Marketing de conteúdo para SEO: o guia para iniciantes

Marketing de conteúdo para SEO: o guia para iniciantes

Trabalhar o marketing de conteúdo criando uma estratégia eficaz para otimizar e aumentar o tráfego do seu site é uma das ferramentas mais importantes para melhorar seus resultados através das buscas orgânicas. Quando uma pessoa chega ao seu site através de pesquisas de palavras-chave relacionadas aos seus conteúdos isso mostra que o que você entrega tem um bom posicionamento nos resultados dos motores de busca.

Para que seu site tenha um bom posicionamento nas pesquisas o conteúdo entregue por você deverá apresentar uma série de quesitos que serão fundamentais para obter sucesso com SEO (Search Engine Optimization). Desde abril de 2015 o Google, principal buscador do mundo, mudou seus algoritmos relacionados às pesquisas. Com isso, grandes mudanças estão sendo percebidas nos conteúdos apresentados quando pesquisamos sobre um determinado assunto.

Nosso objetivo aqui é te mostrar como se manter no topo das buscas orgânicas e garantir o sucesso no seu rankeamento no Google com a ajuda do SEO e da produção de conteúdo de qualidade. Afinal, marketing de conteúdo e SEO são dois lados da mesma moeda, como já falamos em um post introdutório mais antigo. Hoje vamos aprofundar o assunto e te dar dicas essenciais para o uso combinado dessas duas estratégias. Vamos lá?

Mas afinal, o que é SEO? E conteúdo?

A melhor forma de entender o que estas palavras significam é entendê-las separadamente. SEO é o processo de otimização de um site para que as pessoas possam encontrá-lo facilmente através de motores de busca. Já conteúdo é qualquer informação disponível na internet e que possa ser consumida online. Aliar SEO e conteúdo é criar algo com o objetivo de atrair trafégo através dos motores de busca.

O SEO indica os requisitos. O marketing de conteúdo os preenche.

SEO e marketing de conteúdo são duas coisas extremamente complementares. Isso acontece porque enquanto o SEO nos indica o que é preciso para nos destacarmos, o marketing de conteúdo traz a substância para atingirmos os resultados. SEO não existe sem conteúdo e tudo o que é produzido deve seguir regras indicadas pelos algoritmos de buscas.

Quando você trabalha as duas ferramentas de forma harmônica e integrada você é capaz de atingir excelentes posicionamentos nos rankeamentos de pesquisas orgânicas. Com isso as pessoas conseguem com mais facilidade encontrar e acessar seu conteúdo e os motores de busca podem melhor rastrear o seu site.

Organize seu conteúdo

O conteúdo do seu site deve ser organizado de forma simples e objetiva. Além de ser ótimo para SEO, essa organização também ajuda os visitantes do seu site a encontrarem outros conteúdos relacionados ao que eles estão procurando com facilidade. E quanto mais tempo esses visitantes permanecem em seu site mais oportunidades de conquistar possíveis clientes você terá.

Bons conteúdos aumentam os visitantes na sua página

Quando vamos trabalhar a produção de conteúdo para o seu site é fundamental ter em mente que mesmo que esse conteúdo seja de grande qualidade não há garantia de aumento de vendas. O que podemos afirmar é que com esta estratégia o número de pessoas que chegarão à sua plataforma irá aumentar e, mesmo que não seja bem o que o usuário esperava, se o que está apresentado for relevante de alguma forma e acrescentar a ele o que realmente importa, a informação passada gerará confiança e educará o visitante.

O pré-requisito para um bom conteúdo é desempenhar um caráter resolutivo e educativo, fazendo com que o leitor volte para buscar mais informações fornecidas por você sobre um determinado tema. O objetivo aqui é tornar-se referência e gerar leads qualificados para, então, trabalhar a conversão em clientes fiéis.

O marketing de conteúdo funciona porque não é apenas um apelo à compra, mas oferece uma oportunidade para o usuário, oferecendo informações sobre o negócio. Usar esse conteúdo nas etapas de inbound marketing é garantia de mais leads. Porém, produzir conteúdo só dá certo quando se conhece bem o seu negócio, o público-alvo, as necessidades do mercado e força que a sua empresa tem para se tornar especialista em um segmento. Para isso, as pessoas precisam chegar até você. E a melhor ferramenta para isso é o SEO e seus algoritmos de desempenho.

As palavras-chave em busca de sucesso

Certamente você já deve ter escutado que a melhor forma de conquistar bons resultados na internet é baseada na fórmula ‘frequência de publicação aliada a um conteúdo de interesse para o seu público-alvo’. Mas só conteúdo e frequência não são capazes, sozinhos, de fazer você se destacar e conquistar a atenção do consumidor online: a escolha das palavras-chaves (aquelas que as pessoas digitam nos buscadores para chegar aos tópicos de interesse) mais adequadas na hora de promover seu conteúdo é parte importante desta estratégia.

Se o objetivo é gerar ou aumentar tráfego através das pesquisas será preciso entender como as palavras-chave funcionam. Com isso, você saberá o que as pessoas estão procurando e poderá desenvolver tópicos com as informações mais certeiras. Hoje, o SEO não trabalha apenas com palavras exatas, mas sim com palavras que discutem o tema em geral. Essa diferença é importante na hora de criar seus textos: é preciso pensar no todo, em que tipo de coisa as pessoas estão interessadas e quais são as palavras que farão com que ela tenha acesso ao seu conteúdo.

Escolhendo as palavras-chave para otimizar seu conteúdo

O primeiro passo para escolher as palavras-chave adequadas para a sua produção é encontrar as mais ligadas ao seu negócio. Esta é uma boa prática para direcionar a produção online da sua equipe e refletirá na qualidade dos seus posts: não só irá adicionar valor às suas estratégias de SEO, mas ele vai forçar o seu time de escritores a centrar seu trabalho sobre um tema bem selecionado e focado.

A ferramenta mais utilizada para isso é o Google Keyword Planner, disponível para qualquer pessoa que possua uma conta no Google Adwords. Você digita uma palavra que você considera estratégica e o Google te fornece as outras relacionadas à sua e que estão sendo buscadas pelas pessoas. Com essa listagem em mãos você poderá produzir uma série de conteúdos alinhados às pesquisas que seu público-alvo anda fazendo. O ponto principal aqui é desenvolver uma lista de termos que manterão seu site acessível e segmentado. Para entender melhor como funciona o Google Keyword Planner, leia nosso artigo explicando como utilizá-lo aqui.

Monitorando as palavras-chave

Não basta só escolher os termos de interesse e trabalhar com eles. É preciso monitorar as mudanças diárias em seu tráfego e analisar sempre qual é a sua posição nos sites de busca. Esta é uma informação extremamente valiosa porque lhe dá um ponto de referência para trabalhar e ajustar o que for necessário. É preciso atenção ao monitoramento para se fazer uma leitura correta e eficaz dos dados apresentados: as informações variam acerca do seu posicionamento e é preciso interpretação dos dados para decidir se é hora de mudar as palavras ou mantê-las por mais um tempo. O Google Analytics pode ser seu melhor amigo nessa tarefa.

Criando valor através dos conteúdos

Aqui, vale destacar que por conteúdo não devemos entender apenas ‘textos’. Por conteúdo devemos ter em mente: imagens, gráficos, vídeos, posts em sites e em redes sociais e qualquer tipo de informação que realmente seja relevante para o seu público-alvo. Criar valor vai além das promessas da marca. Sem um conteúdo interessante (por mais que você esteja bem rankeado) é muito difícil criar uma boa audiência, ter seguidores e fazer com que as pessoas realmente interajam com a sua marca.

É importante ressaltar que os algoritmos de SEO e buscas também avaliam o tempo de permanência no site através da taxa de rejeição. Uma pessoa clicar no seu link e sair dele imediatamente é prejudicial para o seu posicionamento em geral. Oferecer conteúdo de qualidade ao seu público-alvo é uma importante ferramenta para você mostrar mais do que a propaganda do seu produto ou serviço em si: ele cria relacionamento entre empresa e cliente, agrega valor à sua marca e ajuda a abrir portas para a geração de novos negócios e captação de leads qualificados.

O conteúdo é parte fundamental da estratégia que irá aumentar sua autoridade online e consequentemente gerar mais vendas para seu negócio. Através do conteúdo é possível, também, esclarecer dúvidas e identificar rejeições do público sobre um determinado produto, o que são informações extremamente valiosas para sua empresa.

Tipos de páginas para trabalhar SEO e gerar conteúdo

Estes são apenas alguns dos tipos básicos de conteúdo que podem ser valioso para suas o alinhamento do marketing de conteúdo com o SEO (mas não deixe que esta lista limite a sua produção. Seja criativo!):

Blog Posts: criar um blog é uma das maneiras mais fáceis de criar um fluxo regular de conteúdo para SEO. Em geral, os posts são mais envolventes e mais susceptíveis à atração de cliques do que páginas de produtos, construindo alguma autoridade para o seu site. Tenha em mente que os blogs são muito flexíveis, e você pode usá-los para sediar qualquer um dos tipos abaixo de conteúdo dessa lista. Confira aqui as 22 etapas fundamentais de SEO para completar antes de públicar seu próximo post.

Artigos: este é o principal tipo de conteúdo que você encontrará na maioria dos sites de jornais, revistas e de produtores de conteúdos especializados. Você pode fazê-los em textos corridos ou até mesmo através de criação de listas.

Guias: um guia é um conteúdo que explica em detalhes como fazer alguma coisa. Você pode deixar um guia completo sobre um determinado assunto no seu site ou, ainda, um resumo ou trecho quando as pessoas se cadastrarem, exigindo que os leitores preencham um formulário de inscrição para ler o guia completo. Esta pode ser uma boa maneira de gerar leads, mas tenha em mente que a colocação de um item de registro provavelmente vai reduzir a quantidade de tráfego de SEO para aquela página.

Vídeos: em geral há menos vídeos na web do que páginas de texto. Com isso, pode ser mais fácil de classificar na primeira página de uma palavra-chave competitiva com a criação de um vídeo ao invés de um artigo. Dependendo do tipo de site ou negócio que você tenha, os vídeos podem ser uma ótima maneira de atrair e atingir um público. Considere a criação de tutoriais em vídeo de como usar seus produtos ou ilustrar um processo que está relacionado ao seu negócio. Na nossa página no Youtube você pode ver ótimos exemplos de vídeos que seguem essa linha. Se inspire!

Infográficos: imagens de grande formato que contêm uma grande quantidade de dados (muitas vezes sob a forma de gráficos ou tabelas) sobre um único assunto que pode acumular uma grande quantidade de páginas vistas e links. No entanto, como grande parte do conteúdo é incorporado na imagem e não pode ser lido como um texto pelos motores de busca, é importante otimizar cuidadosamente o resto da página.

Desenvolvendo uma estratégia de SEO de conteúdo

Se você estiver produzindo conteúdo de uma forma aleatória, esperando e rezando para que a produção gere resultados, é hora de parar e traçar uma estratégia que envolva SEO e uma produção planejada de conteúdos.

Defina suas metas

Primeiro, determine seus objetivos como um site ou negócio. Você está querendo impulsionar as vendas através de seu site? Você procura rentabilizar o seu site através de anúncios e, portanto, só quer aumentar o tráfego e gerar leitores? Estas respostas serão a chave para que você defina como irá trabalhar.

Se você está tentando impulsionar as vendas de produtos, seu foco principal deve ser atrair seus consumidores através de páginas de produtos informativos e atraentes, que são otimizados tanto para ferramentas de busca quanto para conversões. Neste caso, seu foco secundário poderia ser o conteúdo do blog que ilustra quando e como usar seus produtos, sem conteúdo promocional. Agora, se o seu site opera em um modelo de publicidade e o objetivo é atrair novos leitores através da busca, você deve se concentrar em um conteúdo mais rico, mais elaborado, como artigos mais longos ou recursos de vídeo que podem ser informativos e divertidos.

Conheça e defina o seu público

Sabendo quem é o foco dos seus negócios é possível desenvolver e definir as suas personas. Com isto você poderá estabelecer os tipos de conteúdo que estas personas estão procurando. Por exemplo, se você tem um site B2B que tem como alvo executivos de nível C, você pode querer criar white papers  que podem ser baixados e salvos para ler mais tarde. Caso o seu público alvo sejam adolescentes e pré-adolescentes, você pode se concentrar em atualizações frequentes nas suas redes sociais com menos textos e mais imagens e vídeos. Se você ainda não sabe quem é sua persona confira nosso gerador de personas, seu melhor amigo nessa tarefa.

Crie um calendário de publicações

Uma vez que você definiu suas metas e já sabe qual o público que você quer atingir é hora de você construir um cronograma de publicações. Através de um calendário editorial você irá programar a periodicidade e o tipo de publicação de novos conteúdos. Isso ajudará você a manter uma programação regular e isso é especialmente importante para criar uma base regular de visitantes se você tem um blog.

Analisar e reavaliar

Analisar regularmente o seu conteúdo SEO para ver o que está funcionando e o que não está é fundamental. Boas medidas de sucesso e engajamento incluem visualizações de páginas, links, comentários (em posts e alguns outros tipos de conteúdo), ações sociais (likes no Facebook, tweets, etc.), e taxas de conversão. Sua análise deve ter dois objetivos: identificar seus sucessos para que possa repetir essas estratégias e encontrar o tempo para atualizar e otimizar seu conteúdo antigo com o uso de táticas de SEO.

Trabalhar o marketing de conteúdo é um investimento que de fato vale a pena. Para dar início às suas estratégias basta escolher a forma de produção de conteúdo que mais se adeque aos seus objetivos. Caso sua empresa não tenham profissionais internos qualificados para este fim, terceirizar pode ser uma ótima opção.

Caso tenha ficado alguma dúvida ou tenha algum dado para contribuir com este post, utilize a aba de comentários abaixo ou acesse nosso Fórum do Marketing de Conteúdo e converse com especialistas que entendem de verdade do assunto!

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!