conteúdo para Instituição de Ensino

Como criar conteúdo para o blog de sua IE?

Neste artigo vamos abordar algumas dicas que você pode adotar para conseguir produzir conteúdo para a sua instituição de ensino. Porém, antes de explorá-las vamos dar um passo atrás e entender a importância que um blog pode ter para o mercado de educação.

Assim como o site de sua IE, o blog também é um meio de divulgação para o seu negócio, só que mais completo, por conseguir criar conexões, divulgar conteúdos relevantes e tirar dúvidas dos seus potenciais alunos público.

Além disso, publicações em blogs geram 2,2 vezes mais visitas para o seu site, segundo dados da Pesquisa EduTrends, de 2016. Nesse estudo também foi revelado que essa é uma das estratégias mais utilizadas pelas instituições que investem em Marketing Digital, alcançando uma significativa taxa de 49,7%.

Ou seja, grande parte do mercado educacional está presente no meio online e, como mostrado acima, isso oferece vários benefícios. Portanto, se você ainda não tem um blog, não deixe de conferir este post e colocá-lo no ar.

Por outro lado, se sua IE já possui um blog, podemos dar o próximo passo e irmos para a criação de conteúdo.

Esse é um dos grandes desafios enfrentados pelas instituições. Uma vez que, muitas não faz ideia de como produzir esses posts ou nem sabem que para um texto publicado no blog alcançar os resultados desejados, ele precisa ser elaborado seguindo certas técnicas.

Ficou curioso? Aqui vão algumas dicas para a elaboração de um bom conteúdo educacional:

1.Entenda o modelo de seu conteúdo

Primeiro, precisamos entender as diferenças entre um conteúdo acadêmico, que é um modelo mais usado internamente pelas IE, e o conteúdo de performance que é tipo ideal para ser divulgado em seu blog.

O conteúdo acadêmico apresenta muito bem o tema que está sendo tratado, mas não tem a preocupação se a leitura será agradável ao leitor ou de fácil entendimento. Esse tipo de texto não é construído tendo o leitor e a solução das suas dúvidas como foco.

Um trabalho de conclusão de curso, o famoso TCC, é um ótimo exemplo. Ele é feito de acordo as regras da ABNT , é extenso e de difícil compreensão para quem não está a par do tema ou não é do meio.

Já um conteúdo de performance, como o próprio nome indica, precisa apresentar um desempenho, podendo ser positivo ou negativo. Como, aqui, o que queremos é melhorar os resultados de sua instituição precisamos garantir que os textos produzidos sejam atraentes, fáceis de ler e compreender, relevantes e que despertem o interesse por outros materiais presentes no blog.

2. Conheça a persona de sua instituição

O conteúdo de performance, além de apresentar as características citadas acima, também precisa oferecer conhecimento para quem está lendo. Porém, antes de escrever é preciso saber se as informações que você deseja transmitir estão de acordo com a vontade do leitor.

Por exemplo, um texto sobre cursos de especialização, como pós e mestrados, não é algo interessante para um estudante recém formado do ensino médio que está se encaminhando para a sua primeira graduação.

Por isso, é importante conhecer as pessoas que podem vir a se tornar futuros alunos de sua IE. Descobrir sobre os desafios enfrentados por eles, desejos e possíveis interesses são informações essenciais para a criação de materiais relevantes.

E se somarmos os dados obtidos acima com o que já sabemos sobre os alunos atuais será possível através do nosso Fantástico Gerador de Personas criar a persona de sua instituição.

Com ela construir um conteúdo mais atraente ficará bem mais fácil!

3. Engaje os seus alunos e professores

Agora, já sabemos o modelo de conteúdo que precisamos construir e para quem esse texto será direcionado. O próximo passo é definir quem serão as pessoas envolvidas na criação desses materiais.

Já falamos aqui, que o conteúdo acadêmico é produzido diariamente dentro das faculdades. Ou seja, o conhecimento necessário para os temas que serão abordados no blog desse tipo de instituição já são assuntos dominados por vários alunos e professores.

E por isso, você pode capacitá-los para se tornarem:

  • avaliadores dos materiais divulgados no blog, dando a sua opinião sobre o que pode ser interessante ou não para a persona construída no tópico acima;
  • ou até mesmo, os escritores, caso opte por fazer os conteúdos internamente.

Se a última opção não for atraente para você ainda existe a possibilidade de terceirizar essa produção. Ficou interessado? Então fale com um de nossos consultores e conheça a melhor opção para a sua IE.

4. Aplique as melhores técnicas

Um conteúdo de performance busca um resultado positivo. Para isso, existem algumas técnicas que você pode adotar para melhorar ainda mais esse desempenho. Confira as principais abaixo:

Crie títulos chamativos

Conseguir atenção de um leitor não é uma tarefa fácil com tantos conteúdos disponíveis por aí. E o título é a primeira impressão que ele terá. Então, se você quiser aumentar as chances do leitor ir adiante, crie títulos que atraiam a sua atenção.

Otimize os seus materiais

Você sabe o significado da sigla SEO? Ela se refere a expressão Search Engine Optimization que é processo de otimização para melhorar o posicionamento de uma página nas buscas feitas pelos motores de buscas como o Google, Yahoo, Bing, etc.

Essa técnica é importante para dar mais destaque ao seu blog, afinal se ele estiver entre os dez principais resultados exibidos por esses buscadores, ele terá mais chance de ser clicado e visitado por mais pessoas.

Existem algumas ações a serem tomadas para melhorar essa otimização, como:

  • escolher as palavras-chave que estejam de acordo com a atuação e persona de sua IE;
  • utilizar as palavras-chave escolhidas no título e ao longo do texto dos conteúdos produzidos de forma natural;
  • inserir links internos e externos nos materiais, conforme as regras de link building;
  • adotar um design responsivo, para que o seu blog possa ser acessado sem perder a qualidade por qualquer tipo de dispositivo.

Torne o seu conteúdo escaneável

Ser escaneável é oferecer um conteúdo de fácil leitura e que chame a atenção do leitor por sua organização em:

  • Parágrafos curtos
  • Adoção subtítulos
  • Presença de imagens ao longo do texto
  • Listas e tópicos que facilitem a leitura
  • Expressões destacadas em negrito e itálico

Adote uma linguagem clara

O texto deve ser de fácil entendimento para o leitor, portanto, não use palavras rebuscadas. Quanto mais simples nesse sentido, melhor.

Argumente com dados

Para passar credibilidade você pode utilizar dados, estatísticas, estudos e depoimentos de autoridades no assunto para auxiliar na argumentação e, consequentemente, aumentar as chances de convencer o seu leitor. Os professores de sua instituição são uma ótima fonte!

Direcione o leitor para a próxima ação

Cada conteúdo produzido tem um propósito, por isso, deixe ele claro, para que não exista dúvidas. Por exemplo, o post no qual você procura convencer um aluno em potencial a se inscrever no processo seletivo, precisa apresentar uma chamada convidando para essa inscrição.

Essas são algumas das técnicas que podem ser utilizadas para melhorar a performance de um conteúdo. Para aplicá-las é preciso de muita atenção, análise dos resultados obtidos ao adotá-las, testar as melhores opções para o blog de sua IE, fazer os ajustes necessários e continuar testando.

Se você deseja aprender ainda mais sobre esse e outros assuntos relacionados ao mercado de educação no Brasil, acesse o nosso ebook Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing para o setor educacional: como começar.

conteúdo para Instituição de Ensino

 
Autor(a)

Escrito por: Letícia Fonseca Estudante de PP e aprendiz de MasterChef. Apaixonada por Marketing de Conteúdo, séries, sushi e pugs.



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!