Por que aliar marketing de conteúdo e ensino online? Você visita o Google diariamente, correto? Mas aposto que você nunca visitou esta página. Nela você vai encontrar diversas informações corporativas, coisas como missão e valores. Pode não parecer, a primeira vista, mas essa página é melhor forma de você entender as mudanças feitas nos algorítimos de busca nos últimos anos.

">

Por que aliar marketing de conteúdo e ensino online?

Hoje, 74% das matrículas em EAD no Brasil são feitas em cursos livres, segundo o último censo realizado pela ABED (Associação Brasileira de Educação a Distância). Isso significa que mais de dois terços do ensino online acontece através desta modalidade não tradicional de educação.

Mas o que este dado quer dizer, exatamente?

Toda relação aluno-professor possui uma condição básica: o reconhecimento do primeiro à posição de especialista do segundo. Este nível de reconhecimento tende a variar bastante. Em uma universidade, por exemplo, por mais que o aluno faça a escolha pelo curso, ele não tem controle absoluto sobre quem vai ensinar sobre determinados assuntos. Muitas vezes, a posição de especialista é imposta de cima para baixo.

Já nos cursos livres, esta relação é totalmente invertida. O aluno não só determina quais assuntos ele deseja aprender, como quem ele considera a pessoa mais adequada para ensinar. A internet vem derrubando a educação tradicional, desenvolvendo cada vez mais a “educação sob demanda”. Ou seja: eu aprendo o que eu quero, com quem eu quero.

Então…

Nisso, chegamos ao ponto central da questão. Não existe espaço para quem trabalha com ensino online na web e não desfruta de uma posição de especialista. Parte fundamental do processo de venda de cursos online está no reconhecimento do potencial aluno ao trabalho do professor ou instituição que se dispõe a ensinar algo.

O marketing de conteúdo, então, se mostra uma das estratégias mais eficazes para alcançar a posição de especialista sobre determinado assunto. A pirâmide do marketing de conteúdo, inclusive, já aponta no seu topo a criação de autoridade – e esta fase tem importância catalisada na venda de cursos online.

Gerar conteúdo e relevância para sua audiência é caminho praticamente obrigatório no mercado. Uma estratégia bem delineada de marketing seguindo essa premissa irá traçar seu caminho na construção de uma audiência que te reconheça como autoridade no assunto e tenha motivação para aprender com você pela educação a distância.

Então, não perca tempo: comece a ensinar online – sem deixar de gerar conteúdo e determinar sua autoridade para a audiência. Só assim você terá quem queira aprender com você. E se quiser saber mais sobre como usar uma estratégia de marketing de conteúdo para divulgar seus cursos e aulas, leia nosso ebook: Marketing de Conteúdo para EAD.

(Bernardo Kircove trabalha com cursos online para empreendedores digitais há tempos e, cansado da falta de boas soluções no mercado, co-fundou o Edools, uma plataforma simples e completa para educação a distância..)