos de likes para páginas.

Mas, será que isso vale de alguma coisa?

Vale a pena comprar likes no Facebook?

Não.

Até que o próprio Facebook invente alguma ferramenta otimizada, sob medida para seu negócio, a resposta para essa pergunta será sempre negativa.

Comprar likes no Facebook pode destruir o seu negócio online por completo, além de obrigá-lo a criar uma nova página e começar do zero, caso ainda queira trazer resultados por meio das redes sociais.

Para entender melhor, separamos abaixo 7 razões para NÃO comprar curtidas no Facebook:

1.Falta de engajamento

Quando você compra uma curtida, você está, na verdade, adicionando um novo usuário para sua lista de pessoas aptas a receber suas postagens.

O que acontece, porém, é que esse usuário jamais manifestou real interesse no seu conteúdo, portanto, o que você produz receberá zero engajamento por parte dessa pessoa.

Pense na antiga prática de comprar listas de e-mails. Elas não funcionam justamente porque o público atingido passa longe da persona engajada que é necessária para fazer um negócio digital funcionar, gerando apenas prejuízo para seu negócio.

Com milhares de curtidores falsos, o Facebook pode acabar direcionando seu conteúdo para essas pessoas, deixando os outros usuários, aqueles que realmente curtiram sua página, sem qualquer atualização de seu negócio.

Esse é apenas um exemplo, mas lembre-se de que, a cada novo curtidor falso, um usuário legítimo perde contato com sua página.

2.Perda de credibilidade

Essa é outra desvantagem extremamente prejudicial para seu negócio.

Caso um usuário chegue em sua página e se dê conta de que, apesar do enorme número de curtidores, não há interação nos posts, de duas, uma:

  • Ou ele entenderá que seus posts são ruins e, por esse motivo, não geram engajamento;
  • Ou ele entenderá que você está, de fato, comprando curtidas para sua página, e isso nunca é encarado com bons olhos.

Quando um usuário entende que você está pagando para conseguir popularidade, é muito possível que ele já entre desconfiado no seu conteúdo.

Mesmo postagens patrocinadas, que são altamente populares nas redes sociais, ainda são encaradas com desconfiança pelos usuários comuns.

Por mais esse motivo, evite comprar curtidores e encher sua página com números invisíveis.

O ideal é que você proporcione um ambiente ideal para seus verdadeiros fãs, e que ali eles se sintam acolhidos e bem representados.

O tipo de usuário que curte o seu conteúdo também diz muito sobre o seu negócio.

3.Prejudicial às suas análises de persona

Redes sociais ainda são um dos lugares mais importantes para fazer avaliações demográficas de seu negócio.

O Analytics do próprio Facebook já auxilia nesse processo, revelando gênero, idade e comportamento de seus fãs dentro da sua página.

Com uma massa de curtidores falsos, a chance de conseguir insights reais cai para zero, já que a avaliação demográfica considerará uma montanha de contas inativas de qualquer parte do mundo (quando você compra likes, há grandes chances desses usuários serem de regiões como India, Oriente Médio e América Central, por exemplo, que podem não ser o seu público de interesse no momento).

Não só isso, esse tipo de compra interfere também na análise de resultados de retorno de investimento para suas estratégias de marketing digital, já que providenciam valores falsos que dificilmente poderão ser excluídos de suas avaliações.

4.Afeta o seu alcance real

Além do problema de credibilidade, comprar likes no Facebook afeta também o alcance de seu conteúdo.

Em vez de aparecer para usuários que poderiam compartilhar em suas linhas do tempo (e, quem sabe, atingir novas pessoas que se interessariam pelo seu negócio), as postagens serão exibidas para os curtidores falsos que, sem realizar qualquer ação de resposta, desperdiçarão o já limitado alcance de sua página.

Não só isso, com esse tipo de ação se repetindo, não demorará até que os bots do Facebook entendam que seu conteúdo não é tão bom assim, afinal de contas, ninguém está compartilhando ou interagindo com ele.

Daí, é só dar adeus ao rankeamento na rede.

5.Reduz efetividade de Ads

Com a compra de likes falsos você também reduz a efetividade da compra de anúncios ou patrocínio dentro do Facebook, já que ele passará a considerar os seus seguidores como base para definição de público ou, pior, pode acabar mostrando todos os anúncios para esses usuários fantasma caso você não faça uma minuciosa programação.

6.Não converte

Usuários que não existem não podem gerar conversão, não é mesmo? Isso significa que os 1000 likes comprados gerarão um total de 0 vendas no seu negócio, ou mesmo 0 visualizações, caso você ganhe dinheiro com adsense no seu site.

Não só isso, caso você esteja aproveitando da integração do Facebook com seus serviços de e-mail marketing, pode desistir da conversão por essa via também: os e-mails utilizados para a criação dessas contas dificilmente trarão algum retorno ou engajamento para o seu negócio.

7.Desperdício total de dinheiro

Se mesmo depois de ler tudo isso você ainda não acredita que NÃO vale a pena comprar likes no Facebook, talvez seja importante lembrar que essa ação não passa de um grande desperdício de dinheiro.

Se você está com capital sobrando no seu negócio, vale muito mais a pena investir em conteúdo de qualidade, diferenciado e realmente adaptado para sua persona.

Ou, se você sente que PRECISA gastar dentro do Facebook (ou está com crédito na ferramenta), experimente pagar por posts patrocinados e aumentar o alcance, mas não jogue fora seu dinheiro na compra de likes falsos para sua página.

Mas então, como conseguir likes no Facebook?

Se não vale a pena comprar likes, como fazer para virar a Shakira (119 milhões de likes) ou o Cristiano Ronaldo (117 milhões de likes) no Facebook? Ou, melhor ainda, será que esses números realmente importam?

Para a primeira pergunta, a resposta é uma só: Conteúdo. Unindo qualidade e relevância às boas práticas de SEO, não demorará para que você conquiste seus seguidores de maneira orgânica na rede, garantindo que todos que estão ali curtindo estão porque realmente gostaram do que você está oferecendo.

Para a segunda pergunta, porém, precisaríamos de um pouco mais de abstração.

O número de curtidas, por si, não vale de nada para você.

Ele pode ajudar a quantificar os resultados dos seus esforços de marketing, ajudar no entendimento do alcance de sua página e de seu conteúdo e, claro, ajudar a dar mais autoridade para sua Fanpage dentro do Facebook (já que, para o caso de existirem múltiplas páginas com o mesmo nome, a com maior número de curtida ser geralmente considerada a oficial pelos usuários).

Mas, na hora de trazer conversões para seu negócio, esse número pouco importará.

O ideal é que você foque na geração de engajamento com os usuários que já curtem sua página, e transforme a obtenção de likes como consequência de suas boas ações, e não o objetivo final de seus esforços na rede.

Para isso, você pode começar a adotar comportamentos que valorizem a sua página e a imagem de sua empresa. Abaixo listaremos alguns bons exemplos:

  • Invista em influenciadores: Influenciadores são aqueles usuários que têm algum poder sobre determinado nicho, impactando em vendas, popularidade e tudo mais relativo ao seu mercado de atuação. Buscar os influenciadores do seu negócio ajudará na construção de uma melhor relação com o público, além de ajudar na divulgação da sua página e aumento de engajamento.
  • Entenda sua persona: Uma boa pesquisa de persona pode fazer maravilhas para o seu negócio. Ter conhecimento de seus gostos, preferências, comportamentos, interesses, medos e anseios ajuda, não apenas na hora de pensar e elaborar seus produtos e modelo de negócios, mas também na hora de construir o conteúdo que lhe será apresentado nas redes sociais.
  • Varie nos conteúdos apresentados: Não se limite à postagem repetida de textos para sua página. Imagens, gráficos, vídeos, listas, links, gifs e tudo mais que o Facebook suporta são sempre boas opções, independente do seu nicho de mercado. Aprenda a variar, e traga informação de relevância atentando-se para o melhor meio de apresentá-la.
  • Lembre-se das boas práticas de SEO: Search Engine Optimization também funciona no Facebook, e pode fazer toda a diferença na hora de colocar o seu conteúdo em primeiro na linha do tempo dos seus fãs. Considere links saudáveis na hora do compartilhamento, use bem as palavras chaves do seu conteúdo e varie nas hashtags (sem exagerar!). Vale segurar o flood, e manter-se atento para o que faz ou não sucesso com a sua persona.
  • Mantenha um bom ritmo de postagem: postar uma vez por mês e cruzar os braços à espera do resultado não adianta nada, não é mesmo? Tente manter um bom fluxo de postagens e, quem sabe, até reciclando conteúdos antigos que ainda não perderam relevância. A recomendação costuma ser de pelo menos três vezes por semana, mas, se você puder postar três novos conteúdos e reciclar outros dois semanalmente, você já garante uma semana inteira preenchida na sua fanpage. Manter-se ativo é a melhor maneira de garantir que seu conteúdo permaneça na linha do tempo de seus curtidores.

Comprar Likes para sua página nunca é positivo. Mas todo o esforço, que seria jogado por água abaixo, pode ser convertido na produção de conteúdo que trará resultados reais para o seu negócio.

Que tal experimentar agora? Então aproveite e dê uma boa conferida no nosso guia com 50 dicas para publicar no Facebook e fazer sucesso de verdade!

Faça uma avaliação gratuita!
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Ebook SEO 2.0
    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!