servidor dedicado para loja virtualservidor dedicado.

">

Como começar sua loja virtual: a infraestrutura do site e a escolha do servidor dedicado

Nesse artigo, o Gustavo Kennedy Renkel da SECNET conta para você os cuidados que você precisa ter ao pensar na estrutura da sua loja virtual e como escolher um servidor dedicado

Nesse artigo irei abordar as principais soluções para um erro que a maioria das pessoas cometem ao começar uma loja virtual, não pensar na infraestrutura do site, ou até mesmo em um servidor dedicado.

Após toda a burocracia de abrir uma empresa, é importante pensar na infraestrutura da sua loja virtual, pois é a base do site.

Com certeza a maioria dos usuários estão acostumados a hospedar suas lojas em empresas com serviços de grande escala e em servidores compartilhados, sem nenhuma otimização ou preocupação com o desempenho.

As lojas virtuais precisam de uma atenção carinhosa quando se trata da hospedagem, já que necessitam de maiores recursos. Também precisam serem trabalhadas por desenvolvedores e designers com a mesma atenção.

Imagine você escolher uma hospedagem que não atenda os requisitos do seu e-commerce logo que começou. Além de toda a parte administrativa da loja, você ainda precisará se preocupar com a infraestrutura, isso com o site  recém lançado.

O conceito de loja virtual é definido como um site com gerenciamento de pedidos onde é possível vender produtos online.

Criar uma loja virtual é simples, pois existem plataformas especializadas para vender produtos na internet.

A plataforma é o sistema que possibilita gerenciar, incluir, excluir ou alterar produtos, gerenciar estoque e outras tarefas do dia-a-dia.

Estrutura da loja virtual

O primeiro passo é registrar o nome do site da empresa (domínio), o endereço que é digitado no navegador para acessar sua loja, por exemplo, www.minhaloja.com.br. Faça o registro do seu domínio aqui.

Há diversas opções disponíveis na web, e os adicionados recentementes são os domínios gTLDs ou domínios de topo genéricos. Assim a nomenclatura de domínios é bem maior.

Com esses domínios, você consegue descrever o seu serviço na própria url, como por exemplo, agência.DESIGN.

Com o registro do domínio feito, o próximo passo é contratar um serviço de hospedagem. A SECNET é especialista em servidores de alto desempenho para lojas virtuais e blogs.

O quarto passo é a parte que requer maior investimento, escolher a plataforma da loja virtual. Você pode contratar uma equipe para desenvolver sua loja, ou contratar alguma plataforma especializada em e-commerce.

Veja também as melhores plataformas de e-commerce para montar sua loja virtual.

Algumas funcionalidades básicas que toda loja virtual precisa ter:

  • Carrinho de compras / OneStepCheckout;
  • Newsletter;
  • Pagamento por boleto bancário e cartão de crédito;
  • Atendimento ao cliente;
  • Certificado SSL;
  • Design responsivo;
  • Avaliação de produtos;
  • Cupons de descontos;
  • SEO otimizado.

Escolhas iniciais

Pagamento

Escolha com bastante atenção as formas de pagamento. Elas estão divididas em 3 categorias: intermediadores de pagamentos, gateways de pagamento e integração direta.

Segurança

Outro fator importante também é a segurança. Esse item é muito importante para você e o usuário. Garanta que as informações dos usuários sejam transportadas de forma segura entre o servidor e o navegador com o Certificado SSL.

E com o SiteLock, é possível identificar vulnerabilidades diariamente e proteger sua loja virtual.

Marketing

O marketing é a base para que sua loja virtual seja encontrada por clientes. Alguns passos importantes são: criar conteúdo relevante, ficar ativo nas redes sociais, criar anúncios com Google Adwords e Facebook Ads, utilizar alguma plataforma de E-mail Marketing.

Suporte

Procure utilizar ferramentas como Zendesk ou Freshdesk dentro do site para suporte dos clientes.

Frete

A entrega rápida faz toda a diferença na experiência do usuário. Por isso, fique atento nesse item, e dedique tempo no planejamento da logística e da forma de entrega do seu e-commerce.

Legislação

Fique atento às regras da Lei do e-commerce,  veja alguns pontos:

  1. Informar dados da empresa;
  2. Oferecer pelo menos um canal para atendimento ao consumidor;
  3. Trocar produto em até 7 dias;
  4. Trocar produtos com defeitos.

Algumas vantagens da loja virtual

Antes de mostrar a solução que um servidor dedicado traz para seu e-commerce, veja algumas vantagens de ter uma loja virtual.

Investimento inicial baixo

O investimento inicial para um loja física é bem maior do que para um site, mesmo com o valor da plataforma incluso, sendo que existem algumas gratuitas, como WooCommerce, OpenCart e Magento.

Disponibilidade

Outra vantagem é a disponibilidade do comércio eletrônico, deixando sua loja virtual disponível 24 horas por dia e 7 dias por semana. Na loja física é quase impossível o consumidor comprar a hora que quiser.

Menor custo de manutenção

O custo de manutenção é quase zero, a não ser o gasto com domínio, algum suporte se necessário ou correções de desenvolvimento.

O mercado virtual e os consumidores digitais brasileiros estão em constante crescimento e por isso possuir um e-commerce é um grande investimento e empreendimento.

Integração de plataformas com loja física

Se você possui uma loja física e vai abrir uma loja online, você precisa ficar atento na integração do controle de estoque e preços dos produtos das lojas.

Integrar e centralizar o controle de produtos reduz os problemas de vendas e estoque esgotado.

Mais visibilidade

Com a disponibilização da sua loja na internet, você consegue atingir muito mais pessoas, de diferentes cidades, estados e países.

Seus produtos e serviços ficam disponíveis no buscador mais utilizado, o Google, e ainda, pode ter milhares de curtidas nas redes sociais.

O que é a Hospedagem de uma loja virtual?

Para você entender o que é uma hospedagem na sua loja virtual, veja um exemplo prático. Supondo que toda a papelada da sua loja física esteja pronta, você agora precisa escolher um local para abrir sua loja física e analisar o melhor custo-benefício.

Já no e-commerce, o local que você precisa alugar é um espaço na rede/internet, onde todos arquivos do e-commerce ficam armazenados. E para isso você precisa de um servidor dedicado.

O servidor dedicado é exigido para lojas virtuais que necessitam de diferencial. Indicado para sites que possuem grande número de visitas, campanhas e promoções online.

E na contratação do plano de hospedagem você aluga o “ponto comercial”, onde o espaço estará vazio, e você precisa de um domínio, uma plataforma, configurar e cadastrar os produtos. Depois de tudo isso sua loja estará disponível.

Domínio: o domínio é um nome que serve para localizar e identificar sua empresa na Internet.

Plataforma de e-commerce: é o sistema que possibilita criar a loja virtual e também gerenciá-la, incluindo produtos, controlar preço e estoques.

Como funciona um servidor dedicado

Comparando com a hospedagem compartilhada com um apartamento, o servidor dedicado é como uma casa. O servidor dedicado é o aluguel de um servidor físico, reservado somente para suas aplicações e arquivos.

Vantagens de um servidor dedicado

Com certeza um servidor dedicado para suas aplicações terá melhor desempenho do que em um servidor compartilhado.

Estabilidade e disponibilidade são outras vantagens que podem fazer a diferença para uma loja virtual de alto desempenho.

Não é apenas o servidor que é robusto, a segurança também segue o mesmo nível. Com hardwares softwares de ponta, significa estar menos vulnerável a falhas de segurança.

Na contratação de um servidor dedicado, você pode definir quem vai gerenciá-lo.

O que você precisa saber antes de contratar?

Escolher a hospedagem da sua loja virtual deve ser feito com cautela. Muitas empresas de hospedagem não se preocupam com sua loja, por exemplo, você contrata um plano que pode sobrar ou faltar recursos e não estar ciente disso.

Por isso é muito importante que a empresa de hospedagem se preocupe com informações de acessos, tamanhos, segurança e desempenho de cada cliente.

O cliente apenas solicita para a empresa de hospedagem quais configurações e aplicações ele precisa que sejam aplicadas.

Uma das principais vantagens do Servidor Dedicado Gerenciado é o suporte especializado, onde todo o servidor é gerenciado pela equipe comprometida em fazer um bom acompanhamento.

Também a otimização é fundamental, pois torna a hospedagem de sua aplicação mais rápida e confiável, sem pagar caro por adicionais.

É importante você ficar atento nas vantagens que o servidor dedicado oferece.

Analise os seguintes aspectos nos provedores:

Capacitação Técnica

A capacidade de processamento é um dos fatores que você precisa ficar atento na hora da contratação. Essa informação deve ser analisada pela própria equipe, calculando a capacidade de processamento da sua loja.

Segurança

Solicite informações de segurança do servidor, como um cronograma de backups. Imagine você em uma data especial, com uma super campanha e seu sistema é invadido? É por esses motivos que é necessário uma equipe especializada para realizar o monitoramento de todos os servidores e serviços, identificando qualquer mudança no ambiente.

Também é necessário o uso de um Certificado SSL (HTTPS).

Suporte técnico

O suporte traz soluções rápidas e eficientes quando são necessárias. A hospedagem deve ser escolhida para resolver problemas e auxiliar nas vendas do seu e-commerce.

Reputação da empresa

Antes da contratação, pesquise a reputação da empresa. Existem sites especializados nisso, como o ReclameAqui.

Para concluir veja algumas ferramentas para e-commerce GRÁTIS que ajudam os donos de lojas virtuais.

O objetivo aqui é orientar sobre como começar sua loja virtual, tirando as principais dúvidas sobre servidores dedicados e seus principais benefícios para o e-commerce.

Se você gostou, compartilhe esse artigo com sua rede de contato, gerando valor para seu perfil.

Abraço e até a próxima!

*Conteúdo produzido por Gustavo Kennedy Renkel da SECNET.