Planejamento publicitário

Entenda como o planejamento publicitário impacta sua estratégia

“Quem não sabe o que quer, deseja qualquer coisa.” O ditado popular não é válido apenas para a vida pessoal.

Muitas empresas apostam em marketing como se estivessem jogando na mega-sena e não sabem quais são as suas metas e os seus objetivos a serem cumpridos.

O planejamento publicitário é útil para auxiliar a instituição a minimizar os seus erros. Dessa maneira, todas as decisões serão técnicas e terão mais chances de sucesso do que a apostas em números da loteria.

Por isso ele é um dos pilares da Publicidade.

Com a gestão, sua empresa terá:

  • noção concreta dos gastos necessários;
  • previsão assertiva de ROI;
  • levantamento dos pontos fracos e fortes da estratégia;
  • reconhecimento de riscos;
  • conhecimento do público-alvo.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue lendo este post:

O que é planejamento publicitário

O planejamento publicitário ou estratégico em uma campanha de publicitária é tão importante quanto qualquer outra função na agência. Ele permite a avaliação contínua das ações presentes e futuras.

Sendo assim, embora seja elaborado no início do projeto, possui espaço durante todo o processo.

Por isso, precisa ser bem elaborado: as estratégias devem ser bem definidas e estar de acordo com os objetivos empresariais.

Alguns gestores acreditam que terão retorno imediato à contratação de publicitários e solução completa para os seus problemas. Isso, porém, não é certo.

Embora alguns problemas como competitividade, promoções de produtos e imagem da empresa possam ser resolvidos rapidamente com a criação de propagandas em mídias direcionadas, isso não é tudo.

Apenas o planejamento estratégico pode resolver os problemas completamente. Caso contrário, as decisões serão tomadas a partir da intuição ou da sorte que os funcionários podem ter.

A grande vantagem do planejamento está em estabelecer:

  • critérios;
  • metas;
  • objetivos;
  • diretrizes.

A partir disso, os riscos são diminuídos e não há espaço para estratégias erradas. Os problemas podem estar no pouco estudo e em definir os planos erroneamente.

O processo de planejamento define quais são os objetivos empresariais e qual deve ser o futuro da instituição. Porém, como o mercado muda rapidamente, ela se torna complexa e de difícil execução.

A empresa deve, entretanto, agir a tudo isso com rapidez. Elas precisam acompanhar as rápidas mudanças que acontecem com:

  • renovação tecnológica;
  • investimento em programas de qualidade;
  • treinamentos.

O motivo é simples: os usuários finais estão mais exigentes quanto ao atendimento, à qualidade e ao preço.

Para auxiliá-lo em tudo isso, os publicitários têm ferramentas para que os clientes sejam destacados à concorrência.

O planejamento poderia ser resumido nas seguintes etapas:

  • análise situacional do ambiente;
  • estudo da empresa no mercado de atuação (desde o municipal até o mundial);
  • definição da missão da empresa;
  • definir as ações a serem realizadas;
  • formas de otimizar os resultados.

Todos os passos acima podem ser utilizados para construir uma empresa bem-sucedida.

Também podemos incluir as estratégias que podem ou não ser programadas, como:

  • entender quais são as melhores formas de investimento;
  • para criar produtos;
  • treinamento da equipe;
  • entrada em outros mercados;
  • ações para fortalecer a imagem da instituição.

Normalmente, gestores e publicitários estão presentes em reuniões para discutir todos os pontos.

Tais decisões auxiliarão as empresas a transmitirem as suas ideias e as suas missões para o público-alvo. Várias metas podem ser alcançadas com isso: aumentar as vendas e melhorar o atendimento e a forma com que a marca é compreendida pelos clientes.

O projeto parte da ideia de que é necessário conhecer os seus clientes e o público ideal a fim de solucionar os seus problemas e de alcançar os objetivos propostos.

Para terminar, além de conhecer o público-alvo e o mercado em que atua, todo empresário deve ter conhecimento dos concorrentes e dos ambientes interno e externo da instituição.

Embora tudo isso seja feito no briefing, é necessário utilizar as técnicas e práticas adequadas.

5 benefícios do planejamento publicitário

Não efetuar o planejamento poderá aumentar os gastos desnecessariamente, além de gerar danos e problemas para a imagem da empresa.

Preparamos uma lista de 5 benefícios que você obterá em planejar as suas estratégias. Veja:

⒈ Noção concreta dos gastos necessários

Um dos grandes problemas nas campanhas publicitárias é não compreender quais gastos são necessários. Assim, pode-se não ter gás suficiente para veicular a campanha tanto quanto foi proposto.

Por outro lado, não se deve cair no erro oposto: gastar onde não se deve. Assim, o foco é mantido. Sabe-se o que realmente é importante e aquilo que é desinteressante para a empresa.

⒉ Previsão assertiva de ROI

Saber o que está procurando é fundamental. O planejamento publicitário mostra quais são as expectativas de Retorno sobre o Investimento (ROI) para as campanhas.

Mais do que isso, a previsão garante que todos os envolvidos estarão cientes das metas, do que será medido e do retorno obtido com a campanha.

⒊ Levantamento dos pontos fracos e fortes da estratégia

Antes mesmo da veiculação da campanha, a análise mostrará quais são os pontos fortes e fracos da atual estratégia.

Assim, evitam-se resultados inesperados. Não somente isso: os pontos fracos serão remodelados para que possam ser corrigidos a tempo.

⒋ Reconhecimento de riscos

A estratégia possui um risco baixo, médio ou alto? Responder essa pergunta é fundamental para que a empresa saiba qual é o risco e a margem de erro que possui.

Dessa forma, caso os riscos sejam altos, o planejamento tomará ações para que a chance de erro seja a menor possível.

⒌ Conhecimento do público-alvo

Um dos primeiros passos e mais importantes para que sua estratégia seja bem-sucedida é conhecer qual é o público-alvo ideal que deve ser entendido.

Assim, a empresa consegue escolher os melhores canais, formas, linguagem e conteúdo para transmitir adequadamente a mensagem.

Por fim, deve ficar claro que o planejamento não é uma necessidade apenas das grandes empresas. Mesmo os pequenos projetos precisam disso.

Fazê-lo garante melhor gestão dos recursos financeiros e conhecimento do público e das formas de atingir os objetivos traçados.

Por isso no Marketing Digital é utilizado o conceito de Persona!

Então, realize seu planejamento o quanto antes. Embora possa parecer difícil ou custoso para a empresa, renderá muitos frutos em médio e longo prazo.

A marca será mais valorizada, as vendas aumentarão e a mensagem chegará ao público adequado, otimizando a receita para publicidade.

Agora que você entendeu a necessidade do planejamento publicitário, que tal saber mais sobre marketing de conteúdo? Essa é uma estratégia que pode melhorar a forma com que sua empresa é vista e aumentar as suas vendas!