miopia em marketingmarketing one to one é uma ferramenta que surge, justamente, no momento em que o consumidor anda cada vez mais exigente e em busca de um vínculo mais duradouro e personalizado com as empresas com as quais se relaciona.

">

Miopia em marketing: Descubra o que é e como evitar

Entenda o que é a Miopia e Marketing e como evitá-la na sua empresa!

Responda rápido: na hora de elaborar uma estratégia de marketing, você pensa mais: a) nas características do produto ou serviço que você quer vender ou b) nas necessidades e desejos do seu público-alvo?

Se você respondeu com a), é muito provável que esteja sofrendo de um probleminha de visão chamado de miopia em marketing. Já ouviu falar?

Então continue a leitura para descobrir o que ele é e saiba agora mesmo como corrigi-lo para não ficar andando às cegas no planejamento das suas campanhas!

Quem sabe esse artigo não vai ser o oftalmologista de que a sua empresa estava precisando?

Diagnóstico: o que é miopia em marketing?

Esse probleminha de visão empresarial foi identificado pela primeira vez pelo economista estadunidense Theodore Levitt, na década de 1970.

Quando falamos da medicina, as pessoas míopes são aquelas que conseguem ver nitidamente objetos bem próximos, mas cuja visão fica embaçada para aquilo que está mais longe, certo?

Pois na miopia dos marketeiros, o que acontece é bem parecido com isso.

No lugar de ver todo o contexto ao redor da empresa (ou, em alguns casos, de um produto ou serviço em específico), o míope só enxerga aquilo que está bem perto dele.

Com isso, aspectos como o cenário mercadológico ou as necessidades dos consumidores acabam sendo negligenciados.

Sintomas: como ela afeta os seus negócios?

Um exemplo simples de miopia dentro das empresas é quando ela está tão concentrada em suas questões internas que não consegue nem ao menos se definir externamente do jeito certo.

É o caso de uma empresa que vende notebooks e seus acessórios e acredita pertencer ao setor de “computadores” quando, na verdade, se enquadra em “tecnologia”.

Parece um erro bobo, mas se pararmos para refletir, notamos que todo o público-alvo (entre muitos outros fatores!) muda completamente de um para o outro.

O que significa que a empresa estaria focando suas ações no consumidor errado e, portanto, fadada ao fracasso.

Outro sintoma clássico é quando a visão do marketing começa a se limitar ao que está perto, ou seja, ao produto ou serviço oferecido pela empresa.

Tanto que ele se esquece totalmente de considerar a satisfação do cliente ou de renovar suas estratégias constantemente!

Quando isso acontece, são produzidas peças que não cativam em nada o consumidor almejado ou, no pior dos casos, causam sua repulsa por irem de encontro às suas crenças, valores ou necessidades.

Solução: óculos para o problema de visão da empresa

A boa notícia é que a miopia em marketing tem tratamento! Confira algumas atitudes que vão servir de óculos de grau para a sua empresa enxergar tudo o que é importante para o seu sucesso:

1. Observe de perto as pesquisas de satisfação

O primeiro passo aqui, claro, é fazer as pesquisas de satisfação, e para isso é importante conferir que canais (on- ou offline) melhor funcionam para a sua persona, assim como quais questões são mais relevantes para elaborar o questionário.

Em seguida, vem a parte de analisar os resultados para entender exatamente o que está dando certo ou errado no relacionamento entre o negócio e seus clientes.

Com uma observação cuidadosa desses dados, você só não vai ver o que está acontecendo fora da empresa se não quiser!

2. Não perca de vista os canais de comunicação on-line

Após analisar suas pesquisas de satisfação, não se esqueça de que o consumidor também se manifesta espontaneamente sobre a sua empresa, sem ser consultado, principalmente on-line!

Diversas ferramentas grátis de monitoramento das redes sociais podem ajudá-lo na tarefa de vigiar o que está sendo dito por aí sobre o seu negócio.

Abrir espaço para que a comunicação também aconteça por esses canais — o famoso Serviço de Atendimento 2.0 — é outra atitude imprescindível (leia aqui tudo o que você precisa saber sobre o SAC 2.0).

Além de permitir que você fique de olho e responda o mais rápido possível comentários negativos, o monitoramento serve, ainda, para identificar oportunidades no mercado.

Um exemplo é o bombom Lollo, da Nestlé: foi pelas redes sociais que a empresa percebeu que o chocolate (que tinha ficado anos fora do mercado) estava de novo na boca (ou no teclado!) das pessoas.

Aproveitando essa chance, a Nestlé relançou o produto com uma campanha voltada para a nostalgia que estava no ar nas mídias sociais.

Resultado: hoje ele é um hit de vendas, tudo porque a empresa soube ouvir seus consumidores!

3. Fique de olho na concorrência

Mais um sintoma clássico da miopia no setor de marketing de uma empresa é não enxergar o que a concorrência está fazendo.

Como consequência, acabam tomando um susto aparece uma ação inesperada e os concorrentes arrebatam as vendas que poderiam ter sido do seu negócio!

Para fugir disso, a solução é não perdê-los de vista e analisar as estratégias deles o mais a fundo possível.

Quer um exemplo de alguém que tropeçou e quase caiu feio porque não estava olhando bem para a concorrência? Hollywood!

Com sua visão totalmente limitada à indústria cinematográfica — sem enxergar o mercado mais amplo do entretenimento, ao qual pertence —, a gigante quase foi dizimada pela televisão em seus primórdios.

Na época, o primeiro problema a ser levantado foi: por que alguém sairia de casa para assistir algo se agora poderia fazer isso no conforto do próprio sofá, de pijamas e tudo?

Por sorte, o diagnóstico da miopia foi feito a tempo, e logo Hollywood conseguiu se recuperar com uma cirurgia a laser para nunca mais deixar de ver os concorrentes, diretos e indiretos.

4. Corrija a visão dos funcionários também

Se a miopia “de verdade” não é contagiosa, saiba que quando falamos no marketing, ela pode ser.

É preciso, então, prevenir para que ela não se alastre de um funcionário para todo um setor, colocando o departamento inteiro em quarentena!

Não basta que uma ou outra pessoa esteja usando os óculos que corrigem o probleminha. Todos os colaboradores devem estar constantemente atentos a todos os fatores englobando a empresa.

Aliás, como a miopia em marketing só tem tratamento, mas não cura (correndo o risco de voltar a qualquer momento!), o melhor é que cada um seja, a todo tempo, as lentes de contato do outro.

Com todos trabalhando individualmente para evitar a miopia do grupo, a empresa tem muito mais chances de não negligenciar uma pontinha de ice berg que parece minúscula de longe, mas pode afundar o negócio inteiro se ele não desviar a tempo.

Pensando nisso, que tal pensar em cuidar melhor do treinamento do seu time de marketing? Saiba como e por que nós treinamos nossa equipe na Rock e aprenda com os nossos erros e acertos!