teclado protegido

SEO negativo: descubra o que é e como proteger seu site

Se você tem um site ou blog sabe como é complexo desenvolver estratégias de SEO que permitam um bom posicionamento nos resultados das buscas orgânicas. Agora imagina ter todo esse processo comprometido por meio de práticas realizadas com o objetivo de prejudicar o posicionamento do seu site.

Essa prática – que também é conhecida como SEO negativo – tem assustado muitas empresas.

Neste post preparamos algumas dicas para te ajudar a entender melhor sobre esse assunto e saber como conseguir proteger seu site.

Mas o que é o SEO negativo?

O SEO negativo é feito por meio de um conjunto de ações realizadas com o intuito de prejudicar o posicionamento de um site nos mecanismos de busca como Google, Bing ou Yahoo, por exemplo.

Com a atualização do Pinguim e do Panda (algoritmos do Google) há alguns anos, o debate sobre as práticas de SEO negativo (como o conceito de black hat) ganhou novas proporções. A partir deles se tornou possível rastrear e promover sanções para sites que não estivessem de acordo com as diretrizes do Google para webmaster, como, por exemplo, sites que usam técnicas de camuflagem e que utilizam de maneira inadequada a duplicidade de conteúdo.

Na prática isso significa que mesmo que você desenvolva uma ótima estratégia de SEO para colocar seu site entre os primeiros se você não manter seu site protegido e ele for “vítima” das ações de SEO negativo ele poderá perder sua posição ou mesmo sofrer sanções mais severas dos mecanismos de busca.

Quem promove esse tipo de ação?

Durante uma busca na internet é possível encontrar empresas e pessoas que relatam ter sofrido ameaças, chantagens e até ataques efetivos por parte de pessoas interessadas em prejudicar o posicionamento de seus sites.

Mas por que alguém faria isso?

Em uma pesquisa simples na internet é possível encontrar hackers dispostos a fazer esse trabalho por apenas $5 dólares. Outra possibilidade mencionada por empresas que relatam ter sofrido ataques é de empresas concorrentes interessadas em melhorar o posicionamento de seu próprio site e que, para isso, praticam ações de SEO negativo a fim de se beneficiarem com a perda de posição de outro site.

O fato é que não é possível prever quem irá realizar esse tipo de ataque, por isso é tão importante saber os danos e como se prevenir dessas ações.

Saiba quais os danos que ele pode causar para o seu site

Fere a política de duplicidade podendo promover sanções

As práticas de SEO negativo podem fazer com que conteúdos de outros sites sejam copiados e colocados nos seu, ferindo a política de duplicidade dos mecanismos de pesquisa, em especial a do Google. E caso ele compreenda que essa ação desenvolvida em seu site tenha o objetivo de prejudicar um outro site, sua página poderá receber sanções, como ajustes na classificação ou mesmo a exclusão dos resultados de buscas.

Pode prejudicar os links de seu site

Com os backlinks é possível rastrear outras páginas da internet que tenham links para a sua página. E isso nem sempre é ruim: você pode ter links de sua página em outros sites como meio de promoção de seu site.

Mas nos casos de SEO negativo a intenção é prejudicar seu link, fazendo com que ele tenha baixa qualidade ou viole as diretrizes de qualidade dos motores de busca, fazendo com que seu site perca o posicionamento nos resultados.

Outros danos que podem ocorrer por causa do SEO negativo

Os hackers podem invadir e excluir seu site ou mesmo alterar o código do seu site para que ele não apareça nos buscadores.

E também podem fazer com que a reputação da empresa seja prejudicada, por meio da criação de sites e perfis falsos nas redes sociais, propagando informações mentirosas.

Aprenda a proteger seu site desses ataques

São tantos impactos negativos que você já deve estar se perguntando: como faço para proteger meu site desses ataques?

É muito importante estar atento às ações que você recebe e que estão sendo realizadas pelo seu site. Algumas dessas ações podem ser um indicativo de que seu site pode estar sendo vítima de SEO negativo.

Fique atento a programas maliciosos

É preciso manter o seu site seguro.

Observe a presença de vírus e malwares e delete imediatamente. Se seu site começar a enviar esses vírus para os usuários sua reputação será prejudicada e estará suscetível a punições.

Observe a duplicidade de informações

Em geral não há mal algum em publicar o conteúdo de outro site em seu site, desde que você diga de onde estão vindo aquelas informações.

Mas, como dissemos, a duplicidade de informações, quando feita de forma inadequada, não atendendo as políticas dos mecanismos de busca, pode ser um indicativo de que algo está fora do normal.

Fique atento! Caso você perceba essas ações, veja como lidar com esse problema.

Observe as menções sociais

Como já relatamos, as redes sociais podem ser uma arma poderosa na hora de se fazer ataques a um site ou empresa. Monitore frequentemente o que está sendo falado sobre você e esteja atento.

Isso não significa que os usuários não possam se expressar negativamente contra a empresa, mas a criação de perfis falsos ou mesmo a propagação de mensagens mentirosas são um indicativo de problema.

Veja como anda sua lista de backlink

Saiba como andam as menções de links da página que você administra na internet.

Se estas estiverem produzindo conteúdos ruins ou mesmo links desqualificados fique atento, isso pode fazer com o que seu posicionamento seja prejudicado.

Como rejeitar?

Caso você tenha tentado retirar links com spam ou de baixa qualidade da internet e não tenha conseguido o recomendado é rejeitá-los.

Esse processo deve ser realizado em duas etapas:

  1. Você deve fazer o download de uma lista de links para seu site
  2. Em seguida, você deve criar um arquivo apenas com links que você deseja rejeitar e deve enviá-los para o Google.

Mas tenha cuidado! Se essa técnica for utilizada de maneira incorreta pode prejudicar seu site nos motores busca, ao invés de ajudá-lo. Veja mais detalhes sobre esse processo na página de rejeição de backlinks do Google e aprenda melhor sobre como fazer isso.

Monitore a velocidade do seu site

Veja frequentemente como anda a velocidade de sua página e procure fazer modificações a fim de poder melhorá-la. Observe se há indícios de ações maliciosas que visam prejudicar o trabalho de SEO desenvolvido pelo site.

Os mecanismos de busca consideram diversos aspectos na hora de avaliar a relevância do seu site, para assim poder definir seu posicionamento nos resultados de buscas. Para proteger seu site de ações de SEO negativo é preciso manter-se atento a fim de evitar esses problemas.

Conheça algumas ferramentas e softwares que também podem te ajudar

Google Search Console

Google Search Console (antigo Webmaster Tools) é uma ferramenta  que auxilia no processo de SEO de um site.

Por meio dela é possível avaliar como anda seu site e se é necessário fazer algumas melhorias nele, além de saber como anda o tráfego da sua página.

Ele pode ser de grande auxilio na prevenção de SEO negativo, pois permite identificar links do seu site e conteúdos duplicados, entre outras coisas. É uma das melhores ferramentas para a otimização do seu site e é essencial que você aprenda como usá-la.

Nós preparamos um guia completo sobre ele, que você pode acessar aqui.

Google Disavow Tool

Parte do Google Search Console, o Disavow Tool é usado para desativar links dentro do seu site que podem estar prejudicando sua página. Mas tome cuidado ao usar essa ferramenta – é melhor contatar um especialista de SEO para essa tarefa. Você pode aprender melhor como fazer isso aqui.

Bing Webmaster Tools

Com a finalidade semelhante à da ferramenta do Google, o Bing Webmaster Tools (Microsoft) visa ampliar e monitorar o posicionamento em suas páginas de resultados.

Copyscape 

Ajuda a verificar se o conteúdo do seu site foi copiado (duplicado) por outros sites.

Mention 

Controla o que está sendo dito a respeito de suas páginas nas redes sociais.

Monitor Backlinks 

Como próprio nome diz ajuda a monitorar os seus Backlinks.

Pingdom

Monitora o funcionamento e o tempo de reposta do seu site.

Mantenha práticas seguras e diminua o risco de ataques

Todos nós sabemos que o trabalho de marketing digital, em específico o de SEO, é desenvolvido de modo constante, por meio da construção e aplicação de táticas que visam a promoção e uma boa reputação do seu site, que é a “cara” da sua empresa na internet.

Ele não pode ser construído do dia para noite e requer muita atenção e dedicação para não apenas criar, mas conseguir manter um bom posicionamento nos resultados das buscas.

Quando você consegue chegar lá, depois de todo esse trabalho, é muito difícil aceitar que pessoas e empresas de má índole queiram não apenas prejudicar seu trabalho, mas destruir uma reputação arduamente conquistada.

Por isso frisamos a necessidade de se manter atento a todos os possíveis ataques, mesmo que não pareçam nocivos à primeira vista.

Existem diversas ferramentas disponíveis na internet para você poder fazer essa avaliação constante no site de modo a preservá-lo. Mas tenha em mente que não existe uma técnica 100% segura que possa afirmar que seu site não irá sofrer nenhum tipo de ação ou dano por meio de práticas de SEO negativo.

O monitoramento constante é a palavra-chave para reduzir as chances de sofrer essas ações. E isso deve ser feito não apenas no site, mas também em links, páginas e perfis das redes sociais, entre outros.

Cuidado para não acabar sabotando seu próprio site

Apesar de termos dado ênfase no decorrer do texto a ações de SEO negativo efetuados por outras empresas e pessoas, vale ressaltar a importância de você verificar também se suas próprias práticas não estão ocasionando problemas de posicionamento.

Você deve estar se perguntando: mas como eu posso estar sabotando o meu próprio site?

E a reposta é simples: existem algumas medidas que são contrarias às políticas de posicionamento e rankeamento de páginas nos mecanismos de buscas. Elas se modificam periodicamente e talvez você possa estar usando práticas ultrapassadas. Por isso recomenda-se que:

  • Não crie links para sites que já foram penalizados pelo Google
  • Não use palavras-chave escondidas no código fonte
  • Não publique uma quantidade demasiada de postagens de divulgação
  • Sirva o mesmo conteúdo para os usuários e para os robôs que farão a varredura do seu site periodicamente.
  • E, principalmente: não compre links. Eles não costumam ter uma boa credibilidade para os mecanismos.

Por isso é tão importante manter-se informado a respeito das diretrizes dos mecanismos de busca. Isso pode ajudar a desenvolver estratégias seguras e que contribuam para a otimização e o posicionamento de seu site.

Afinal, conquistar e manter uma boa posição nos resultados de buscas pode contribuir para o bom desenvolvimento de uma empresa na internet.

O que as empresas têm feito para aprimorar esse sistema e evitar esses ataques?

Os mecanismos de varredura que inspecionam a relevância de um site e indicam qual deverá ser seu posicionamento nos resultados das pesquisas passam constantemente por atualizações visando o aprimoramento do sistema, a fim de minimizar os ataques de SEO negativo.

O Google já afirmou que eles estão cientes das ações de SEO negativo, mas que pequenas empresas e pessoas físicas não precisam se preocupar com essas investidas negativas.

Já os sites que são especialistas no tema afirmam que as práticas de SEO negativo são uma ameaça real e que é necessário manter ações efetivas que assegurem a proteção de seu site.

Mas como nunca se sabe quem essas táticas pretendem atingir e como irão ser feitas realmente todo cuidado é pouco. Se você desenvolve as ações de SEO da sua empresa procure sempre promover ações que ajudem a proteger seu site e mantenha sempre atenção a possíveis ataques.

Conclusão

Milhões de usuários navegam diariamente na rede e para conseguir prospectar e promover o engajamento entre eles é preciso estar focado não apenas em práticas que contribuam efetivamente com a melhoria do SEO, mas também estar atento a impactos negativos de ações advindas de outras empresas e pessoas que visam prejudicar seu site.

Evite punições e sanções por parte dos mecanismos de busca, promovendo sempre boas ações em seu site e procurando monitorar sempre as atividade externas. Dessa maneira você poderá proteger ainda mais seu site e evitar possíveis ataques de SEO negativo.

Veja como anda o SEO e promova essas dicas para melhorar ainda mais o potencial do seu site na web.

E então, o que você achou do tema? Quer aprender mais sobre SEO? Confira alguns dos nossos outros posts sobre o assunto:

 

Material Gratuito: O guia de SEO da Rock Content

Esperamos que este conteúdo tenha te auxiliado a compreender mais sobre o assunto.
Se você deseja aprender ainda mais sobre SEO, não deixe de baixar o nosso material gratuito!

New Call-to-action



 

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!