anúncios no smartphone

Como usar o Facebook Lead Ads

Como dizem os norte-americanos, “Time is Money” (“Tempo é Dinheiro”, em tradução livre).

E na hora de conquistar leads para a sua empresa ou marca, sabemos que quanto mais demorada a ação de atração e captação, por mais atraente que seja o seu Call to Action (CTA), menores as chances de se obter sucesso.

O Facebook (FB), uma das mais populares redes sociais do momento, percebendo a necessidade de gerar cada vez mais leads – confiáveis – teve uma grande sacada ao criar uma ferramenta que permite a você e ao seu público-alvo poupar tempo na hora de responder e converter em resultados os seus CTAs.

Essa ferramenta tem o nome de Facebook Lead Ads.

E para aproveitar tudo o que ela pode oferecer para você e para o seu negócio, criamos um artigo super especial ensinando o que é, como funciona e, de quebra, algumas dicas matadoras:

O que são os Facebook Lead Ads

Se você tem um perfil – ou a sua empresa possui uma fanpage – no FB, já deve ter reparado que existem diferentes áreas e formatos para que você possa criar um anúncio.

Podem ser anúncios na coluna à direita ou postagens patrocinadas.

E o Facebook permite não apenas que elas sejam veiculadas, mas ele trabalha em parceria com algoritmos que permitem que os Ads sejam vistos por pessoas que se interessem no produto ou serviço que sua empresa tem a oferecer.

Mas já aprendemos aqui no blog que um anúncio só é realmente efetivo quando ele atrair a atenção da sua persona.

Isso significa, basicamente, gerar leads para que sua equipe de vendas possa suar a camisa para fechar negócios.

O Facebook Lead Ads surge nesse cenário, visando suprir a necessidade de empresas em fisgar – mais – prospects.

A grande sacada é justamente fazer a ponte entre empresas e usuários a partir da moeda mais valiosa de Mark Zuckerberg: a informação de usuários ativos.

Falamos logo na introdução que o tempo pode ser um aliado poderoso ou um inimigo mortal.

No caso dos CTAs ele se refere ao preenchimento dos formulários.

Afinal de contas, quem é que gosta de perder tempo preenchendo informações (que já são suas velhas conhecidas, como e-mail, nome, carreira)? Ou ainda: quem nunca desistiu no meio de um desses por estar sem tempo – ou paciência – para completar os campos obrigatórios?

Em tempos de roubo de informações, também é necessário considerar que algumas pessoas desistem do processo por ter medo de acabar entregando dados pessoais que venham a ser utilizados de forma negativa.

O Facebook Lead Ads permite que você crie o seu Call to Action e especifique as informações que deseja obter no processo.

Então, na hora que o prospect vir o seu anúncio, se interessar e clicar, uma janela pop-up (muito parecida com as landing pages que você já está acostumado a criar e divulgar) vai surgir com os campos necessários já preenchidos com as informações que ele dividiu com o próprio FB.

Ao facilitar esse processo de cliques e digitações para apenas dois simples passos – acessar o CTA e confirmar as informações para envio – fica muito mais fácil garantir que eles serão aceitos, garantindo uma maior taxa na geração de leads.

Outro benefício é que as informações, por serem compartilhadas com a rede social de forma espontânea, tem uma chance muito maior de não serem falsas.

Crie uma campanha matadora

Bom, se o Facebok já adianta a sua vida ao oferecer informações que serão preenchidas automaticamente, nada de criar formulários muito extensos.

Seja objetivo e prepare as informações de acordo com o que sua equipe vai precisar para entrarem em contato com a lead.

Muitos especialistas indicam que suas perguntas devem conter no mínimo três informações básicas:

  • Qual o nome do prospect
  • Qual o e-mail do prospect
  • Alguma informação específica para a sua campanha (formação, telefone, check-ins em locais)

O próprio Facebook oferece algumas categorias e subcategorias prontas para ajudar mesmo quem nunca criou um Lead Ad a ter maiores possibilidades de retorno.

Apenas tenha foco.

Invista no simples e evite quaisquer questões que precisem de muita leitura ou atenção focada por longos períodos de tempo.

Os formulários são necessários para categorizar de forma geral essas leads para que, mais tarde, seja feito o contato e o envio das informações mais pertinentes para o seu time de vendas. 

Faça a integração do seu CRM

Se o objetivo é facilitar a utilização das informações para o seu funil de vendas é interessante que esses dados possam ser integrados ao seu sistema de CRM (Customer Relationship Management).

Os criadores do Facebook Lead Ads também pensam da mesma forma e por isso ele permite que você trabalhe as informações geradas por ele em diversos sistemas disponíveis no mercado.

Além disso, também é possível fazer o download da lista de leads por meio de um arquivo no formato .CSV.

Se você ainda não trabalha com um sistema CRM, aproveite a oportunidade para analisar os inúmeros benefícios que eles trazem na hora de qualificar e converter leads em clientes, além de permitir ações que os fidelizem.

Crie respostas automáticas

Informação só tem utilidade quando é colocada em uso para atingir os objetivos traçados, certo?

Então, não adianta nada criar um Lead Ad, coletar os dados e deixá-los lá, acumulando poeira virtual.

Portanto, trate de aproveitar a integração com os sistemas CRM para poder criar respostas automáticas para suas novas leads.

Se você ainda não os utiliza, baixe constantemente os arquivos com os contatos novinhos em folha e inicie a aproximação desse cliente em potencial.

Lembrete muito importante: tempo é tudo e para que o cliente não esqueça da sua marca, faça o disparo automático em até 24 horas após o contato.

Abuse da personalização em massa e crie formatos atraentes para cativar – ainda mais – essa lead para suas ações de conversão.

Faça um texto bem escrito, com linguagem acessível e adequada, apresente sua marca e centralize sua estratégia de marketing na sua persona. 

Não conte apenas com uma só ferramenta

Boas ferramentas servem para ampliar as suas chances de sucesso e não para uso exclusivo para obter todas as respostas do universo.

Afinal de contas, um martelo pode ser um objeto valioso para colocar um quadro na parede, mas não é o único possível.

Dependendo do material (cimento, drywall, plástico) dessa parede, pode valer mais a pena usar uma furadeira ou um gancho auto-adesivo.

Pense nos objetivos principais das suas ações de captação de leads e analise aonde os Lead Ads podem se encaixar com perfeição.

Vamos lembrar que esses Ads possuem um custo, ou seja, impactam no orçamento diretamente.

Então, devem ser aproveitados para ações com retorno prático, rápido e direto ao ponto, como inscrições para cursos, eventos e outras ações com duração específica.

Poranto, use também o Facebook Lead Ads para sua campanha de inbound marketing, mas não deixe de incluir seus CTAs para atrair e gerar leads em outras redes sociais, nas páginas do seu site, no seu blog e no seu conteúdo.

Realize testes – sempre!

E como a maioria esmagadora do que diz respeito ao marketing, principalmente no marketing digital, o teste é uma das melhores e mais poderosas formas de acompanhar a eficácia da sua campanha.

Não há nada demais em testar e errar, desde que esse erro seja acompanhado, avaliado e corrigido.

Lembre-se de que, para ter as respostas necessárias, às vezes é necessário investir em diferentes perguntas para descobrir quais as mais eficazes.

A parte mais importante para que qualquer plano obtenha o esperado sucesso está em acompanhar e mensurar constantemente as ações.

Ferramentas como o Facebook Lead Ads são ótimas pois permitem que você verifique o seu andamento em tempo real. Assim, fica mais fácil e rápido perceber os desvios e erros para efetuar a correção.

Até mesmo para separar o joio do trigo – ou seja, as leads verdadeiramente qualificadas – será necessário também empreender um esforço que envolve o teste, o envio de mais informações para avaliação ou mesmo as mensagens automáticas.

Sabe aquela clássica fala do Coelho em ‘Alice no País das Maravilhas’, livro de Lewis Carroll?

“Para quem não sabe para onde quer ir, qualquer caminho serve”.

Torne essa frase – um pouco manjada mas, ainda assim, poderosa – o seu mantra. Abrace o seu significado e aplique-o na hora de criar e planejar as etapas dos seus Lead Ads.

Pesquise para descobrir os caminhos mais curtos que separam você do seu público e procure criar Calls to Action irresistíveis para essas pessoas dentro do projeto em mãos.

Nossa equipe aqui do blog já abordou os anúncios da rede de Mark Zuckerberg algumas vezes.  

Não perca tempo e aproveite para conhecer ainda mais a fundo o Facebook Ads. Que tal aprender 5 dicas para melhorar o engajamento da sua campanha, ou 9 dicas para melhorar o CTA dos seus anúncios?

Quer apronfudar ainda mais seu conhecimento? Não deixe de conferir também nosso guia completo e gratuito do Facebook Ads!

ebook de facebook ads

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!