4 métricas de Marketing Digital que são relevantes para seu chefe

18 métricas de Marketing Digital que são relevantes para seu chefe

Numa época onde as empresas estão enfrentando uma concorrência ferrenha e o consumidor mudou sua forma de agir, pensar e consumir, o marketing atinge o ápice do seu papel no mercado. Porém, até mesmo o marketing já não é mais o mesmo de outrora, onde anunciávamos aos quatro ventos e esperávamos atingir o maior número de pessoas aleatoriamente.

Hoje as coisas são feitas com mais precisão e os negócios buscam seu público alvo. E nada é mais eficaz para isso do que o marketing digital. Nessa nova realidade e nesse complexo contexto, a internet surge como a melhor alternativa de adquirir novos consumidores. O mundo virtual é cada vez mais presente na vida das pessoas e as ações de comunicação que os empreendimentos estão se valendo são cada vez mais online e com objetivos que não são apenas a venda direta, mas também tornar esse cliente um parceiro e comprador contumaz, ampliando a rede de relacionamentos.

New Call-to-action

Mas para que isso surta o efeito que se deseja, é preciso ter controle. E o jeito de conseguir isso é através das métricas de marketing digital. Quer descobrir quais são aquelas mais essenciais e relevantes para seu chefe? Leia o texto a seguir e descubra:

1.Custo de aquisição de clientes (CAC)

Essa métrica, como o próprio nome diz, define o custo total de seu marketing e vendas para a aquisição de novos clientes. Ela mostra todos os gastos em publicidade, além de salários, comissões, horas extras e bônus concedidos para as equipes em um período de tempo determinado. Depois de calculado, divide-se pelo número de novos clientes pelo tempo estipulado. Por exemplo, se você gastou 300 mil reais em marketing e vendas em um mês e adicionou 30 novos clientes, seu CAC é de 10.000 reais.

2.Custo do marketing na aquisição de clientes

Essa métrica define quanto o marketing efetivamente gastou no CAC. Ela é interessante porque ajuda a ver quando suas estratégias estão mais ou menos eficazes, de acordo com as mudanças nesse valor. Se o custo do marketing na aquisição de clientes aumentar, isso pode significar que você está gastando muito nessa área, que seus custos de vendas estão mais baixos ou que o retorno não está sendo tão bom quanto o esperado. Para calcular, basta efetivamente subtrair o que foi gasto efetivamente na execução da propaganda do valor total gasto para adquirir novos clientes. Um exemplo: Se sua empresa tem um CAC de R$ 10.000 por cliente, basta subtrair os demais custos (vendas, suporte) e você saberá a parte do marketing neste valor.

3.Lifetime Value

Lifetime Value, que em português que dizer “valor do tempo de vida” consiste numa métrica que estipula o valor atual do cliente comparado ao que você gastou para trazê-lo até seu negócio. Ao calcular isso, você pode redefinir estratégias e mirar na satisfação do cliente a longo prazo. É uma forma eficaz de saber aproximadamente quanto cada consumidor efetivamente rende e decidir com mais embasamento os investimentos em marketing para aquele público alvo. O cálculo consiste, basicamente, em coletar certas informações dos seus consumidores e da inteiração deles com as ações desenvolvidas para atraí-los e retê-los: as estratégias de relacionamento.

Isso dará boa ideia do que esperar desse comprador e também embasamento para decidir quanto vale gastar para mantê-lo. Para começar, é preciso saber com que freqüência esse cliente compra o tempo médio que ele passa se relacionando com a empresa. Em linhas básicas, é o valor médio de uma compra, multiplicado pelo número de vezes que ele faz essa transação, multiplicado pelo tempo de retenção dele na empresa (meses ou anos para um freguês típico). Garantir um Lifetime Value melhor dá para a empresa o suporte necessário para crescer.

New Call-to-action

4.Tempo de retorno do investimento

Essa métrica mostra o tempo que você leva para receber de volta o valor que investiu para conquistar aquele cliente. Consiste no número de meses que você leva para ganhar de volta o CAC você gastou para conseguir um novo freguês. Ela é interessante, pois demonstra efetivamente quanto tempo você levará para ganhar dinheiro de verdade. Se você tem um cliente contumaz ou que consomem de forma mensal, por exemplo, geralmente é desejável que o retorno chegue antes de 12 meses. Isso quer dizer que o novo consumidor se tornou “rentável” em menos de um ano e então você começa a ter o verdadeiro retorno.

5.Retorno sobre investimento (ROI)

Em qualquer negócio, essa é provavelmente a métrica mais importante para o investidor. Ela mensura o rendimento adquirido após o investimento de uma determinada quantia de recursos. É considerada uma das mais importantes KPI’s (indicador-chave de desempenho), e é calculada subtraindo o Investimento Inicial do Retorno e depois dividindo o resultado pelo Investimento Inicial. A fórmula fica da seguinte maneira:

ROI = (Retorno – Investimento Inicial)/Investimento Inicial

Desse modo, se o Ganho Obtido for R$ 1.800,00 e o Investimento de R$ 1.000,00, obtém-se o resultado de 0,8. Resumindo, o investimento obteve um retorno 80% maior que o investimento. Veja o cálculo abaixo:

(R$ 1.800,00 – R$1.000,00) / R$ 1.000,00 = 0,8

6.Taxa de abertura de emails

Uma das mais importantes métricas para email marketing é a taxa de abertura. Para defini-la, basta dividir o número de pessoas que receberam a mensagem pelo número de usuários que a abriram. Essas informações são relevantes porque demonstram a perfomance de títulos, conteúdo, design, formato; e o índice de engajamento do internauta com a sua marca. Assim, se o seu mailing possui 10.000 contatos e 1.000 abriram a sua última mensagem, o cálculo fica: 10.000 / 1.000 = 10.

Cabe ao empreendedor testar quais os métodos obtém os melhores resultados e aplicá-los nos próximos emails.

7.Custo por Clique (CPC)

Essa é uma métrica muito usada para medir a efetividade de campanhas de links patrocinados. Ela calcula a média do valor pago por clique em plataformas de Ads como o Google Adwords, o Bing Ads e o Facebook Ads. Se o objetivo do seu negócio é gerar tráfego para uma página de destino, essa é uma métrica muito importante pois, assim, é possível avaliar quais as plataformas e palavras-chave vêm obtendo melhores resultados.

8.Tráfego Total

O tráfego total é, em resumo, o número de usuários que acessam um website, e pode se referir ao tráfego adquirido ao longo da vida ou em um determinado período de tempo. Para calcular o tráfego total, basta somar todo o tráfego destinado à página principal às outras páginas de um site. De fato, uma das mais importantes métricas de marketing digital.

9.Fontes de Tráfego

As fontes de tráfego representam a fatia percentual de cada canal utilizado pelos usuários para chegar a um site. Um internauta pode chegar a uma página de destino através de tráfego direto (quando a URL é digitada direto no navegador), links em outros sites (quando há um backlink redirecionando para a sua página), links patrocinados (quando chegam à página através de anúncios), resultados de buscas (quando o usuário faz uma pesquisa em um buscador e encontra a página) ou através das redes sociais.

10.Taxa de Rejeição

Também conhecida com Bounce Rate, trata-se da porcentagem de usuários que abandonaram um site visitando uma única página de destino. Assim, é possível medir a efetividade de um site. Quando a taxa de rejeição apresenta números elevados, significa que é preciso fazer modificações, como mudança de design, troca de calls to action (chamada para a ação) ou puramente de usabilidade.

11.Taxa de Cliques (CTR)

CTR, em inglês, significa Clickthrough Rates, e é calculado dividindo número de cliques pelo número de vezes em que ele foi exibido. É uma métrica importante pois calcula a efetividade de um anúncio, e é medida em percentual. Plataformas como o Google Adwords dão a opção do pagamento por impressões, então pode ser um diferencial para obter melhores resultados pagando menos. Desse modo, se o seu anúncio teve 10.000 impressões e 100 cliques, temos:

100/10.000 = 0,01%

12.Tempo de Permanência no site

O tempo de permanência revela o índice de engajamento de um site. Se a média de tempo que os usuários permanecem em um site está baixa, devem ser verificadas as razões. São muitos os motivos para que um usuário fique pouco tempo nas páginas de destino, como conteúdo de pouca qualidade, páginas de destino com erros, mal carregamento de páginas, questões de experiência do usuário ou simplesmente pelo site não ter design responsivo (comportado por dispositivos móveis).

13.Taxa de Conversão (CVR)

A taxa de conversão depende do que você define como tal. Uma conversão pode ser a realização de uma venda, a inscrição em uma newsletter, o download de um documento, etc. Para realizar o cálculo, basta dividir o número de usuários que chegam a uma página de destino pelo número de conversões efetivadas.

14.Engajamento

O engajamento é uma métrica utilizada principalmente no monitoramento de redes sociais. Ele pode variar de plataforma para plataforma, mas, em geral, trata-se do número de interações efetuadas pelos usuários com uma postagem ou página. Comentários, compartilhamentos, menções, curtidas, cliques em links, alcance, entre outras, são métricas relacionadas ao engajamento, e é possível calculá-las individualmente ou como um todo. Dependendo do objetivo, algumas poderão ser mais importantes que outras, então é necessário ter bem definidos os objetivos estratégicos.

15.Taxa de respostas

A taxa de respostas é relacionada ao SAC de um negócio digital. Divide-se o número de mensagens recebidas pelo número de respostas e assim obtém-se o percentual de vezes que uma solicitação foi atendida. Pode-se incluir as menções sociais nesse cálculo. É importante ter uma alta taxa de respostas pois o consumidor contemporâneo exige ser atendido nos diversos canais em que uma empresa possui presença digital. Vale ficar de olho em comentários em redes sociais e no blog, em serviços específicos no site e em redes como o Reclame Aqui!.

16.Tempo de respostas

O tempo de resposta é a média de tempo que um usuário leva para obter um retorno da empresa. Trata-se de uma métrica relevante, pois a agilidade diante das solicitações dos usuários são extremamente eficazes em questões de branding e suporte.

17.Custo por lead

O custo por lead é semelhante ao custo por aquisição de cliente, porém, como o próprio nome diz, se refere ao volume de leads adquiridos. Para calculá-lo, basta dividir o investimento total para campanhas específicas pelo número de contatos adquiridos.

18.Índice de Retorno

O índice de retorno é a métrica que revela quantos usuários retornaram a um site. Ele revela o quanto um internauta se engajou com um site, ou seja, se encontrou relevância no conteúdo produzido e gostou da navegabilidade. Em suma, se foi útil para ele de alguma forma.

Essas são as dezoito das métricas mais relevantes para qualquer negócio e, conseqüentemente, para seu chefe. Ter uma visão holística de como a empresa está se relacionando com o cliente e também de como o seu público alvo está chegando até você pode ser de extrema importância para realinhar estratégias, redefinir investimentos e direcionar melhor sua atenção e seu capital.

A maioria desses índices não é complexa de se calcular e isso deve ser feito de forma constante e precisa. Em tempo de alta concorrência e mercado consumidor extremamente exigente, isso pode ser o diferencial que faltava para lançar definitivamente sua empresa na trilha do sucesso. Não deixe de medir!

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!