Curadoria de Conteúdo

Curadoria de Conteúdo: o que é, por que fazer e como começar

É arriscado falar que estamos no ápice da era da informação, afinal de contas, a tecnologia está evoluindo de uma forma tão rápida, que o futuro se torna imprevisível.

No entanto, não é difícil perceber que estamos cada vez mais cercados de informação e conteúdo, principalmente com o advento das mídias sociais, e é comum encontrarmos pessoas com dificuldades para administrá-las.

Espera, mas qual a relação disso com a curadoria de conteúdo? É o que a equipe da Rock Content vai desvendar neste post, confira!

Afinal, o que é a curadoria de conteúdo?

Quando o empreendedor resolve apostar em marketing de conteúdo, basicamente ele terá duas opções: A criação ou a replicação de informações presentes na web, processo feito normalmente através das mídias sociais ou do e-mail marketing.

No entanto, quando escolhe realizar exclusivamente a segunda opção, logo ele encontrará algumas dificuldades.

Afinal, qual conteúdo realmente pode ser relevante para o meu público e para a minha empresa?

É justamente para solucionar este tipo de questão que uma curadoria de conteúdo se faz necessária.

O processo envolve a segmentação e a filtragem de conteúdo para posterior envio para o público-alvo, através do compartilhamento em canais acessíveis.

Por que fazer curadoria de conteúdo?

Para se ter uma ideia, a cada 60 segundos, 168 milhões de e-mails são enviados no mundo todo, 600 vídeos são postados no Youtube, e 1500 textos são postados em blogs, segundo informações obtidas recentemente pela Go-Globe.com.

Diante dessa massificação de informações disponíveis, é preciso ter cuidado para que haja compatibilidade entre o material fornecido, o perfil do publico, e as atividades e valores da sua empresa.

Outro ponto que torna a curadoria ainda mais relevante é o fato de que o conteúdo não pode simplesmente ser “jogado” nas redes sem que haja uma contextualização.

De qualquer forma, existe certa margem de criação, necessária para que o seu publico entenda qual a relevância do material publicado e qual a relação dele com os produtos e serviços fornecidos pela empresa.

Como fazer curadoria de conteúdo?

Existe um modelo para realizar uma curadoria, que se divide em três etapas:

  • A primeira delas é a pesquisa, que consiste no acompanhamento de notícias e artigos e na identificação das melhores fontes. Há diversas ferramentas online que ajudam o trabalho do curador – iremos falar sobre elas a seguir! O uso de alertas do google e RSS feeds de blogs relevantes também podem ser de extrema utilidade para se manter constantemente atualizado.
  • A segunda etapa é a contextualização. Como já dito, é importante que se dê um sentido ao que é publicado, de acordo com os interesses da empresa e o perfil do público-alvo. Através do feedback das mídias sociais é possível avaliar o que está dando certo.
  • Por fim, e não menos importante, vamos à fase do compartilhamento, e aqui é preciso definir por meio de quais canais ele será realizado.

As melhores ferramentas para curadoria de conteúdo

O trabalho do curador de conteúdo parece ser bastante manual, certo?

Procurar links, artigos de blog e informações pela Web que pareçam relevantes e úteis para o seu público parece um processo exaustivo e que demanda tempo.

No entanto, existem diversas formas de otimizar este trabalho, tornando esta tarefa muito mais automatizada e com resultados mais precisos para o seu marketing.

Conheça as melhores ferramentas para uma boa curadoria de conteúdo:

Antes de tudo: use as redes sociais

Sim, as redes sociais da sua empresa pode ser uma maneira de filtrar bom conteúdo e saber quais temáticas são relevantes para o seu marketing.

As duas plataformas mais relevantes para uma boa curadoria são o Facebook e o Twitter – e mesmo que sua empresa não use o Twitter, ela pode se beneficiar das ferramentas de filtragem e pesquisa do site.

O Facebook e o Twiiter são mídias sociais presentes em grande parte das estratégias de marketing e comunicação externa das empresas.

Portanto, não é necessário muito esforço: basta seguir, nestas plataformas, as publicações das principais referências e, claro, dos concorrentes da sua marca.

Afinal, saber o que o adversário publica – e o que funciona ou não para ele – deve ser uma das estratégias de planejamento de conteúdo da sua marca.

No entanto, como já dissemos acima, não é necessário que sua marca esteja no Twitter para que você aproveite deste site em benefício do seu marketing.

A rede social está cada vez mais investindo em filtragem de conteúdo relevante e atual em sua pesquisa.

Portanto, caso esteja procurando por algum assunto em específico, o Search do Twitter oferece um bom panorama de como o tópico está sendo discutido e compartilhado pelos usuários – em fotos, vídeos e links.

Vale o alerta: usar das redes sociais para a filtragem de conteúdo é uma tática útil desde que não gaste muito tempo do seu time.

Afinal, elas possuem limitações e existem outras ferramentas online que fazem uma filtragem de links, tópicos e artigos de forma muito mais profissional e aliada de dados que poderão de ajudar – falaremos delas a seguir.

BuzzSumo – filtre o conteúdo por relevância

O BuzzSumo é um site que te ajuda a analisar e filtrar conteúdo relevante através de pesquisa por tópicos.

Ele seleciona os resultados de cada palavra-chave pesquisada através do número de compartilhamentos e backlinks de cada artigo e notícia – exatamente os fatores que irão te ajudar a decidir o impacto social na Web. Trata-se da ferramenta favorita de marcas – como IBM e Yahoo! – e produtores de conteúdo do mundo – como Buzzfeed, National Geographic, TED e Rolling Stone.

A lógica é bem simples – e possui suporte para pesquisas em Português.

A versão gratuita exibe apenas os primeiros resultados, e só alguns dados de compartilhamento de cada resultado.

Já na versão paga, você pode comparar links, encontrar os tópicos que estão em alta e identificar os formadores de opinião nas redes sociais para cada assunto.

Social Mention – calibre as suas pesquisas por conteúdo

Caso você opte por usar apenas a versão gratuita do BuzzSumo, existe uma outra ferramenta que faz um trabalho complementar à da filtragem das redes sociais.

O Social Mention foca nas publicações de blogs e microblogs – especialmente o Twitter. Basta jogar as palavras-chaves desejadas para a sua marca – em português!

Essa ferramenta ajuda, principalmente, a calibrar melhor sua pesquisa por conteúdo, oferecendo as melhores sugestões de palavras-chave relacionadas à sua pesquisa, e encontrando usuários que podem ter compartilhado artigos e notícias importantes para o seu marketing de conteúdo.

Pocket – armazene o conteúdo descoberto

O Pocket opera de forma bem simples: é um bookmarker, ou seja, um “salvador” de artigos que você encontra na Web.

Ele possui uma versão em site para desktops, um aplicativo e uma extensão no Chrome – toda vez que você encontrar um artigo interessante pela Web, basta clicar em Salvar no Pocket e, pronto!

Então, quanto você tiver algum tempo para leitura dos artigos, eles estarão lá, salvos e protegidos.

É, portanto, uma ótima forma de você manter uma lista de leitura sempre atualizada e compartilhar o conteúdo com todo o seu time!

Feedly – encontre e organize RSS

O Feedly é uma das ferramentas de RSS mais antigas da Web – e que ainda se mostra incrivelmente relevante na pesquisa e organização de feed de notícias.

Se você não é familiar ao termo, o RSS são links e diretórios que levam as publicações mais recentes de sites, portais de notícias e blogs para programas como o Feedly.

Em outras palavras, é uma forma de você ler em primeira mão o que é publicado nos lugares onde você consome conteúdo.

O melhor do Feedly para a curadoria do seu marketing é que ele possui uma pesquisa de palavras-chave para que você encontre os melhores feeds e sites relacionados ao seu negócio – e gratuitamente!

As três dicas de ouro para uma curadoria de conteúdo de sucesso

Agora, você já sabe o que é curadoria de conteúdo, de que forma como ela pode ser benéfica para seu marketing e as principais ferramentas para o curador.

No entanto, na hora de começar a organizar as suas buscas por conteúdo e os principais links e artigos relevantes, é preciso tomar alguns cuidados:

Não fale pouco de muito e, sim, muito de pouco

Um dos erros mais comuns na hora de fazer uma curadoria é procurar por temas e tópicos em excesso.

Isto torna sua curadoria muito ampla e as informações encontradas nunca serão tratadas com continuidade e profundidade.

Em outras palavras, ter poucas informações sobre diversos assuntos não ajuda seu marketing e é um desserviço com seu público: ele não manterá a atenção ou interesse sobre tantas discussões ao mesmo tempo.

Sendo assim, o indicado é que você mantenha uma lógica na sua curadoria: mantenha dois ou três tópicos decisivos para a sua marca e alimente com informações que, em conjunto, se combinem.

Mantenha frequência com sua curadoria

De nada adianta começar uma curadoria de conteúdo, se não haverá como manter essa curadoria ativa ao longo do tempo, certo?

Verifique uma frequência interessante – diária, semanal, quinzenal – para a busca de conteúdo e tenha sempre informações novas e relevantes para o seu marketing e sua empresa em mãos.

Só assim, você conseguirá planejar seu conteúdo próprio com melhores informações e alimentar os canais alimentados pelos resultados da curadoria feita.

Use somente as ferramentas e hábitos que te ajudem

Outro engano bastante frequente – e pouco apontado – nas empresas que começam a realizar a curadoria é a insistência no que não funciona para o time.

Muitas das vezes, o profissional no comando do setor de marketing exige o uso de ferramentas ou de hábitos que, simplesmente, não são produtivos para o time.

Portanto, busque junto com os seus colegas de trabalho as formas e ferramentas mais adaptáveis à realidade do seu trabalho.

Vantagens de fazer curadoria de conteúdo

A internet possui uma vasta quantidade de informações relevantes que podem fazer parte da sua estratégia de marketing de conteúdo, não é mesmo?

Esse conteúdo pode te ajudar a gerar leads e atrair mais oportunidades de de venda para a sua empresa.

Criar conteúdo original no volume que o seu negócio precisa é um desafio para muitas empresas, seja por não ter a mão de obra disponível ou por falta de orçamento disponível.

Com a curadoria de conteúdo relevante para a sua estratégia, é possível achar mais material relacionado ao seu negócio que vai fornecer conhecimento do interesse da sua persona.

Assim, o seu blog continua atualizado, suas campanhas de e-mail marketing enviam conteúdo relevante para a sua lista de e-mails e sua estratégia de conteúdo continua trazendo resultados relevantes para o negócio.

Como escolher o conteúdo certo para minha estratégia de marketing de conteúdo

No meio de tanto conhecimento, como escolher o conteúdo certo para usar na sua estratégia de marketing de conteúdo?

Bom, para começar é preciso pensar nas personas. Elas são o norte da sua estratégia de marketing de conteúdo e é a partir das suas preferências que você vai procurar material para entrar na sua curadoria.

A partir das suas dores, dúvidas e problemas, você encontra temas básicos para procurar e, a partir daí, adicionar mais conteúdo à sua lista de curadoria.

Mas a escolha não para nas personas. Também é preciso pensar em outras partes da sua estratégia (tanto de inbound marketing quanto de marketing de conteúdo).

Comece pelo funil de vendas. Qual é o tipo de material que vai ajudar nas conversões, em cada etapa do funil?

Você pode encontrar muito conteúdo bom que vai dar suporte para o seu funil de vendas e também para a jornada de compra.

Depois, dê uma olhada nas principais dúvidas que o time de vendas enfrenta na hora de finalizar uma venda.

É comum às lead terem dúvidas ao longo do processo, e conteúdo evergreen é a solução perfeita para responder às perguntas das suas oportunidades de negócio.

Pense nas informações que você precisa para a sua estratégia e vá atrás delas! As palavras-chave são excelentes para essas buscas, já que é através delas que os visitantes vão chegar até o seu blog.

Como aproveitar bem o conteúdo (depois que você já fez a curadoria)

Não adianta nada encontrar material de qualidade se você vai deixá-lo guardado em alguma pasta perdida dos seus favoritos.

Conteúdo bom precisa ser compartilhado com o mundo!

Depois de fazer a curadoria de materiais interessantes para a sua estratégia, é hora de pensar em meios de mostrar esse conteúdo para o mundo.

Como nós já falamos, as redes sociais são a primeira opção – e uma das mais importantes – mas não para por aí.

Campanhas de e-mail marketing e newsletters são excelentes vetores para esse conteúdo, principalmente se a sua lista for recheada de contatos de qualidade.

Criar anúncios para os principais posts é sempre uma boa ideia. Seja através do Facebook, Twitter ou Instagram Ad’s, ou até mesmo criando anúncios no Google Adwords para levar mais visitantes até seus posts mais visitados.

Não se esqueça do LinkedIn. Mesmo sendo uma rede social, ele tem uma abordagem um pouco diferente das outras. É possível criar posts lá dentro, e também compartilhar em grupos relacionados à sua área de atuação.

Lembre-se do crédito!

No marketing de conteúdo, se tem uma coisa que é muito importante é o crédito!

Uma grande parte de replicar conteúdo relevante é dar crédito para o autor original, linkando para o artigo e mostrando para o leitor onde ele foi postado originalmente.

Também tenha cuidado com as imagens, já que elas podem possuir direitos autorais. O ideal, é encontrar imagens em bancos de imagem que tenham direitos autorais de reprodução ou compartilhados.

Você pode conferir nosso post com os melhores bancos de imagem gratuitos aqui.

Junte curadoria de conteúdo com material original

A produção de conteúdo pode fazer parte da sua estratégia de marketing de conteúdo.

Claro, você não precisa escolher as duas (pode optar por só produzir ou só replicar), mas acredite, é possível legar a sua estratégia à outro nível juntando as duas ideias.

Com certeza, dentro da sua empresa existem diversos profissionais mais do que preparados e especialistas na sua área de atuação. Que tal incentivá-los a escrever alguns posts para seu blog, ou produzir alguns webinars?

Quanto mais conteúdo estiver disponível para a sua estratégia, melhor!

A produção de conteúdo interno pode ser uma excelente alternativa para o fundo do funil, onde você precisa mostrar para seus leitores cases de sucesso, mas também com conteúdos mais completos para o topo e meio do funil.

Curadoria de conteúdo e funil de vendas

O funil de vendas determina qual é o tipo de conteúdo que se encaixa melhor em cada estágio. Em cada uma das etapas as leads possuem uma necessidade básica, seja uma dúvida ou a procura por mais informações sobre o seu negócio, essa necessidade precisa ser resolvida com conteúdo de qualidade!

Com a curadoria de conteúdo o seu time de marketing terá muito material de qualidade à mão, mas é preciso saber em qual momento do funil de vendas usar cada um deles.

A partir da necessidade que você deseja resolver, é possível relacionar o conteúdo que você tem disponível com o estágio do funil.

Planejando o seu conteúdo

Como você já sabe bem, a periodicidade nas postagens do seu blog são parte importante da geração de leads e fidelização de clientes.

Quando você procura conteúdo de qualidade para fazer parte da sua estratégia, você vai encontrar muito material de qualidade! Por isso, planejar o seu calendário de postagens com antecedência é uma vantagem que você não pode ignorar.

Junte isso à produção própria de conteúdo e você tem material para meses! Uma estratégia matadora não funciona sem planejamento.

Aproveite a sua curadoria de conteúdo para organizar os posts de acordo com o funil de vendas, pensar alem de algumas semanas e garantir que a sua estratégia vai funcionar a todo vapor por muito tempo!

Uma dica de ouro: quanto mais simples o processo de curadoria, mais forte e eficaz ele será!

Enfim, apesar de parecer simples, a curadoria também exige muito empenho de quem a realiza! Alias, se a sua procura é por informação a respeito de marketing de conteúdo, assine agora mesmo o nossa newsletter e fique por dentro de mais novidades!

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!