Olho sobre textochamar a atenção da sua persona? Acredita que o seu blog tem potencial para conquistar tanto leitores como os motores de busca?

">

Escaneabilidade: por que isso é tão importante para seu blog

Saiba como deixar os posts mais amigáveis aos olhos dos leitores e otimize a qualidade dos seus textos com o conceito da escaneabilidade!

O que você considera importante para que um conteúdo consiga chamar a atenção da sua persona? Acredita que o seu blog tem potencial para conquistar tanto leitores como os motores de busca?

Com tanto conteúdo disponível online, é preciso adotar as medidas certas para se destacar, passar credibilidade e ganhar a confiança do leitor. Entre elas, garantir que o seu texto seja escaneável é inevitável.

Tem dúvidas sobre o assunto e não sabe se está fazendo isso da maneira adequada? No post de hoje, vamos desvendar alguns mistérios sobre a escaneabilidade dos conteúdos!

Abaixo, explicamos porque ela é importante e mostramos o padrão de leitura online. Também apresentamos os principais benefícios que oferece e o que deve ser feito para colocá-la em prática. Confira:

Por que a escaneabilidade é importante?

Atualmente, podemos considerar dois principais motivos que estão transformando a experiência de leitura de uma pessoa.

Para que você entenda o primeiro, pense em quantas abas ficam abertas no seu navegador ao mesmo tempo.

É comum “pular” de uma para outra e ler de forma dinâmica o conteúdo presente em cada uma delas, de modo a garantir que o material é do seu interesse, seja em uma rede social ou um post de um blog.

E o segundo está relacionado à falta de tempo, já que por estarmos fazendo várias atividades simultaneamente, é necessário encontrar meios de otimizar o nosso rendimento.

Diante desse cenário, é comum que o hábito de leitura tenha se transformado, não é mesmo? É para não desperdiçar um tempo precioso com algo “irrelevante” que as pessoas atualmente fazem o que é conhecido como padrão de leitura em F.

Padrão de leitura em F

Você pode até não saber, mas o comportamento de uma pessoa lendo um material impresso é diferente de quando lê algo online.

Por conta das especificidades do material físico, o olho do leitor é direcionado primeiro para o canto superior esquerdo da página, segue para o inferior direito e volta para o superior esquerdo. Esse movimento dos olhos é conhecido como padrão de leitura em Z.

Por outro lado, o leitor de conteúdo online apresenta um modo de apreciação diferente de um conteúdo e um dos motivos para isso, além dos que já citamos mais acima, pode ser a proximidade com a tela do monitor ou dispositivo móvel utilizado.

A primeira atitude tomada ao entrar em uma página é a leitura dinâmica, de modo a avaliar de maneira rápida se o que está presente ali é realmente valioso ou não.

Caso o visitante do blog tenha a impressão de que o seu conteúdo não é relevante para ele ou não consiga identificar o que vai ser abordado nele, facilmente fechará a aba e realizará uma nova pesquisa, para que encontre um outro blog ou site que o deixe mais satisfeito.

Já se o seu texto passa nessa primeira avaliação, ele vai continuar com a leitura e seguir alguns passos:

  • são feitas duas leituras horizontais: o primeiro parágrafo é lido e também o segundo;
  • para não restar dúvidas, o leitor faz um escaneamento vertical do lado esquerdo da página, conferindo o restante do conteúdo.

Esse padrão de comportamento é conhecido como leitura em F. E, não se engane, tudo isso é feito de maneira rápida, natural e automática.

Levar em consideração esse hábito na hora de produzir um texto é muito importante para torná-lo escaneável, pois isso fará toda a diferença na experiência do visitante do seu blog, além de contribuir que ele permaneça na página por mais tempo.

O ideal, portanto, é que você privilegie esses pontos de foco com informações significativas e atrativas, de modo a conquistar o leitor.

Um método muito adotado é o da pirâmide invertida, em que logo no início do texto ou de cada parágrafo são apresentados os conteúdos-chave de cada tópico.

A partir dessa contextualização, a nossa intenção é mostrar como a escaneabilidade exerce influência na experiência de leitura do visitante de um site ou blog.

Mas quais são os benefícios de adotá-la? É o que mostraremos a seguir:

Quais são os benefícios de um conteúdo escaneável?

Bem, se você continuou com a leitura, provavelmente está interessado em entender melhor a importância da escaneabilidade para o seu blog.

Neste tópico, vamos apresentar alguns benefícios para provar que investir nessa estratégia é uma atitude inteligente e muito vantajosa.

Mas, primeiro, pare um minuto e pense no que você faz quando tem uma dúvida. Provavelmente, segue os seguintes passos nesse tipo de situação:

  • acessa determinado site de buscas;
  • escolhe as palavras-chave e faz uma pesquisa;
  • analisa os resultados e opta pelo site ou blog que parece ser mais confiável;
  • escaneia o conteúdo e verifica se ele tem a resposta para o seu questionamento.

Em uma situação modelo, essa experiência seria positiva de primeira e você não teria que repetir todo o processo para ter acesso a uma informação de qualidade. Mas não é sempre que isso acontece, certo?

A escaneabilidade, portanto, é um modo de evitar que o leitor abandone o seu conteúdo por não entender o que ele fala.

E ela também concede outras vantagens, como:

Influencia positivamente nas estratégias de SEO

Ao planejar a produção de um texto, é importante levar em consideração aspectos que sejam atrativos tanto para pessoas como para os motores de busca.

As estratégias de SEO, quando são adotadas em conjunto com as táticas utilizadas para tornar um texto escaneável, tornam a chance de sucesso de um post, maiores.

Considere o exemplo que demos sobre como funciona a busca por uma solução para uma dúvida. Nele, falamos que você determina algumas palavras-chave na hora da pesquisa, certo?

Quando ela aparece de maneira natural em um texto, de preferência no primeiro parágrafo, sempre que possível em um dos intertítulos e no fim do conteúdo, isso colabora para que tanto os motores de busca como o público-alvo entendam o assunto retratado no post.

Contribui para melhorar a experiência do usuário (UX)

Um texto escaneável está, consequentemente, de acordo com o padrão de leitura em F e isso torna o processo de leitura mais agradável.

Pensar na experiência do visitante do seu blog é muito importante, pois ele não vai titubear em largar a sua página se ela não estiver preparada para agradá-lo.

Além da escaneabilidade, é imprescindível levar em consideração outros aspectos determinantes para a experiência do usuário (UX):

  • verifique com frequência como está o desempenho do seu blog ou site e se o uso de muitos aplicativos e widgets não o está prejudicando;
  • salve as imagens sempre em PNG;
  • garanta o design responsivo, permitindo que o usuário acesse a sua página de maneira eficiente de qualquer dispositivo;
  • use sempre templates e códigos limpos.

Aumenta o número de conversões

Se o seu post está em conformidade com as estratégias de SEO e prioriza a experiência do usuário, logicamente o resultado é o aumento do número de conversões, certo? Talvez.

Esses fatores são importantes, mas você deve também oferecer um conteúdo rico e de qualidade, que tenha informações que sejam do interesse da sua persona.

Na hora de escrever um texto, é ideal que você tenha em mente se vai acrescentar algo ao leitor, como vai responder às dúvidas dele e se o material é instigante o suficiente para atraí-lo.

Como tornar um conteúdo escaneável?

Você, agora, deve estar se perguntando: “OK, já entendi a importância de um conteúdo escaneável e quais benefícios ele proporciona, mas o que devo fazer para colocar tudo isso em prática?”.

Muito simples! Basta seguir os passos que listamos abaixo!

Defina o tamanho do texto

Um texto de 500 palavras não exige o mesmo nível de profundidade de um e-book de 2000. Cada um desses conteúdos apresenta estratégias e objetivos diferentes — o que não quer dizer que um anula a importância do outro.

Muito pelo contrário. Antes de mais nada, é preciso que você avalie quão aprofundado deve ser o tema discutido e se ele pode ser bem-apresentado em um material mais curto e objetivo. De nada adianta você escrever muitas laudas se as informações são repetitivas e inconsistentes.

É importante que você tenha noção de quanto tempo cada tipo de conteúdo costuma levar em média para ser lido:

  • 500 palavras: 2 minutos;
  • 1.000 palavras: 5 minutos;
  • 1.500 palavras: 8 minutos;
  • 2.000 palavras: 11 minutos;
  • 3.000 palavras: 16 minutos.

Além disso, lembre-se do tempo disponível que o seu leitor tem para se dedicar ao seu texto. Se o conteúdo for longo, mas bem desenvolvido, com informações originais e relevantes, isso não será um problema.

Se você quer saber exatamente qual deve ser o tamanho ideal das suas postagens, baixe o nosso infográfico gratuito e otimize suas publicações online!

Apostar em diferentes formatos de conteúdos

Em uma pesquisa realizada pela Hubspot, foram levantados 42 estratégias de Marketing de Conteúdo para 2017.

E vários fazem menção à importância de utilizar outros formatos de conteúdo em um post para cativar o leitor.

O levantamento aponta, por exemplo, que materiais em vídeo vão representar 74% do tráfego na internet.

Outro ponto de destaque dado é que usar imagens de maneira estratégica pode contribuir para aumentar o tempo de permanência de uma pessoa em uma página.

Portanto, tente sempre investir em outros formatos de conteúdo dentro de um mesmo post, como podcasts, infográficos, vídeos e imagens.

Usar bullet points, itálico e negrito

Esses artifícios são muito utilizados para dar destaque a informações-chave, tornar a leitura mais fluida e para estruturar dados importantes.

Eles devem ser utilizados com parcimônia, por exemplo, uma dica é negritar a palavra-chave ao longo do texto.

Fazer link building

Quer tornar o seu conteúdo mais rico? Não abra mão NUNCA de fazer link building.

Enquanto links externos são essenciais para comprovar dados e pesquisas, dando mais credibilidade ao seu texto, os links internos possibilitam que o leitor permaneça mais tempo no seu blog e tenha acesso a outros conteúdos.

Alinhar o texto à esquerda

Lembra do padrão de leitura em F? Ao formatar o seu texto e alinhá-lo à esquerda, você estará contribuindo para que ele aconteça em seu blog. Assim, a experiência do usuário é positiva e a leitura se torna mais fluida e agradável.

Dividir o texto em intertítulos

Os intertítulos são recursos indispensáveis para a escaneabilidade de um texto, pois são eles que dividem o material em diferentes partes e assuntos.

Por exemplo, em um texto de 500, o ideal é que ele tenha, pelo menos, 3 intertítulos em H2. Além disso, eles devem ser padronizados, não ter mais do que 6 palavras e não falar abertamente o que será retratado no tópico, de modo a despertar a curiosidade do leitor.

Um intertítulo pode ser utilizado de diferentes maneiras, como:

  • apresentar vantagens ao leitor;
  • verbos no infinitivo;
  • apresentar perguntas;
  • estar de acordo com o título;
  • ser estruturado em formato de lista.

Escreva parágrafos pequenos

Para que a leitura não se torne cansativa, o indicado é que os seus intertítulos não tenham “blocões de textos” ou parágrafos extensos. Busque, em média, manter um padrão de 50 palavras e 4 linhas.

Quais ferramentas usar para conferir se o conteúdo está escaneável?

Para ter a certeza de que está investindo nas estratégias certas e de que o seu conteúdo está escaneável, você pode contar com o auxílio de algumas ferramentas.

Caso você esteja utilizando o WordPress, o Yoast é um plugin que deixe o seu texto perfeito aos olhos do Google.

Além dele, pode contar também com outras ferramentas que verificam a legibilidade do seu material, como Tests Document Readability, Readability Test Tool e Free Readability Formulas.

Esperamos que ao finalizar a leitura deste post você já tenha tirado todas as suas dúvidas sobre o assunto, tenha consciência da importância da escaneabilidade e que busque adotá-la em seus textos para potencializar os resultados!

Agora que você já sabe que uma das estratégias para tornar um conteúdo escaneável é fazer link building, quer entender melhor o assunto? Então confira o nosso post com os principais mitos!