Inbound Marketing: Seja encontrado usando o Google, a Mídia Social e os Blogs: #RCRecomenda

Inbound Marketing: Seja encontrado usando o Google, a Mídia Social e os Blogs: #RCRecomenda

(Estamos inaugurando a categoria #RCRecomenda. Espaço que utilizaremos para comentar sobre livros e e-books de marketing digital.)

O “Inbound marketing”, assim como o marketing de conteúdo, rapidamente se tornou uma das frases mais populares do mundo do marketing digital. No post de hoje, vamos falar sobre este conceito e compartilhar por aqui os principais aprendizados do livro: Inbound Marketing: Seja Encontrado usando o Google, a Mídia Social e os Blogs.

Os autores, Brian Halligan e Dharmesh Shah, criaram o conceito quando iniciaram sua empresa de marketing, a HubSpot, e escreveram um livro sobre o assunto: “Inbound Marketing: Seja Encontrado usando o Google, a Mídia Social e os Blogs“.

O livro é um clássico do novo marketing digital e por isso vamos resumir as principais ideias encontradas nele para motivar pessoas e empresas a conhecerem esse novo jeito de fazer marketing.

Inbound Marketing

O livro começa detalhando as técnicas de marketing tradicional (também chamadas de  outbound), como por exemplo, e-mail marketing para listas compradas, telemarketing, feiras e expondo suas falhas no mundo digital.

Fundamentalmente, as pessoas não querem receber informações por meio de mensagens de e-mails interruptivos, telefonemas ou discursos de vendas chatos. Elas querem reunir informações utilizando o Google, a blogosfera e as redes sociais.

A partir do momento em que as pessoas passaram a querer obter informações online, o livro rapidamente faz referência a uma pergunta importante sobre seu site: ele funciona como um “megafone” (ou seja, uma ferramenta apenas propagadora para transmissão de informações “de um para muitos”) ou como uma comunidade de pessoas que se conectam e colaboram umas com as outras?

Idealmente, você quer que seu site seja uma comunidade, um endereço dinâmico, envolvente, que puxe as pessoas como um ímã e lhes dê o conteúdo que possam ler, conhecer e compartilhar com os outros.

Para lhe ajudar a transformar o seu site que funcionava como um “megafone” em um “hub”, você tem que mudar seu paradigma de Outbound para Inbound.

“Você precisa parar de abordar diretamente as pessoas de seu mercado-alvo interrompendo-as e, ao invés disso, passar a ‘ser encontrado’ por elas”

No entanto, esta transição é difícil de ser feita. E é aí que uma das maiores contribuições do livro entra em cena: para ser bem sucedido, a proposta de valor da sua empresa deve ser memorável.

Esta noção de memorável é extremamente importante e é uma ideia que persiste em todo o livro. É, essencialmente, um lembrete constante de que tudo o que você faz deve ser atraente para as pessoas. Se ninguém está disposto a parar para observar as ofertas da sua empresa, significa que elas simplesmente não são relevantes e precisam ser melhoradas.

Seja encontrado por seus potenciais clientes e gere leads

A primeira parte do livro explica a importância de se “migrar” das estratégias outbound para inbound. O primeiro passo, e também o mais importante, é começar a criar conteúdo de qualidade. Isto é o que dá às pessoas um motivo válido sobre algo que sua empresa faz para que elas possam começar a notá-la no ambiente digital, o que, consequentemente, atrair links de outros sites e redes sociais.

“Você não precisa mais milhões abordando diretamente seus potenciais clientes. Em vez disso, você precisa criar conteúdo de altíssima qualidade, otimizá-lo (para motores de busca, leitores de RSS e sites de mídia social), publicá-lo nas redes sociais e medir o que está funcionando e o que não está.”

Em outras palavras, é uma nova forma de interagir com seus potenciais clientes, na qual você para de buscá-los e passa a atraí-los.

A ideia central é criar um fluxo constante de conteúdo notável com os seguintes benefícios:

  • Ele estabelece a sua empresa como “referência e autoridade no assunto”;
  • Transforma o seu site em um organismo vivo (em oposição a um modelo “estático”);
  • Proporciona a seus potenciais clientes uma maneira de se relacionar com você diretamente;
  • Ajuda os mecanismos de pesquisa a te encontrarem.

Após criar o seu blog e colocá-lo para funcionar, você deve escrever de forma coerente, utilizando títulos cativantes, publicá-los em sites populares, nas mídias sociais e gerar engajamento com os comentários de cada leitor.

A criação de conteúdo de qualidade é criticamente importante para o Inbound marketing. Mas igualmente importante, é conseguir fazer com que o seu conteúdo seja encontrado na Internet. Portanto, promoção é uma peça chave em uma estratégia Inbound.

Naturalmente, a primeira parada para que se alcance este objetivo (como uma verdadeira “caça ao tesouro”) são os buscadores.

A maneira mais eficaz de se obter links inbound é através da criação de conteúdo que seja útil e interessante. E recebendo estes links inbound, surge uma maneira mais eficaz de obter melhores rankings no Google.

O livro foca em possibilitar a obtenção de conteúdo notável encontrando-o nas mídias sociais. É muito importante criar um perfil online eficaz e estar presente nas redes sociais como: Facebook, LinkedIn, Twitter e YouTube.

Conversão de leads em clientes

A segunda parte do livro concentra na geração de um público maior para o seu conteúdo (ou seja, “ser encontrado”, de fato, por muitas pessoas). Esta parte te auxilia a converter esses leitores que terão acesso ao seu conteúdo em clientes.

O elemento mais importante em seu site para converter visitantes em oportunidades de negócio é o call to action. Uma vez que você tenha um novo visitante em seu site, sua missão é mostrar a essa pessoa exatamente qual deve ser sua próxima ação, como por exemplo entrar em contato ou baixar um material.

Os visitantes do site foram atraídos para o seu site, devido ao seu teor de notável; mas dali em diante se faz necessária a existência de um ‘call-to-action’ igualmente convincente para convertê-los em clientes reais.

De acordo com o livro, há quatro características para que um “call-to-action” seja matador:

  • Ser valioso – você tem que dar algo notável, que tenha valor, para receber algo em troca.
  • Fácil de usar – a ação deve ser extremamente clara e muito simples.
  • Proeminente – a sua oferta deve estar em evidência e distinta do restante do texto.
  • Orientar a ação –  utilizar verbos para orientar leitores de possíveis ações.

Além de um “call-to-action” campeão, um projeto de design eficaz e atraente em sua página é outro ponto que contribui muito para o sucesso na conversão de visitantes em clientes.

Aqui estão algumas das melhores práticas para a criação de uma “landing page” ou “página de captação” atraente:

  • Correspondência – o conteúdo da página deve corresponder ao apelo à ação. Deve haver sincronia.
  • Construção de confiança – a página deve passar uma imagem profissional e confiável.
  • Ser “clean” – deve-se remover ofertas estranhas à navegação, que possam distrair o consumidor.
  • Elementos gráficos são importantes – elementos gráficos incríveis podem ajudar a fazer conversões.
  • Conservar a simplicidade – manter tudo simplificado é importante para gerar somente a ação que você deseja.

O capítulo final desta parte do livro concentra nas formas de classificar e nutrir seus “leads” (contatos e visitantes que se tornarão potenciais clientes). Embora estes temas sejam todos importantes, a seguinte citação resume bem o principal conselho:

“O problema que a maioria das empresas tem está em conseguir mais ‘leads’ antes de se pensar em fazer a triagem para classifica-los e nutri-los. Antes de passar dias e semanas ‘fantasiando’ a respeito desta classificação e sistemas para alimentá-los, é aconselhável que você pense primeiro na estratégia de criação dos mesmos”.

Tome decisões melhores

Esta parte do livro aborda a substituição de seus antigos processos de tomada de decisão para os que girem em torno do Inbound Marketing.

O primeiro passo fundamental para avaliar o seu processo de decisão é o estabelecimento de um funil de vendas e marketing. Em seguida, usando este funil, é possível quantificar quais canais de marketing são mais eficazes para a geração de leads e clientes.

Uma vez que você tem um sistema de controle eficaz estabelecido, os autores defendem a substituição de suas atividades de marketing tradicional com menor retorno por ações de Inbound Marketing, sugerindo que você avalie os resultados da mudança.

Medir o desempenho não termina com as campanhas. Você também deve avaliar o seu time de marketing para se certificar de que ele está adotando e praticando Inbound Marketing. O livro oferece o seguinte quadro (com a sigla “DARC” em inglês – referentes às iniciais de suas palavras-chave no idioma) para orientar a contratação e desenvolvimento de profissionais de Inbound eficazes:

  • D = Contrate “cidadãos digitais”. Grandes profissionais de Inbound Marketing são viciados em no mundo digital. Eles não vivem sem internet ou redes sociais.
  • A = Contrate pessoas analíticas. Seu profissional ideal é capaz de rapidamente analisar informações e usá-las para guiar suas decisões
  • R = Utilize e contrate pessoas que tem “alcance”, uma audiência no meio digital;
  • C = Contrate pessoas que sabem produzir conteúdo para ambientes digitais (ou a Rock Content!)

Outro ponto importante e necessário é monitorar e avaliar a sua concorrência. Quais ações eles estão tomando? Também estão adotando Inbound Marketing? Entender a estratégia dos seus competidores, para identificar oportunidades e pontos de melhoria é crucial para ter sucesso em sua estratégia de marketing, seja ele inbound ou outbound.

Outra lição importante do livro é o valor da paciência e persistência:

“Aprender a fazer Inbound marketing tem uma pequena ‘curva’ de aprendizado de forma semelhante a aprender a tocar violão. A fim de obter o máximo de sucesso com Inbound, você precisa ‘mergulhar por alguns meses para começar’ e não achar que já é suficiente ‘enfiar o dedo na água por alguns dias’. Os benefícios vêm muito lentamente no início, mas eles se acumulam até você alcançar ao sucesso.”

Se você nunca foi introduzido ao conceito de Inbound Marketing e ao Marketing de Conteúdo, o livro é uma leitura obrigatória. Este livro vai te ajudar a começar a repensar a maneira como sua empresa faz marketing e a dar os primeiros passos no processo de atração de visitantes, conversão de visitantes em leads e conversão de leads em clientes.

E você, já começou no mundo do Inbound Marketing? Gostou do nosso resumo? Não deixe de comentar!

 

O livro Inbound Marketing – Seja Encontrado usando o Google, a Mídia Social e os Blogs, foi gentilmente cedido a equipe da Rock Content pela equipe da Alta Books!

 

Obrigado pessoal!

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!