glossário de email marketing

Glossário de Email Marketing: os termos que você precisa para conhecer o assunto

O email marketing pode parecer um assunto simples – afinal, o que há de complicado em enviar mensagens para listas de contatos?

Bom, muita coisa.

Desde a estrutura técnica do domínio que vai enviar emails até as principais métricas a serem acompanhadas, o universo do email marketing é recheado de siglas, conceitos e termos em inglês.

Se você quer aprender ainda mais sobre o assunto e enviar campanhas incríveis, precisa entender esses conceitos!

Por isso, preparamos um glossário de email marketing completo para você.

Utilize o índice alfabético abaixo para se guiar e tirar suas principais dúvidas sobre os termos usados por quem mais entende do assunto.

A

Autenticação

Esta é a maneira de confirmar a identidade de alguém que está enviando email marketing. Para os provedores de email, como o Gmail, a autenticação assegura que o remetente está autorizado a enviar emails a partir de um determinado domínio. As duas formas de autenticar-se para enviar emails são por meio dos protocolos SPF e DKIM.

Automação de email marketing

O email marketing em si já é automatizado, pois consiste em enviar emails para diversas pessoas com um único clique. No entanto, algumas ferramentas proporcionam ainda mais possibilidades de realizar ações automáticas dentro do email marketing, e estas são consideradas ferramentas de automação de email marketing. Elas possuem funcionalidades como agendamento de envio de emails com antecedência e criação de sequências automáticas de emails (fluxos de nutrição).

 

B

Blacklist

Lista que contém relação de endereços de IP que são considerados SPAM.

Bounce

Ocorre quando um email não chega a ser entregue na caixa de entrada do destinatário. Pode ser atribuído a motivos como caixa de entrada cheia ou falhas no servidor do provedor de email.

Bulk Mail

Termo em inglês que indica quando um email marketing com o mesmo conteúdo é enviado para uma grande quantidade de pessoas.

C

Campanha de reativação

Campanha de email marketing utilizada para re-engajar contatos que não abrem ou clicam em emails há mais de 90 dias. Uma série de emails é enviada para estes contatos com o intuito de fazer com que eles voltem a interagir com seus emails.

CAN-SPAM

Lei americana que estabelece regras para o controle de emails comerciais. Apesar de não se aplicar ao Brasil, a CAN-SPAM pode vir a ser útil caso você utilize uma ferramenta de email marketing americana. Neste caso, você poderá ser obrigado a tomar algumas medidas estabelecidas pela lei, como incluir opções claras para que os destinatários possam optar por parar de receber emails quando desejar.

CTR (Click-through rate)

Esta métrica indica quantas pessoas clicaram em um email, dentre todas que abriram aquele email. Portanto, se 100 pessoas abriram um email e 10 clicaram, o CTR será de 10%. Um CTR alto indica que o texto do email está sendo eficaz em convencer os leitores a clicar no email e tomar uma ação, como acessar um ebook ou comprar um produto. O CTR é calculado da seguinte maneira: (número de pessoas que clicaram no email)/número de pessoas que abriram o email).

D

Double Opt-in

Um dos métodos de construir uma lista de emails. O double opt-in indica que as pessoas que optarem por fazer parte da sua lista de email marketing irão receber um email com um link para que possam clicar e confirmar a assinatura. Esse método contribui para que você tenha em sua lista apenas pessoas realmente interessadas em receber seus emails, além de eliminar endereços falsos.

DKIM

Domain Keys Identified Mail. Esta é uma das maneiras de autenticar um domínio de email para que provedores como o Gmail autorizem que as pessoas recebam emails deste domínio na sua caixa de entrada. A autenticação do DKIM é feita por meio de assinaturas criptografadas incluídas em cada mensagem enviada.

E

Email de nutrição

Email que faz parte de um fluxo de nutrição. Confira o que é um fluxo de nutrição mais abaixo.

Email de texto simples

Email enviado sem HTML. Isto significa que ele não possui nenhum elemento de design, apenas texto.

Email patrocinado

Quando uma marca compra espaço publicitário em um email, ou patrocina uma série de emails.

Endereço físico

Em geral, emails enviados de uma empresa possuem um rodapé que contém o endereço físico da empresa. Nos Estados Unidos, isto é obrigatório por lei para todas as empresas que enviam email marketing.

Escaneabilidade

Na escrita do email, a escaneabilidade é o elemento que garante que o texto possa ser lido de maneira rápida e clara. Negrito, itálico e listas numeradas são utilizados para que um email seja facilmente escaneável.

F

Falso positivo

Ocorre quando um assinante opta por receber emails de uma empresa, porém estes emails são filtrados de forma incorreta ou bloqueados como spam.

Filtro de email

Mecanismo que filtra todas as mensagens que chegam em uma caixa de entrada de email. No princípio, a única finalidade do filtro de email era bloquear mensagens de spam. Hoje em dia, no entanto, ele também serve para separar os emails em categorias, como Social, Promoções e Atualizações.

Fluxo de nutrição

Sequência automatizada de emails que tem como objetivo nutrir um assinante e fazer com que ele caminhe pelo funil de vendas, tornando-se uma lead cada vez mais qualificada.

H

Hard Bounce

Ocorre quando um email não é entregue na caixa de entrada de um assinante. O hard bounce indica um defeito permanente com aquele endereço de email, como endereço não existente, inválido ou bloqueado.

HTML Email

A linguagem HTML permite que você crie templates de email que vão além do texto e podem incluir imagens ou outros elementos de design.

I

IP Dedicado

Quando apenas uma empresa utiliza um endereço de IP para enviar campanhas de email marketing.

IP Compartilhado

Quando o mesmo endereço de IP é utilizado por diversas empresas que enviam campanhas de email marketing. A maioria das ferramentas de automação de email, como a Mailchimp ou RD Station, utiliza IPs compartilhados.

L

Lista comprada (ou de aluguel)

Lista de endereços de email disponível para compra. As pessoas nesta lista não optaram por receber comunicações da empresa que compra a lista. Por isso, esta não é uma tática de marketing recomendada.

Lista de retenção

Lista de contatos construída por meio de ações de marketing. Ela contém apenas pessoas que optaram por receber emails da sua empresa.

O

Opt-in

Expressão em inglês que é geralmente utilizada para indicar a ação de optar por receber emails de uma empresa. Assim, quando uma pessoa fornece seu endereço de email, ela está fazendo opt-in e permitindo que esta empresa envie emails para ela.

Opt-out

Quando um assinante escolhe parar de receber emails de uma empresa, e ela o remove da sua lista de contatos.

P

Personalização

Adicionar elementos personalizados em um email com informações que você já possui sobre aquele assinante. Algumas opções comuns de personalização são nome, empresa, ou fazer referência no email a compras passadas realizadas por aquela pessoa. A personalização em email marketing é feita por uma tecnologia chamada de tokens de personalização.

S

Segmentação

Enviar o mesmo email para todos os contatos da sua base não é uma prática recomendada. Afinal, nem todos possuem os mesmos interesses ou perfil demográfico. Por isso, é feita a segmentação de uma base de contatos em diferentes listas para envio de emails de acordo com informações sobre aqueles contatos.

Sender Score

Serviço gratuito disponibilizado pela empresa Return Path. O Sender Score avalia a reputação de endereços de IP que enviam emails, e os pontua com uma nota entre 0 e 100. Servidores de email, como o Gmail, levam o Sender Score em consideração para saber se deveriam bloquear emails de determinado IP ou não.

Soft bounce

Ocorre quando um email não é entregue na caixa de entrada, por uma razão temporária como falhas no servidor do destinatário ou caixa de entrada cheia.

Spam

Este é o termo utilizado para se referir a emails não solicitados. Em geral, o spam é enviado para um grande número de pessoas ao mesmo tempo.

SPF

Sender Policy Framework. Esta é a maneira mais utilizada para autenticar um domínio para envio de emails. O SPF identifica quais servidores podem enviar emails no nome de um determinado domínio. Quando o SPF não é configurado, alguns servidores de email, como o Gmail, podem rejeitar a entrega de campanhas de email marketing.

Subscriber

Este é o termo em inglês utilizado para se referir à pessoa que optou por receber emails de uma empresa.

T

Taxa de abertura

Métrica que indica quantas pessoas abriram um email, entre todas aquelas que receberam o email. A taxa de abertura é calculada da seguinte maneira: (número de destinatários que abriram o email)/(total de destinatários do email)*100.

Taxa de clique

Número que indica quantas pessoas clicaram em um ou mais links contidos em um email, entre todas aquelas que receberam o email. O cálculo da taxa de clique é similar ao da taxa de abertura: (número de destinatários que clicaram em algum link do email)/(total de destinatários do email)*100.

Taxa de clickthrough

Diferentemente da taxa de clique, a taxa de clickthrough indica quantas pessoas clicaram em um email, entre todas aquelas que abriram o email. Portanto, ela é calculada: (número de destinatários que clicaram em algum link do email)/(número de destinatários que abriram o email)*100.

Taxa de conversão

Indica quantas pessoas receberam um email, clicaram em um link e realizaram uma ação. Esta ação pode ser fazer download de um ebook, por exemplo, ou comprar um produto. Portanto, a taxa de conversão é calculada assim: (número de destinatários que converteram na ação desejada)/(número total de destinatários do email)*100

Token de personalização

Funcionalidade de ferramentas de email marketing que permite mostrar valores personalizados no email, variando entre cada destinatário. O uso mais comum dos tokens de personalização é cumprimentar o destinatário do email pelo nome em campanhas de email marketing (por exemplo: “Olá, Clara).

U

Unsubscribe

Verbo em inglês que indica o ato de optar por parar de receber emails.
E aí? O que achou do nosso glossário? Tem algum termo que você acha que ficou de fora? Conte para a gente nos comentários!

glossário de email marketing

 
Autor(a)

Escrito por: Clara Borges Analista de Marketing da Rock Content. Quando não está divulgando Marketing de Conteúdo por aí, gosta de boas energias, praticar yoga e venerar os deuses do Netflix.



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!