educar meu cliente

Como educar o cliente sobre o valor do marketing de conteúdo?

O marketing digital tem um leque imenso de possibilidades, cada uma com seus próprios desafios e vantagens, mas poucas talvez consigam tamanha expressão como o marketing de conteúdo.

Entre as empresas que o adotaram, estão muitas agências que desejam encontrar novas formas de atender à demanda cada vez maior dos clientes e se diferenciar no mercado.

Quer saber como fazer isso funcionar também na sua agência? Então veja tudo que precisa saber para educar o cliente sobre marketing de conteúdo e conseguir resultados melhores. Vamos lá!

Neste post você vai aprender:

  • O que é marketing de conteúdo, mesmo?
  • Por que apostar no marketing de conteúdo?
  • 5 benefícios para a sua agência
  • 5 benefícios para seus clientes
  • Como medir os resultados do marketing de conteúdo

O que é marketing de conteúdo, mesmo?

Marketing de conteúdo faz parte do inbound marketing e é uma forma de atrair e engajar o público-alvo de uma marca através de conteúdo que seja relevante para ele.

Esse conteúdo precisa ser útil e prático para quem o consome, seja por tirar dúvidas, ajudar a resolver problemas ou facilitar tarefas importantes.

É aí que está o grande apelo dessa forma de marketing: em vez de interromper as pessoas, como os anúncios fazem, a ideia é criar valor para elas e chamar atenção com algo interessante.

Em vez de falar só dos produtos e qualidades da marca em si, a prioridade está no que os clientes desejam e precisam. Assim, eles são sutilmente conduzidos até a compra.

Por que apostar no marketing de conteúdo

Há muitos motivos válidos para apostar no marketing de conteúdo como parte do seu portfólio de serviços.

Veja 4 razões sólidas que provam a necessidade de não perder tempo e adotar desde já o marketing de conteúdo como uma das principais soluções da sua agência:

1. Os números não mentem

As estatísticas do marketing de conteúdo são simplesmente expressivas demais para ignorar.

Enquanto algumas táticas se mostram pouco eficientes na questão de converter e fidelizar clientes, basta uma breve olhada nos números para perceber que com o marketing de conteúdo o cenário é bem diferente.

Só para você ter uma ideia do retorno que ele gera:

  • É 62% mais barato, gerando o triplo de leads que o marketing tradicional — DemandMetric;
  • Marqueteiros que priorizam o blog tem 13x mais chances de ter bom ROI — Hubspot;
  • Empresas que investem mais de 25% do seu orçamento em conteúdo se consideram mais bem-sucedidas. — Content Trends | Rock Content.

2. Seus concorrentes já estão fazendo isso

Outro motivo que mostra a urgência tanto da sua agência quanto seus clientes investirem no marketing de conteúdo é que a concorrência já está fazendo isso neste exato momento!

Novamente, vamos aos números:

  • 70% das empresas do Brasil investem em marketing de conteúdo;
  • No caso das empresas da área de marketing — como agências — esse número sobe para 80%!

Essas são apenas algumas estatísticas, mas há muitas outras, que provam pelo menos duas verdades:

  1. Nunca houve momento melhor para investir no marketing de conteúdo;
  2. A grande maioria das empresas já se deu conta disso e está agindo rapidamente.

3. Várias táticas, um objetivo

Se engana quem pensa que marketing de conteúdo se resume a criar um blog e atualizá-lo regularmente.

É claro que isso também é muito importante, mas a verdade é que ele envolve uma variedade grande de táticas, cada uma pensada para alcançar e envolver o público de forma específica.

Podemos destacar, além do já conhecido blog corporativo, os seguintes canais de distribuição de conteúdo:

Viu como a variedade é grande? Porém, o objetivo é sempre o mesmo: gerar leads, nutri-los e converter o máximo número deles em clientes.

4. Quanto antes começar, melhor

Diante de todos os pontos que vimos até agora, existe algum motivo válido para adiar a adoção do marketing de conteúdo?

Pois, se não existe um motivo contra, podemos citar mais um a favor!

Algo importante a lembrar é que os resultados não vêm da noite para o dia. Então, quanto antes você e seus clientes começarem, mais rápido virão os resultados esperados.

Além disso, por fazer isso diminuirá as chances de a concorrência se distanciar demais e se estabelecer como a melhor opção no mercado.

Se isso acontecesse, seria muito mais difícil recuperar o posto depois.

5 benefícios para a sua agência

O que a sua agência vai ganhar por investir nessa tática como parte dos serviços oferecidos e por educar o cliente sobre marketing de conteúdo?

Separamos apenas 5 benefícios que devem ser suficientes para te convencer do poder do marketing de conteúdo para o seu negócio:

1. Se tornar o seu principal caso de sucesso

É impossível pensar em uma agência que vende marketing de conteúdo sem realizá-lo em seu próprio benefício. É como ir a um dentista que não cuida da própria higiene bucal, não concorda?

Por isso, sua agência terá a chance de se tornar o próprio caso de sucesso, e terá muito mais autoridade para falar com os clientes sobre o que funciona ou não.

Além de conseguir maior credibilidade e liberdade para trabalhar, ainda vai se beneficiar de todos os benefícios que os próprios clientes também terão.

2. Aumentar o ROI: seu e de seus clientes

O marketing de conteúdo é uma das estratégias mais lucrativas de marketing atualmente, com certeza um dos melhores investimentos a fazer.

Logo, por usá-lo em benefício próprio e a favor dos negócios de seus clientes, você verá um aumento no ROI de ambos.

3. Trabalhar com um método bem estruturado

Marketing de conteúdo não é algo experimental ou que está sendo descoberto agora.

Estamos falando de um método sólido, com empresas capacitadas a te dar todo o suporte necessário para ajudar seus clientes.

O volume de informações sobre o tema é absurdo, e as ferramentas disponíveis para executar e mensurar seu planejamento também são vastas.

4. Ampliar a clientela

Conforme a sua agência gerar mais leads através do conteúdo produzido, é natural que a clientela aumente.

Além do mais, conforme os clientes passarem a perceber os bons resultados do trabalho realizado, a tendência é que eles indiquem seus serviços a outros.

5. Aumento escalável dos lucros

De forma geral, o resumo de todos os benefícios é o aumento nos lucros. Afinal, essa não é uma estratégia temporária, mas algo que pode ser replicado por muito tempo com o mesmo sucesso.

Em outras palavras, o conteúdo que é produzido hoje continuará dando frutos amanhã e depois, por quanto tempo ele estiver disponível online.

5 benefícios para seus clientes

Com certeza não faria sentido educar o cliente sobre marketing de conteúdo se ele não se beneficiasse disso, não é mesmo?

Então, note alguns pontos que você pode destacar a fim de mostrar ao seu cliente que esse é o melhor caminho que ele pode seguir para aumentar os lucros:

1. Chamar a atenção de um público mais amplo

Posicionamento de marca é fundamental para atrair a atenção do público de forma positiva, especialmente no espaço concorrido da internet.

A boa notícia é que o melhor posicionamento não é reservado a quem tem maior orçamento ou o nome mais tradicional.

Esse posto pertence a quem tem a mensagem mais relevante a transmitir, e o marketing de conteúdo é sem dúvida a melhor maneira de ser essa figura de autoridade que os consumidores tanto buscam.

2. Melhorar o relacionamento com os clientes

A própria base do marketing de conteúdo está em construir um relacionamento achegado com os clientes desde o interesse inicial.

Com isso, as chances de que o lead desista da compra no momento decisivo diminuem bastante.

Isso permite também que a relação seja ainda mais forte a longo prazo, sem dar motivo para queixas e insatisfação que poderiam servir de brecha para um concorrente.

3. Fortalecer a imagem da marca

Os resultados que vêm do marketing de conteúdo não são exclusivamente os que se convertem em vendas imediatamente.

É preciso lembrar também da autoridade gerada para a marca, que fará com que ela seja respeitada pelo mercado como um todo — tanto clientes em potencial quanto parceiros e até concorrentes.

Esse tipo de liderança se reflete principalmente nos resultados a médio e longo prazo.

4. Implementar um processo melhor de vendas

O processo de vendas de quem executa o marketing de conteúdo precisa ser adaptado às necessidades e desejos dos leads, bem como ao seu momento na jornada de compra.

Assim, por meio do funil de vendas, isso é feito de forma suave à medida que os princípios por trás do inbound marketing são seguidos de perto.

No fim das contas, a conclusão é um processo de vendas mais bem estruturado e eficaz.

5. Fidelizar os clientes com um pós-venda impecável

Um dos principais diferenciais competitivos que todo negócio deve buscar não está relacionado a criar o melhor produto ou ter o preço mais baixo, mas a ter os clientes mais fiéis.

Como o marketing de conteúdo dá enfoque no relacionamento achegado com o cliente desde o início, um pós-venda impecável se torna prioridade.

E quem não gosta de fazer negócios com uma empresa assim?

Como medir os resultados no marketing de conteúdo

Naturalmente, só há uma forma de comprovar todos os benefícios que citamos até agora: por meio de números e estatísticas.

E, mais uma vez, o marketing de conteúdo se destaca por contar com vários indicadores capazes de mostrar exatamente como uma empresa está se saindo e onde há campo para melhora.

Os dois principais recursos para fazer esse tipo de acompanhamento são as métricas e os KPIs:

Métricas

A quantidade de métricas existentes para mensurar os resultados de uma estratégia de marketing de conteúdo é enorme, e elas devem ser bem aproveitadas a fim de que a empresa tenha o sucesso esperado.

Podemos, inclusive, dividir as métricas em vários grupos principais:

  • Métricas de consumo: mostram quem são os consumidores de conteúdo, bem como o que eles consomem e quando;
  • Métricas de retenção: avaliam a capacidade do conteúdo produzido em prender a atenção das pessoas que o descobrem;
  • Métricas de compartilhamento: avaliam o quanto as pessoas estão dispostas a compartilhar o que você produz, apontando se os temas escolhidos são os que o público realmente deseja consumir;
  • Métricas de engajamento: Analisam se os leitores estão engajados com o conteúdo, e quanto tempo passam pesquisando e consumindo seus materiais;
  • Métricas de leads: ajudam a acompanhar o meio do funil e direcionar os leads para conteúdos específicos;
  • Métricas de vendas: auxiliam a acompanhar o fundo do funil, aonde as vendas realmente acontecem;
  • Métricas de produção: medem a eficiência na produção e distribuição do conteúdo e se os recursos da empresa estão sendo bem usados.

KPIs

Os KPIs (Key Perfomance Indicators) — ou Indicadores-chave de desempenho — também são fundamentais para avaliar como a estratégia está sendo aplicada.

Mas, se já existem as métricas, os clientes talvez fiquem confusos sobre o uso de KPIs para acompanhar o desempenho do marketing de conteúdo.

Como ajudá-los a ver o valor desses indicadores?

Primeiramente, por ajudá-los a ver que os dois não são a mesma coisa: as métricas se referem a cada elemento isolado que pode ser medido.

Já os KPIs são apenas elementos essenciais para o cumprimento dos objetivos da empresa, ou seja, eles são muito mais direcionados.

Uma métrica pode até se tornar um KPI, desde que a sua análise seja vital para acompanhar o progresso da marca na busca pelos objetivos propostos.

O mais importante é passar para os clientes que eles jamais ficarão “no escuro” no que diz respeito a saber se o investimento está trazendo retorno e sempre terão os mecanismos necessários para otimizar o trabalho.

É claro que vão surgir desafios na implementação da estratégia com cada cliente.

Mas, por fazer seu melhor em educar o cliente sobre marketing de conteúdo, ele saberá exatamente o que esperar e ficará satisfeito conforme aprende com a prática e, principalmente, observa os resultados positivos.

Que dizer se além do marketing de conteúdo, sua agência também trabalha com campanhas de SEO para os clientes? Veja como calcular o ROI de SEO e apresentar os resultados de forma clara para eles!

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!