Diferença de piramide e marketing multinível

Diferença de piramide e marketing multinível: compreenda de uma vez por todas!

Você sabe qual é a diferença de pirâmide e marketing multinível? Não compreender bem as particularidades de cada um pode fazer com que você rejeite oportunidades para conseguir renda extra.

Neste post, vamos explicar o que é marketing multinível. Além disso, vamos falar sobre os perigos da pirâmide financeira e como você pode descobrir eventuais golpes. Acompanhe:

O que é marketing multinível?

marketing multinível (MMN) é uma alternativa ao emprego formal que já está disponível há muitos anos.

A história do método pode ser contada a partir dos anos 1960. Nessa época, surgiram os primeiros modelos do que hoje podemos chamar de marketing multinível.

A sua forma de atingir, penetrar e cobrir o mercado é legítima e possui características bem peculiares.

No Brasil, diversas empresas sérias e honestas utilizam essa estratégia. Bons exemplos do modelo são as famosas empresas AmwayMary Kay e Jequiti.

Herbalife, por exemplo, já tem mais de 4 décadas de atuação no mercado e vende produtos para vida saudável, como shakes e barras de proteínas.

Embora já tenha sido alvo de muitas denúncias, a corporação faz parte da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas​ (ABEVD).

Uma das principais características é a forma com que os indivíduos se articulam. O modelo visa estimular as pessoas a formarem redes de indivíduos que comercializem determinado produto em diversos níveis.

Assim, há uma configuração hierárquica em que um vendedor monta uma equipe que está abaixo dele. Essas pessoas também montam equipes, e assim sucessivamente.

Assim, é um modelo de venda direta. Isto é, relação pessoal entre o vendedor e o comprador. Esse comércio está submetido às regras da ABEVD.

A receita dos vendedores possui 2 origens:

  • venda dos produtos para consumidores que não pertencem à rede;
  • e porcentagem de novos e de antigos filiados ao sistema.

Quanto mais o indivíduo cresce, menos ele precisa das vendas diretas e mais se dedica ao treinamento daqueles que estão abaixo hierarquicamente.

Os vendedores conseguem entrar mais facilmente na casa das pessoas. O motivo é simples: eles já possuem conexões pessoais e profissionais para divulgar os seus produtos.

Além disso, o distribuidor tem fácil acesso aos fabricantes e pode controlar a sua equipe mesmo a distância — tudo isso com baixo custo e com velocidade na troca de informações.

Outra vantagem é o fomento de ações empreendedoras. De um lado, as empresas podem divulgar e espalhar mais facilmente os seus produtos; por outro, os indivíduos podem começar a empreender mesmo com pouco dinheiro e formar a sua rede de revendedores.

Além disso, a comunidade pode se desenvolver socialmente em locais cujos canais tradicionais não a alcança. Assim, mais dinheiro pode circular a partir da compra e da venda dos produtos.

O problema, porém, acontece quando pessoas tentam utilizar métodos com má-fé. Cria-se, assim, as pirâmides financeiras — que são ilegais no Brasil.

Por isso, devemos diferenciar o verdadeiro marketing multinível das pirâmides e não cair nas suas armadilhas.

O que são as pirâmides financeiras?

As pirâmides são um sistema fraudulento que normalmente é disfarçado de marketing multinível.

Como o disfarce pode ser bem-feito, não é tão fácil diferenciá-lo no início. Por isso, é necessário ter atenção e procurar por indícios que possam demonstrar a farsa.

O assunto é tão grave que o Ministério da Justiça lançou uma cartilha para auxiliar o consumidor a reconhecer sinais da prática e não cair em golpes. Além disso, diversos casos já são investigados pelo Ministério Público.

O termo é derivado da própria ideia de uma pirâmide. As pessoas que estão no topo são sustentadas pelas demais. Desse modo, o pagamento dos investidores é proveniente de novas aplicações.

Nas pirâmides financeiras, o lucro é obtido principalmente do recrutamento de novos participantes da rede.

Há também a venda de produtos. Porém, nesses casos, eles são apenas disfarces para manter o negócio em funcionamento.

Sendo assim, a aquisição só é útil para que o vendedor ingresse no sistema ou tem um fonte obscura.

Em um determinado momento, o número de pessoas necessário para que a rede continue rentável para todos os participantes passa a ser irreal.

Assim, tal modelo não consegue se manter em médio nem em longo prazo. Os que aderem ao sistema mais tarde não conseguem encontrar novos revendedores.

Nesse ponto, podemos dizer que o sistema está saturado e entrou em colapso. Aí está o grande problema: os valores recebidos a partir dos novos recrutados não são suficientes para manter toda a cadeia.

Então, os pagamentos sofrem atrasos e, por fim, deixam de ocorrer e diversos participantes ficam no prejuízo.

Como descobrir possíveis fraudes?

Como você pode notar, nos esquemas de pirâmide, sempre existirão pessoas que não terão lucro ou que ficarão “a ver navios”.

Na hora de avaliar uma oportunidade denominada como MMN, faça algumas perguntas para determinar se o negócio é legal ou não:

  • o produto vendido é real, possui uma verdadeira demanda e soluciona realmente algum problema dos clientes?
  • existiria potencial para venda em outros locais e com outros métodos?
  • as margens de lucro dos produtos e o tempo para obtê-lo são razoáveis, levando em consideração os outros tipos de negócio, ou parecem ser lucrativos demais, parecendo ser irreais?
  • a entrada do dinheiro acontece principalmente pela venda dos produtos ou pela entrada de novos vendedores no negócio?
  • para entrar no negócio, é necessário efetuar uma compra?
  • se não estiver contente com o produto, ele pode ser devolvido ao distribuidor ou necessariamente precisa ser recomprado?
  • o valor para adesão ou para se tornar um revendedor está na faixa de outros produtos da mesma categoria?

Vale lembrar que essas perguntas devem ser respondidas em conjunto. Assim, apenas uma resposta negativa não é suficiente para avaliar se o sistema se trata de um golpe.

Lembre-se também de pesquisar sobre os negócios na internet. Outras pessoas interessadas podem já ter encontrados indícios de fraude e ajudá-lo em sua avaliação.

O mais importante é não acreditar na possibilidade de ganhar dinheiro fácil e sem esforço. Essa ideia é a força motriz desse modelo.

Você entendeu a diferença de pirâmide e marketing multinível? Então aprenda de vez o que é marketing multinível, qual é o conceito e quais são as empresas que praticam!