intertítulos

Intertítulos: como deixar o seu conteúdo mais atraente de maneira simples!

Você fez uma pesquisa em um determinado site de buscas e, ao acessar um dos blogs, se depara com um bloco enorme de texto, sem nada que aponte de maneira breve o que será abordado no conteúdo ou que contribua de alguma forma para facilitar a sua leitura.

Como você se sente? Provavelmente, sem um pingo de motivação para continuar ali e finalizar a sua pesquisa, não é mesmo?

Esse é apenas um dos motivos que demonstram a importância de um conteúdo escaneável e a falta que intertítulos faz na formatação de um texto.

Tenha em mente que as pessoas querem solucionar suas dúvidas de forma rápida e assertiva, ou seja, se o seu texto não propiciar isso a quem acessa o seu site, em questão de segundos ele irá abandoná-lo e procurará por outro que ofereça o que ele precisa.

E saiba que basta adotar algumas técnicas simples e práticas para tornar um texto escaneável, garantindo, assim, a qualidade da experiência do seu leitor com o seu conteúdo e descomplicando o entendimento dele.

Ficou interessado e quer aprender mais sobre o assunto? Então, continue a leitura desse texto e veja como a escaneabilidade é uma caraterística essencial para melhorar a qualidade do seu conteúdo.

Aprenda também o que é preciso fazer para certificar que os seus posts sejam ricos e atrativos para o seu leitor.

O que é escaneabilidade?

Um texto pode ser considerado escaneável quando permite que o leitor seja capaz de, ao passar os olhos por um conteúdo, perceber quais serão os principais pontos apresentados naquele material.

Além disso, a escaneabilidade auxilia em situações em que, por exemplo, alguém que estava lendo o seu texto precisou parar por um momento para fazer outra coisa, identificar o ponto em que estava e retomar a leitura.

Quer um exemplo claro de um conteúdo escaneável? Para você ter uma ideia do que deve ser feito, observe a estrutura desse texto — sim, esse que você está lendo.

Ele foi todo organizado de modo a garantir que a sua experiência fosse a melhor possível. Ou seja:

  • Não escrevemos parágrafos longos — eles devem ter no máximo 5 linhas ou cerca de 50 palavras;
  • Dividimos o nosso conteúdo em intertítulos;
  • Adequamos nossos textos de modo que eles estejam de acordo com as estratégias de SEO;
  • Usamos bullet points e palavras em negrito;
  • Adicionamos outras mídias para complementar o material;
  • Damos destaque a algumas palavras-chave.

Abaixo, explicaremos melhor a importância de cada um desses itens citados.

O que são intertítulos?

Os intertítulos são os recursos adotados para dividir diferentes partes de um texto, introduzindo um novo tópico, relacionado ao assunto-chave, que será abordado.

Eles tornam possível o escaneamento do material e o deixam mais estruturado e organizado visualmente.

Para que funcionem da maneira adequada, é muito importante que os intertítulos estejam padronizados e que tenham no máximo 6 palavras.

Dependendo do seu público-alvo e da linguagem adotada em seu blog, você pode dar um tom de humor aos seus intertítulos, pois essa é uma ótima estratégia para cativar as pessoas. Entretanto, ela não será funcional ao ser adotada em um blog de advogados ou para um público mais sério, por exemplo. Bom senso é primordial ao produzir um conteúdo.

Outra prática que você deve adotar é combinar os intertítulos com o título do seu texto. Dessa forma, você garante fluidez ao assunto.

Uso inadequado dos intertítulos

Um intertítulo, porém, não deve responder às dúvidas do leitor. Pois, assim, ele se dará por satisfeito e fechará a aba do seu blog. A função dele, lembre-se, é dar uma noção do assunto.

Além disso, outro erro muito comum é que seja preciso ter um intertítulo “conclusão” para finalizar o texto. Isso não é necessário, ok?

Relação entre conteúdo escaneável e SEO

Para ajudar no rankeamento da sua página, uma das estratégias de SEO é fazer o uso adequado das palavras-chave. Você já deve saber que ela deve aparecer pelo menos 3 vezes no texto — uma no primeiro parágrafo, em um dos intertítulos (sempre que possível) e no último parágrafo.

Isso reforçará a relevância do seu blog para os motores de busca e contribuirá para que ele possa aparecer nas primeiras páginas dos sites de buscas.

Lembre-se, no entanto, de que o uso das palavras-chave deve ser sempre natural, portanto, não force a presença dela ao longo do seu texto.

É imprescindível que o seu conteúdo esteja adequado para os motores de busca, mas ele também deve ser otimizado para encantar e despertar o interesse das pessoas. De outra forma, ele não proporcionará o resultado esperado.

Se a sua palavra-chave é “intertítulos”, por exemplo, ela pode aparecer, igual fizemos aqui nesse texto, em um tópico, como “O que são intertítulos?”.

Criando intertítulos de qualidade

Quer algumas dicas práticas de como você pode fazer isso? Observe os exemplos abaixo:

Invista em listas numeradas

Digamos que o título do seu texto seja “X dicas para ter resultados com o seu canal do YouTube”. Neste caso, cada intertítulo deve ser uma dica:

  1. Faça um planejamento estratégico
  2. Tenha bons equipamentos
  3. Invista em conteúdos de qualidade
  4. Demonstre a verdadeira imagem da sua empresa
  5. Adote estratégias de SEO

Os textos do tipo “X dicas” ou em forma de lista são geralmente usados para induzir a continuidade da leitura e despertar a curiosidade do leitor — para tanto, as listas não devem ser nem muito longas ou pequenas demais.

Jamais prometa algo no título ou em um dos intertítulos que não vai ser apresentado em seu texto. Isso prejudicará a sua credibilidade e afetará a imagem que o leitor tem do seu site.

Use verbos no imperativo

Os verbos quando usados no imperativo incitam que o leitor siga o que está sendo orientado com mais segurança. Portanto, o seu intertítulo deve ter um comando claro e objetivo.

Outras formas de fazer intertítulos com o verbo no imperativo são:

  • Conheça o seu público-alvo;
  • Seja estratégico;
  • Tenha uma persona;
  • Não cometa erros de português;
  • Saiba delegar tarefas.

Faça perguntas

Quer fazer com que o seu leitor tenha a sensação de que está tendo uma consultoria? Faça perguntas em seus intertítulos. Isso não só ajudará a tirar as possíveis dúvidas, como também te dará mais credibilidade, como alguém que tem as respostas para os problemas dele.

As perguntas em intertítulos também são formas de simular os questionamentos das pessoas.

Você pode fazer perguntas, como:

  • Por que a minha empresa deve investir em Marketing de Conteúdo?
  • O que é SEO?
  • Como usar o Snapchat em minha empresa?
  • Quando devo fazer a revisão do meu veículo?

Dicas extras de escaneabilidade

Além dos intertítulos, existem outras formas de tornar um conteúdo escaneável. E para ajudá-lo a otimizar o seu texto, separamos mais duas dicas bônus.

Tenha cuidado com a formatação

Você já aprendeu com o Peçanha qual o tamanho ideal para o seu blog post e que o importante para que um conteúdo seja capaz de rankear é a qualidade e a profundidade do material.

E dentro do item “qualidade”, a estrutura do texto deve ser também contemplada com atenção.

O recomendado é que, por exemplo, um texto de 500 palavras tenha pelo menos três intertítulos para deixar o conteúdo mais escaneável e com a leitura agradável.

Além disso, outros fatores da formatação do material contribuem de maneira direta para a escaneabilidade de um texto.

Para uma estratégia efetiva, algumas palavras podem ser destacadas no texto, visando ganhar a atenção do leitor. Para tanto, você pode usar negrito, itálico e o sublinhado. Até mesmo fazer uso de cores diferentes em alguns trechos ajuda a ressaltar informações importantes.

Já os bullet points podem ser usados quando você julgar necessário listar alguns dados em tópicos, além de realçar informações.

E para perceber se essas ações estão sendo efetivas, faça testes. Observe o que surte mais efeito com o seu leitor e ajuda a dar mais resultado para os seus posts.

Faça uso de outras mídias

Principalmente em conteúdos mais longos, é muito importante usar diferentes artifícios para conseguir prender a atenção do seu leitor.

Portanto, ao longo do seu texto, você pode usar:

  • Vídeos;
  • Imagens;
  • Gifs;
  • Infográficos;
  • Áudios.

Esses elementos diferentes não só tornarão o seu conteúdo mais dinâmico, como também serão de extrema importância para deixar o seu blog post mais completo.

Se mesmo tendo lido todas essas informações você ainda duvida que a escaneabilidade é uma questão importante em um texto, saiba que de acordo com uma pesquisa realizada pelo Nielsen Norman Group, 79% das pessoas fazem primeiro uma leitura dinâmica de um texto, para ver se falará sobre algo que seja relevante para ele.

Temos certeza de que ao usar os intertítulos de maneira estratégica em seus textos você perceberá a diferença nos resultados com os usuários.

Agora que já sabe como melhorar a escaneabilidade do seu conteúdo fazendo o uso adequado de intertítulos e de outras estratégias úteis, que tal aprender qual é a frequência ideal de postagem em seu blog? Então, leia o nosso post sobre o assunto e tire todas as suas dúvidas!

 
Autor(a)

Escrito por: Mérian Provezano Analista de qualidade de conteúdo na Rock Content , formada em Jornalismo, estudante de Letras e nerd em formação. Passa o tempo livre lendo livros, vendo séries e escutando Robbie Williams.



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!