marketing multinível

Aprenda de vez o que é Marketing Multinível, qual é o conceito e quais empresas praticam

O marketing multinível (MMN) ou marketing de rede é um modelo de vendas em que um revendedor ganha uma participação nos lucros obtidos por ele e por sua rede de revendedores. Assim, os ganhos podem vir de vendas diretas ou recrutamento de novos vendedores.

(Clique no player para o ouvir a narração do nosso post! Deixe nos comentários o que achou.)

O artigo de hoje vai tratar de uma das variações mais polêmicas das áreas de marketing e vendas: o marketing multinível (MMN).

Mas por que essa polêmica existe? É que, normalmente, quem pratica o marketing de rede defende com unhas e dentes o modelo. Muitos, inclusive, chegam a ser bem insistentes quando apresentam o seu plano de MMN e convidam outras pessoas.

Esse motivo, aliado ao desconhecimento e a desconfiança, acaba gerando uma rejeição significativa ao marketing multinível em muita gente.

Quem já trocou uma ideia com os revendedores mais engajados de empresas como a Hinode e Herbalife pode ter tido más impressões desse tipo de marketing.

No entanto, antes de formar uma opinião sobre o marketing multinível, é mais interessante conhecer melhor o seu funcionamento, certo?

Por isso, vamos falar mais sobre o conceito, as vantagens, as confusões que existem com os esquemas de pirâmide e as empresas que praticam o MMN. Acompanhe!

O que é e como funciona o marketing multinível?

O marketing multinível ou marketing de rede é um modelo de vendas em que um revendedor ganha uma participação nos lucros obtidos por ele e por sua rede de revendedores.

Trata-se, também, de uma modalidade de venda direta, que se baseia no contato pessoal entre vendedores e clientes para comercializar produtos e serviços – Mary Kay é um exemplo clássico de empresa que opera nesses moldes.

Esse modelo foi criado na década de 1940, nos EUA, por Carl Rhenborg. O marketing multinível foi e é uma evolução das tradicionais vendas diretas unilevel, que se trata do ganho individual de comissões.

O multinível veio, assim, para incentivar os revendedores, além de vender, a atrair novos distribuidores para uma empresa.

É como uma oportunidade de uma promoção, em que o vendedor passa a se tornar um líder ou um gerente de vendas, e amplia os seus ganhos.

Trabalho dobrado e ganho maior

No multinível, um revendedor precisa se esforçar para vender os seus produtos para sua clientela normal (gerando lucro direto) e atrair novos vendedores para a sua rede (conseguindo um lucro indireto, por meio da comissão residual).

O trabalho é maior, pois quando você forma sua própria equipe de vendedores, é necessário oferecer todo um suporte para eles.

São necessários treinamentos, orientações, premiações, enfim, o que for preciso para manter uma rede engajada de revendedores.

No final, tanto esforço é recompensador, já que quanto mais bem preparada sua equipe for, maiores serão os seus lucros.

Quais são as vantagens desse modelo?

Autonomia de trabalho

Esse benefício pode parecer papo de vendedor, mas é inegável que trabalhar com venda direta traz uma certa liberdade.

Afinal de contas, caso você entre nesse modelo de negócio, poderá escolher quantas horas do dia se dedicará ao trabalho, o tipo de produto que quer comercializar e o público para o qual irá vender, por exemplo.

Mas é sempre bom lembrar que o seu ganho será proporcional à sua produtividade.

Suporte de grandes empresas

Trabalhar com venda direta é entrar em um mercado consolidado pelos seus números e por empresas de renome.

Para você ter uma ideia, esse setor movimentou R$ 40,4 bilhões em 2016, segundo um levantamento feito pela Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD).

Em relação às empresas, há de se considerar a estrutura que marcas como Amway, Jequiti e Herbalife podem oferecer.

Por estrutura, estamos considerando os planos bem definidos de comissão e bonificação, a qualidade dos produtos, a capacitação, o respeito e o compromisso com os revendedores, entre outros pontos relevantes.

Modelo escalável de ganhos

Essa é uma das principais características do marketing multinível. Por exemplo, quando um revendedor recruta um novo distribuidor, esse novo integrante pode, após um tempo, criar a sua própria rede.

As pessoas que forem incluídas na rede por esse novo integrante também podem formar suas próprias equipes e, dessa maneira, os níveis da força de vendas vão se multiplicando sequencialmente.

É essa escalabilidade que caracteriza o marketing de rede e amplifica os ganhos dos líderes de venda.

No entanto, é importante frisar que a maioria das empresas de MMN limita os ganhos de um líder após uma certa quantidade de níveis multiplicados.

Essa barreira dificilmente passa de 5 redes criadas. A intenção é manter os ganhos baseados nas vendas, até para evitar que o recrutamento se torne o único canal de receitas de um profissional.

E as desvantagens?

Investimento inicial pode ser caro

Esse é um detalhe que depende muito da pessoa e da empresa escolhida.

Existem planos que vendem por catálogos e, portanto, os revendedores não precisam adquirir os produtos para comercializá-los. Eles ganham uma comissão sobre a venda.

Mas também existem os planos, esses os mais comuns, que exigem que o revendedor faça um investimento inicial ou compre os produtos para revender com um preço sugerido.

Nesse caso, tem empresas que cobram menos de 50 reais, outras contam com planos mínimos de 130 reais, outras que cobram mais de 200. Enfim, o valor dependerá muito dos produtos e dos kits adquiridos.

De todo modo, isso gera um certo risco, principalmente se tratarem de produtos que a pessoa tenha dificuldades para vender.

Criação de redes em longo prazo

O marketing multinível é bastante atrativo por essa possibilidade de ganho a partir da criação da sua própria rede de vendedores.

Entretanto, mesmo os vendedores com um pouco mais de experiência podem demorar um pouco até criarem suas próprias equipes de venda.

Imagine, então, para pessoas que entram nesse negócio com nenhuma experiência em vendas? Se já será difícil conquistar os primeiros clientes, atrair novos vendedores se tornará uma missão ainda mais complexa.

Portanto, obter um retorno bacana com a criação de redes próprias de revendedores é algo que demandará longos meses, talvez alguns anos.

Marketing multinível e pirâmide são a mesma coisa?

Essa talvez seja a principal polêmica que cerca o conceito de marketing multinível.

Como uma parte do lucro de um vendedor é gerada por meio da produtividade dos distribuidores recrutados por ele, muita gente acredita se tratar de um esquema de pirâmide.

Mas isso nada tem a ver com pirâmide!

Além de serem ilegais no Brasil, os esquemas de pirâmide carregam três características determinantes para a sua caracterização:

  1. não existem produtos ou serviços sendo comercializados para quem está de fora da pirâmide. Caso haja mercadorias, elas não possuem valor de mercado compatível com o investimento inicial feito para entrar, ou seja, servem apenas como pretexto;
  2. o lucro é obtido somente com a entrada de novos integrantes no esquema. Quem investe para entrar só sobrevive na pirâmide se conseguir convidar outras pessoas a entrarem. Assim, gera-se um pouco de lucro para si e muito para quem está no topo;
  3. as pirâmides possuem prazo de validade. Afinal, chega uma hora que a base não consegue recrutar mais pessoas. Isso interrompe o fluxo de dinheiro, desmontando a pirâmide, já que o topo não terá como sustentar a base, que é bem maior.

Além disso, as pirâmides não costumam oferecer treinamentos para os seus “vendedores” e os processos são descontinuados com o tempo.

Abaixo, você pode conferir um vídeo curtinho feito pela ABEVD que explica as diferenças entre o marketing multinível e os esquemas de pirâmide.

A propósito, verificar se uma empresa está associada à ABEVD é uma das formas de saber se ela, de fato, pratica o marketing de rede.

Outra é analisando se o foco dela é no ganho por meio das vendas (típico do MMN) ou se insiste no recrutamento de novos integrantes (característico das pirâmides).

Para você ter uma ideia do perigo das pirâmides, basta se lembrar ou conhecer o famoso caso da Telexfree. O portal G1 mostrou como funcionava e segue, até hoje, noticiando as consequências judiciais envolvendo esse esquema fraudulento.

Quais são as empresas conhecidas que praticam o MMN?

Bem, após esse pequeno trecho policial do nosso texto, vamos melhorar o clima falando de exemplos legais e que deram muito certo no marketing multinível.

Selecionamos 4 empresas que mostram como esse modelo de negócios é sustentável e recompensador. Confira:

Amway

A Amway, que faz parte do Grupo Alticor, é a líder mundial nesse segmento já há alguns anos. Ela está presente em 100 países e conta com 3 milhões de Empresários Amway (como são chamados os seus revendedores).

A empresa trabalha com produtos de nutrição, beleza, cuidados pessoais e itens para a casa. Entre eles, marcas conhecidas como Nutrilite™ e Artistry™.

Jequiti

Diretamente do Grupo Silvio Santos, a Jequiti vem, nos últimos anos, ganhando espaço nesse mercado de venda direta e marketing multinível entre os produtos de beleza e perfumaria.

Além das tradicionais comissões, o programa chama a atenção pela possibilidade de seus consultores e gerentes de vendas poderem participar dos programas do SBT, como o Roda a Roda Jequiti, e faturarem prêmios que podem chegar até 1 milhão de reais.

Isso sem contar a oportunidade incrível de conhecer o Silvio Santos, não é verdade?

Herbalife

A Herbalife já coleciona quase 4 décadas de história e é uma das maiores empresas globais de nutrição. Seus produtos, como suplementos, shakes e barras de proteína, são voltados para o estímulo e a promoção de uma vida saudável.

A empresa também já sofreu com acusações e campanhas públicas que tentaram provar que se trata de uma pirâmide. No entanto, nenhum desses ataques afetaram companhia, que reforça o seu caráter de venda direta, tanto que é uma das associadas da ABEVD.

Depois de desbravarmos o marketing multinível, fica mais evidente entender as polêmicas que o cercam.

Em contrapartida, também podemos comprovar que se trata de um modelo sustentável de negócios, baseado em meritocracia, produtividade e na criação de relacionamentos sólidos em toda cadeia de vendas.

Enfim, a desconfiança com essa modalidade pode até se manter, mas quem a pratica de forma ética e correta, só tende a beneficiar a si mesmo e ao mercado.

Para que o marketing multinível seja um negócio lucrativo para os vendedores, é fundamental eles criarem bons relacionamentos com as empresas, clientes e outros revendedores.

Por isso, indicamos a leitura do nosso artigo: Marketing de Relacionamento: o que é e por que ele é importante para sua empresa.

  • Muito bom artigo , precisamos passar mais conhecimentos para as pessoas para que não caia em golpes , nosso mercado é fantástico , e precisa ser compreendido da forma correta pelas pessoas.

    O único erro no artigo foi falar que as empresas Avon , Natura atua no segmento de multinivel , na verdade elas fazer parte do segmento de vendas diretas e a forma de bonificação é mononivel e não multinivel.

    Nesse artigo fala sobre as melhores empresas de marketing multinivel do Brasil http://afiliadoaprendiz.com/as-melhores-empresas-de-marketing-multinivel-no-brasil+81004

    • Oi Anderson. O post está em atualização para corrigirmos esse erro. Ele já havia sido apontado antes. Muito obrigada pela ajuda.

  • Depois que algumas Empresas fizerem M… Muitas Pessoas não acreditam mais Multinível, mas quem sabe um dia as Pessoas vão começar a acreditar novamente.

    • É verdade Daniel. Ainda existe muito preconceito com a prática.

    • Luiz Fernando

      Verdade.
      Conheça a Seven Opportunity.
      existe produto físico e Minearadora de Ouro no Pará.
      A empresa é Real!
      posso te passar mais detalhes.
      Abraço.

  • paulo

    o problema e que o marketing multinivel esta muito mal falado por conta dos esquemas de piramede! se quiserem uma oportunidade de negcio entrem em http://despertandoparanegocios.com/

  • Ramon Melo

    assistam esse video os interessados em trabalhar na area !
    link: https://www.youtube.com/watch?v=TGlDOqMsSg8

  • Yanna Pereira Teixeira Dutra

    Que tal ligar para fixos e celulares em até 100 Países de GRAÇA?

    Baixe e cadastre-se no Voxzap pelo link:

    https://voxzap.com.br/referrer/73090161760

    https://youtu.be/pjXRwnUPPeI

    • Luiz Fernando

      Conheça a Seven Opportunity.
      existe produto físico e Minearadora de Ouro no Pará.
      A empresa é Real!
      posso te passar mais detalhes.
      Abraço.

  • Melissa Algarrão

    Não seria interessante ganhar bem podendo fazer seu horário?
    https://vo.hinode.com.br/03561008

  • Rafael Cintra

    Bem interessante o artigo. Vale lembrar o poder das mídias sociais no seu negócio de Marketing Multinível hoje. Essencial usufruir delas.

  • Cláudia Rejane

    Marketing de Conteúdo, sempre com ótimos artigos. Procuro uma empresa italiana que faça MMN. Você conhece alguma? Até agora, vi apenas empresas dos EUA e Japão. Muito obrigada.

  • Luiz Fernando

    Olá Galera!
    Conheçam a Seven Opportunity, estou fazendo parte e estou obtendo resultados positivos!
    Existe produtos e a Própria Mineradora de Ouro.

    #goseven #MMN

    Posso passar mais detalhes.
    19 9 99440-7954

  • Emerson Martins

    Jequiti não é MMN. Fora isso excelente artigo.

  • João Flávio Citrangulo

    Gostaria de saber sua opinião sobre a Hinode? Eles, realmente, praticam o marketing multinível?

    • Adriana Kauffmann

      Sim João Flavio, a Hinode prática marketing multinível. A empresa tem hoje 29 anos de existência e após implementar o MMN a cinco anos atrás obteve um crescimento extraordinário de 30.000% somente nesse período. Se quiser saber um pouco mais da empresa estou a disposição.(11) 985255959 Adriana Kauffmann
      .

  • Quer uma empresa de MMN legítima? sigam o link
    http://prosperityclube.com/backoffice/cadastrar/41172

  • Lovec1g Mel & Arcelo

    Muito bom o Post, esta faltando a “Contém 1g Magic”, empresa que esta há 32 anos no mercado e foi a primeira empresa brasileira a trazer para o Brasil os famosos contratipos de perfumes importados. Produtos de alta qualidade, muitos lançamentos e agora também com sistema MMN. Quem quiser saber mais a respeito só contatar comigo: http://www.lovec1g.com.br . Abraço a todos e boas vendas!

  • Vivian Santana

    Otimo artigo! Eu trabalho com Marketing Digital e MMN e não há coisa melhor que trabalhar em casa e não ter que depender de empregos formais e cumprir horários exaustivos, recebendo ordens e enfrentando transito! Se quiser conhecer me chame no whatszap (31)9 9100-0723

  • Marcus Lima

    Matéria Super Realista com o Momento no MMN , especialmente no Brasil . pesquisa Realizada aponta que somente 0,2% da População Brasileira fazem MMN , olha o Gigantesco Mercado que temos pela frente . Estou no Grupo Hinode fazendo MMN com Visão Empresarial . contato comigo através do email – hinodefree10@gmail.com / loja http://www.hinodeonline.net/04664197

  • Geovanne

    Excelente modelo de negócios, comecei desenvolver o negócio com a Polishop há 4 anos, além dos altos ganhos financeiros hoje tenho uma excelente qualidade de vida, trabalhando 2 a 3h, viajando para lugares incríveis com tudo pago pela empresa e ajudando centenas de pessoas a ganharem muito dinheiro e mudarem suas vidas. O melhor de tudo é meritocracia, ganha mais quem trabalha mais, não existe dinheiro fácil, existe trabalho e resultado!!!! Vale a pena, estamos expandindo nossa equipe e ajudando pessoas do Brasil inteiro, faça parte da nossa equipe e obtenha grandes resultados. Whatsapp 61999165781

  • João Carlos

    De fato, um mercado gerador de polêmicas, muitas das vezes por falta de informação.
    Primeiro por que infelizmente, as pessoas não aprendem sobre negócios nas escolas tradicionais.
    Segundo por que, por tratar-se de uma atividade empreendedora, nem todos tem as habilidades natas, ou ainda não as desenvolveram e acabam quebrando.
    Terceiro, por que os esquemas de pirâmides, utilizam a metodologia do MMN para dar suporte às operações ilegais.
    Enfim, são tantas coisas…. Mas mesmo em meio a toda a polêmica vemos um crescimento da atividade no Brasil.

    Parabéns ao autor do post pelo conteúdo apresentado.

    Atenciosamente,

    João Carlos Ferreira
    SEO Brasil Vendas Diretas
    http://brasilvendasdiretas.com.br