gerente de conteúdo

Gerente de Conteúdo: tudo o que você precisa saber sobre esse profissional

Marketing de conteúdo é uma estratégia já  adotada por 70% das empresas, de acordo com a pesquisa Content Trends 2016.

O que significa que falta muito pouco para que todas as empresas passem a investir em conteúdo de qualidade para melhorar o engajamento de suas audiências.

Entre as empresas que já perceberam a importância do marketing de conteúdo, 53% acreditam que uma equipe de marketing de sucesso deve ter entre 2 e 5 membros, sendo que um deles deve ser o gerente de conteúdo.

Mas o que esse profissional tem de tão especial?

Como posso ser um gerente de conteúdo?

O que preciso para contratar um gerente de conteúdo para a minha empresa?

Vamos descobrir as respostas para essas perguntas nesse artigo!

Aqui você vai saber:

 

O que faz um Gerente de Conteúdo?

Para ter uma estratégia de marketing de conteúdo bem-sucedida você precisa de planejamento e alinhamento estratégico.

Cada peça de conteúdo deve contribuir para que a empresa atinja seus objetivos estratégicos, mas também entregar valor para leads e clientes, disseminar a mensagem central da sua marca e gerar identificação com o público.

Ou seja, o conteúdo tem que ser incrível mesmo.

Conteúdos incríveis costumam dar um certo trabalho, e o gerente de conteúdo é quem:

Vamos discorrer melhor sobre cada função abaixo.

O processo de criação e gestão de conteúdo

Na pesquisa Content Trends 2016, descobrimos que 52,2% das empresas não possuem estratégia de conteúdo documentada e que 16,8% das empresas sequer têm estratégia de conteúdo.

Ou seja, 69% das empresas que fazem marketing de conteúdo poderiam ter resultados ainda melhores se investissem em um gerente de conteúdo para fazer esse trabalho.

Mas afinal, qual é esse trabalho?

Planejamento de conteúdo

O planejamento de conteúdo consiste em determinar os objetivos do marketing de conteúdo e as estratégias de mensuração de resultados (KPIs e métricas).

Esses objetivos devem estar alinhados aos objetivos estratégicos de marketing, já que o marketing de conteúdo é apenas uma das ferramentas do marketing corporativo.

Lembrando que os objetivos estratégicos de marketing devem ser alinhados aos objetivos estratégicos da empresa.

É na fase de planejamento também que o gerente de conteúdo pesquisa concorrentes e o mercado como um todo e elabora as personas, para saber que tipo de conteúdo criar.

Para isso ele utiliza:

  • Entrevistas;
  • Dados estatísticos;
  • Pesquisas realizadas por outras empresas sobre o setor;
  • Informações contidas no CRM, ERP, BI e outras ferramentas de gestão da informação na empresa.

Esse levantamento informações é essencial para entender o contexto em que a empresa opera e como chegar mais facilmente até os consumidores e clientes.

Depois de tanto pesquisar, o gerente de conteúdo vai definir os canais de comunicação que a empresa utilizará para distribuir o conteúdo produzido.

Esses canais são aqueles mais utilizados pela audiência da empresa, como sites, blogs, redes sociais, etc.

Como cada canal possui suas características e personalidade próprias, cada conteúdo deve ser adequado a essas especificidades para que surta o efeito desejado.

Finalmente, será criado o calendário editorial, que é o guia de toda a equipe de marketing.

No calendário editorial constam os conteúdos, os formatos, os canais pelos quais serão divulgados, a frequência, a fase do funil de vendas e todas as informações de que você precise.

Para ficar mais fácil, temos um post complero sobre a criação do seu calendário editorial, com templates para você já criar o seu ou ter uma ideia de como o seu gerente de conteúdo irá realizar esse trabalho.

Execução

A execução da estratégia pode ficar a cargo do gerente de conteúdo ou só o monitoramento dessa aplicação, tudo depende do tamanho da sua equipe.

Mas imaginemos que ela é pequena e que o seu gerente de conteúdo sabe mesmo como administrar o tempo.

Neste caso, ele preparará o pitch de cada conteúdo, definindo o título, para qual persona será direcionado, as palavras-chave, a fase do funil de vendas e o direcionamento do texto, ou seja, o que o redator deverá abordar.

Como você deve ter pensado aí, exige mais pesquisa e conhecimento de mercado, já que o gerente de conteúdo terá que:

  • Buscar referências;
  • Verificar o alinhamento do texto à estratégia de conteúdo;
  • Orientar a produção do texto;
  • Revisar o conteúdo depois.

Caso a equipe de marketing seja maior, durante a execução, o gerente de conteúdo coordenará todos os profissionais envolvidos na produção de cada conteúdo, sejam eles internos ou externos à empresa (como freelancers ou uma agência, por exemplo).

E não são poucas as pessoas envolvidas em todo o processo. Deve haver:

  • O redator, que produzirá o texto;
  • O revisor, que revisará o texto e fará as adequações linguísticas;
  • O designer, responsável pela formatação e busca de imagens (quando for um blog post ou infográfico);
  • O produtor de vídeo, caso envolva um vídeo;
  • O responsável pelo som, caso seja um podcast.

Se você optar por terceirizar o serviço de produção de conteúdo e contratar uma agência — o que também pode ser uma boa para quem não tem uma equipe de marketing grande — o gerente de conteúdo terá que manter contato constante com o responsável pela conta para que tudo saia perfeito, revisando cada conteúdo para garantir a qualidade e o alinhamento com a proposta da marca.

A gestão dos canais de relacionamento também pode ficar a cargo do gerente de conteúdo, caso não tenha um Social Media na equipe.

Monitoramento

Uma vez que o conteúdo está no ar, o gerente de conteúdo ainda terá a tarefa de monitorar os resultados.

Isso engloba:

  • Analisar os indicadores de performance (KPIs) e as métricas;
  • Verificar quais conteúdos estão cumprindo os objetivos e quais não;
  • Qual é a repercussão de cada conteúdo;
  • Como o público alinhado à persona está interagindo com cada conteúdo;
  • E como tudo a estratégia tem impactado nos resultados financeiros da empresa.

De posse do relatório, ele irá até a diretoria da empresa para mostrar o quão importante é o marketing de conteúdo para a geração de negócios.

É função também do gestor de conteúdo coordenar os ajustes necessários na estratégia para que ela se torne ainda mais potente, atraindo mais leads e clientes e alimentando o funil de vendas com oportunidades reais de negócio.

Quanto ganha um Gerente de Conteúdo?

Segundo survey da Love Mondays, a média de salário do gerente (ou gestor) de conteúdo fica entre R$ 3.718,00, sendo o mínimo registrado R$1300,00 e o máximo R$7.800,00.

Qual a qualificação necessária para um Gerente de Conteúdo?

  • Graduação na área de marketing ou experiência similar em outros empregos;
  • Ser um veterano em marketing, com experiência em criar conteúdo para a web em diferentes formatos (texto, design, vídeos, etc) e mídias (blogs, guias, cases de sucesso, infográficos, podcasts, etc.);
  • Experiência com papéis de liderança;Certificação em marketing de conteúdo.

 

Quais as habilidades que um Gerente de Conteúdo deve ter?

  • Ótima comunicação verbal e escrita;
  • Ser guiado por uma intuição criativa,
  • Capacidade de analisar dados, mostrar relatórios e resultados e fazer otimizações baseadas nos dados levantados;
  • Desenvoltura em papéis de liderança, sendo capaz de gerir e inspirar uma equipe diversa;
  • Dominar ferramentas de gestão de projetos, para fazer que todos os conteúdos sejam entregues no prazo, com qualidade garantida e sem atrasos.

 

Como contratar um Gerente de Conteúdo?

Para contratar esse profissional essencial para sua estratégia de marketing de conteúdo, você precisa ter alguns cuidados para atrair e selecionar o candidato correto.

Preparamos para você o anúncio de vaga ideal, a tarefa pré-entrevista a ser pedida e as perguntas a serem feitas no processo seletivo.

Template de descrição da vaga

GERENTE DE CONTEÚDO

DESCRIÇÃO DA VAGA: Reportando ao Diretor de Marketing, o Gerente de Conteúdo vai liderar uma equipe de escritores, designers e estrategistas para criar conteúdo de alto tráfego para o blog da empresa.

Sua função também é guiar a equipe para criar materiais e ferramentas para geração de leads, além de projetos criativos e interessantes para o público.

Ele vai apoiar os stakeholders de marketing, incluindo geração de demanda, capacitação de vendas,
relações públicas, gestão da comunidade e dos canais de aquisição orgânicos.

OS OBJETIVOS INCLUEM:

  • Aumentar o tráfego do site e seguidores nas redes sociais;
  • Crescer o número de leads geradas pelo blog corporativo levando a novas oportunidades de vendas;
  • Capacitar vendas com conteúdo relevante para enviar para clientes potenciais e alimentar as relações públicas da empresa.

RESPONSABILIDADES:

  • Liderar um time de produtores e estrategistas de conteúdo para criar conteúdo de forma regular para ser promovido em todos os canais de Marketing de Conteúdo (redes sociais, email, blog, landing pages, etc);
  • Ampliar o time através da contratação e treinamento;
  • Desenvolver estratégias e processos para o crescimento do time;
  • Fazer decisões baseadas em dados concretos para atingir metas e levar o conteúdo e o time mais além;
  • Servir como um evangelista para a mensagem da marca e conteúdo com o uso de características de liderança, postagens no blog, redes sociais e palestras;
  • Garantir que todos os desejos dos stakeholders de marketing são atendidos;
  • Gerenciar agências e freelancers de criação de conteúdo.

REQUISITOS:

  • Paixão e entendimento da indústria e da nossa missão como empresa;
  • Habilidades incríveis de escrita e edição, assim como a habilidade de adotar o estilo, voz e tom
    dos nossos conteúdos;
  • Uma mente analítica e interesse em usar dados para otimizar e escalar as estratégias do blog;
  • Ser extremamente organizado e conseguir trabalhar de forma independente, gerenciando
    projetos com muitas partes envolvidas;
  • 2-3 anos de experiência com produção
    de conteúdo;
  • Certificação em Marketing de Conteúdo Rock Content.

 

Tarefa pré-entrevista

Uma vez analisado o currículo do candidato, seu portfólio e experiências anteriores, é hora de passar uma tarefa para avaliar se ele é realmente qualificado para a vaga.

Recomendamos atividades que mostre tanto suas habilidades criativas quanto técnicas e analíticas, nas três principais expertises que esse profissional deve ter.

  • Planejamento de conteúdo: peça o candidato para fazer o planejamento de 15 dias de conteúdo para a empresa, visando algum objetivo especifico (lançamento de algum produto novo, geração de conteúdo para alguma persona, educação do mercado sobre algum assunto);
  • SEO: peça para o candidato descrever em um breve relatório de 3 a 5 problemas de SEO que o site ou blog da empresa apresenta;
  • Produção/edição de conteúdo: peça ao candidato para escrever um conteúdo de 2000 palavras sobre o principal assunto de interesse da sua persona.

Através dessas atividades, observe se o candidato demonstrou soluções criativas, se seguiu às instruções da atividade, se pensou estrategicamente e se cumpriu o prazo combinado. Além, é claro, a qualidade do material entregado.

Perguntas para a entrevista

Caso o candidato tenha passado na prova técnica, prepare-se para observar na entrevista se o profissional apresenta rapidez de raciocínio, além de respostas alinhadas aos objetivos da sua empresa.

Separamos perguntas que podem ajudar você nessa tarefa de avaliação. Observe nas respostas o conhecimento técnico, a proatividade e o pensamento estratégico por trás do candidato.

  • Como você estruturaria uma estratégia de marketing para gerar mais leads e vendas?
  • Qual conteúdo você já produziu e que teve um bom ranqueamento no Google?
    • Foi você mesmo que otimizou o SEO dele ou você teve alguma ajuda?
    • Quais otimizações foram feitas para que esse conteúdo ranqueasse bem?
  • Se uma peça de conteúdo fundamental para a estratégia não foi entregue no dia pelo redator, como você lidaria com essa situação?
  • Como fazer para que um conteúdo seja atraente e compartilhável?
  • Me conte sobre uma estratégia de conteúdo bem sucedida que você gerenciou.
    • Quantos membros estavam envolvidos?
    • Quais desafios você enfrentou?
    • Quais ferramentas você usou?
    • Qual foi a sua principal dificuldade e como você fez para superá-la?

 

Mas afinal, por que é importante ter um gerente de conteúdo?

Você pode até optar por delegar todo o planejamento de conteúdo para qualquer pessoa, mas não pode cobrar por resultados significativos, afinal, é preciso preparo para planejar, executar e monitorar uma estratégia de conteúdo.

Um profissional experiente e especializado sempre faz a diferença, pois ele entende os processos envolvidos em sua atividade e sabe como conduzi-los da melhor forma possível, trazendo benefícios para a empresa e estruturando uma estratégia verdadeiramente campeã.

Para não restar mais dúvidas, eis mais alguns motivos pelos quais você PRECISA contratar um gerente de conteúdo:

A internet está cheia de mais do mesmo

Lance qualquer palavra-chave no Google e você terá centenas de resultados.

Mas nem todos terão a qualidade e as respostas que você procura.

Para que uma empresa se destaque com marketing de conteúdo, precisa compartilhar conteúdo valioso, que supere as expectativas dos internautas, que seja atraente o suficiente para que o usuário queira dar continuidade a um relacionamento.

Sem um profissional qualificado para entender as necessidades das personas do seu negócio e planejar uma série de conteúdos interligados que ofereçam soluções reais, você entra na lista do mais do mesmo, copiando conteúdos alheios e reproduzindo o que outras empresas estão dizendo.

Ou seja, tanto faz ler o seu blog ou o do concorrente, porque os conteúdos são iguais.

Posicionamento de marca não é para qualquer um

Manter um blog atualizado, responder comentários nas redes sociais, fazer um conteúdo aqui e outro ali são atividades que podem ser feitas por qualquer pessoa.

Mas e o cuidado com o posicionamento da sua marca, onde fica?

Não é à toa que várias empresas estão passando por crises de imagem por erros básicos, como comentários preconceituosos, conteúdos inverídicos e plágios de outros sites de respeito.

Posicionamento de marca, imagem e identidade organizacionais são coisas sérias e devem ser tratadas por quem entende do assunto.

O marketing de conteúdo é responsável por levar essas mensagens até o seu público, por mostrar para sua audiência quem é a sua empresa.

Se há um pequeno descuido, como uma brincadeira sem graça com uma determinada parcela da sociedade, todo o seu trabalho pode ir por água abaixo.

O marketing de conteúdo tem que incrementar receita

Um blog com mil acessos diários não vale de nada se esse número não refletir no seu financeiro.

Criar conteúdos aleatórios, legais e que divirtam a galera é relativamente fácil, existem crianças fazendo isso na internet com bastante sucesso.

Mas quando se trata de uma empresa, todo esforço de marketing deve trazer resultados e incrementar a receita de algum modo, seja atraindo novos clientes ou fidelizando os já existentes.

E você só conseguirá conteúdos que façam isso com um profissional que entenda seus objetivos estratégicos e transforme-os em estratégias de conteúdo bem-sucedidas.

Para ter certeza da qualidade do profissional que você contratará certifique-se que ele tenha a certificação em Marketing de Conteúdo da Rock Content.

Para procurar profissionais qualificados ou encontrar oportunidades nessa área, confira o portal de vagas RockJobs!

gerente de conteúdo

Confira os outros posts da Série Carreiras em Marketing aqui!

 
Autor(a)

Escrito por: Dafne Braga Produtora de conteúdo na Rock Content e jornalista que ama um conteúdo bem feito. Nada, escreve, cozinha e é a humana de uma gata chamada Pirata.



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!