perguntas de entrevistas de emprego

As 8 perguntas de entrevistas de emprego mais frequentes

O desemprego sempre foi um dos grandes problemas do Brasil, e com a crise econômica atual, essa situação se intensificou de forma assustadora.

O desemprego sempre foi um dos grandes problemas do Brasil, e com a crise econômica atual, essa situação se intensificou de forma assustadora.

Para se ter uma ideia da gravidade da situação, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego subiu para 11,6% no trimestre que se encerrou em julho de 2016, e atingiu o maior nível já registrado desde de janeiro de 2012.

Se antes os profissionais já estavam buscando cada vez mais aperfeiçoamento profissional, agora isso virou pré-requisito para conseguir “um lugar ao sol” na carreira.

Ou seja, além das oportunidades estarem muito reduzidas, a concorrência esta cada vez mais forte e é preciso estar preparado para sair na frente.

Como podemos observar, atualmente é imprescindível a qualificação na sua area, mas além disso, é necessário mostrar que você é um bom profissional e que realmente saberá aplicar seus conhecimentos no futuro trabalho.

E isso geralmente é analisado no momento da entrevista de emprego.

Essa é a oportunidade de você demonstrar que se encaixa nas funções e tem o perfil que eles procuram, mas para isso é preciso passar por uma batalha de perguntas que muitas vezes são confusas e difíceis de serem respondidas.

Afinal, por trás de cada um desses questionamentos, esconde uma análise criteriosa do que a empresa quer do profissional, e nessa hora o currículo pode ser deixado de lado e as respostas serem a “peça chave” para conquista do novo emprego.

Talvez esse seja o momento mas difícil em todo o processo para se conseguir a vaga, e é natural que a ansiedade e nervosismo tome conta, e por isso, é fundamental se preparar para que você consiga dizer tudo o que precisa, de forma que impressione o entrevistador.

Para te ajudar, a seguir vamos mostrar as 8 perguntas de entrevista de emprego mais frequentes. Está preparado? Acompanhe!

1. Fale sobre você. Quais seus pontos fortes e fracos?

Parece simples, mas muita gente tem uma grande dificuldade de falar de si mesmo. E isso pode ser complicado em algumas pessoas devido a timidez ou até por que há um desconhecimento de si mesmo.

Por isso, antes de tudo é preciso fazer uma auto-análise das suas características como profissional e também como pessoa para conseguir responder esse tipo de pergunta de forma clara e objetiva.

Nessa hora, é importante que você destaque suas qualidades, especialmente aquelas que são interessantes para a vaga que está concorrendo, mas tendo sempre cuidado para não parecer arrogante ou pretensioso.

Além disso, lembre-se que ninguém é perfeito, e saiba que nenhum entrevistador espera isso do candidato, inclusive é até uma péssima estratégia para conseguir a vaga aqueles que não dizem ou não reconhecem seus defeitos, portanto fale também de seus pontos fracos, e deixe claro o que tem feito para melhorar cada um deles.

Exponha também como é sua rotina, seu relacionamento com familiares e amigos, tudo isso vai facilitar que o entrevistador faça uma análise geral mais eficiente se você tem ou não o perfil que estão procurando.

2. Por que tem interesse de trabalhar nessa empresa?

Antes da entrevista de emprego, é fundamental que você leia mais atentamente e procure saber mais sobre a vaga e o profissional que estão buscando.

É importante que se faça uma pesquisa sobre a empresa para entender melhor a área de atuação, suas inovações,  qual é o público-alvo, os produtos e serviços oferecidos, enfim, questões básicas que vão te ajudar a responder os motivos pelos quais te levaram a se inscrever para a vaga e sua intenção de trabalhar na empresa.

Se você já conhecia e tinha a intenção de trabalhar na empresa antes, é interessante mostrar a admiração e até mesmo falar que utiliza algum produto ou serviço, caso isso seja um fato.

3. Como se vê daqui a 5 anos?

Essa pergunta pode definir se sua entrevista será um sucesso ou um fracasso.

Isso porque é nesse momento que o entrevistador consegue perceber se você está a procura de uma carreira com objetivos semelhantes ao da empresa ou apenas um emprego, sem grandes pretensões futuras.

Confira alguns pontos interessantes que você pode destacar:

  • Fale forma geral o que você deseja do seu futuro, colocando sempre em pauta seus objetivos profissionais;
  • Seja realista nas suas metas, tenha o “pé no chão” e não demonstre ambição exagerada;
  • Fale sobre os cursos que pretende fazer para se tornar um profissional cada vez mais qualificado, contribuindo também para o crescimento da empresa;
  • Demonstre que espera crescimento profissional, mas que sabe da necessidade de trabalhar muito para conseguir chegar aonde deseja.

4. Por que devemos contratá-lo?

Quando for responder a essa pergunta, mostre que está em busca de crescimento na carreira e que essa evolução pretendida tem relação com os objetivos e necessidades da empresa.

O entrevistador vai gostar de escutar que suas ambições andam lado a lado com as empresa.

Saliente também as experiências profissionais que tem e que podem te ajudar a executar a função com excelência e também a trazer mais eficiência no trabalho da empresa como um todo.

5. Como é o seu relacionamento com seus colegas de trabalho?

Essa pergunta é feita para avaliar como você se comporta no ambiente de trabalho com seus colegas e nas tarefas em equipe.

Não há uma resposta pronta para essa questão, mas é muito importante que você demonstre que sempre teve boa relação com colegas de antigos trabalhos, e deixe claro sua preocupação em saber separar os relacionamentos dentro e fora da empresa.

Caso seja questionado se prefere trabalhar sozinho ou em equipe, é melhor que você se mostre flexível e responda que geralmente consegue se adequar de acordo com o que é necessário, e que não tem preferências.

6. Porque deixou o seu último emprego?

Essa pergunta serve para situações em que o candidato está trabalhando atualmente mas está procurando uma nova oportunidade e para aqueles que estão desempregados.

Dê uma resposta sem que denigra o seu antigo trabalho. Você pode falar por exemplo que está procurando novos desafios ou destacar alguns pontos desfavoráveis como o difícil acesso da sua residência até a empresa.

Outra pergunta relacionada a esse tema e que é muito recorrente, é sobre os motivos que levaram a você ficar um longo período sem trabalhar.

Claro que a sinceridade é a base de tudo, mas alguns motivos como problemas familiares, trabalhos que foram oferecidos e que não eram de acordo com suas expectativas ou que utilizou esse tempo para estudos e aprimoramento profissional.

Só não se esqueça de deixar claro que qualquer questão que tenha te deixado afastado por um período sem trabalho já foi resolvido e que por isso você está procurando uma recolocação profissional naquele momento.

7. Qual sua pretensão salarial?

Algumas empresas não colocam na descrição da vaga o salário oferecido, e essa talvez essa seja uma das perguntas de entrevista de emprego mais desconfortáveis de serem respondidas durante todo o processo.

A pesquisa que você tem que faz sobre a empresa que falamos no início do post, vai te ajudar também nesse momento para que você possa responder de maneira que aja um equilíbrio entre você e a empresa.

Informações sobre a vaga que será ocupada, os benefícios, as oportunidades de crescimento e o porte da empresa devem ser alinhadas com a média salarial do cargo, seu custo de vida e experiência.

Analisar tudo isso vai te ajudar a negociar um valor de forma que o salário não fique fora do mercado, sendo bom para ambas as partes.

8. Como está o nível do seu inglês?

Dependendo da vaga, um outro idioma, como o inglês pode ser considerado um diferencial ou ser um pré-requisito.

E não adianta mentir para dar uma “forcinha” dizendo que tem o inglês avançado, sendo que a realidade não é essa.

Isso porque, se o idioma for obrigatório para a vaga, é provável que o entrevistador continue a conversa em inglês para verificar se de fato o candidato está realmente preparado como foi dito no currículo.

E mesmo quem fala fluentemente o idioma, é necessário já ir preparado para as possíveis perguntas de emprego que serão feitas em inglês, e que geralmente são as mesmas que falamos nesse post.

A intenção dessa lista é te deixar preparado para todas as possíveis perguntas que poderão ser feitas durante uma entrevista da sonhada tão vaga de emprego, de forma que te deixe mais tranquilo e preparado.

Mas lembramos que todas as dicas devem ser adequadas ao que você realmente é como pessoa e profissional.

A honestidade é com certeza o mais importante, e o entrevistador vai saber analisar se você está sendo verdadeiro ou não, e acredite, isso contará muitos pontos na decisão final.

De nada adianta conquistar um emprego com um personagem perfeito para a vaga, se no dia a dia você não conseguirá se manter de acordo com o que foi exposto e respondido.

E como vai o seu currículo? Será que está atrativo para você ser chamado para uma entrevista de emprego? Nesse post ensinamos como fazer um currículo para emprego na área de marketing.