google shopping ads

Descubra como usar o Google Shopping Ads para otimizar as suas vendas!

Aprenda a usar o Google Shopping Ads e de bônus receba algumas dicas para alcançar resultados ainda melhores

Toda empresa que oferece produto ou serviço costuma ter como objetivo aumentar a quantidade de vendas, e um dos caminhos para fazer isso é por meio do Marketing Digital.

Afinal, quanto mais visitantes um site receber, maiores serão as chances de converter parte deles em leads que, após serem nutridas por e-mail marketing e atendidas pelo time comercial, poderão se tornar clientes.

Por isso, é fundamental entender a jornada de compra que eles fazem no funil de vendas da sua empresa.

Uma das métricas de topo de funil trata de saber a quantidade de palavras-chave aos quais seu produto ou serviço está ranqueando no Google.

Esse blog, por exemplo, ranqueia na primeira página para muitos termos como, por exemplo, Marketing Digital. Esse posicionamento traz ao blog muitos visitantes mensais cuja conversão em clientes chegou a gerar uma receita de quase meio milhão de reais em um ano.

Porém, ações que levam as pessoas ao seu site seja por meio do tráfego orgânico ou anúncios de mídia paga como Google Adwords não são a única forma de gerar mais vendas.

Levando em conta que a concorrência na web tem se tornado cada vez mais forte, é fundamental aparecer entre os primeiros resultados. Já imaginou o quão eficaz seria alguém fazer uma busca no Google por um determinado produto e encontrar logo na primeira página anúncios que levem aos que a sua empresa oferece?

Pois é isso que faz o Google Shopping Ads. Se você ainda não criou uma conta nele, é recomendável que o faça e neste artigo trazemos a você um passo a passo de como fazer isso e algumas dicas para otimizar suas vendas.

O que é Google Shopping Ads

É bem provável que você já tenha visto o Google Shopping Ads, pois eles normalmente aparecem quando você está buscando algum produto no Google.

Por exemplo: vamos supor que você esteja procurando por uma impressora. Após realizar buscas no Google, ele começa a mostrar — antes mesmo dos resultados orgânicos — anúncios de impressoras que estão à venda pela web.

Esses anúncios pertencem ao Google Shopping Ads e costumam ser bem eficazes por mostrarem uma boa imagem do produto e também o preço.

Além do mais, por aparecerem no topo da lista de resultados, eles também chamam a atenção do usuário que pode encontrar ali o que tanto vinha procurando.

É por isso que os anunciantes conseguem taxas de conversão 130% mais altas com esse tipo de ads em comparação com anúncios normais.

Portanto, se você estiver pensando em aumentar as vendas dos seus produtos ou serviços, o Google Shopping Ads pode ser de grande ajuda.

Como funciona o Google Shopping Ads

Há duas plataformas que podem ser utilizadas: Google Adwords e Google Merchant Center.

O Google Merchant Center é a área em que o seu produto e todas as informações sobre ele são hospedados e devem incluir:

  • Título do produto;
  • Descrição;
  • Tamanho;
  • Cores;
  • Preço;
  • Imagem;
  • Tipos do produto.

E, é claro, tudo deve estar formatado de maneira amistosa para o Google.

As campanhas devem ser feitas no Adwords, pois é onde o orçamento, público, entre outros pontos, devem ser configurados.

Embora o Google Shopping seja gerenciado dentro do Adwords, ele é bem diferente dos anúncios de texto tradicionais. Afinal, com anúncios de texto você escolhe as palavras-chave às quais você quer se posicionar, cria os anúncios e especifica o quanto quer gastar por clique em cada palavra.

Já nos anúncios do Google Shopping, você não seleciona as palavras-chave, mas sim configura um lance a ser dado nos seus produtos e o Google decide quais serão as palavras relevantes.

Você até pode adicionar palavras negativas para evitar que seus anúncios apareçam para elas, mas não definir para quais quer aparecer. Contudo, ao analisar os relatórios, dá para saber quais são as palavras que o Google tem considerado como relevantes para você.

Como configurar o Google Shopping Ads

O primeiro passo é criar uma conta no Google Merchant, pois lhe dá a chance de fornecer ao Google informações importantes sobre os seus produtos.

A partir daí, faça o processo de registro. Ao terminar, é necessário criar o ´Feed` com os produtos da sua empresa. Para isso, basta clicar em ´Feeds´ na coluna esquerda.

Ao fazer isso, você dá ao Google a informação que ele precisa para exibir os seus anúncios. Portanto, fazer a configuração do feed não é difícil, pois tudo o que você precisa é preencher uma planilha.

O próximo passo é conectar a sua conta do Adwords ao Google Merchant.

Para isso, acesse o Google Merchant, vá em Configurações, na barra lateral, e selecione Adwords. Clique em Conectar Contas.

Se você não tem uma conta no Google Adwords, não se preocupe. É possível configurar uma pelo Google Merchant. Após fazê-la, basta criar uma campanha de Shopping Ads dentro do Merchant Center. Contudo, ainda é melhor fazer uma campanha pelo Adwords primeiro.

Dentro da sua conta de Adwords, clique em ´+Campanha´, selecione ´Shopping´, dê um nome a sua campanha e selecione o país ao qual ela vai ser vinculada (certifique-se de que seja o mesmo que você selecionou no Feed de Produtos).

Em seguida, selecione as ´Redes´em que você quer que seus produtos sejam exibidos. Para isso, defina a localização da sua campanha.

Após seguir todos esses passos, você precisará focar nas opções de oferta e escolher um valor inicial. Sugerimos que comece com um valor pequeno para testar e ir aumentando o gasto da campanha gradativamente.

Caso queira criar campanhas para produtos específicos, basta ajustar as ´Configurações Avançadas de Shopping´. Esta pode ser uma boa opção caso você prefira ter um controle mais rígido sobre os anúncios exibidos para cada um dos seus produtos.

Dentro dela você ainda pode ir em ´Filtro do Inventário´ e selecionar os produtos que serão anunciados na campanha. Já na opção ´Prioridade de Campanha´ é possível priorizar campanhas que anunciam o mesmo produto de modo que tenham mais exposição.

Após salvar e continuar, você é redirecionado à página de ´Product Listing Ads´ para que possa nomear o Grupo Ad e inserir um texto promocional.

Como otimizar o Google Shopping Ads

Como dito, existem variadas formas de otimizar os anúncios do Google Shopping, sendo as mais comuns feitas feed e também pelo Google Adwords.

Títulos e descrições no feed

Conforme você já sabe, não há palavras-chave associadas ao Google Shopping Ads, é o próprio Google que associa informações do feed às buscas de produtos como o seu. Portanto, você pode aumentar as chances de que eles apareçam ao otimizar os conteúdos nos títulos e descrição dos produtos.

Em suma, funciona de uma forma bem parecida ao SEO. Os títulos não podem ter mais que 40 caracteres, já a descrição não tem limite.

Inclua atributos úteis no feed

No feed alguns campos são obrigatórios, tais como: título, descrição, ID, product_type, image_link, entre outros. Porém, há outros atributos mais sofisticados que também podem ser aplicados:

Adwords Grouping

Este é usado para agrupar produtos da forma que você quiser. Por exemplo: caso você venda impressoras, pode criar grupos de impressoras 3D, laser, monocromáticas, etc.

Adword Labels

É parecido ao Adwords Grouping, mas funciona somente com lances de CPC. Seu maior benefício é poder trabalhar com múltiplos valores.

Use Auto Targets na interface do Adwords

Essa função permite que os anúncios recebam lances baseados nos tipos de produto. Por exemplo: se você tem produtos que são os seus carros-chefe, pode preferir que esses recebam um número maior de lances.

Porém, lembre-se tais os produtos precisam corresponder exatamente à forma como são procurados pelos usuários no Google ou não aparecerão nos resultados.

Fique atento aos seus Keyword Terms

Os anunciantes podem ver os keyword terms que faz com que os seus anúncios do Google Shopping apareçam. É recomendável conferir esses termos para ter certeza de que a campanha é relevante o suficiente para o seu público. Portanto, a melhor forma de excluir termos que não são interessantes é listá-las na sua campanha.

Use a opção “Promoção” no Google Shopping Ads

Outra opção interessante é incluir uma “promoção” no Google Shopping. Para isso, basta ir em “criar um anúncio”. Ofertas de envio e descontos tendem a ter uma melhor performance na seção de promoção. Portanto, trate de fazer anúncios que se destaquem em comparação aos concorrentes.

Seguindo essas orientações, você poderá criar a sua conta no Google Shopping Ads e começar os seus anúncios agora mesmo. Certifique-se de que os campos obrigatórios estejam bem preenchidos e que as imagens dos produtos sejam de boa definição e chamem a atenção do público.

Afinal, as imagens são os conteúdos mais divulgados nas redes sociais e os que mais geram engajamento, segundo a pesquisa Social Media Trends 2017.

Se você não entende bem como escolher as imagens apropriadas para aplicar às suas campanhas de Google Shopping Ads, não se preocupe!

Essa é uma dificuldade que pequenas, médias e grandes empresas têm, mas que você pode sanar ao conferir este artigo que escrevemos sobre todos os formatos de imagem de forma bem explicada e avaliada para você.