dinheiro saindo do computador

Crowdfunding: entenda a importância do financiamento coletivo

Imagine que você tem uma baita ideia para um game, mas não tem grana para começar a desenvolver o jogo. Ou então teve um insight sensacional para o roteiro de um filme, mas tem certeza que nenhum investidor iria apostar as fichas na produção.

Triste, não é mesmo? Pois até algum tempo atrás, grandes músicos, autores, diretores e até inventores passavam por esse mesmo problema.

E foi aí que surgiu o crowdfunding, um modelo de financiamento com base na web que vem ajudando vários criativos ao redor do mundo a dar vida aos seus projetos.

Nunca ouviu falar disso? Pois então, meu amigo, saiba que talvez aquela sua grande ideia ainda esteja parada na gaveta sem motivo algum.

Quer ver só? Então vem com a gente e conheça um pouco mais sobre esse tal crowdfunding.

Primeiramente, o que é crowdfunding?

Popularizado graças ao crescente uso da internet, o termo crowdfunding significa em português “financiamento pela multidão”, ou financiamento coletivo, como é mais conhecido por essas bandas. Um tipo de modelo de negócios onde as pessoas se juntam para financiar um determinado projeto, às vezes em troca de algum tipo de retorno ou às vezes apenas pelo prazer de ajudar aquilo a ganhar vida.

Só que muito se engana quem acha que essa ideia é nova: antes mesmo de existir Internet e até mesmo energia elétrica, o autor Alexander Pope já buscava ajuda do financiamento coletivo para tentar traduzir alguns poemas gregos para o inglês. Isso lá no século XVIII.

No entanto, é claro que a chegada da nossa querida internet ajudou bastante ao facilitar a conexão entre quem tem a ideia e quem se dispõe a pagar por ela — e também o pagamento através dos cartões de crédito e serviços de bankline.

Mas para entender melhor sobre essa parte do pagamento, primeiro precisamos entender como o crowdfunding, de fato, funciona.

Como funciona esse tipo de financiamento?

Bem, a ideia aqui é muito simples: primeiro você cria a sua campanha on-line, na maioria das vezes através de alguma plataforma — nós vamos falar sobre isso mais tarde. Nela você dá informações sobre o projeto, fala quanto irá gastar para produzi-lo, quanto tempo levará para ficar pronto, como as pessoas podem ajudar e o que elas podem ganhar em troca por aquele financiamento.

Se tudo funcionar direitinho, depois disso é só colocar a campanha no ar, ligar o cronômetro e observar para ver se as pessoas estão ou não se interessando pela sua ideia.

Os benefícios do crowdfunding

Ainda pensando se o crowdfunding é realmente uma boa ideia para quem quer colocar um projeto pessoal na rua? Então vamos analisar mais de perto o por quê ele é uma ótima ideia.

Comprovação de mercado

Um dos principais benefícios para quem coloca um projeto em uma campanha de crowdfunding é esse: a comprovação de mercado.

Mas o que isso significa? Simples: significa que se você tem dúvidas se o seu produto tem ou não chances de se dar bem no mercado, é aqui que elas são tiradas, afinal, se o povo diz que pagaria para ter a sua ideia em mãos é porque ela tem uma grande oferta de mercado.

Produção sob encomenda

Outro benefício do crowdfunding vem do fato de você saber exatamente quantos produtos deverão ser fabricados em uma primeira tiragem ou versão, já que só quem pagou receberá o item.

Equity crowdfunding

Outro benefício do modelo de financiamento coletivo é mais direcionado para quem tem uma boa ideia de negócio e não necessariamente um produto.

Esse benefício se chama Equity crowdfunding, e na verdade é mais um modelo de crowdfunding onde os empreendedores que buscam algum tipo de investimento podem se cadastrar em plataformas atrás de pequenos investidores.

Através dele, quem procura por pequenos apoios financeiros (como de cem mil reais, por exemplo) pode encontrar ajuda de vários investidores interessados em arriscar em um determinado negócio (como 100 investidores com mil reais em mãos cada um) tornando o processo de captação bem mais simplificado.

Pronto, agora você já sabe o que é crowdfunding, como ele funciona e até mesmo quais são os benefícios, certo? Mas onde encontrar as plataformas de financiamento coletivo na web? Existe alguma alocada aqui no Brasil?

Vejamos!

As maiores plataformas de financiamento coletivo

Respondendo a última pergunta: sim, existem ferramentas de crowdfunding já bastante consolidadas aqui no Brasil. E, sim: é bem fácil encontrá-las pela internet, tanto as daqui quanto as internacionais.

Alguns exemplos:

No Brasil

Catarse

Considerado a primeira e maior plataforma de financiamento coletivo do Brasil, o Catarse está no ar desde o começo de 2011, já tendo agraciado mais de 2500 projetos, responsáveis por levantar mais de 44 milhões de reais investidos por mais de 280 mil pessoas.

Muita coisa, não é mesmo? E olha que ele nem é o único exemplo que nós tempos aqui nas terras tupiniquins.

Kickante

Com uma pegada de crowdfunding um pouco mais social, o Kickante já lançou mais de 19 mil campanhas responsáveis por angariar pra lá de 22 milhões de reais em toda a plataforma.

Vakinha

Apesar de ter sido lançado oficialmente dois anos depois do Catarse, a ideia do Vakinha não é nada nova.

Criado em 2009 esse site surgiu depois que dois amigos perceberam o perrengue que era juntar a grana de um grande grupos de pessoas para bancar um projeto — que no caso eram os presentes de casamento de um dos fundadores da marca.

Agora, mais de 7 anos depois, o Vakinha já conseguiu arrecadar grana para mais de 400 mil projetos cadastrados por lá.

No mundo

Kickstarter

Achou os números das plataformas de crowdfunding brasileiras impressionantes?

Então dá só uma olhada nos do Kickstarter, a maior do mundo: são mais de 2,4 bilhões de dólares arrecadados ao longo de 5 anos para mais de 106 mil projetos. Entre eles o famoso Oculos Rift (comprado posteriormente pelo Facebook) e até o filme baseado na série The Veronica Mars (que arrecadou mais de 5 milhões de verdinhas em sua campanha).

Indiegogo

Favorito dos produtos de curtas e filmes independentes, o Indiegogo é o responsável por ter dado vida a projetos como o aclamado Hardcore Henry (filme totalmente filmado em primeira pessoa com ajuda de algumas GoPros) e Lazer Team, responsável por arrecadar quase 2 milhões e meio de dólares em menos de 2 semanas.

Rockethub

Fundado em 2009 em Nova York, o Rockethub é um tipo de plataforma de crowdfunding que inicialmente atendia mais a projetos de tecnologia e ciência, no entanto, com o passar do tempo ele foi se transformando em um sistema mais aberto voltado a projetos educacionais que já atendeu a dezenas de milhares de instituições ao redor do mundo.

Pronto, viu só como existem várias plataformas de crowdfunding com pegadas diferentes aqui no país e lá fora na gringa? Pois é, agora saiba de uma coisa: além de ajudar a milhares de empreendedores ao redor do mundo, o financiamento coletivo também tem feito a diversão de muitos apoiadores por aí, seja através de games, discos e até filmes extremamente interessantes.

Ideias que já ganharam vida com esse modelo de negócios

Com o poder de ajudar a dar vida a produtos extremamente interessantes, as plataformas de financiamento coletivo têm trazido à tona diversos projetos que talvez jamais teriam alguma chance no mercado convencional, mas que depois de prontos muitas das vezes comprovam ser verdadeiros sucessos.

Livros e HQs

Lançado em maio de 2016, o projeto para o livro Contos de fadas originais, da produtora Marina Avila, pedia R$2.950 para ganhar vida (através do Catarse). No entanto bastou pouco mais de um mês para essa quantia ultrapassar em mais de 100% a meta, sendo um ótimo exemplo de case de sucesso literário do financiamento coletivo no país.

Discos

Dos capixabas do Dead Fish até os gaúchos do Apanhador Só, o que não falta no Brasil são bandas que conseguiram produzir seus discos graças ao crowdfunding.

Filmes

Considerado um dos maiores autores da atualidade, o norte-americano Chuck Palahniuk tem vários best-sellers em sua carreira, no entanto talvez nenhum deles tenha o mesmo sucesso de Clube da Luta, livro que teve a fama ampliada graças a versão cult dos cinemas lá do final da década de 90.

E aí, com um nome desse currículo, Palahniuk não pensou duas vezes ao planejar a adaptação de outra de suas obras (Cantiga de Ninar): apostou todas as fichas em uma campanha do Kickstarter.

E não é que deu certo? Em menos de 2 semanas mais de 3 mil pessoas arrecadaram os 250 mil dólares necessários para dar inicio a essa aguardada produção.

Podcasts

Considerado o podcast de maior sucesso da história, o Serial precisava de uma certa graninha para fazer a sua segunda temporada. E aí não teve jeito: lá foram os produtores recorrer à uma campanha de crowdfunding para dar vida à ela.

Uma campanha que não apenas funcionou como abriu caminho para que esse modelo de financiamento fosse cogitado para uma possível próxima temporada.

Agora, se você não sabe o que são podcasts, dê uma olhadina no guia completo que já fizemos sobre o assunto.

Games

Produzido por uma parte da equipe responsável por clássicos dos games como BioShock e Dead Space (ambos com uma pegada de terror), Perception chamou a atenção da mídia internacional por causa de seu visual e sua história, que narra a vida de uma garota cega que é obrigada a andar por cenários mal assombrados.

O game precisava de 150 mil dólares para ser desenvolvido e arrecadou 168 mil e uns quebrados em pouco mais de 1 mês, se tornando um dos maiores cases de sucesso do Kickstarter.

Shows e eventos

Capazes de levar centenas de milhares de pessoas as ruas todo ano durante o carnaval de Belo Horizonte, o bloco Chama o Síndico em 2016 inovou ao montar uma campanha no Catarse em busca de arrecadar 25 mil reais que viabilizassem a folia nesse ano. Uma quantia que foi batida rapidamente em questão de dias.

Viu só como o que não falta são projetos realizados através do financiamento coletivo? No entanto, o que muita gente não vê é que além deles apontarem uma boa saída para quem está em busca de uma forcinha para tirar suas ideias do papel, todos eles também são uma baita aula de como se fazer um belo marketing digital na internet.

Não entendeu porque? Então calma que a gente explica.

O financiamento coletivo e o marketing digital

CD do  Dead Fish, game de terror, filme independente, talvez nenhum desses cases de sucesso que listamos agora a pouco, existiriam se não fosse pelo financiamento coletivo através da web.

No entanto, para que suas campanhas de financiamento funcionassem, também era preciso ter um bom conhecimento a respeito de marketing digital.

Sim, isso mesmo! Pense com a gente: você acha que apenas colocar um projeto em uma página e ficar lá esperando pelos cliques ajudaria alguém a ganhar a dinheiro? Se fosse assim a vida na web seria fácil demais, não é mesmo?

Pois então, para que as ações desses projetos dessem resultados, era preciso que cada responsável fizesse sua parte, como por exemplo cuidando de alguns pontos muito importantes para esse tipo de marketing (que, inclusive, já abordamos em nosso e-book Marketing Digital: o guia da Rock Content):

Fora outros tantos que você conferir lá no livro.

Conseguiu ver a relação entre crowdfunding e marketing digital? Então, só para fechar o assunto, dê uma ida até o perfil do game Perception no Kickstarter e repare como que o pessoal da The Deep End Games (produtora do jogo) cuidou de sua campanha.

Veja como eles mandaram muito bem no conteúdo, produzindo vídeos, usando imagens, cuidando da escaneabilidade do texto e divulgando seu projeto em suas redes sociais.

Com certeza esse é um ótimo caso para você estudar e compreender a importância do marketing digital para qualquer tipo de projeto web.

Bem, como você viu por aqui, hoje em dia não existe maneira melhor de tirar uma ideia do papel do que através do crowdfunding. Mas pra isso é preciso saber vender o peixe e dominar a arte do marketing digital. Algo que, para quem acompanha as nossas dicas, não é nada complicado, certo?

Curtiu o nosso especial sobre financiamento coletivo? Então aproveite para conferir o post com as 15 melhores dicas de vendas para aumentar sua conversão e descubra os macetes para a sua campanha de crowdfunding dar ainda mais resultados.

download enciclopedia de marketing de conteúdo

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!