Conteúdo para o funil de vendas: como criar uma máquina de gerar negócios 1

Emagreça e faça marketing de conteúdo! Pergunte-me como!

A obesidade é uma doença que hoje é um problema mundial.. Há milhões de pessoas que diariamente travam uma verdadeira batalha contra a balança e há quase 2 anos, eu era uma delas. Perder 26 quilos não foi difícil, mas foi necessário persistência, dedicação e principalmente paciência.

A obesidade é uma doença que hoje é um problema mundial.. Há milhões de pessoas que diariamente travam uma verdadeira batalha contra a balança e há quase 2 anos, eu era uma delas. Perder 26 quilos não foi difícil, mas foi necessário persistência, dedicação e principalmente paciência.

Evolução pequena e contínua.

Assim que voltei de uma viagem, subi na balança e estava pesando 106 quilos. Fiquei assustado. Eu tinha 20 anos, e se continuasse do jeito que estava, não sei se chegaria nos 30. Por causa disso percebi que eu tinha que mudar algumas coisas.

Mudei alguns hábitos alimentares e entrei numa academia. Passei uma semana regulando a comilança e malhando. Nessa altura já tinha ido em supermercados e resistido às tentações das porcarias deliciosas destruidoras de regime que sempre ficam ao lado do caixa. Também já tinha ido almoçar na casa da minha avó e comido dignamente (não igual a um ogro, como de costume), além ter ido na academia e, o pior, ter feito exercício aeróbico. Perdi menos de 1kg. Frustrante. Deu vontade de desistir e ir num rodízio me empanturrar de picanha, mas mantive a fé que ia dar certo.

Continuei mantendo meu regime e indo na academia 3 vezes por semana. Após um tempo a batata frita já não fazia tanta falta, eu já conseguia passar mais facilmente por aquelas malditas guloseimas deliciosas dos caixas de supermercado, a academia já fazia parte da rotina e eu já quase não achava ruim malhar.

Depois de 9 meses, eu me olhei no espelho e, com 26 quilos a menos sem nenhuma ajuda de remédios, eu me achei magro pela primeira vez.

E o que o marketing de conteúdo tem a ver com isso?

O marketing de conteúdo me lembra o meu processo de emagrecimento. Como nesse processo, o marketing de conteúdo não vai te dar um retorno imediato. Ele não vai te gerar 100 mil leads no primeiro mês e você não vai perder todo o peso que você quer em um mês. Você não se torna autoridade no segmento que você atua com 1 mês de publicações relevantes e você não vai ter um corpo sarado e de tanquinho malhando 1 mês.

Mas após um período contínuo de prática e acompanhamento, subindo na balança, monitorando seu peso, traçando objetivos de marketing, acompanhando suas buyer personas e geração de leads, em todos os casos, você obterá sucesso. Às vezes pode até superar suas expectativas.

Aí você pode estar pensando: “Ah, mas existem remédios e cirurgias para emagrecer  e anabolizantes para ficar sarado”. Esses são os Google Adwords e Facebook Ads do marketing digital. Enquanto você usa esses remédios, você consegue emagrecer, enquanto você toma anabolizante, você fica forte, enquanto você investe em Google Adwords e Facebook Ads, você tem tráfego no seu site. Em todos os casos, se você parou de usar, seus resultados somem.

O investimento em marketing de conteúdo é igual a perda peso: exige paciência, acompanhamento constante e, mesmo que no início possa ser um pouco frustrante, depois de um tempo você vai ver que valeu a pena e vai continuar trabalhando para manter a evolução.

E vocês? Já pararam de tomar seus remédios de emagrecimento e começaram a sua academia de marketing de conteúdo?