Links patrocinadosmarketing digital é um conceito muito amplo, com inúmeras estratégias e combinações de táticas eficientes, usadas sempre com o mesmo objetivo: a conversão.

">

O que são links patrocinados? Saiba como eles podem ser úteis para sua estratégia!

Você sabe o que são links patrocinados? Saiba como eles podem ajudar na sua estratégia de marketing e trazer resultados rápidos.

O marketing digital é um conceito muito amplo, com inúmeras estratégias e combinações de táticas eficientes, usadas sempre com o mesmo objetivo: a conversão.

Conquistar clientes pela web envolve quase sempre percorrer o mesmo caminho: atrair tráfego, gerar leads, nutri-los e, por fim, fechar a venda.

A forma mais destacada hoje em dia é o chamado tráfego orgânico, ou seja, quando as pessoas chegam ao seu site de forma espontânea, sem o uso de anúncios.

Mas, os links patrocinados também são uma ótima opção para atrair o público, e não devem ser descartados.

Vale a pena aprender como usá-los da melhor forma para conseguir excelentes resultados, e é isso que vamos te mostrar agora!

Neste post você vai descobrir:

  • O que são links patrocinados?
  • Por que usar links patrocinados na sua estratégia digital?
  • O que você deve considerar antes de usar links patrocinados
  • 5 benefícios dos links patrocinados para a sua estratégia
  • Como usar links patrocinados: 4 passos rumo ao sucesso

O que são links patrocinados?

De forma simples, podemos dizer que os links patrocinados são anúncios em forma de texto simples. A forma mais conhecida em que eles se encontram é nos mecanismos de busca.

No topo dos resultados, aparecem alguns sites em destaque com a identificação que se tratam de anúncios. Esses são links patrocinados.

Nos últimos anos surgiram também os anúncios nas redes sociais, que vêm ganhando cada vez mais força. Entre os vários formatos disponíveis, estão os links patrocinados.

Eles normalmente são separados em:

  • CPC (custo por clique): a cada clique no link, o anunciante paga;
  • CPM (custo por mil impressões): quando o anúncio atinge mil visualizações, ou impressões, o anunciante paga;
  • CPA (custo por ação): só é cobrado quando o usuário realiza alguma ação no site do anunciante;
  • CPV (custo por visualização): para cada pessoa que ver o anúncio, é pago um valor.

Os valores pagos dependem do modelo e da palavra-chave escolhidos pelo anunciante, cada um contando com suas vantagens e características.

Por que usar links patrocinados na sua estratégia digital?

Por um lado, há quem concentre praticamente todo o orçamento de marketing em anúncios, incluindo os links patrocinados.

Por outro, alguns abominam completamente essa estratégia, julgando que ela faz parte dos métodos antigos e ineficientes do marketing e que é hora de dar atenção apenas a táticas orgânicas.

No fim das contas, quem está certo? É claro que cada um deve decidir como cuidar do próprio negócio e quais são os princípios que deve seguir.

Mas o melhor caminho mesmo é encontrar o equilíbrio entre as táticas de marketing orgânicas e as pagas.

Nesse caso, há bons motivos para investir em links patrocinados! Essa estratégia possui vários benefícios. Ela é:

Fácil de escalar

Você pode iniciar uma campanha com poucos recursos e aumentar o investimento conforme obtiver retorno para a sua empresa.

Essa é uma boa alternativa para quem está começando e não quer arriscar demais caso as coisas não ocorram como esperado.

Se o seu medo era esse, talvez seja uma boa hora para se preparar e considerar o uso links patrocinados.

Simples de mensurar

Hoje em dia não há espaço para realizar qualquer ação de marketing que seja sem ter condições de medir propriamente os resultados e fazer ajustes.

Sabendo disso, as plataformas de anúncios contam com ferramentas muito poderosas de análise de métricas e fornecem relatórios com todas as informações que você precisa.

Usando esses dados, você poderá reavaliar a forma como está trabalhando nas campanhas e garantir que o investimento não seja perdido.

Rápido para otimizar

Encontrou problemas enquanto analisava os relatórios de progresso das suas campanhas? Sem problemas, as plataformas oferecem formas rápidas e práticas de mudar qualquer elemento de uma campanha.

Dessa forma, você não fica preso a uma decisão inicial errada, e tem poder real sobre o dinheiro que está sendo gasto.

Essa agilidade é importante também na hora de otimizar a campanha caso ela esteja indo bem e você decida ampliar seu alcance.

Feito pensando na segmentação

Um problema associado aos anúncios tem muito a ver com a ideia tradicional que temos em relação ao Outbound Marketing.

É comum ver panfletos sendo jogados para qualquer um que aceite ou comerciais de TV que vendem para “qualquer um”.

Com os links patrocinados essa técnica de “atirar para todo lado” não é usada. Pelo contrário, eles têm evoluído com o passar dos anos, levando em conta a segmentação de público.

Isso significa oferecer produtos e serviços apenas para quem mostrou real interesse de compra neles. Assim, você é quem escolhe quem vai ver o seu anúncio.

O que você deve considerar antes de usar links patrocinados

Certo, você se convenceu de que vale a pena usar links patrocinados como parte do seu plano de marketing. E agora?

Não basta sair por aí comprando anúncios e criando campanhas sem um bom preparo inicial.

Enumeramos alguns elementos importantes para considerar e que farão toda a diferença no resultado final do investimento.

Custos envolvidos

Já falamos que é possível gastar o quanto você bem entender e que não é necessário dispor de um orçamento muito grande.

Mas isso não elimina a necessidade de considerar os custos.

Primeiramente, é preciso lembrar que quanto menor o valor aplicado, mais vai demorar para ver resultados substanciais. É sua tarefa encontrar o valor ideal que trará o balanço nesse sentido.

Além disso, você deve considerar quem vai cuidar das campanhas: um profissional interno ou um especialista terceirizado.

Tempo de retorno

O tempo de retorno rápido é um dos pontos altos dos links patrocinados, mas dependerá também dos seus objetivos. Como assim?

Se tiver uma meta muito ambiciosa, você terá duas opções: a primeira é reinvestir aos poucos e demorar mais tempo para alcançá-la.

A segunda é aplicar uma quantia considerável logo no início e iniciar uma campanha maciça para gerar bastante tráfego em pouco tempo.

Erros comuns

Fique atento aos erros comuns que muitos cometem ao trabalhar com links patrocinados.

Marketing digital não é mágica, exige planejamento e execução precisos para dar resultados.

Infelizmente, muitos empreendedores ainda insistem em realizar estratégias pela metade e culpar os métodos depois.

É fundamental ser cuidadoso em cada etapa do processo, desde a escolha de palavras-chave até os canais escolhidos para anunciar.

Variedade de canais

Muita gente pensa que links patrocinados se resumem ao Google.

Se formos pensar só em mecanismos de busca, ainda tem o Bing, segundo mais utilizado no mundo..

Mas, além deles, as redes sociais oferecem hoje uma variedade imensa de anúncios, que incluem links patrocinados em forma de postagens.

Explorar as diferentes opções e considerar quais delas fazem sentido para a sua marca vai te ajudar a não ficar preso em apenas um canal.

Conteúdo especializado

Como é importante entender o que leva a criação de campanhas eficazes e anúncios que convertem, nada melhor do que buscar material e ferramentas que ajudem nisso, não acha?

Aqui mesmo no blog nós já produzimos diversos materiais de apoio, como esses guias básicos para a criação de anúncios em vários tipos de sites:

Além disso, temos também alguns materiais mais avançados e artigos próprios para quem deseja se aprofundar um pouco no assunto, como esses:

5 benefícios dos links patrocinados para a sua estratégia

Quem investe quer saber também a respeito do retorno que vai receber.

Então, nada mais justo que apontarmos aqui os benefícios dos links patrocinados para uma estratégia de marketing.

Separamos 5 deles, que mostram de uma vez por todas que não se trata de uma ação vazia ou superficial, e sim um modo eficaz de obter lucro, desde que seja conduzida da maneira certa.

De modo geral, essa forma de marketing:

Tem retorno rápido

Gerar tráfego orgânico é uma ótima opção, mas leva muito mais tempo do que estabelecer uma estratégia com links patrocinados.

É verdade que esse retorno mais rápido também dura menos, mas pode ser realizado até que as estratégias orgânicas comecem a fazer efeito.

Com essa união das duas abordagens, você tem retorno desde o início.

Aumenta as conversões

Anúncios bem-feitos atraem pessoas que realmente possuem intenção de compra e conseguem convencê-las a agir diante da oferta apresentada.

Em outras palavras, se você for eficaz na criação dos seus anúncios, terá um bom índice de conversão e, consequentemente, retorno positivo sobre o valor que gastou.

Amplifica outras estratégias

Links patrocinados ajudam também a amplificar as suas outras estratégias, como Marketing de Conteúdo, SEO e presença nas redes sociais. De que forma?

Todas essas estratégias são orgânicas.Os links patrocinados vão ajudar a acelerar seus resultados naturalmente, por colocar os usuários em contato com a sua marca mais rapidamente.

Diminui os custos de marketing

A conta é simples. Aumento nas conversões, aceleração de estratégias orgânicas e retorno rápido são fatores que certamente irão contribuir com a diminuição dos custos de aquisição.

É por isso que batemos tanto na tecla de que marketing não deve ser considerado uma despesa. Quando bem-feito, ele ajuda até mesmo a diminuir custos.

Fortalece a marca

O contato direto com o público ajuda a manter a sua marca constantemente na mente das pessoas que você deseja conquistar.

Ao verem que a sua empresa tem um plano sólido de divulgação, essas pessoas se sentirão mais inclinadas a ouvir qual é a sua mensagem e respeitar mais a marca, antes mesmo de entrar em contato com ela.

Como usar links patrocinados: 4 passos rumo ao sucesso

Já explicamos quase tudo que você precisa saber sobre links patrocinados, mas não podíamos deixar você ir sem antes mostrar o passo a passo rumo ao sucesso com eles.

São 4 passos importantes e que se forem seguidos de maneira eficaz vão compensar seu investimento em mídias pagas:

1. Escolha os canais que vai usar

Com tantos canais à disposição, o primeiro passo é escolher quais deles você vai usar. Entre as principais alternativas estão, atualmente:

Como escolher entre tantas opções?

Considere quais são os canais nos quais a sua persona está, ou seja, aqueles canais que ela acessa com maior frequência. Essa é a regra de ouro!

2. Selecione as palavras-chave

As palavras-chave têm papel indispensável no sucesso ou fracasso de um anúncio.

O que você precisa saber é que as palavras com maior volume de buscas possuem um valor mais alto por clique.

Além disso, palavras muito disputadas são, naturalmente, mais difíceis de vencer no leilão que ocorre nesse tipo de anúncio.

Sua missão é selecionar palavras-chave relevantes, mas que não sejam caras demais e acabem dando prejuízo.

3. Monte uma escala de divulgação para cada canal

Depois de definir os canais que vai usar e as melhores palavras-chave, é preciso montar uma escala de divulgação para cada um desses canais.

Essa escala precisa conter os horários e segmentação escolhidos para os respectivos canais.

Talvez você decida que é melhor variar um pouco as características das campanhas dependendo do canal, e essa escala ajuda a manter tudo bem organizado.

4. Mensure os resultados

Por fim, não poderíamos encerrar de outra forma senão dizendo para que você mensure bem os resultados.

A mensuração é o que te permitirá saber o que pode ser mantido e o que precisa de ajustes.  Faça tanto a análise geral quanto separando os canais individualmente.

Assim, você poderá ver em quais deles compensa investir mais, se algum deve ser deixado de lado, se há problemas com uma campanha específica, entre outros indicadores que merecem atenção.

Se fizer isso, sempre terá anúncios atraentes, que captam o interesse dos usuários e os levam à ação.

Investir em links patrocinados não pode ser a sua única estratégia, mas inclui-lo em um planejamento maior, que envolve bom conteúdo, SEO e landing pages bem feitas, com certeza, vai acelerar e otimizar os seus resultados.

Todo anúncio leva a uma página que busca converter os visitantes, certo? Então veja agora o nosso guia para criar landing pages que convertem!