homem fugindo de promoções

Por que você precisa parar de vender em seu marketing de conteúdo

Esse artigo é uma adaptação do artigo da Newscred. Você pode conferir o original em inglês aqui.

—————————————————————————————————————————————–

Talvez você ainda não saiba, mas o marketing de conteúdo não é uma estratégia de marketing exclusiva do mundo digital, como muitas pessoas acreditam.

Lá em 1900, por exemplo, a Michelin, famosa fabricante de pneus, desenvolveu um Guia que dava dicas de inúmeros restaurantes, hospedagens e manutenção para veículos.

guia da michelin

E como era de se esperar, essa publicação criou um engajamento considerável entre seus leitores que, consequentemente, acabavam por comprar pneus da empresa, uma vez que já tinham um certo relacionamento e confiança na marca.

A grande diferença é que hoje utilizamos os canais digitais como principais condutores e disseminadores de conteúdo e informação.

A internet permitiu e favoreceu que se formasse um elo entre a empresa e o cliente, estreitando relacionamentos e possibilitando que as empresas pudessem encantar clientes e potenciais clientes através de novas e várias estratégias.

Com isso, o número de vendas sempre tende a aumentar, possibilitando que muitas empresas pudessem se destacar em um mercado cada vez mais competitivo.

No entanto, muitos marketeiros e estrategistas teimam em promover produtos e serviços através de propagandas incessantes nos conteúdos que elas produzem.

E isso deve acabar de uma vez por todas!

Por que devo parar de vender produtos e serviços através do conteúdo?

  1. O conteúdo serve única e exclusivamente para ajudar um possível comprador. E, ao fazer isso, você estará ajudando e contribuindo para o crescimento da sua empresa.
  2. Empresas de pequeno, médio e grande porte precisam pensar e agir como verdadeiras referências em suas áreas de atuação. Daí a importância de criar conteúdos informativos e que as pessoas realmente desejam receber. Feito isso, aí sim sua empresa deve inserir propagandas e anúncios (na hora certa).
  3. Somente anúncios e propagandas não funcionam. Os clientes tendem a abandonar ou bloquear empresas que enchem suas caixas de e-mail e redes sociais somente com propagandas e nenhum tipo de conteúdo relevante.
  4. Os conteúdos que são produzidos e que focam nos clientes e possíveis clientes com certeza serão mais compartilhados e terão maior alcance, conversão e ROI.

Você sabe o que é e como funciona o marketing de conteúdo?

A definição mais interessante e completa a respeito do que o marketing de conteúdo é e o que ele representa hoje é que ele funciona como uma sobreposição entre o que as marcas querem dizer e o que os compradores estão realmente interessados em receber, através de conteúdos informativos e relevantes dessas empresas.

Ao mesmo tempo que inúmeras empresas pensam estar praticando o marketing de conteúdo na rede, com inúmeros textos e artigos desinteressantes e sem nenhum teor informativo, várias outras são verdadeiros mestres na arte de educar clientes e potenciais clientes, produzindo conteúdos top de linha que ganham inúmeras curtidas, comentários e são compartilhados a todo momento.

Hoje muitas marcas ainda acreditam que somente uma tonelada de anúncios e materiais promocionais atingem efetivamente os clientes, a fim de fazer com que eles comprem de suas empresas.

Mas o consumidor de hoje já não pensa mais assim.

Quando alguém pensa estar pronto para comprar, um enorme processo de pesquisa se inicia, a fim de obterem as informações necessárias a respeito de onde comprar e de quem comprar.

E é a partir dessa pesquisa feita pelo consumidor que qualquer empresa que realmente deseja se destacar precisa trabalhar duro para desenvolver uma boa estratégia de marketing de conteúdo a fim de captar e encantar esses possíveis clientes.

Os melhores conteúdos são vistos, lidos e compartilhados

E para que isso realmente aconteça é essencial que ele seja útil, educacional e que tenha o poder de entreter o seu público-alvo.

O maior erro dos gestores de marketing é compartilhar conteúdos que evidenciam demais o quanto a empresa é boa, o quando ela é prestativa, o quanto ela é isso ou aquilo. Pare agora!

Acho necessário citar aqui uma das primeiras líderes do marketing de conteúdo, Ann Handley, que afirmou que a melhor forma de praticar essa estratégia é levando sua marca (ou produto) para fora da sua história, fazendo com que seus clientes e potenciais clientes sejam os verdadeiros heróis da história da sua marca.  

A verdadeira estratégia de sucesso de conteúdo procura ajudar e guiar o consumidor em um caminho onde ele possa, por fim, confiar na sua empresa e comprar dela.

Ao fazer isso, você não só ganha a confiança de cada um deles, como também o respeito e a atenção, sempre que quiser.

Por fim, esqueça a ideia de adicionar um campo promocional ou anúncios diretamente no conteúdo que sua empresa produz, pois os leitores certamente não gostam e não pensarão duas vezes antes de sair do seu site/blog e olhar o que a concorrência tem a oferecer.

Você ainda não acredita? Então faça o teste e comprove!

Ao fazer o comparativo através dessas duas estratégias tão diferentes, você e outros colegas de trabalho poderão evidenciar o quão rentável e lucrativo pode ser para a empresa investir em conteúdo de qualidade e não apenas em anúncios e campanhas desenfreadas.

Um negócio que procura empurrar propaganda e anúncios para seus possíveis clientes só conseguem um número mínimo de leads realmente qualificados.

Essas propagandas até podem atingir muitas pessoas, mas a conversão é mínima.

Mas o que deve ser feito?

O instinto natural de um bom gestor de marketing de conteúdo é obter novos leads através de conteúdos de liderança, que possam evidenciar o quão boa a empresa pode ser na hora de entregar aquilo que o potencial cliente realmente quer, além de relatórios, pesquisas e white papers que sejam focados no público-alvo.

Caso você queria fazer o teste, não há dúvidas de que promoções e anúncios geram pouquíssimos resultados com relação ao número de leads qualificados.

Já a produção de conteúdo relevante e que foca no cliente certamente gerará um volume maior de leitores e também de leads qualificados para sua empresa.

Sabe o que mais?

Muitas vezes o marketing nos surpreende e pode nos revelar dados interessantes. Você pode descobrir, por exemplo, que o conteúdo direcionado ao público-alvo nem sempre gera mais leads nesse determinado grupo.

Mas o que você pode aprender com isso?

Procure sempre entender quais são os assuntos que realmente interessam a seus possíveis compradores.

Em seguida, publique o conteúdo ideal e com a finalidade de ajudar cada um deles, respondendo às suas principais dúvidas, desafios e preocupações.

Certamente esses conteúdos serão simples e servirão para guiar seus possíveis compradores, a fim de que eles tomem a decisão de comprar da sua empresa.

Por fim, se sua empresa deseja produzir conteúdo que realmente funcione e que aumente cada vez mais o número de leads e de vendas, comece agora mesmo a produzir conteúdo útil e não-promocional.

Agora, se você quiser que o conteúdo seja facilmente ignorado, continue anunciando e vendendo produtos no meio dele.

A grande principal promessa do marketing de conteúdo é atrair o público

Não é à toa que grandes marcas como Kraft, GE e a Red Bull já cansaram de repetir que o marketing de conteúdo gera um ROI incrivelmente superior se comparado aos esforços promocionais tradicionais de marketing.

A partir do momento que você ganha seu público através de um bom e efetivo conteúdo você também ganha a confiança dele.

Com isso, na próxima vez que eles quiserem comprar algo, eles virão até seu site/blog para conseguir informações relevantes sobre os produtos ou serviços que desejam adquirir, em vez de partir direto para a concorrência.

Então, como minha empresa deve promover os produtos e serviços?

A melhor maneira de promover os produtos é no site da empresa.

Sendo assim, você – e qualquer outro gestor de marketing – deve parar de fazer publicidade desenfreada não só em posts para blog, como em qualquer outro tipo de canal.

Em vez disso, passe a criar conteúdos que atraiam os consumidores até a sua empresa.

Confira abaixo como sua empresa deve trabalhar na hora de promover os produtos:

Site da empresa 

Quando seu conteúdo redireciona os leitores para o site da empresa, certamente o tráfego aumentará.

Alguns desses leitores com certeza lerão artigos importantes a respeito dos produtos que sua empresa vende e ficarão interessados em comprar.

Estágio médio de ofertas 

Promovendo um campo de ofertas ao lado direito do seu conteúdo ou na parte inferior do artigo, por exemplo. Isso é conhecido como “promoção nas bordas” e constitui a principal forma de alguns publicitários ganharem dinheiro.

Assinantes 

Já que o objetivo do marketing de conteúdo é atrair o público a longo prazo, a decisão mais importante que um gestor de marketing deve tomar diz respeito ao número de leitores que realmente assinam seu conteúdo.

A grande vantagem aqui é que sua empresa agora deve construir um grande banco de dados, a fim de nutrir esses possíveis clientes em cada uma das etapas da jornada do comprador.

Pense da seguinte forma: ao criar um conteúdo com a intenção de ajudar seus compradores e não promover seu negócio, o processo de geração de leads é muito maior quando falamos na atração de prospects nos primeiros estágios da jornada de compra.

Depois basta mensurar a eficácia da estratégia, tomando como base o número de pessoas que realmente optaram por assinar o conteúdo que sua empresa produz e que provavelmente ninguém teria notado.

Basta que você e sua equipe passem a ranquear os termos pesquisados por esses prospects. Dessa forma, surgirão novos leads e também novos consumidores pagantes para o seu negócio.

Então pare de uma vez por todas de promover seus produtos e serviços no marketing de conteúdo da sua empresa.

Isso simplesmente não funciona e só seu site deve servir para esses fins.

Um conteúdo útil e que ajuda seus potenciais clientes gerará uma perspectiva de negócio nunca vista antes por você e nem por sua equipe.

De que maneira sua empresa anuncia os produtos e serviços dela na internet? Quer compartilhar mais informações com a gente a respeito do assunto? Então não esqueça de deixar seu comentário no campo abaixo!

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!