homem pulando

7 metas de marketing de conteúdo que valem a pena

Você já sabe o que é o marketing de conteúdo – uma forma de alcançar seu público-alvo e potencializar sua marca através de um conteúdo relevante que atraia, envolva e, principalmente, converta.

No entanto, não basta apenas criar um blog, produzir ebooks, webinars, entre outros materiais diversos que podem promover sua marca e ajudar o consumidor.

É preciso também manter em mente quais devem ser as principais metas de marketing de conteúdo para a sua estratégia.

Estamos dizendo aqui sobre o que a sua empresa ou marca podem atingir por este tipo de marketing a longo prazo.

Esses objetivos são importantes para que toda a sua estratégia siga com clareza e para que você também possa medir a eficácia do seu planejamento entre diferentes intervalos.

Saiba quais são as principais metas do seu marketing de conteúdo que valem a pena:

1. Criar uma reputação de confiança com o público

Esta é a principal intenção de todos os estrategistas que dão seus primeiros passos com o marketing de conteúdo.

O poder de atração do conteúdo é bem conhecido: é dando informações relevantes para a sua persona que você conseguirá a atenção e consideração dela para a sua marca.

No entanto, algumas vezes as estratégias de marketing falham e não conseguem criar uma reputação através do conteúdo publicado.

O erro pode estar na falta de relevância do conteúdo, na linguagem adotada ou na ausência de personalidade da sua marca.

Por isto, é importante frisar todo o seu time na hora de produzir: conteúdo bom é aquele que, muito além de educar, consiga atrair o usuário, encantá-lo.

Em outras palavras, se o seu conteúdo não demonstra confiança ou interesse, ele não é um conteúdo eficaz.

2. Produzir conteúdo consciente da necessidade do consumidor

Uma segunda meta para a sua estratégia de marketing é produzir conteúdo que saiba bem identificar a necessidade (ou as necessidades) dos seus potenciais consumidores.

Para isto, é preciso que haja bastante conhecimento sobre quem é a sua persona – ou seja, o interlocutor imaginário dos seus artigos, ebooks, guias, tutorias, etc., baseado em informações verídicas recolhidas dos seus verdadeiros clientes.

A sua estratégia se torna muito mais fácil de ser aplicada com este tipo de entendimento acerca do seu consumidor – o que ele busca que o seu negócio pode oferecer?

Que dúvida/problema você pode ajudá-lo a resolver, ou que falta ele possui e que sua empresa pode suprir? Escreva conteúdo que desperte no consumidor uma necessidade de algo – e tenha certeza de que a eficácia de atração, nutrição e conversão da sua estratégia de marketing, ao longo prazo, será muito mais rentável.

3. Ter seu produto/serviço como uma solução para a vida do consumidor

Ao mesmo tempo que é importante estar sempre consciente da necessidade do consumidor, também é um objetivo essencial produzir conteúdo que coloque e sugira o seu produto/serviço como solução.

Isto é, saber, através de boas informações, oferecer o seu negócio como algo que pode, além de suprir uma necessidade do potencial cliente, facilitar sua vida e lhe proporcionar alguma solução.

Esta meta será uma consequência de um bom e longo trabalho em marketing de conteúdo.

É pelo trabalho construindo confiança e reputação para com seu público alvo, produzindo conteúdo que supra uma demanda deste público, que seu produto será cada vez mais percebido como algo que pode ser importante para a vida das pessoas.

Ele será facilmente considerado pelas novas leads como uma opção de compra e seu negócio poderá oferecer, portanto, mais do que uma simples transação, mas uma experiência – e esta é a meta que falaremos a seguir.

4. Associar sua marca a uma experiência

O que é oferecer – mais que um produto/serviço – uma experiência?

A resposta é muito simples: reforçando, mais do que os benefícios práticos do seu negócio, quais valores ou estilo de vida estão atrelados ao seu produto/serviço.

Para entendermos melhor o conceito de experiência, podemos lembrar de como grandes marcas se estabelecem no mundo de hoje: a Apple oferece, mais que computadores e celulares, a inovação; a Nike, mais do que tênis e artigos de esporte, oferece um estilo de vida atlético e saudável; a Coca-Cola, mais do que uma simples bebida, quer vender a felicidade ao abrir uma garrafa; a Tramontina, mais do que ferramentas de cozinha, quer oferecer profissionalismo para a cozinha da casa.

Como sua empresa pode alcançar esta meta pelo marketing de conteúdo?

Esses valores e estilos de vida são expressos através do conteúdo – uma das formas de oferecer experiência é através de educação, storytelling e materiais que tornem um consumidor um melhor usuário do seu produto/serviço.

Desta forma, um dos objetivos a longo prazo da sua estratégia deve ser, sim, associar a marca da sua empresa com alguma experiência.

5. Ter um fluxo constante de novos potencias clientes – e conversões

Seu marketing de conteúdo – e a sua própria empresa – só sobrevive pela entrada de usuários interessados, potenciais clientes e leads qualificados para uma compra, certo?

Sendo assim, manter um funil de vendas ativo e com um fluxo constante destes indivíduos deve ser um objetivo do seu time.

É importante lembrar que todas estas metas estão correlacionadas – ao mesmo tempo que você busca atingir uma, você está no caminho de atingir as outras.

Então, seja ao tentar criar conteúdo que toque a necessidade do consumidor, ou oferecer uma experiência juntamente com seu produto/serviço, você também estará criando reputação, incentivando a compra e, claro, impulsionando o seu funil de vendas com novos potenciais clientes e conversões.

6. Manter promoters da sua marca

Existe uma parcela de potenciais clientes – ou clientes já existentes – que foram tão bem-educados pelo seu conteúdo e tiveram tanto proveito com a experiência fornecida pelo produto/serviço que eles se tornam promoters da sua marca.

Isto é, eles passam a ser de meros compradores para verdadeiros publicitários, acompanhando os passos da sua empresa e recomendado para amigos e conhecidos o que sua empresa tem a oferecer.

Vale lembrar aqui: a recomendação feita de um consumidor a outro consumidor é incrivelmente poderosa e é algo que poucas empresas podem contar. Portanto, faça este um de seus propósitos!

7. Bons resultados através de SEO

Por fim, há uma meta mais objetiva e que pode ser mais facilmente avaliada: a de manter seu site/blog em bons resultados nas principais ferramentas de pesquisa, como o Google.

Você já conhece o termo SEO – Search Engine Optimization, ou em bom português, Otimização de Ferramentas de Pesquisa.

Trata-se das boas práticas no seu conteúdo – como uso de termos relevantes, hyperlinks internos e externos, social share – que garantem uma melhor colocação nos resultados de pesquisa de diversas palavras-chave.

Se você perceber que o tráfego do seu site/blog proveniente de resultados de pesquisa está cada vez maior – e se sua posição no ranking de resultados de pesquisas está cada vez mais alta – significa que seu planejamento em marketing está gerando frutos!

Também quer dizer que você provavelmente estará perto de alcançar (ou já terá alcançado) as metas acima – provando que sua estratégia em conteúdo é irremediável.

Tem mais alguma dúvida sobre as metas de marketing de conteúdo que valem a pena? Escreva um comentário para a gente!

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!