Por que você precisa ter paciência ao fazer marketing de conteúdo?

Imagine que você tenha uma vaga para contratação em sua empresa. Após fazer a descrição da vaga, do perfil de profissional esperado e da remuneração começam a chegar alguns currículos.

Como você faria para escolher o candidato adequado? Certamente baseado naqueles critérios que julga mais importante.

E se… Houver um candidato sem estudo na área nem muita experiência e outro com 1 ano de experiência e estudo relevante na área? Qual deles você teria preferência?

Essa analogia pode ser útil na compreensão do motivo pelo qual é preciso ter paciência ao fazer marketing de conteúdo. 

Entenda!

Planejamento de Marketing de Conteúdo

Não adianta. Para alcançar resultados duradouros e estáveis na área de marketing digital é necessário não apenas um bom planejamento e execução das estratégias definidas.

Mais do que isso, a paciência pode ser uma virtude fundamental para se atingir os objetivos esperados.

Se você está naqueles momentos em que olha para suas ações e estratégias de inbound marketing e acha que conseguir os primeiros links, rankings, produção de conteúdo, emails marketing, seguidores e fãs nas redes sociais é muito complicado, esse post pode te ajudar.

A espera por resultados pode não ser imediata e gerar ansiedade, e esse é um dos perigos que podem comprometer ou interromper os investimentos e ações tomadas.

Para isso, seguem 4 passos que podem auxiliar seu caminho.

  1. Defina sua meta: Isso significa saber aonde você está e para onde quer ir. A definição de um problema que precisa ser resolvido ou uma oportunidade ainda não aproveitada é o ponto inicial para gerar a mudança. 
  2. Faça um plano de ação: Aqui será formulada a maneira pela qual atingir o objetivo. É desenhar um caminho para que as ações sejam coordenadas e façam sentido. 
  3. Estabeleça controle: Por mais bem desenhado que seja o seu plano de ação, trabalhar em um ambiente tão dinâmico como o de marketing digital significa estar atento e preparado para fazer ajustes ou mudanças que se apresentem necessárias de acordo com o desenrolar da operação. 
  4. Tenha paciência: Saiba que você está plantando e que para ter um bom resultado é preciso cuidar e esperar. Seja realista, cada fase do processo tem resultados específicos e lembre-se que você nunca deve parar de trabalhar para aumentá-los quando os primeiros frutos começarem a chegar. Afinal, quando eles chegarem você deve continuar fazendo com que eles cresçam e tragam cada vez maiores retornos.

Nesse artigo também serão abordadas estratégias que possam auxiliar a sua jornada de marketing digital e para isso um importante conceito é o de Flywheels, que será tratado adiante.

Por vezes pode-se considerar que a falta de resultados imediatos é um sinal de que você não esteja no caminho certo.

Porém, isso é uma questão de ajustar expectativas com as ações planejadas e executadas.

Primeiramente é necessário entender que o marketing de conteúdo não é uma ação de marketing que visa o retorno de curto prazo. Por quê?

Porque a estratégia por trás dessa metodologia é a da construção de um portfólio que se torne cada vez mais relevante. Criando um efeito cumulativo de cada ação ao longo do tempo.

Se no início do ano você começa com quatro posts por mês, ao final do ano serão 48 posts acumulados.

O que significa que as chances de ser encontrado por sua relevância são muito maiores — da mesma forma que nosso candidato fictício com experiência e estudo, no início desse texto.

Então, é importante ter uma especificação dos objetivos desejados para se desenhar um plano estratégico que dará o rumo da produção de conteúdo.

Podendo ser o aumento da visibilidade da marca, reconhecimento no setor, construção de autoridade, geração de leads, entre outros.

Definir seu interesse é fundamental para acertar na ação e ajustar a expectativa na espera por resultados.

Colocando a roda para girar  

O conceito que queremos tratar aqui é o de Flywheel Marketing — você pode ver mais sobre esse conceito no blog do Moz (em inglês), um dos grandes especialistas do assunto.

Esse conceito pode ser entendido da mesma forma que o de Círculo Virtuoso, no qual as suas ações iniciais geram externalidades positivas nas suas ações seguintes, que vão gerar efeitos ainda melhores nas próximas e assim sucessivamente.

É isso mesmo, o que era bom, ficando ainda melhor!

A notícia é boa, mas não se iluda, o que queremos mostrar aqui é que, para isso, é necessário muito esforço e paciência no início e que durante o processo você vai precisar continuar gerando conteúdo relevante para seus clientes.

Esse é um ponto importante a ser lembrado sempre, relevância!

Se preocupar apenas em gerar volume de conteúdo ao longo do tempo, mas sem se preocupar com a qualidade e efetividade desse conteúdo também é um erro que compromete toda a estratégia.

Senão, você corre o risco de gerar o chamado resultado “fogo de palha”. Depois de algum tempo você passa a perder crédito e seu público deixa de procurar seu conteúdo para olhar a segunda opção.

Flywheels em ação

Se você deseja investir nas ferramentas de marketing digital e gerar resultados, você precisa aparecer para seu cliente de forma relevante.

E, quando se deseja aparecer, uma ferramenta fundamental é trabalhar os seus resultados em SEO, que podem ter um efeito de reforçamento próprio na medida em que você aplicar as regras de Flywheel que serão apresentadas aqui.

Outro desafio é o de gerar conteúdo — sobre esse assunto recomendamos nosso post “Qual o mais eficaz conteúdo para cada etapa do funil de vendas?

O início dessas ações em geral é trabalhoso e os resultados nem sempre imediatos.

Talvez diante disso você possa pensar em desistir e simplesmente colocar algum dinheiro em anúncios e largar de vez o Inbound Marketing.

Mas não se desanime ainda, é assim para todo mundo.

Com paciência você verá que algo estranho começa a acontecer no decorrer do tempo, quando se passa a ter mais links os primeiros frutos do seu trabalho de criar lealdade nos seus visitantes começa a dar efeito aumentando sua reputação e influência na web.

Você vai perceber que o seu trabalho com SEO começa a ficar mais fácil e efetivo.

Isso acontece quando você publica um novo post e, surpreendentemente, ele já está na primeira página ou você lança um novo produto na sua loja virtual e ele já passa a estar melhor recomendado nos mecanismos de busca.

Tudo isso como que por acaso.

Só que não!

Externalidades do Flywheel

Esse efeito intrigante é chamado de Flywheel. E ele vale para todos os seus canais.

Imagine só que a medida que você ganha mais seguidores e fãs nas mídias sociais, sua própria reputação começa a aumentar, de modo que você passa a ser mais cotado para aparecer nas sugestões do sidebar do Twitter, por exemplo.

E isso gera um círculo virtuoso que faz com que mais pessoas vejam seu conteúdo e gerem mais visualizações, compartilhamentos e assim você vai aparecendo para cada vez mais pessoas.

É o efeito multiplicador entrando em ação.

E isso também é verdade com relação à sua lista de E-mails.

Você vai crescendo sua lista e o que acontece é que mais pessoas começam a clicar nos seus links e compartilhar seu conteúdo.

O que acaba gerando uma explosão de novos inscritos. É como um marketing de boca a boca.

O conceito de Flywheel é justamente sobre isso, colocar a roda para girar é realmente uma tarefa árdua.

Os primeiros seguidores, fãs, compartilhamentos e demais conteúdo exigem um grande esforço e por vezes parecem não resultar em nada.

Mas a medida que a roda começa a girar algo passa a acontecer e com o mesmo esforço do início a roda gira cada vez mais rápido, é como se as ações que você faz se auto promovessem.

Por isso, para que você planeje suas ações e tenha foco para alcançar os resultados, aqui estão as 3 regras críticas para o sucesso com Flywheel.

  1. Você precisa estar disposto a investir mais e por mais tempo do que nas táticas convencionais. Para melhorar seu SEO é preciso construir uma reputação, e isso não ocorre da noite para o dia, então quem tem visão de longo prazo e estratégias para isso está mais propenso ao sucesso do que aqueles que desejam resultados imediatos. 
  2. Você precisa estar disposto a investir e fazer experiências aceitando possíveis falhas no processo. Só porque o resultado de uma campanha foi menor do que o esperado não significa que você deva descartar essa estratégia — claro que o pessoal do marketing sempre fica pressionado pelos resultados, mas dê tempo ao tempo. Como o marketing é dinâmico, corrija pontos que você acredite que possam otimizar a sua ação e seja persistente. 
  3. Aprenda a encontrar a Flywheel em todas as suas ações. A medida que suas ações prioritárias avançam você pode tirar proveito do efeito virtuoso em mecanismos que a princípio pareceriam não poder ser otimizados. Um exemplo pode ser o AdWords do Google, a medida que você ganha mais clicks e sua página se torna mais relevante seus anúncios passam a ser mais baratos e o número de clicks continua subindo.

Para dúvidas, feedbacks e opiniões, comente abaixo. Se você ou sua empresa atingiu resultados ao utilizar as dicas acima, sinta-se à vontade para compartilhar conosco suas experiências!

E não esqueça de conferir nosso E-book a sobre marketing de conteúdo!

marketing de conteúdo

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!