O que são e como criar campanhas com Públicos Personalizados no Facebook!

Você já sonhou em aproveitar do potencial do seu e-mail marketing para as redes sociais?

Pois saiba que desde 2013 o Facebook já oferece uma ferramenta de personalização de públicos com base nas suas mailing lists, permitindo que todos os endereços e telefones obtidos de suas leads sejam incorporados às suas estratégias de marketing nas redes sociais.

O Facebook, especificamente, tem mais de um 1,6 bilhão de usuários ativos todos os dias, então a chance de seus clientes estarem ali conectados é bem grande.

Essa alternativa pode ser um divisor de águas na maneira como você lida com a promoção de conteúdos e anúncios no Facebook e Instagram, garantindo controle otimizado sobre quem vê e interage com suas campanhas.

O uso dos Públicos Personalizados no Facebook é um avanço na arte de anunciar nas redes sociais, portanto aproveite de nosso post de hoje e comece agora mesmo a utilizar esse recurso!

O que são os públicos personalizados do Facebook?

Públicos Personalizados são uma opção de segmentação do próprio Facebook que permite que você integre sua lista de e-mails e telefones com o sistema de anúncios da rede.

Ou seja, você ganha um domínio muito maior sobre quem acessa seus anúncios gerados, podendo criar campanhas específicas para esse público que já conhece o seu negócio.

De maneira didática, esse recurso segue 3 passos principais:

  • Primeiro, você constrói sua lista de e-mails e telefones de contatos interessados no seu segmento. Pode-se usar Landing Pages, formulários estáticos de captura, Hello Bar e tudo mais que o seu negócio permitir. Caso tenha dúvidas sobre esse primeiro passo, esse post do nosso blog pode ajudar.
  • Em seguida, você pode fazer o upload da lista organizada para o Facebook, para que ele faça uma comparação dos e-mails e números fornecidos com os utilizados para o cadastro na rede, identificando, assim, os usuários da rede que já tiveram contato com seu negócio.
  • Por fim, você é autorizado a criar anúncios segmentados para esse grupo de contatos importados, podendo criar campanhas já adaptadas aos seus interesses tanto no Facebook quanto no Instagram.

O Facebook também tem a opção de buscar por Públicos Semelhantes. Lembre-se que essa alternativa é bem diferente da de Públicos Personalizados, uma vez que busca potenciais contatos que possam vir a se interessar no seu negócio, enquanto que o Público Personalizado inclui apenas pessoas das quais você já tem o contato de e-mail ou telefone.

Sabendo usar os Públicos Personalizados, é possível integrar estratégias de criação de Públicos semelhantes para potencializar sua campanha. Portanto, vale experimentar com os dois e analisar os resultados.

Públicos Personalizados do seu site vs Público Personalizado

Antes de começarmos a criar anúncios, porém, é fundamental que você entenda a diferença entre a criação de Públicos Personalizados do seu site e a criação de Públicos Personalizados normais, que é o que estamos tratando aqui nesse post.

A criação de públicos personalizados do seu site é um tipo de segmentação que aproveita da existência de um pixel do Facebook no seu website para capturar dados dos visitantes e, mais tarde, vale-se de suas informações em anúncios de direcionamento especial.

Ao contrário da criação dos Públicos Personalizados normais, essa alternativa é automática e independe da demonstração de interesse do cliente no seu negócio, bastando apenas uma visita ao seu site.

É preciso tomar cuidado com esse tipo de solução, principalmente se a pessoa visitante não tiver real interesse no seu empreendimento.

Portanto, diferencie bem esses dois públicos personalizados e não utilize uma mesma campanha para os diferentes segmentos.

Como criar públicos personalizados do Facebook?

Atualmente é possível aproveitar da facilidade oferecida pelo Gerenciador de Anúncios na criação dos públicos personalizados, tirando a dependência do usuário da instalação do Power Editor.

Antes de começar, é recomendado que você tenha um mínimo de mil pessoas cadastradas como público personalizado, caso contrário é possível que o potencial de alcance dessa ferramenta seja desperdiçado.

Caso queira apenas experimentar a alternativa, porém, sinta-se livre para criar a sua primeira campanha!

Para isso, acesse o seu Ads Manager, ou Gerenciador de Anúncios e selecione a primeira opção de “Criar um Público personalizado

públicos personalizados no facebook

A seguir, você tem 4 opções para a criação do seu público:

públicos personalizados no facebook

São eles:

  • Arquivo do Cliente: É sobre essa alternativa que falaremos hoje. Aqui temos a opção de criar a segmentação baseada nas listas de e-mails e telefones de contato obtidas pelo seu negócio.
  • Tráfego do Site: Essa opção compreende o que já explicamos acima, a respeito da criação de Públicos Personalizados do seu site. Aqui você captura informações de usuários que visitaram o seu link para a geração de anúncios.
  • Atividades em aplicativos: Essa alternativa é ideal para empresas que tenham apps ou jogos no Facebook. Com ela você cria listas de usuários que tenham executado determinada ação dentro desses aplicativos, seja um registro, um clique específico em algum local, uma determinada pontuação etc.
  • Envolvimento no Facebook: Aqui é levado em consideração o engajamento de usuários com sua publicação na hora de criar anúncios. Também é uma boa alternativa na hora de segmentar, além de ser uma opção recentemente nova na criação de Públicos Personalizados.

Clique em Arquivo do Cliente, e vamos seguindo o com o passo a passo.

Na próxima tela aparecerá a opção para importar contatos:

públicos personalizados no facebook

O mais interessante aqui é a opção de integração com o MailChimp, que permite que suas mailing lists sejam diretamente importadas do seu login para o Facebook.

A opção que usaremos, porém, é a de escolha de arquivos ou uso de dados diretos. Por isso, selecione a primeira alternativa e espere até que a próxima página carregue.

públicos personalizados no facebook

Aqui você tem a possibilidade de usar 15 identificadores diferentes para classificação. Isso significa que você pode utilizar 15 opções para o afunilamento dos contatos obtidos.

Quanto mais informação você providenciar, melhores as chances de correspondência do usuário na rede.

Caso queira carregar um arquivo, o próprio Facebook disponibiliza esse modelo em Excel para ser copiado.

Tente sempre organizar sua lista de acordo com a ordenação dos identificadores no topo da página. Um exemplo seria:

elizabet@fb.com,1-(650)-561-5622 ,Elizabeth,Silva,94046,Menlo Park,CA,US,10/21/68,1968,F

Observe que temos na seguinte ordem: O e-mail da pessoa, seu número de telefone, primeiro nome, sobrenome, CEP de onde ela mora, Cidade, Estado, País, Data de nascimento, ano de nascimento e gênero.

Essas informações podem ser obtidas e organizadas nos seus formulários de Landing Page, por exemplo, mas não precisam ser tão específicas caso o seu negócio não comporte pedir, por exemplo, o CEP do usuário.

Apenas lembre-se de quanto mais informação você disponibilizar, mais fácil será de encontrar o usuário no Facebook, além de otimizar as suas opções de segmentação.

Enfim, agora que você subiu a sua lista ou colou os dados das leads como no modelo acima, é hora de dar um nome para sua audiência e avançar na criação de Públicos Personalizados no Facebook.

Usando o exemplo acima, você terá a opção de classificar os indicadores utilizados de acordo com o seu tipo:

públicos personalizados no facebook

Esteja atento a essa alternativa e, assim que tudo estiver corretamente classificado, clique em Carregar e criar no canto inferior direito da página.

públicos personalizados no facebook

Pronto! O seu primeiro público personalizado está criado.

7 maneiras de usar os públicos personalizados de forma criativa

Agora que você já tem um público personalizado ativo, é hora de fazer bom uso dessa ferramenta. Aqui vão 7 alternativas interessantes para você trabalhar:

1. Busque Jornalistas e Bloggers influentes na sua área

Anunciar para um grupo de influenciadores do seu mercado é uma estratégia que pode dar muito certo, principalmente se o seu objetivo for expandir o alcance de sua marca.

Crie públicos segmentados de acordo com a sua atuação, optando pelos bloggers, escritores, vloggers, jornalistas ou qualquer pessoa atuante que possa ser considerada formadora de opinião na sua área.

Assim, caso essas pessoas interajam com o anúncio, há grandes chances de que ele alcance um público ideal para o seu empreendimento, valendo-se da autoridade do influenciador como ponto positivo para sua marca.

2. Consiga mais likes para sua página

Você pode aproveitar das listas de e-mails e números coletados para chamar mais usuários para curtir suas páginas!

Crie anúncios que tenham o CTA chamando para visitar sua página e convide os visitantes a deixar um like para acompanhar as suas principais novidades, assim você garante que quem já se interessou uma vez por seu negócio no processo de fornecimento dos dados, possa também acompanhar seu negócio pelas redes sociais.

E não se esqueça de excluir da lista pessoas que já tenham curtido sua página! Assim você acaba economizando dinheiro e tendo mais eficiência na lista de anúncios.

3. Busque Leads Frias de e-mail marketing

Leads Frias é o nome dado para toda lead que se recusa a interagir com suas ações de marketing, mesmo que ela tenha se inscrito nos formulários de captura de dados por livre e espontânea vontade.

Você pode segmentar e utilizar as informações dessas pessoas para criar públicos personalizados no Facebook, e então bolar campanhas direcionadas especificamente para esse grupo.

Tente entender o motivo pelo qual essas pessoas pararam de interagir com seu negócio e não tenha medo de experimentar novos formatos, assuntos e CTAs para alcançá-las.

É uma ótima chance de tentar reaquecer essas leads e garantir mais resultados para suas futuras campanhas de marketing.

4. Converse com as pessoas pelo primeiro nome

Chamar a lead pelo primeiro nome é uma estratégia comprovada e que traz resultados maravilhosos para boa parte das suas ações publicitárias e, principalmente, no e-mail marketing.

Nas redes sociais isso não seria diferente, e agora com a alternativa de segmentação de públicos personalizados, você pode fazer isso na velocidade da luz.

Agrupe contatos de acordo com o primeiro nome (recomendo começar com nomes mais populares, como João, por exemplo) e então crie o texto de seus anúncios utilizando o nome da pessoa.

5. Integre com o LinkedIn

Pelo LinkedIn é possível exportar os contatos de sua rede, e daí aproveitá-los na criação desses públicos personalizados.

Nesse caso, porém você precisa lembrar que a lista gerada será de pessoas que tem interesse profissional no seu usuário, o que nem sempre significa que seriam boas leads para o seu negócio, de maneira direta.

Portanto, faça antes uma pesquisa e avalie se vale a pena criar segmentos de anúncios para esse tipo de público, e que tipo de discurso seria efetivo na sua conversão.

6. Recupere clientes antigos

Lembra daquele cliente que comprou uma vez na sua loja e nunca mais voltou? Existem uma série de motivos plausíveis para que isso tenha acontecido, mas um deles pode ser o fato de seu negócio não estar mais dialogando com aquela persona de maneira efetiva.

Esse tipo de cliente provavelmente já conhece e confia no seu negócio, portanto, é interessante manter um contato mais próximo, valendo-se da autoridade da sua marca para assegurar o relacionamento.

Por isso, busque mais a respeito desses clientes, entenda o que os levou a não realizar uma segunda compra, e então use esses dados para elaborar uma boa campanha pelo Facebook.

Você pode até oferecê-los algum cupom ou condição especial de recompra.

7. Faça mais Upsell

Isso mesmo que você leu! Com a segmentação de públicos, você pode criar listas de pessoas que já possuem o seu produto, e então gerar campanhas personalizadas voltadas para o upsell.

Planeje listas com usuários ativos, e segmente de acordo com o tipo de compra feita.

Fale das vantagens que os usuários que já fizeram upgrade encontraram e como eles conquistam melhores resultados.

Ofereça condições exclusivas para quem visualizar o anúncio, e vale até exibir feedbacks positivos de clientes satisfeitos.

Investir em campanhas criativas é fundamental para o sucesso das campanhas de públicos personalizados no Facebook.

Lembre-se de otimizar a sua captura de e-mails e estudar a sua persona para descobrir o que realmente funciona para ela.

Testes A/B podem ser seus melhores amigos nesse momento, principalmente se você quer melhorar os resultados do seu negócio. Portanto, estude e não deixe de baixar nosso material sobre como usar essa alternativa para otimizar suas conversões e gerar mais resultados!

Até a próxima!

criar uma página no Facebook para sua empresa

 
Autor(a)

Escrito por: Laura Ribeiro Formada em Comunicação Social com complemento em História, e especializada em criação narrativa para redes sociais. Isso quer dizer que costuro, jogo e cozinho enquanto posto no Twitter.



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!