4 razões pelas quais seu tráfego de social media não está gerando conversões

Este artigo é uma tradução do texto de Alex Bashinsky, 4 Reasons Your Social Media Traffic Isn’t Converting (And How to Fix Them).

Você gastou todas as últimas 24 horas em contato com sua audiência no Facebook, Twitter, LinkedIn, Instagram e até mesmo alguns clientes esparsos no Snapchat.

Você acertou em cheio na voz de sua marca, leu todas as estatísticas sobre inclusão de vídeos em seus tweets e sobre como atrair seguidores, bem como conseguiu reunir uma legião de fãs que interage regularmente com você.

Ainda assim, nenhum de seus seguidores em redes sociais está realmente gerando conversões de fãs para clientes pagantes.

Será que procede o boato de que é o fim do social media?

Ou é simplesmente sua campanha que se mostrou um desastre completo?

A resposta talvez esteja no meio do caminho…

“A fase de social media da internet acabou”.

O empreendedor de negócios de risco Fred Wilson escreveu essas palavras infames em um post intitulado “O que acaba de acontecer”, em reação ao ano de 2014.

Talvez exista um pouco de verdade no fato de que não existe muita inovação em redes sociais como havia na época em que Mark Zuckerberg criava o Facebook em seu dormitório de faculdade.

Mas a forma como nós usamos redes sociais e ferramentas de compartilhamento certamente continuou a evoluir.

Veja uma pesquisa recente, de 2015, da Pew Reseach.

Essa pesquisa representou a primeira vez em que pesquisadores da Pew perguntaram a participantes sobre aplicativos mobile de mensagens – e seus resultados foram surpreendentes.

Em geral, descobriram que 36% dos donos de smartphones usam aplicativos como WhatsApp, Kik, ou iMessage; e (sem surpresas) que 49% dos donos de smartphones entre 18 e 29 anos usam apps de mensagem.

A influência das redes sociais logo irá substituir a influência financeira” – diz Thomas Koulopoulos, fundados do Grupo Delphi

Então social media não morreu, apenas mudou de paradigma, em direção a uma era de mensagens e compartilhamentos sociais.

Entender essa mudança é a chave para descobrir como conseguir que seu tráfego de redes sociais gere conversões de forma bem-sucedida.

Felizmente, existem empresas por aí fazendo isso da forma certa.

De acordo com a Salesforce, 77% das companhias B2C conseguiram clientes do Facebook, e 43% das empresas de marketing conseguiram clientes por meio do LinkedIn.

Se outras companhias estão convertendo o tráfego de social media de forma bem-sucedida, então o que você está fazendo errado?

RAZÃO 1 – VOCÊ NÃO ESTÁ MAXIMIZANDO SEU IMPACTO

Está na hora de jogar no lixo sua estratégia de postar-e-vender.

Em vez disso, você deve focar em como sua audiência fala sobre marcas em redes sociais.

Setenta e sete por cento de todas as conversas sobre marcas em redes sociais consistem em pessoas procurando conselhos, informações ou outro tipo de ajuda de usuários.

Eles não estão lá buscando uma compra direta, mas podem sim acabar aprendendo mais sobre sua marca e fazendo uma compra no final das contas.

Pesquisas do Google mostram que social media corrobora percepção da marca, mas não necessariamente hábitos diretos de compra.

Comece utilizando uma plataforma como HootSuit para ouvir as redes sociais e monitorar o que as pessoas estão falando sobre sua marca, bem como onde elas estão falando.

Contribua para a conversa e ofereça ajuda para todos os problemas que seus clientes estão tendo.

Participe de conversas significativas, que vão além de seus próprios produtos, e faça bom uso de sua base de conhecimentos.

Os resultados podem valer muito a pena.

Setenta e um por cento dos consumidores estão propensos a recomendar uma marca para outras pessoas depois te ter recebido uma resposta rápida dessa marca em social media.

Além disso, 67% dos usuários do Twitter estão mais propensos a comprar de marcas que eles seguem.

RAZÃO 2 – VOCÊ ESTÁ USANDO A PLATAFORMA ERRADA

Você sabe de onde vêm seus consumidores e por quê?

Investigue essas informações no Google Analytics para descobrir quais consumidores estão vindo de suas plataformas de redes sociais.

Caso sua audiência esteja vindo primariamente do Facebook, vá à fonte e descubra o porquê de eles estarem ali.

Ofereça a eles serviços para clientes, recursos grátis e códigos de desconto que eles procuram.

Marque presença. Quanto mais eles quiserem conversar sobre sua marca, mais você poderá engajar no tema.

Saber primeiramente qual plataforma usar é também essencial para converter seu social media em seguidores.

Encontre clientes interessados em pacotes de coaching de alto-nível e de nicho no LinkedIn e junte-se a um grupo para tomar seu tempo para dar conselhos e realmente utilizar sua base de conhecimento.

Para cada 5.000 membros em um grupo, você poderá ver, em média, 15.000 visitantes.

RAZÃO 3 – VOCÊ ESTÁ CONSEGUINDO O TRÁFEGO ERRADO

Crazy Egg disse corretamente que “conseguir o tráfego errado é a principal razão pela qual seu site cheio de acesso não tem gerado conversões”.

O tráfego errado vem acompanhado dos perigos de utilizar a plataforma errada.

Digamos que você esteja constantemente twittando sobre as inovações e os avanços da indústria de acessórios tecnológicos.

Seus esforços provavelmente vão atrair um público interessado por tecnologia que também vai querer falar sobre inovação.

Não há nada de errado com isso, a não ser que você esteja vendendo acessórios de alta-tecnologia que têm menos a ver com tecnologia do que têm a ver com estética.

Caso sua audiência esteja interessada em como eles se vestem e como seu produto vai se integrar em seus estilos de vida, você vai atrair os leitores errados ao focar em aspectos tecnológicos.

Não decida o que seus consumidores querem e porque eles compram de você sem se preocupar em pergunta-los primeiramente.

Utilize o Survey Monkey para fazer pesquisas e coletar mais feedback sobre o que eles precisam em seus serviços e o que fez com que eles os comprassem.

Então, passe algum tempo seguindo o que seus seguidores em potencial estão falando sobre sua marca, bem como sobre seus competidores.

Quanto mais informações você tiver sobre o porquê de seus consumidores gostarem de seus produtos e serviços, mais ideias você terá sobre como criar um diálogo em redes sociais que gere conversões.

RAZÃO 4 – VOCÊ ESTÁ MANDANDO O TRÁFEGO PARA O LUGAR ERRADO

Depois que sua audiência clica em um tweet ou em um post no LinkedIn, para onde vai seu tráfego?

Você sabe?

Postar sobre as características de uma nova plataforma de gestão de projetos e ainda adicionar um link para sua página de preços não vai te dar muito sucesso.

A Kissmetrics determina três cenários possíveis para caminhos de geração de conversão em seus canais de redes sociais.

  1. Canal de redes sociais > blog post com um link para uma landing page relevante (conteúdo restrito para assinantes/cadastrados) > interesse/lead
  2. Canal de redes sociais > conteúdo restrito para assinantes/cadastrados > interesse/lead
  3. Canal de redes sociais > blog post > visitantes assinam uma lista de mailing por meio de formulários estrategicamente posicionados em seu blog > interesse/lead

Cada cenário requer uma estratégia de conteúdo diferente para levar seus consumidores de seguidores curiosos para clientes ativos.

Faça com que cada post em redes sociais seja relevante para todos os links aos quais você os direciona.

Tweets falando sobre conversões em redes sociais, por exemplo, deveriam ter um link para conteúdos restritos que expandam esse mesmo tema e resolvam o problema do cliente.

Você chegou a descobrir outras razões pelas quais seu tráfego de redes sociais não está convertendo?

Compartilhe seus problemas – assim como as soluções que você usou – por meio dos comentários abaixo.

Ah e não se esqueça dos 30 minutos de exercícios diários para manter as suas redes sociais em boa forma !

 
Autor(a)

Escrito por: Redator Rock Content Este artigo foi produzido por um dos mais de 5000 redatores da base da Rock Content. Quer conteúdo legal assim no seu blog? Fale com um consultor!



    Deixe um comentário

    Certificações em Marketing Digital - Universidade Rock Content
    Vagas em Marketing e Vendas - Rock Jobs
    Ebook Inbound Marketing - O Guia Definitivo

    A Rock Content é líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ajudamos centenas de empresas a atingirem seus objetivos de marketing. Queremos ajudar você também!