LinkedIn: 13 dicas para você ter um perfil invejável

LinkedIn: 13 dicas incríveis para você ter um perfil campeão

Atualmente, o LinkedIn conta com mais de 300 milhões de usuários em todo o mundo. O Brasil ocupa a terceira colocação no ranking dos países com maior presença na rede social, atrás dos Estados Unidos com 84 milhões de usuários e da Índia, com 21 milhões.

São tantas pessoas, possibilidades e oportunidades reunidas em apenas um lugar e você aí, com um perfil criado há anos atrás sem nenhuma informação relevante e atualizada. Não adianta falar que você está empregado e por isso não deve se preocupar com o LinkedIn.

Saiba que a rede social se tornou um dos principais lugares para estabelecer novas conexões com profissionais da área, trabalhar seu marketing pessoal, participar de discussões construtivas em sua área de atuação e também é um ótimo local para fazer networking

Enfim, você pode até continuar acreditando nessa história de que só quem está procurando emprego precisa se preocupar com o LinkedIn. Mas se você se interessou no assunto, sugiro que pegue um bloquinho de papel, uma caneta e comece a anotar.

Agora você aprenderá 13 segredos dos perfis invejáveis do LinkedIn.

1. Mantenha seu perfil atualizado

Criar um perfil, escolher uma imagem e preencher algumas informações não significa que você está, realmente, no LinkedIn. É obvio que sua página será encontrada por algumas pessoas, mas não resultará em nada além disso.

Antes de aprender sobre os outros segredos de um perfil campeão, você deve compreender quão essencial é ter um perfil atualizado e ser um usuário ativo na rede social. Fez um novo curso, tirou um certificado ou ganhou um prêmio? Acesse sua conta e inclua essa nova informação.

Não abandone seu perfil, ele precisa de você!

2. Utilize uma boa foto de perfil

Perfil sem foto não é perfil. Não existe a possibilidade existir um bom perfil no LinkedIn sem imagens. Simples assim.

Sabe aquela foto que você utiliza no seu Whatsapp, Twitter ou Facebook? Possivelmente, ela não é a imagem ideal para estampar seu perfil no LinkedIn. Procure selecionar uma foto mais sóbria e profissional. Afinal de contas, o que é que um avaliador ou head hunter pensará ao se deparar com uma foto sua na praia ou algo semelhante?

Aprenda a diferenciar as redes sociais. O LinkedIn foi desenvolvido para que você compartilhe informações e conteúdos profissionais, sua foto deve ter o mesmo objetivo.

3. Escolha uma boa imagem de capa

Seguindo a mesma linha de outras redes sociais como Facebook e Twitter, recentemente o LinkedIn liberou para todos os usuários o uso de imagens de capa. Antigamente apenas os usuários Premium e empresas dispunham de tal opção.

Essa imagem de capa, assim como em outras redes sociais, cria uma nova possibilidade para que você consiga utilizar artifícios visuais para se comunicar com os visitantes de seu perfil.

A imagem deve medir 1400×425 pixels e ser menor do que 4mb.

Utilize-a com sabedoria e parcimônia. Você pode escolher a imagens que transmitam valores que estejam ligados à sua postura como profissional ou algo que tenha relação com você. Seja criativo e escolha uma boa imagem de capa.

4. Capriche no resumo

Nesta sessão você tem a oportunidade de se descrever em 2 mil caracteres. Descreva para o mundo como é que as pessoas devem te ver. Para utilizá-lo da melhor maneira possível,

siga o pequeno roteiro a seguir:

  • Apresente-se
  • Fale sobre seus interesses profissionais
  • Defina sua área de atuação
  • Fale o que te motiva
  • Inclua informações de contato

Para finalizar, você se lembra do número de usuários que o LinkedIn possui? No mundo inteiro, são mais de 300 milhões. Como é que você conseguirá ser achado no meio de tantos profissionais?

Inclua palavras-chave que sejam referentes à sua atuação. Isso aumentará, considerávelmente, as chances do seu perfil ser encontrado por alguém que busque por um termo que você tenha utilizado no resumo.

5. Defina seu título profissional

Logo abaixo de seu nome está um das informações mais importantes do perfil no LinkedIn: o título profissional. Para otimizá-lo da maneira correta você deve incluir sua função (palavra-chave) e a empresa que você trabalha. Seu título é um dos principais responsáveis por atrair visitantes e fazer com que os eles continuem lendo o seu perfil.

6. Capriche na  sua experiência profissional

Na hora de criar o coração do seu perfil, não meça esforços para torná-lo o mais completo possível. Além de incluir as datas específicas sobre o período que você trabalhou em cada empresa, liste detalhadamente todas as atividades que desenvolvidas no cargo.

A riqueza dos detalhes neste ponto pode ser o diferencial para um possível avaliador, head hunter ou até mesmo um profissional da área em busca de novas conexões para fazer networking.

7. Personalize a url do seu perfil

Compartilhar seu perfil do LinkedIn em seu currículo ou na assinatura do e-mail pode ser um pouco complicado sem uma url amigável. Acesse o painel de edição de perfil e modifique a url destino da sua página para um termo que lembre seu trabalho, marca / empresa ou seu próprio nome. Abaixo listaremos alguns exemplos:

  • br.linkedin.com/in/seunome/
  • br.linkedin.com/in/suaempresa/
  • br.linkedin.com/in/suamarca/
  • br.linkedin.com/in/umamensagemqualquer/

8. Solicite recomendações

No LinkedIn as recomendações que suas conexões te enviam são extremamente valiosas. Caso você não tenha recebido nenhuma até o momento, uma ótima alternativa para conquistar alguns seria começar a escrever recomendações para pessoas que você tenha trabalhado. Ao criar recomendações sem pedir nada em troca, a elas se sentirão na obrigação de retribuir.

Se isso não adiantar, nada impede que você solicite formalmente para alguns conhecidos, pessoas que estudaram com você ou colegas de trabalho, para que eles escrevam recomendações em seu perfil.

9. Liste suas habilidades

Utilize a aba de habilidades a seu favor. Liste pelo menos cinco delas em seu perfil e deixe que suas conexões te recomendem. Assim como as recomendações, você não poderá se avaliar, apenas criar a lista.

Para ganhar pontos em suas habilidades, utilize uma estratégia semelhante à

utilizada para garimpar novas recomendações. Visite diversos perfis e comece a listar as principais habilidades de seus conhecidos que sejam verdadeiras. Nesta aba o LinkedIn também permite que você crie uma habilidade para um contato, caso ele não possua.

A sessão de habilidades é extremamente relevante para seu perfil, não deixe ela em branco, mas também não inclua quaisquer informações apenas para encher linguiça.

10. Siga empresas e faça parte de grupos

Para manter-se ativo no LinkedIn é imprescindível fazer parte de grupos sobre assuntos que sejam pertinentes à sua atuação. Participe de discussões construtivas sobre assuntos que você conheça. Este tipo de conversa te auxiliará a ganhar visibilidade além de se posicionar perante outros profissionais da área.

Lembrete: Não se envolva em discussões desnecessárias. Elas são públicas e sim, você estará sendo julgado pelos outros membros do grupo.

Outra dica para ficar atualizado no que acontece no mercado, siga o perfil de algumas empresas que sejam referência em seu segmento.

11. Customize os convites para novas conexões

Diferente do que algumas pessoas podem pensar, você não precisa conhecer alguém para querer que ela faça parte de sua rede de conexões. Assim como disse anteriormente, adicionar pessoas que trabalhem na mesma área que você é uma ótima maneira de fazer networking.

Na hora que for solicitar uma nova conexão, certifique-se de se apresentar devidamente e deixar claro porque você deseja fazer parte da rede de contatos da pessoa.

12. Não cometa erros de português

Pode torcer o nariz, você não está entrando em uma rede social comum. Diferente do Twitter e Facebook, em que pouco importa a forma como você se comunica com seus amigos e com o mundo, no LinkedIn o buraco é mais embaixo.

Cuidado redobrado para todo conteúdo que você incluir em seu perfil. Certifique-se que não existem erros de digitação, concordância e de português em nenhuma das áreas onde você especifica sua experiência ou em seu resumo pessoal.

Assim como em qualquer outro momento de sua vida profissional, erros de português serão prejudiciais para sua imagem.

13. Não minta

Você está chegando ao final do post e aqui ficou reservada a dica mais importante para que seu perfil do LinkedIn seja imbatível: não minta. Nunca, em momento algum.

Não minta para parecer melhor e não minta para parecer menos pior.

Conclusão

Chegamos ao fim da linha e tenho certeza que pelo menos alguma das dicas que eu listei serão uteis para você. Vale lembrar que não adianta ter o perfil mais incrível de toda a sua lista de contatos se você não for ativo na rede social. Sempre esteja antenado, compartilhe conteúdos pertinentes e seja engajado.

Agora é a sua vez! Achou que eu esqueci de incluir algum ponto essencial para montar o perfil campeão, discorda de algum dos pontos da lista ou quer deixar uma mensagem bacana para quem te deu uma ajudinha com seu perfil no LinkedIn? Utilize a aba de comentários abaixo e mande sua mensagem!

Quer saber mais? Baixe nosso guia completo do marketing no LinkedIn!

marketing no linkedin ebook

 

 

 
Autor(a)

Escrito por: Renato Mesquita Jornalista apaixonado por Marketing de Conteúdo, futebol americano e paçoca.



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!