curriculo para emprego de marketing

Como fazer um Currículo para Emprego de Marketing

Então você está a ponto de se formar ou ainda é estudante de Comunicação, Publicidade, Propaganda ou áreas afins e não vê a hora de começar a sua carreira em marketing.

Muito bem, o primeiro grande passo nesta empreitada é criar um Currículo matador que deixará todos os recrutadores curiosos e interessados em saber mais sobre você.

Se você ainda não tem o seu currículo pronto, não se preocupe.

Nossa tarefa neste post é justamente explicar para você todos os detalhes, pontos e vírgulas que deixarão o seu cartão de visitas afiado para que você conquiste com sucesso o seu tão sonhado emprego de marketing.

Quer saber mais para começar a redigir o seu histórico profissional agora mesmo?

Fácil, é só acompanhar as nossas dicas até o final!

Melhores práticas para criar um CV de marketing perfeito!

Na hora de sentar e começar a escrever o seu resumé, não basta destrinchar todos os seus cursos, estágios e experiências em empresas familiares ou empregos pontuais.

É preciso saber exatamente que informação escolher para colocar de acordo com os seus objetivos e com a vaga que está buscando.

Para tirar todas as suas dúvidas e ajudá-lo a preparar um CV matador, siga este passo-a-passo para tirar todas as suas experiências acadêmicas e profissionais da cabeça e colocá-las no papel da melhor forma possível:

1. Crie um título claro e objetivo

Antes de mais nada, ‘comecemos pelo começo’.

O título do CV deve vir logo ao lado ou abaixo o seu nome e deixar bem claro para o recrutador qual a sua área, o que você faz ou em que funções desempenha bem.

No caso do marketing, você pode incluir um cargo que está buscando ou no qual já acumule alguns anos de carreira, do tipo: Ana Marques – Analista de Marketing ou mesmo Ana Marques – Profissional de Marketing.

Caso ainda esteja na faculdade, você pode incluir como título ‘Estudante de Marketing’.

Se já for formado mas ainda não conta com nenhuma experiência profissional, opte por ‘Licenciado (ou Bacharelado) em Marketing’.

2. Inclua links para suas redes sociais profissionais

Seja adequado mas não deixe de dar a oportunidade do seu possível futuro empregador de conhecê-lo melhor.

Para tanto, inclua no seu CV links para as suas redes sociais relevantes, como LinkedIn e Twitter. Facebook e Google+ aqui não são necessários, por serem mídias mais pessoais, mas podem ser incluídas se a vaga exigir um usuário ávido destas redes.

Como na maioria das vezes, os currículos são lidos online hoje em dia, isto facilita ao analista de recursos humanos facilmente acessar mais informações sobre você na internet.

3. Escreva os principais destaques da sua vida profissional

Você pode deixar um espaço no seu CV para incluir um breve resumo dos principais pontos altos da sua carreira até o momento: clientes conquistados, vendas fechadas, leads criados, prêmios e outros reconhecimentos recebidos…

Aspectos que valorizem a sua bagagem acumulada até então para torná-lo ainda mais competitivo na nova posição que pretende conquistar nesta outra companhia.

4. Inclua as suas conquistas em cada um dos seus antigos trabalhos

Esta tática já é bem comum lá no exterior, mas criando cada vez mais adeptos entre os profissionais brasileiros também.

É bem simples, na descrição das atividades realizadas em cada experiência de trabalho, inclua a diferença que você fez para a empresa ou para a equipe com a qual trabalhou.

Você desenvolveu uma técnica nova de realizar a sua função?

Desafogou o seu departamentos de tarefas desnecessárias etc?

Isso vai depender muito do seu nível de experiência e do tipo de atividades que desempenhou.

Mas é muito claro que para um recrutador, é muito mais interessante ler sobre o que você realmente entregou do que uma lista sem graça e apática de atividades que qualquer pessoa têm de desempenhar na função em que você atuou.

5. Peça testemunhos e cartas de recomendação a antigos empregadores

Isso também é mais comum em países desenvolvidos, mas por que não adotar a prática aqui também?

Quer melhor aval de que você é um bom profissional do que o atestado de quem já trabalhou ao seu lado?

Então não tenha vergonha de pedir uma recomendação sempre que for deixar um emprego com quem trabalhou de perto com você e confia no que você faz.

Nada melhor para criar o seu nome no segmento do marketing e fazê-lo se destacar no meio de tantos outros candidatos.

Exemplos de currículos fora-da-caixa para você se inspirar e inovar

Nada como ver o novo para nascer a vontade de criar algo diferente dentro de você, não é mesmo?

Então por que não dar uma olhada em quem já fez sucesso com CVs incríveis para, quem sabe, inspirá-lo a criar o seu?

Aliás, no futuro, ele poderá até virar nosso próximo exemplo.

Vamos lá:

Spotify

A holandesa Dieuwertje Heuvelings tinha o sonho de trabalhar na empresa de streaming de música Spotify e conseguiu!

Mas só depois de criar um CV super criativo que imita a plataforma da empresa para buscar e tocar as músicas dos usuários.

O caso virou sucesso e foi compartilhado pela própria empresa em suas redes sociais!

cv para emprego de marketing

Super Mario

Se além de um excelente profissional de marketing, você também dá show ou pelo menos tem interesse em programação de sites, pode criar um website-currículo interativo para você.

Assim como fez o norte-americano Robby Leonard, que desenvolveu o seu tendo como base o famoso jogo de videogame Super Mario Bros.

À medida que o ‘Super Robby’ vai passando pelas fases, diversas informações sobre suas habilidades e experiências de trabalho vão sendo mostradas, até culminar no final: um espaço para contato e acesso às redes sociais deste candidato.

Divirta-se e dê uma espiada neste currículo online que virou febre. Não tem como não admirar.

Google

Imagine digitar um monte de adjetivos no principal site de buscas do mundo e, ao clicar em buscar dar de cara com o seu currículo profissional?

Não exatamente o que ocorre neste caso mas foi o que simulou de forma genial o designer Eric Gandhi no currículo dele que você pode visualizar aqui.

Adivinha se ele conquistou ou não a tão sonhada vaga no Google? A resposta é sim.

Pinterest

E que tal criar um mural com as suas principais qualificações no Pinterest?

Esta foi a ideia da Rachael King, uma apaixonada pelas mídias sociais – como ela mesmo se autodenomina, e funcionou muito bem.

Os detalhes você pode ver por você mesmo no próprio Pinterest.

Erros para NÃO cometer no seu CV

Agora que você está afiado em tudo o que deve fazer para deixar o seu registro profissional perfeito, chegou a hora de mostrar alguns erros, que podem ser mais ou menos comuns, e dos quais você deve passar longe.

Confira aqui:

Erros de português

Não deixe de revisar mil vezes se for preciso o seu CV antes de enviá-lo.

Por mais simples que possa parecer um espaçamento ruim ou erro simples de digitação podem dar a impressão de descuido.

Por isso, use uma ferramenta com a qual você já esteja acostumado para ajudá-lo na tarefa.

Se não tiver nehuma, o LibreOffice pode ser de grande valia.

Espaços vazios no CV

É importante estar preparado para responder por momentos em que não esteve trabalhando, já que será normal para o recrutador ter curiosidade a respeito.

Você pode indicar que esteve trabalhando como freelancer por um momento da sua vida ou que optou por estudar full time em um intercâmbio de língua estrangeira, entre outras situações.

Falta de informação para contato

Não incluir seus dados de e-mail, telefone, Skype ou qualquer forma fácil que indique como você pode ser contatado para discutir a vaga mais a fundo ou mesmo marcar uma entrevista.

Isso pode desencorajar um analista de RH a entrar em contato com você – ou até impossibilitar a ação!

Copia e cola

É muito feio copiar e colar as mesmas informações em partes diferentes do documento.

Isso vai soar como preguiça e falta de interesse na vaga para o recrutador.

Portanto, mãos à obra, e tenha capricho e apreço que CV que está construindo.

Dicas finais para você criar o seu currículo

  • Marketing pessoal é tudo! Então não tenha vergonha de fazer o seu e dizer o que sabe;
  • Use uma ferramenta de correção gramatical para corrigir qualquer errinho de português que passou batido;
  • Peça para um amigo, mentor ou qualquer pessoa mais experiente e na qual você confia, para dar uma olhada no seu CV e emitir a sua opinião;
  • Adapte as informações do seu currículo de acordo com a vaga para a qual está concorrendo;
  • E por último mas não menos importante: Comece a enviá-lo às empresas dos seus sonhos!

E então, o que achou das nossas dicas?

Esperamos de verdade que este artigo tenha inspirado você a criar um currículo incrível e estar ainda mais perto de conquistar os seus sonhos!

Depois de redigido, revisado e pronto, que tal partir para o próximo tópico e descobrir Como é a vaga ideal de um Estágio em Marketing?.

Não perca mais este post que vai ajudar você a dar um rumo na sua mais nova carreira!

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!