Texto de infográfico

7 passos para elaborar um texto incrível para seu infográfico!

O texto, em um infográfico, deve complementar a informação visual. Aprenda como produzir um texto para esse material em 7 passos!

Quando se pesquisa na internet sobre como fazer um infográfico, quase todos os artigos dão uma certa ênfase ao manuseio das ferramentas de criação e ao design.

De fato, esses podem ser o calcanhar de Aquiles de muitos profissionais de marketing. Mas será que a linguagem verbal também não seria um problema a ser resolvido?

O texto de infográfico não é um tema que costuma ser muito detalhado nos posts sobre esse formato de conteúdo.

No entanto, sua construção não é tão simples como parece. Afinal, por estar inserido em uma peça de apelo visual, o texto deve seguir algumas regras para passar o conteúdo do infográfico de forma clara e objetiva.

Por essa razão, mostraremos 7 passos indispensáveis para a elaboração de textos de infográficos. Antes, vamos esclarecer alguns pontos:

O que é e para que serve um infográfico?

O infográfico é um tipo de conteúdo que apresenta dados e informações com o apoio de elementos visuais.

Trata-se de um formato que mistura texto, imagens e esquemas com outros recursos, como setas e faixas.

A ideia é transmitir dados e conteúdos mais complexos de forma simples e lúdica. Dessa maneira, o público pode compreender uma mensagem que teria mais dificuldade de entender se fosse passada em um artigo, por exemplo.

Na internet e em outros meios de comunicação, é muito comum ver os infográficos sendo usados para explicar:

  • comparações;
  • fluxogramas;
  • histórias;
  • listas;
  • pesquisas de mercado;
  • pesquisas eleitorais;
  • tendências;
  • tutoriais;
  • entre outras coisas.

Aqui no blog, por exemplo, já usamos os infográficos para contar a história do marketing de conteúdo, para apresentar as tendências em redes sociais para 2017, para comparar tráfego orgânico com tráfego pago e para muitas outras ideias.

Entre os principais benefícios desse formato de conteúdo, podemos destacar:

  • a rapidez do público em processar informações visuais;
  • a sua leitura mais intuitiva e prazerosa;
  • o aumento de tráfego no site (crescimento de 12%, segundo pesquisa da Ethos3);
  • a possibilidade usar os infográficos para converter e qualificar leads;
  • o seu potencial de compartilhamento em outros blogs e em redes sociais;
  • a maior facilidade de produzir do que em outros tempos (atualmente, há diversas ferramentas que disponibilizam templates, como Canva e Piktochart).

Como produzir um texto de infográfico?

Terminamos o tópico anterior falando de ferramentas que facilitam a produção de infográficos. No entanto, essas plataformas dão uma ajuda mais com a parte visual e gráfica desses conteúdos.

O texto precisa ser feito a parte para depois ser inserido no template, e a sua elaboração exige algumas práticas bem peculiares para que o conteúdo escrito complemente bem o visual.

Por essa razão, selecionamos esses 7 passos para escrever um bom texto de infográfico. Confira:

1. Escreva o conteúdo de forma hierárquica

Apesar de o texto de um infográfico não ser escrito como em outros formatos, a sua distribuição deve seguir uma lógica.

Perceba que grande parte dos infográficos encontrados na internet começa com um título chamativo que explique o assunto que será tratado e segue com uma breve descrição, os principais tópicos, os subtópicos etc.

Ter uma arquitetura organizada das informações sempre ajuda o público a não se perder durante a leitura dos conteúdos.

2. Crie uma narrativa

A ideia, aqui, é escrever o conteúdo do infográfico de forma narrativa, ou seja, uma história com apresentação, desenvolvimento e conclusão.

Sabemos que histórias são contadas desde que o mundo é mundo e são absorvidas mais facilmente pelo público. Se você incorpora dados e informações complexas nesse tipo de estrutura, a compreensão terá menos objeções.

Isso pode ser feito, por exemplo, com conexões entre um tópico e outro. Faça com que uma informação complemente ou converse com a outra. Dessa maneira, o texto fica mais coeso e os dados, menos soltos.

Não se esqueça, também, de fazer uma rápida apresentação sobre o tema e, ao final, tirar uma breve conclusão ou um apanhado sobre o conteúdo apresentado.

3. Quebre o texto em vários tópicos

Saindo da estrutura textual e partindo para a organização visual, é importante que o seu texto seja dividido em vários pequenos blocos.

Mas por que isso? É que os infográficos mais agradáveis de serem lidos são aqueles que possuem parágrafos menores de texto, como se fossem tópicos mesmo.

Você não pode correr o risco de cansar a leitura do público! Quando batem o olho no material antes de ler o conteúdo, as pessoas não esperam encontrar muitas linhas de texto e poucas figuras. Caso isso aconteça, elas poderão desistir de conferir o infográfico.

4. Passe as informações gastando poucas palavras

Uma forma de compactar seu texto em pequenos blocos e tópicos é reduzindo a quantidade de palavras usadas.

Nesse caso, vale aquele velho e bom argumento do “menos é mais”. Se você puder cortar palavras, corte!

Não há a necessidade de muitas voltas ou detalhar muito o conteúdo. Se você não quiser deixar alguma explicação ou informação de fora, separe-as em outro tópico.

Lembre-se de que o seu texto deve ser curto porque ele tem o papel de auxiliar a compreensão que uma imagem, esquema ou figura tentam passar.

5. Simplifique a sua linguagem

O infográfico é um formato de consumo rápido por ter um apelo mais visual, correto? Portanto, o seu texto deve seguir a mesma tendência.

Além de escrever em tópicos e cortar palavras, outra medida que ajuda com isso é a simplificação da sua linguagem.

Como os infográficos podem ser muito compartilhados, eles precisam de um texto que seja compreendido pela maior quantidade de pessoas possível.

Uma linguagem muito técnica pode atrasar a leitura até mesmo de pessoas entendidas do assunto tratado nas peças.

Portanto, não faça com que os seus leitores tenham que abrir um dicionário para entender o conteúdo transmitido.

6. Priorize dados e números

Porcentagens e números são elementos de compreensão fácil para o público. Quando você os destaca na peça (colocando-os maiores do que os blocos de texto, por exemplo), isso chama a atenção e atiça a curiosidade nos leitores.

Claro que o seu uso só fará mais sentido se o infográfico representar uma pesquisa, uma lista ou um passo a passo sobre um conteúdo.

Por exemplo: se você está divulgando uma pesquisa de mercado, dê o protagonismo para os números mais impactantes e use o texto apenas para complementar aquela informação.

7. Imagine a formatação gráfica enquanto escreve

Um exercício bem legal e que pode ajudar na produção textual é imaginar como ele seria encaixado nos espaços do infográfico.

Por exemplo: se você trabalha com um template, terá uma boa noção dos espaços destinados aos textos e aos respiros que precisam ser dados.

Aliás, você pode escrever um bloco de texto em um editor a parte e depois inserir o conteúdo no infográfico. Logo após, ajuste o tamanho da fonte e do parágrafo até que eles fiquem visualmente agradáveis na peça.

O importante é que os textos não ocupem muito mais espaço do que os recursos visuais do infográfico.

Por mais que se escreva menos em um infográfico do que em um blog post, a construção do texto deve ser muito cuidadosa.

A preocupação com a disposição visual do conteúdo é mais importante do que qualquer outra coisa. Por exemplo: para transmitir uma informação, você não precisa de parágrafos como este, mas sim de frases curtas e objetivas.

Enfim, o texto assume um papel coadjuvante, porém, essencial para complementar um conhecimento destacado em números, percentuais ou elementos gráficos.

Agora que você tem uma boa ideia de como criar um texto de infográficos, vamos seguir falando sobre materiais ricos.

A propósito, você gosta de e-books? Assim como os infográficos, esse tipo de conteúdo tem um alto potencial de geração de tráfego e leads. Por isso, vai valer muito a pena conferir este post: “Como criar um ebook: dicas sensacionais para fazer um”.