anuncios dinamicos facebook e google

Saiba como funcionam os anúncios dinâmicos do Facebook e do Google

Os anúncios dinâmicos existentes tanto no Facebook quanto no Google auxiliam na automatização da criação de grandes grupos de ads. Quer saber mais sobre o assunto? Então não deixe de ler este conteúdo!

Existem muitas dúvidas na hora de criar anúncios em mídias como o Facebook e o Google. Por isso, toda ajuda acaba sendo muito bem-vinda. Afinal, quem investe em mídia paga tem de estar de olho nos seus anúncios, de forma que eles sejam sempre otimizados.

Para quem trabalha com vendas online, então, a exigência é ainda maior. Uma ótima solução para agilizar todo o processo das propagandas são os anúncios dinâmicos, que agrupam diversos ads sob uma única configuração.

Neste post, vamos dar um panorama do que são esses anúncios dinâmicos, com foco em como eles funcionam no Facebook e no Google Ads e veremos quais os principais benefícios dessa estratégia para o seu negócio. Acompanhe! 

O que são os anúncios dinâmicos do Facebook?

Os anúncios dinâmicos são parecidos com outros anúncios no Facebook, Messenger e no Instagram. Porém, em vez de criar uma propaganda isolada para um determinado produto ou serviço, você pode criar um modelo que utiliza as imagens e os detalhes do seu feed de dados, de forma automática, para os itens que deseja realizar o anúncio.

Isso significa economizar tempo e otimizar seu orçamento, uma vez que atinge mais pessoas. No caso da rede de Mark Zuckerberg, o Facebook Ads trabalhará com uma sistemática puxada para aqueles que demonstraram algum tipo de interesse na sua marca ou no seu produto ou serviço.

Ele fará esse trabalho por meio do pixel instalado no SDK do seu aplicativo, ou seja, no conjunto de ferramentas de desenvolvimento do software, ou em sua página online.

facebook ads

Como fazer anúncios dinâmicos no Facebook?

Antes de começar, é importante dizer que você precisará do seguinte:

  • uma conta de anúncios do Facebook: ela é essencial para a promoção de itens do seu catálogo em posicionamentos que são elegíveis nessa rede social, no Instagram, no Messenger e Audience Network. Caso não tenha, crie uma conta de anúncios agora mesmo;
  • uma página do Facebook: também é indispensável que você tenha uma página no Facebook para representar seu negócios no momento de construir seus anúncios. Se você ainda não tem, crie uma página do Facebook agora mesmo.

Feito isso, o primeiro passo é criar um catálogo no Facebook. Nesse caso, precisa apenas colocar aqueles produtos ou serviços que pretende anunciar. No começo, recomenda-se fazer alguns testes, analisar os resultados e, dependendo, aumentar a lista de ofertas.

É a partir da lista que configurará seus anúncios dinâmicos. Eles podem ser feitos em formatos como carrossel, coleção ou imagem única. Independentemente disso, ele usará as informações que você disponibiliza para cada item, conforme o modelo de ads que você estabeleceu para um determinado catálogo.

Quais são os benefícios dos anúncios dos anúncios dinâmicos do Facebook Ads?

Entre outras questões, o Facebook é capaz de otimizar uma oferta para as pessoas que demonstraram algum interesse em seu site.

Isso é bom para fidelizar e também para recuperar um lead que não executou uma determinada ação que você gostaria — como uma conversão de um material ou compra.

Com os anúncios dinâmicos, as possibilidades de fazer mais negócios aumentam, uma vez que sua marca pode trabalhar produtos ou serviços de forma individual, o que aumenta as chances de converter e justifica investir na ferramenta.

Outra questão é que os anúncios dinâmicos atingem pessoas que já demonstraram interesse por produtos e serviços parecidos aos seus. Além disso, você também pode excluir públicos nos quais você não tem mais interesse, o que otimiza seus recursos.

Por meio dessa estratégia, é possível seguir em diversos caminhos. Mas, como acontece em qualquer situação no Marketing Digital, é válido testar e avaliar se os resultados fazem sentido e estão sendo eficientes para a sua empresa.

Como funcionam os anúncios dinâmicos no Google Ads?

No Google Ads, a lógica dos anúncios dinâmicos segue a mesma lógica do Facebook. A diferença é em relação às especificidades da plataforma: enquanto o buscador trabalha com pesquisas, o Facebook é uma rede social.

No caso do Google, é importante destacar que os anúncios dinâmicos não indicados para sites que realizam mudanças contínuas — como aqueles que realizam ofertas diariamente, por exemplo, e é o próprio Google que faz essa recomendação.

Caso você tenha um inventário poderoso de produtos e serviços, por exemplo, naturalmente precisará de uma grande quantidade de palavras-chave e segmentações, não é mesmo? Além disso, também é preciso levar em conta a atenção com estoque e as possíveis entradas de produtos novos.

Dessa forma, lembramos que mesmo uma empresa muito bem estruturada pode perder determinadas pesquisas relevantes. Por isso, é interessante investir nos anúncios dinâmicos.

Você pode deixar o buscador utilizar o índice da sua página, por exemplo, de forma a gerar ads de forma automática. No caso de atualização do site, haverá um novo rastreamento, de forma que seja usada a versão mais recente.

Guia Completo do Google Adwords

Como criar anúncios dinâmicos no Google Ads?

Para que os anúncios dinâmicos sejam aproveitados ao máximo, é importante que você se atente às seguintes práticas recomendadas:

  • antes que você crie anúncios, realize ajustes para que a sua página seja otimizada. A qualidade do seu site é tão essencial e importante quantos os anúncios que você veiculará. Aqui, o Google dá algumas dicas sobre como você pode melhorar sua página;
  • recomenda-se também que você crie descrições para que os seus anúncios sejam mais eficientes. Nesse caso, é importante que assegura que essas propagandas sejam de fato relevantes para as pessoas que pretende alcançar e atender. Clique aqui e veja como você pode criar ótimos anúncios;
  • é indispensável que você pense nos dispositivos móveis. Afinal, muitos anúncios serão visualizados por meio deles.Aqui, você entende como deve melhorar seu site para esses diferentes formatos;
  • também é crucial se certificar de que sua página seja acessível. Quando o conteúdo das páginas são criados de forma dinâmica, o Google pode encontrar algumas dificuldades para que eles sejam reconhecidos e, assim, existirá uma barreira para que os anúncios sejam criados. Clicando aqui, você aprende em detalhes como deixar seu site mais acessível;
  • por fim, vale destacar para você realizar campanhas em um único idioma. Caso o domínio da sua página contar com páginas em diversos idiomas, deve-se criar um novo conjunto de anúncios para cada um deles.

Conforme você pôde perceber, essas são algumas das solicitações do Google para que a configuração funcione de forma efetiva. Em linhas gerais, isso acontece para que você possa aproveitar o Google Ads ao máximo.

Em seguida, você poderá definir se prefere que o site todo faça anúncios dinâmicos ou se você quer que alguns segmentos sejam especificados. Isso pode ser realizado por meio da delimitação de páginas que contam com palavras particulares, seja nas URLs, nos títulos ou até no corpo.

Outra questão interessante é que é possível deletar os anúncios dinâmicos as páginas que tenha “indisponível” ou “esgotado” ou no texto. Dessa forma, você economiza dinheiro e nem deixa o cliente em uma situação chata.

Você também pode escolher uma segmentação mais refinada, utilizando uma planilha de URLs. Tudo dependerá da natureza da sua empresa, mas o buscador não recomenda que você utilize poucas páginas nessa modalidade — afinal, o tráfego incremental não será tão expressivo. 

Quais os benefícios dos anúncios dinâmicos no Google Ads?

A questão não é que você nunca mais terá trabalhos para fazer anúncios por meio do Google. Na verdade, está longe de ser isso. Mas a vantagem aqui é que existe uma evidente economia de tempo no momento de mapear as palavras-chave, além dos lances para cada produto ou serviço, por exemplo.

Também há o fator da geração de títulos de forma automatizada, que são relevante para a sua marca e também para os seus potenciais consumidores.

Além disso, é essencial dizer que você mantém o total controle em relação ao seu orçamento, como acontece em qualquer campanha bem desenhada do Google Ads. Por conta disso, a sugestão é que você experimente construir alguns anúncios de produtos, de forma que analise se os resultados são eficientes para você.

O mais importante de tudo é sempre testar, pois é só dessa maneira que você chegará à conclusão de que essa estratégia é importante para as suas vendas.

O que você achou dessas ideias relacionadas aos anúncios dinâmicos do Facebook e do Google? Como você pôde conferir ao longo do texto, é possível realizar muita coisa por meio dessa modalidade de ads.

Mais uma vez, reforçamos de que o mais importante é que você realize inúmeros testes e avalie se os resultados realmente estão valendo a pena para os seus negócios.

Lembre-se sempre que é apenas por meio das experimentações é que você encontrará os formatos e os investimentos mais adequados à sua marca, não é verdade?

Para continuar se atualizando a respeito do assunto, aproveite para aprender como otimizar suas conversões com o Facebook Ads!

otimize suas conversões com facebook ads

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo