O guia definitivo para escolher suas redes sociais

Nós já temos vários posts sobre como conseguir melhores resultados com as suas redes sociais, e por que você deveria utilizar esta ou aquela rede. Aliás, se você acompanha o nosso blog, já sabe que elas são muito importantes para auxiliar a sua estratégia de marketing, seja na geração de leads, seja no relacionamento com eles.

Como você já percebeu, usar as mídias sociais no seu marketing requer um pouco de planejamento, afinal empresas e pessoas são bem diferentes. Em outras palavras, por mais que a sua página seja descolada, ela não vai sair fazendo posts chamando a galera pra balada no sábado a noite (a menos que o seu negócio seja realmente uma casa de festas, uma boate ou algo relacionado).

É por isso que selecionar as mídias corretas é de extrema importância: não adianta nada seu conteúdo ser de grande qualidade se ele for para o público errado, as pessoas não vão dar nenhuma importância para ele. Quando chega a hora de escolher uma rede social, você conseguirá mais resultados escolhendo aquela que se encaixe com sua marca. É importante saber qual rede social é a preferida e mais utilizada por seu público-alvo. Pesquise melhor os sites mais visitados pelas suas personas. Assim fica mais fácil saber em quais mídias você deve investir!

Facebook

Praticamente nenhuma estratégia de marketing digital hoje pode evitar a rede de Mark Zuckerberg: a quantidade assustadoramente grande de usuários é algo que ninguém pode ignorar. E aqui no Brasil a coisa fica ainda mais importante: somos o segundo país do mundo em número de usuários da rede, atrás apenas dos EUA.

Por aqui, esse tipo de rede social faz muito sucesso. Só para se ter uma idéia, na época do Orkut, era relativamente comum pessoas procurarem parentes desaparecidos a anos usando a rede, tamanho era a chance da pessoa também estar nela! Com tanta gente participando, é praticamente uma certeza de que você irá conseguir encontrar o seu público, basta fazer uma boa segmentação.

Alguns dados importantes sobre o Facebook:

  • Mais popular entre mulheres
  • Mais popular entre pessoas com 18 a 29 anos
  • Entre adultos online, 71 % usam a rede social, que hoje conta com cerca de 1.28 bilhões de usuários

Independentemente do seu negócio, é extremamente provável que você irá encontrar alguém que se interessa pelo seu produto/serviço. Portanto pense duas vezes antes de decidir não criar uma fanpage no Facebook, você pode estar perdendo oportunidades de negócios importantes para a sua empresa! E lembre-se: não é por que o seu negócio é B2B que você não deve investir na rede, veja o nosso post sobre esse assunto.

Twitter

O serviço de microblog é famoso pelo seu limite de 140 caracteres por postagem, mas não se deixe enganar: isso não é um indicativo de que essa rede é limitada. O site funciona com um serviço de blog, assim como o Tumblr, mas com um limite para cada mensagem. Justamente por isto, o Twitter se adapta impressionantemente bem aos dispositivos móveis (como tablets e smartphones). Para se ter uma ideia, 80% do tráfego do site vem deles.

Apesar de ter poucos usuários na rede, aqueles que estão presentes na rede são muito ativos. Em outras palavras, os usuários do Twitter produzem e consomem uma quantidade muito grande de conteúdo. Isso inclusive faz com que ele seja uma rede complicada de se manter: são muitos tweets para ler aparecendo a cada hora, e é necessário acompanhá-los com frequência para não se perder.

Ou seja, usar o Twitter para uma estratégia de marketing de conteúdo é bem interessante, afinal, o conteúdo é muito importante para os seus usuários, basta ter tempo e paciência para ler tudo. Além disso, por ser uma rede bem simples, o relacionamento com os seus fãs é facilitado: apenas aqueles que tem real interesse no seu conteúdo vão te seguir e interagir com eles fica mais fácil. Aqueles que não tem interesse simplesmente não vão te seguir, para não encher demais as suas timelines.

Alguns dados importantes sobre o Twitter:

  • Possui 255 milhões de usuários e a tendência no Brasil é que esse número continue crescendo.
  • Mais popular entre pessoas com 18 a 29 anos
  • Mais popular entre pessoas com maior renda

Como já mostramos nesse post, não é necessário ter uma conta corporativa na rede para usufruir das suas vantagens: com certeza há diversos profissionais de interesse na rede para você seguir, assim como conteúdo de qualidade sobre a sua área de atuação. Independentemente do que você faz, é bem provável que tenha alguém relevante falando do assunto e produzindo conteúdo de qualidade no Twitter.

LinkedIn

Essa rede é dedicada a relações profissionais e networking, o que a torna bem única em termos de possibilidades. Justamente por ser um espaço reservado para profissionais, o seu conteúdo não vai ter que disputar espaço com fotos de bebês e filhotes de cachorro, por exemplo. Além disso, se as suas personas são outros profissionais (caso você trabalhe em uma empresa B2B, por exemplo) lá é justamente o lugar que eles vão utilizar para encontrar informações e soluções para seus problemas.

Além disso, se você está procurando fazer networking com profissionais com mais experiência (e nesse caso, mais velhos) talvez seja mais fácil encontrá-los no LinkedIn. Essas pessoas muitas vezes podem sentir que estão tendo a sua privacidade invadida no Facebook, que normalmente é usado apenas para manter contato com a família e com amigos mais próximos, por exemplo.

Alguns dados importantes sobre o LinkedIn:

  • Focada em negócios
  • Mais popular entre homens
  • Mais popular entre pessoas com nível superior de educação
  • Mais popular entre pessoas com maior renda

Outra possibilidade muito interessante que o LinkedIn proporciona é a de fazer parte de um grupo de discussão. Com isso você pode se relacionar com outros profissionais, debater novas ideias e práticas, e mostrar a sua expertise na sua área de atuação. Se os profissinais da sua empresa são ativos e contribuem positivamente nesses espaços, a imagem associada a sua marca pode melhorar bastante.

Google+

A verdade é que o Google Plus tem uma quantidade pequena de usuários se comparado às outras redes e é improvável que ele passe o Facebook em um médio prazo. Nesse caso, usar a rede com frequência talvez não seja a melhor opção possível, pois o ROI dos seus investimentos pode não compensar.

Porém a rede marca um crescimento de 6% ao ano e tem muito potencial de crescimento. E, por ser relativamente parecida com o Facebook, existe a possibilidade de reutilizar o conteúdo, publicando ele nas duas redes. E se você tem um negócio local (em que o endereço da sua loja é importante, por exemplo) você pode usar o Google Places ou o Google Plus Local, que contam com recursos de geolocalização que podem ser interessantes para você.

YouTube

São poucas as pessoas que pensam o YouTube como uma rede social, mas ele pode ajudar bastante no seu marketing. Uma das grandes vantagens é estar pronto para qualquer dispositivo: um vídeo no YouTube pode ser visto sem grande problemas, seja em um smartphone, seja em uma TV. Esse tipo de flexibilidade não acontece com um ebook , por exemplo.

Além disso, os vídeos ajuda você a humanizar a sua marca, pois eles permitem as pessoas ver que está por trás da sua organização, criando uma proximidade maior com seus potenciais clientes. Além disso, eles funcionam muito bem para ajudar a criar emoções e gerar intimidade, algo que é um pouco complicado de se conseguir com outras mídias, por exemplo.

Outro ponto interessante é de se produzir aulas em vídeo. Elas vão ajudar bastante a geração de autoridade: você pode mostrar o seu conhecimento em um vídeo, se posicionando como um expert no assunto. Isso pode ser a diferença que você precisa para um cliente fechar um negócio com você, e não com um concorrente.

Redes Visuais

Existem diversas redes sociais focadas em imagens, como o Instagram e o Pinterest (para citar apenas alguns exemplos). E assim como as outras redes, você também pode usá-las para as suas estratégias de marketing, basta entender bem as especificidades de cada uma. E como dizem que uma imagem vale mais do que mil palavras, o conteúdo que você posta nelas tem que ser tão bom quanto qualquer outro.

Se os seus produtos tem um grande destaque na parte estética, criar um perfil em alguma dessas redes pode ser algo muito vantajoso. Se você trabalha com moda, por exemplo, ter um perfil no Pinterest ou no Instagram podem ser bem úteis para divulgar o seu nome e o seu estilo. Companhias de design e arquitetura também podem se beneficiar desses sites.

Instagram

O instagram é, sem dúvida, a Rede Social com mais potencial de investimento atual, já que a rede cresce impressionantes 23% ao ano, mais do que o dobro de crescimento de todas as outras Redes Sociais citadas aqui. Suas vantagens são imensas: ela é extremamente simples de usar (basta postar uma boa imagem e pronto: seu conteúdo já está pronto para atingir seu público-alvo!) e o número de pessoas que você pode atingir através dela é incrível.

Mas tenha em mente que seu público principal é o de pessoas com 18 a 29 anos donas de um smartphone. Seu público se encaixa nesses dados? Então crie um perfil no Instagram!

Pinterest

Com 400 milhões de usuários e um crescimento anual de 6%, o Pinterest é outra rede visual (baseada em imagens) que teve um ganho considerável de público. A rede é baseada no compartilhamento de pins e novas ideias.

Alguns dados importantes sobre o Pinterest:

  • Mais popular entre mulheres
  • Mais popular entre pessoas com educação de nível superior
  • Mais popular entre pessoas com maior renda

Como você já deve saber, usar imagens melhora o seu engajamento nas redes, então quando se trata desse tipo de rede, você pode esperar bastante interação com os seus seguidores. Seu público se encaixa nesses dados e seu negócio se beneficiaria de uma rede social feita para compartilhamento de novas ideias, imagens e produtos? Faça um perfil no Pinterest!

Conclusão

Pense primeiro nas pessoas, e depois nas redes, afinal o mais importante não é a ferramenta que você usa pra dialogar com seus públicos, mas o diálogo em si. Depois que você definir como e com quem quer se comunicar, pense qual das redes te dá os melhores recursos para isso.

E aí, já escolheu de quais redes sociais sua empresa vai participar? Ainda tem alguma dúvida sobre porque investir, tamanho das postagens ou como preencher seu perfil nas redes que citamos? Baixe agora nosso kit gratuito para Marketing nas Redes Sociais!

Marketing nas Redes Sociais

Aprenda quais são os tamanhos ideais para todas as imagens de redes sociais, clique aqui!

 

 
Autor(a)

Escrito por: Renato Mesquita Jornalista apaixonado por Marketing de Conteúdo, futebol americano e paçoca.



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!