Marketing em tempos de crise

Marketing em tempos de crise: como reduzir custos e gerar resultados?

Aos olhos de muitos, o Brasil tem vivido a pior crise político-econômica de sua história. Isso tem feito com que várias empresas recuem ou tomem medidas dolorosas para economizarem. Pensar em marketing em tempos de crise, então, difícil não é mesmo?

Não! Acreditamos — ou melhor, provamos — que o marketing é uma necessidade imediata que não deve ser colocada em 2º plano, pois ele é a solução capaz de garantir a redução de custos sem comprometer os resultados.

Além do mais, sem o marketing é impossível se manter no mercado de forma competitiva, superar as situações de crise e vencer os desafios.

Tem mais: se você colocar em prática, agora, as 5 ações que listamos neste post, o marketing poderá transformar as suas adversidades em soluções. Sem mais delonga, vamos conhecer essas ações?

Faça um budget de marketing

Antes de qualquer coisa, o seu orçamento precisa ser otimizado para que todos os resultados sejam alcançados.

Em tempos de crise, é mais do que necessário planejar e estipular o seu budget de marketing, pois assim poderá controlar melhor as suas ações e evitar um descontrole no fluxo de caixa.

Faça uma reunião com a sua equipe, delimite valores, peça sugestões que se adequem ao orçamento que a empresa dispõe e procure se ajustar à nova realidade do momento econômico.

Deixe claro para todos os envolvidos no processo que a empresa tem determinadas metas para serem alcançadas e que todos deverão fazer o máximo para trazerem os melhores resultados sem que, para isso, seja preciso aumentar os custos.

Cooperação é o segredo para se fazer muito com pouco!

Invista no crescimento orgânico do site

A turbulência econômica tem influenciado negativamente a forma como muitas empresas têm investido os seus recursos. Grande parte delas pensa que não é o momento certo para investir, principalmente em marketing.

O que elas desconhecem é que nem sempre investimento significa, necessariamente, mais gastos.

Investir no crescimento orgânico do seu site pode exigir, mais do que dinheiro em si, apenas habilidade, criatividade, inovação e esforço por parte dos profissionais já responsáveis pela otimização da página.

A sua equipe pode utilizar a energia e os recursos já disponíveis para conseguir melhorar a imagem da empresa junto ao seu público-alvo e gerar mais receita.

Embora o aumento de tráfego por meio orgânico seja uma estratégia um pouco mais demorada, ela tem custo relativamente baixo, uma vez que você pode ter como aliadas várias técnicas de SEO dentro do próprio site, por exemplo, que farão com que o usuário o encontre.

Ferramentas de busca, como o Google, podem encontrar o seu site em questão de segundos. Para se ter uma ideia do poder das buscas orgânicas, 70% dos links clicados são encontrados dessa forma.

Você pode aumentar a visibilidade da sua empresa e torná-la conhecida no mercado investindo no crescimento orgânico do seu site. Aposte nessa ideia!

Considere o marketing de relacionamento

Outra ação capaz de gerar muitos resultados positivos para o seu negócio é o marketing de relacionamento.

As estratégias utilizadas pelo marketing de relacionamento são pontos-chave não só para fidelização de clientes, como também para fazer a segmentação de público e aumentar a taxa de conversão.

Por meio do marketing de relacionamento, a sua empresa pode atender às necessidades específicas dos seus clientes, mantendo uma comunicação mais próxima e um relacionamento mais sólido.

No mais, uma boa estratégia de marketing de relacionamento é muito mais rentável para uma empresa, pois em vez de sair em busca de novos clientes, você pode focar os seus esforços nos que já possui.

Até porque o custo para atrair um novo cliente pode ser de 6 a 7 vezes mais caro do que o investimento em um cliente já engajado com o seu negócio.

Só para se ter uma noção numérica, cerca de 86% dos seus clientes fiéis não hesitarão em voltar a ter contato com a sua marca caso a experiência tenha sido positiva.

Aposte no marketing de conteúdo

Uma das primeiras coisas que você deve pensar quando quiser cortar o marketing das suas estratégias é que ele jamais será um custo, mas sim um investimento.

O marketing de conteúdo, por exemplo, é um dos investimentos mais certos e seguros para maximização da rentabilidade de um negócio.

Já imaginou quanto tempo as pessoas passam consumindo conteúdo na internet? Difícil até de calcular, não é mesmo? Por isso, é tão importante se preocupar com o conteúdo entregue a seu público-alvo e buscar estar onde ele está.

Uma das maneiras de alcançar esse público, é criando conteúdos com alta relevância e que sejam expressivos para serem disseminados nos vários formatos de mídias on-line.

O marketing de conteúdo pode ajudá-lo a diminuir custos e aumentar a sua rentabilidade de maneira significativa, como:

Ao reduzir o custo de aquisição de cliente (CAC)

Você pode otimizar o seu funil de vendas com conteúdos estratégicos somente para as suas personas, de maneira que elas sejam bem direcionadas por meio dos estágios da jornada de compra.

Dessa forma, você consegue evitar gastos com um público que não possui o perfil que está buscando, concentrando-se justamente naqueles que tenham interesse no seu produto ou no seu serviço.

Ao aumentar o return on investment (ROI)

Conteúdos relevantes e originais, com CTAs empolgantes que consigam converter as suas personas para uma landing page específica: tudo isso ajuda gerar vendas e possibilita o aumento do ROI de suas campanhas de marketing.

Faça o teste! Invista no marketing de conteúdo e depois faça o cálculo do ROI. Você verá quanta diferença isso faz em tempos de crise.

Busque mão de obra especializada

Às vezes, com tantas responsabilidades dentro da empresa é difícil conseguir se manter atualizado, ser um líder de ponta e ainda entregar os resultados esperados pelos superiores.

É bastante desgastante ter que gerenciar todas as tarefas, cumprir metas e ainda ser inovador em tempos de poucos recursos. Mas quem disse que você precisa fazer tudo sozinho?

Você tem uma opção, ou melhor, uma solução: a terceirização de mão de obra especializada em marketing.

Se está pensando que isso é uma contradição (afinal, contratar é aumentar custos), tenha calma. Já explicamos.

Muita gente tem o conceito errôneo de que terceirização gera mais custos. Só que nem sempre é assim. A sua empresa pode contratar parceiros para ajudá-la nos processos mais complexos do marketing digital, como consultoria, planejamento e definição de práticas de SEO, por exemplo.

É melhor investir em mão de obra com maior know-how do que gastar todo o seu orçamento de marketing e não conseguir obter resultados realmente palpáveis, concorda?

Enfim, em tempos de crise não dá para ficar estagnado no tempo. É preciso que o seu negócio continue crescendo e gerando resultados.

Se você não tiver atitude e não continuar acreditando que pode fazer sempre mais com um bom marketing, quando a crise passar, os seus concorrentes podem estar lá na frente, simplesmente porque souberam agir enquanto você desistiu cedo demais.

Gostaria de saber mais por que o marketing em tempos de crise não deve ser considerado uma despesa? Então leia o post “Por que o marketing não deve ser uma despesa? Descubra aqui!“.