Desvendando os segredos do Fluxo de Nutrição

O Fluxo de Nutrição, ou workflow, é um passo essencial para sua estratégia Marketing de Conteúdo. Como você já sabe, essa sequência de emails educa seus leads e acelera a passagem deles pelo funil de vendas. Ou seja, mais clientes em um tempo menor de amadurecimento, com um custo de aquisição (CAC) melhor.  Maravilhoso, não é mesmo?

Maravilhoso, mas com detalhes importantes. Cada vez que um novo fluxo é criado, novos testes devem ser feitos para atrair o público. Qual seria a linguagem ideal? Qual tipo de CTA tem maior percentual de conversão? Algumas adaptações na estrutura do workflow podem fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso de todo o trabalho feito até aquele momento. Você já fez o cliente chegar até aqui, já atraiu e converteu em assinante. Essa é a hora que você está de cara pro gol. Acerte e veja como seu trabalho até agora valeu a pena!

O maior desafio de um fluxo de nutrição é converter o cliente no último email, que geralmente possui uma proposta, como por exemplo, apresentar ao lead um novo Ebook de uma etapa mais avançada do funil, ou para preencher um formulário para falar diretamente com um consultor ou vendedor. Mas para chegar no ponto do último email ser aberto, são necessários alguns pontos fundamentais no workflow. Relembrando: esta é a parte decisiva da sua estratégia, analise cada um desses pontos, e sucesso em suas vendas!

Segmentação

Tenho certeza que você já está cansado de ouvir sobre personas. Provavelmente, você já fez as suas a partir do nosso guia! Mas temos um motivo para falar sempre nelas: absolutamente tudo que envolve seu conteúdo é feito para as suas personas. E o fluxo de nutrição não é exceção.

Cada etapa do funil e cada persona exigem diferentes emails e fluxos de nutrição. Por exemplo: se você quer comprar um computador pessoal e recebe um fluxo de nutrição focado em venda de computadores em grande escala para empresas, é bem provável que você se desinteresse pela marca que te enviou o email, mesmo que ela venda computadores pessoais.

A segmentação é crucial para a efetividade do fluxo de nutrição. A oferta final é o momento em que o lead levanta a mão para falar com um consultor ou baixa um Ebook mais avançado no funil de vendas, entre outros. Para o lead chegar até ela, você precisa mantê-lo engajado nos emails.

Manter seu lead interessado é um desafio e por isso é muito importante segmentar cada conteúdo promovido em sua estratégia de marketing de conteúdo!

Oferta

O fluxo de nutrição tem início após o preenchimento de uma landing page de uma oferta. O lead vai baixar um Ebook? Um infográfico? Ou seria um webinar? É fundamental deixar claro na campanha qual o ponto de partida do fluxo de nutrição, para seguir em uma linha correta com todos os emails. Quem viu um webinar sobre “Como maquiar-se melhor” tem interesse exclusivo neste assunto. Você pode oferecer alguns cursos de auto-maquiagem ou alguns produtos cosméticos, mas é bem difícil que essa pessoa esteja interessada em abrir um salão. Mantenha um foco, faça uma campanha para uma persona de cada vez e preocupe-se em nutrir leads com qualidade, lembrando-se sempre de qual foi o seu ponto de partida!

Mensagens

Quantas mensagens serão mandadas e com qual intervalo, também deve ser uma preocupação fundamental na nutrição de leads. Isso pode ser decidido através do tempo que seu cliente demora para decidir sobre a compra e o preço do seu produto ou serviço. Por exemplo, se você vende roupas baratas pela internet, a compra é muito rápida. Portanto você pode mandar emails com intervalos de 1 dia, por exemplo, mas sempre pesquisando seu tipo de público. Já para compras que precisam de um tempo maior de decisão e pesquisa, como por exemplo a compra de um seguro, ou uma pós-graduação, que são serviços bastante caros e influenciam bastante no futuro do cliente, podemos enviar emails mais espaçados.

Linguagem

Pesquise seu público. Com qual linguagem ele se comunica? Tente entendê-lo para uma melhor abordagem. Você já analisou a linguagem das suas personas para escrever seus blog posts, mas agora, em um email de aproximadamente 3 parágrafos bem pequenos, essa comunicação correta torna-se ainda mais importante. O email é um meio de comunicação mais íntimo, e deve ser mandado para a pessoa correta, no momento de compra certo e com a linguagem adequada!

Fale com Nosso Consultor!

É sempre bom lembrar que, após um fluxo de nutrição, o cliente já está educado, tem algumas dúvidas pontuais, e sabe exatamente o que você vende! Por isso, a venda torna-se muito mais consultiva! Na hora em que o lead levanta a mão, você já sabe muito dele, e ele também sabe informações suas que ele não saberia sem o Marketing de Conteúdo, inclusive alguns cases! Por isso, é necessária uma venda mais especializada, que sempre irá converter muito mais SQLs em clientes! Quer saber como a Rock Content vende? Leia esse artigo com nossos segredos de Inside Sales! 

O fluxo de nutrição é uma escolha ótima para nutrir seus leads sabendo exatamente onde eles se encontram no momento de compra. Além disso, é uma solução incrível para educar seus leads sobre seu produto ou serviço, e gera um volume grande de oportunidades para um perfil específico de cliente. Por isso, aproveite, entenda como usar, e boas vendas!

 

 
Autor(a)

Escrito por: Barbara Legnani



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!