gestão de projetos

O que é gestão de projetos, como fazer e como aplicar no marketing digital!

Se você está lendo este artigo neste momento, é porque deseja aumentar o tráfego do blog ou potencializar a sua geração de leads, certo?

Este é o objetivo da maioria dos analistas, gerentes e diretores de marketing das empresas atuais.

Todos identificam que o marketing digital e o marketing de conteúdo são técnicas indispensáveis para que as marcas alcancem visibilidade online e consigam ter sucesso em suas estratégias.

Até aí, tudo bem.

Mas, o que fazer quando as suas ideias começam a se saturar, você e sua equipe começam a se embolar com o volume de produção, vocês não têm controle sobre a produtividade e, consequentemente, não conseguem mais ter os resultados que gostariam, ou que um dia já tiveram e não consegue repetir?

É nesse momento de dúvida que deve entrar o planejamento e a organização.

Estes dois fatores são fundamentais para que todo e qualquer plano tenha sucesso.

Quando tratamos de estratégias de marketing de conteúdo, então, nem se fala! Estes dois fatores devem ser dobrados!

E é por isso que hoje vamos te apresentar algumas soluções de gestão de projetos para que você aplique na sua empresa e consiga ter sucesso com marketing de conteúdo.

Fique conosco e confira!

O que é gestão de projetos?

Antes de começarmos com as dicas propriamente ditas, vamos falar sobre este conceito.

Gestão de projetos é o uso de técnicas e habilidades para garantir o desempenho e o sucesso de qualquer tipo de projeto.

É, em caráter mais prático, planejar todo o processo, executar, coordenar as ações, concluir e analisar os resultados após finalizados.

Os projetos são artifícios para se alcançar resultados estratégicos. Ou seja, os planos são sempre temporários, mas também devem ser mensuráveis e mutáveis, para garantir o máximo de aproveitamento e de qualidade no planejamento.

Sendo assim, a partir deste conceito de projeto, conclui-se que o gerenciamento de projetos é uma área importantíssima no desenvolvimento das empresas e é por este motivo que ela recebe tantos investimentos nas corporações.

Para estruturar um processo, é fundamental pensar em quatro passos:

  • Definir o conceito e o objetivo a ser alcançado;
  • Planejar as ações;
  • Implementar cada etapa do processo;
  • Mensurar e controlar.

A gestão de projetos entra, então, na parte de implementar as etapas, mensurar os resultados e controlar o andamento do plano, alterando e melhorando o que for necessário para que o objetivo seja alcançado com maior facilidade.

Por que investir na gestão de projetos para o marketing de conteúdo?

Bom, agora que você já entendeu o que é a gestão de projetos e qual é a sua importância no âmbito mais geral das empresas, vamos entender por que este conceito também deve ser usado para as estratégias de marketing de conteúdo.

O que é uma estratégia de marketing de conteúdo?

Fazendo uma breve recapitulação do que já tratamos muito aqui no blog, marketing de conteúdo é uma estratégia de divulgação de uma marca através da produção de conteúdos ricos e valiosos para um público específico da empresa, a persona (ou ainda, o comprador ideal).

Nesta estratégia, são levados em consideração diversos fatores diferentes além da persona, como o funil de vendas, que vai determinar como deve ser o fluxo de compra da persona, e o SEO, que deve ser sempre colocado em prática para que os conteúdos que forem produzidos sejam encontrados pela persona.

OBS: se você ficou um pouco perdido nesses conceitos rápidos, dê um pause na leitura aqui e vá para o nosso post completo sobre marketing de conteúdo. Dedique-se ao conteúdo de lá, pois ele vai ser fundamental para você entender este daqui também. Pode ficar tranquilo que eu te espero voltar! 🙂

Quais são as principais etapas do marketing de conteúdo?

Assim como em qualquer outro tipo de aplicação prática, para que uma estratégia de conteúdo seja realizada com sucesso, ela deve ser feita em basicamente 3 grandes etapas:

  • Planejamento;
  • Execução;
  • Mensuração.

Estas três etapas devem ser sempre cíclicas, ou seja, a partir da mensuração dos resultados obtidos com as práticas que estavam sendo feitas, devem ser feitos alguns ajustes no planejamento para que se tenha números finais cada vez melhores.

No marketing de conteúdo especificamente, cada uma dessas etapas deve ser dividida em passos menores, como a definição da persona e da frequência de postagens, a pesquisa de palavras-chaves interessantes, o desenvolvimento de pautas, a produção dos textos em si, a revisão, a análise das métricas estabelecidas, e muitos outros.

Mas, antes de você se assustar com essa enormidade de tarefas que devem ser cumpridas para que você obtenha o sucesso com a sua estratégia, já vamos te apresentar uma ótima solução. Olha só:

Como aliar a gestão de projetos ao marketing de conteúdo?

Até o momento, neste texto, nós te apresentamos dois grandes conceitos: o de Gestão de Projetos e o de Marketing de Conteúdo, certo? Você pode ter certeza de que não fizemos essa junção à toa!

Por mais que as técnicas de gestão de projetos devam ser realizadas em planos temporários e únicos, elas podem ser aplicadas no desenrolar das estratégias de marketing, que são de natureza cíclica e contínua.

Ao traçar um planejamento de marketing de conteúdo, a melhor maneira de se encarar todas as tarefas que devem ser feitas é olhando para uma de cada vez.

Se você encarar cada uma dessas tarefas como um “projeto”, fica ainda mais fácil de fazer a ligação entre os dois conceitos.

É claro que, em alguns casos, não será necessário passar por cada uma das etapas do processo de gestão de projetos, como no momento de se definir o tamanho das postagens, por exemplo.

Nesta situação, devem ser aplicadas metodologias de testes, para identificar qual o tamanho de textos que a persona se identifica mais.

Porém, quando analisamos a maioria das etapas de planejamento, execução e mensuração que consistem uma estratégia de marketing de conteúdo, podemos perceber que todas permitem a quebra em pequenos projetos.

Pense no momento de desenvolver as pautas dos textos que serão publicados no blog. Primeiramente, é preciso definir o objetivo que se quer alcançar com a produção textual e com cada texto em si.

Depois, é importante planejar (fazer uma pesquisa de temas, tendências e palavras-chave), para então, colocar em prática o desenvolvimento da pauta, ou seja, criar um título interessante, encontrar referências pertinentes para a construção do texto e determinar qual é o estágio do funil no qual tal texto se encaixará.

Por fim, é fundamental analisar quais os tipos de pautas têm melhor performance e quais poderiam melhorar, a fim de fazer as modificações necessárias para alcançar o objetivo inicial com mais facilidade.

Entendeu como uma coisa está diretamente relacionada à outra? Assim ficou mais simples de entender esta mescla, não é mesmo?

6 dicas para aplicar a gestão de projetos ao marketing de conteúdo

Agora, estamos ainda mais próximos de conseguir fazer a interseção entre os conceitos que foram apresentados.

Confira, então, as nossas dicas práticas para você testar na sua empresa!

Mantenha a simplicidade

Como dissemos ali em cima, o segredo para conseguir aplicar estas dicas é pensar em pequenos projetos.

Sempre que você se encontrar com uma tarefa ou um projeto que é muito complexo, divida-o em etapas para facilitar a execução de cada uma delas.

Defina os seus objetivos gerais de marketing

Antes mesmo de encontrar os seus objetivos de marketing de conteúdo ou de um projeto especifico, tenha sempre em mente os objetivos gerais que a sua empresa tem com as estratégias de marketing.

Ou seja, para a sua empresa, é mais importante pensar em reter clientes ou em aumentar o engajamento do público com a marca?

A partir da definição deste objetivo, você pode estabelecer a regra de que todos os projetos que você e sua equipe forem iniciar devem, necessariamente, auxiliar a alcançar a meta maior.

Se tiverem uma ideia interessante, mas que não tem resultado direto no objetivo, é melhor deixar este projeto para um outro momento, você não acha?

Priorize os projetos de marketing

Complementando o tópico anterior, esta dica é fundamental para que você consiga desenvolver os projetos com o máximo de eficiência.

Se existe um “gap” muito grande no seu processo de vendas, por exemplo, você deve focar os seus esforços de marketing para auxiliar o departamento de vendas a solucionar tal problema — afinal de contas, o Vendarketing é exatamente este contato direto das duas equipes.

Para isso, uma boa dica é fazer uma lista com todos os projetos que você identifica como cabíveis dentro da realidade da empresa.

A partir da lista, separe uma sub-lista com os tópicos que se encaixam diretamente com o objetivo de marketing (deixando os que influenciam indiretamente em segundo plano neste momento).

Com esta sub-lista, determine uma ordem que faça mais sentido para o desenvolvimento da empresa e para a obtenção da meta de marketing. Então, é só começar pelo número #1 da lista.

Simples, não?

Liste os seus recursos

Antes de começar a colocar a mão na massa, uma boa atividade que você pode fazer é listar os recursos que você tem disponíveis.

Ou seja, analise o que você tem em mãos que pode te ajudar a realizar cada um dos projetos.

Isso vai fazer com que você consiga executar os seus projetos na ordem que for mais importante para a empresa e que for mais eficiente na realização.

Dentre os recursos, tente pensar no máximo de fatores possíveis. Vá desde equipe à disposição para auxiliar na produção até ferramentas técnicas e no orçamento de marketing.

Pense em cada elemento que pode ser crucial para a realização — ou não — de um projeto.

Organize o prazo dos projetos

Para garantir a eficiência da realização de cada etapa do plano, nada melhor do que definir bem quais são os prazos de entrega para cada uma delas.

Utilize um calendário para se orientar e organize as datas limites para a execução dos projetos, bem como os responsáveis por cada um deles.

Desta forma, você pode ter um controle mais claro e fácil sobre o andamento de cada atividade, ao mesmo tempo em que garante que todos os prazos sejam cumpridos.

Crie uma rotina de mensuração

Esta dica é fundamental! Para que a sua estratégia de marketing de conteúdo tenha sucesso, é importante ter a mensuração do que está sendo feito para analisar se as ações são as melhores possíveis para alcançar o objetivo, certo?

Então, para não se perder nos seus próprios relatórios, crie o hábito de analisar as métricas da maneira que se encaixar melhor na sua rotina: uma vez por semana, por mês, ou até mesmo por trimestre, por exemplo.

Faça o teste do que funciona melhor para você e para a sua empresa e coloque em prática. Você verá como a sua capacidade de análise de resultados vai aumentar!

Dicas de ferramentas de gestão de projetos

Por fim, para que você possa realmente aplicar estas dicas na sua empresa, que tal conhecer melhor algumas ferramentas? Confira a nossa lista:

  • Dropbox: é um serviço de armazenamento de arquivos na nuvem. Ele facilita o compartilhamento e a colaboração de diferentes pessoas nos arquivos e pode ser organizado em pastas que facilitam o acesso.
  • Prezi: é um programa de criação de apresentações dinâmicas. Pode ser usado para organização e hierarquização de ideias e projetos.
  • Trello: é um painel de controle de tarefas que pode ser usado tanto para a organização pessoal dos afazeres, quanto para delegar tarefas e gerenciar equipes.
  • XMind: este é um software que facilita a criação de mapas mentais. Pode ser muito útil para priorizar projetos e organizar as ideias de forma lógica antes de aplicá-las.
  • Excel: é a ferramenta de planilhas mais utilizada no mundo e é uma ótima forma de organizar ações e métricas, analisando resultados e identificando possíveis gargalos na produção.

Existem outras inúmeras ferramentas que você pode utilizar para facilitar a integração do conteúdo de gestão de projetos na sua estratégia de marketing de conteúdo, mas estas 5 apresentadas são gratuitas e já são suficientes para você começar.

E então, gostou de aprender um pouco mais sobre a gestão de projetos no marketing de conteúdo?

Se quiser se aprofundar um pouco mais nos possíveis usos do Excel, confira o post “Como usar o Excel: passo a passo para levar sua capacidade de análise ao próximo nível” e nos diga o que acha destas técnicas!

 
Autor(a)

Escrito por: Luiza Drubscky Gerente de comunidade na Rock Content. Se divide entre marketing, É o Tchan e levantamento de peso olímpico :D



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!